A ERA VARGAS (1930/1945): nunca
fomos tão modernos...
Profa. Margareth C. Franklim
Revolução de 1930: fatores internos e
externos que explicam o movimento.
A ) Crise do sistema capitalista
provocada pelo c...
B) Impacto na economia brasileira baseada
na agro-exportação.
C) Outros setores econômicos -
charqueadores, produtores de ...
D) Emergência de uma classe média,
do tenentismo, de uma incipiente
burguesia e do movimento operário,
todos insatisfeitos...
E) Racha das oligarquias para a
sucessão de 30. De um lado, na
Aliança Liberal, Getúlio Vargas; do
outro, na Concentração
...
1929: A Aliança Liberal aglutina diversas
forças insatisfeitas com a política da Velha
República e lança a candidatura do ...
Os aliancistas: defendiam o
voto secreto e o fim das
fraudes eleitorais; reforma
política; direitos sociais;
anistia; dive...
A Aliança Liberal foi derrotada
nas eleições. Os tenentes
(menos Luís Carlos Prestes) e
outras forças sociais (Osvaldo
Ara...
Em 03 de novembro Vargas
assume e inicia o Governo
Provisório: O Congresso e as
assembleias estaduais são
fechados, govern...
Inicia um período de
disputas entre os
diversos grupos da
Aliança Liberal em
relação ao tempo de
duração do Governo
Provis...
-Reestruturação das
forças armadas com
o objetivo de
diminuir o poder das
oligarquias locais.
-Tensão nas forças
armadas: ...
Os interventores nomeados para
os estados entraram em choque
com as oligarquias locais: crises
frequentes.
Os estados não ...
Julho/ 1932:
Revolução
Constitucional
ista em São
Paulo:
-
Guerra Civil provocada pela
insatisfação com a política
centralizadora e com a perda
de poder das oligarquias
paulistas. E...
Os paulistas foram apoiados por
Arthur Bernardes (MG) e Borges de
Medeiros (RS). Os paulistas foram
derrotados, mas negoci...
Reconstitucionalização do país: surgem
partidos estaduais, Igreja Católica lança
a Liga Eleitoral e as mulheres se
mobiliz...
-1934: Nova Constituição – garante
o sistema federativo, mas diminui a
autonomia dos estados; direito de
voto às mulheres ...
1931/34: São promulgadas leis e decretos de
proteção ao trabalhador; adoção do modelo de
sindicato único, órgão de colabor...
Início de um período marcado por ampla
mobilização social, inclusive greves.
Surgem a Ação Integralista Brasileira (AIB) e...
-Aliança Integralista Brasileira:
Inspirada no fascismo italiano, mantinha
estrutura paramilitar. Ganhou adeptos
entre os ...
Defendia de forma extremada o
nacionalismo e o moralismo.
Combatia a existência de partidos
Considerava o comunismo o inim...
Organizavam manifestações de rua
e acreditavam ser a única
representação necessária à
sociedade
Aliança Nacional
Libertadora: inspirou-se no
modelo das frentes
populares européias para
impedir o avanço do nazi-
fascism...
A ANL foi criada em março
de 1935 e colocada na
ilegalidade em julho do
mesmo ano. Uma
insurreição mal preparada
(“Intento...
Com o golpe de 10/11/1937 a campanha
presidencial não aconteceu,
Começa o Estado Novo: o povo foi
informado pelo rádio.
Me...
Medidas econômicas: “Estado forte para compensar
a fragilidade da burguesia brasileira” (Oliveira Vianna)
Atenção ao merca...
Legislação
trabalhista para
regular os conflitos
entre patrões e
empregados e
controlar as
atividades dos
sindicatos.
Cidadania do trabalho: carteira assinada torna-se
o principal documento de identidade. Entretanto, era
grande o número de ...
Censura e intensa repressão aos opositores
+ propaganda política : estratégias para se
legitimar no poder.
Os meios de comunicação deviam: exaltar a
figura de Vargas como vencedor do atraso
nacional e protetor dos oprimidos. Devi...
Uso de imagens e símbolos especialmente
nas escolas: a bandeira brasileira e a figura
de Vargas eram os mais explorados.
A propaganda
demonstrava a
preocupação do
governo com a
formação de uma
identidade nacional e
coletiva: associação
Estado/...
Produção artística e
cultural :
A cultura era
considerada fator de
unidade nacional e
harmonia social. A
cultura deveria t...
O cinema recebeu especial atenção porque a
imagem passou a ser considerada importante para
a conquista das massas.
Música: incentivo às músicas cujas letras eram
adequadas aos valores da nacionalidade e do
trabalho. A figura do malandro ...
Rádio: O rádio foi conquistando ao longo
dos anos 1930/40 um lugar de destaque
nas residências, lançando novos produtos,
c...
Era vargas
Era vargas
Era vargas
Era vargas
Era vargas
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Era vargas

395 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
395
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Era vargas

  1. 1. A ERA VARGAS (1930/1945): nunca fomos tão modernos... Profa. Margareth C. Franklim
  2. 2. Revolução de 1930: fatores internos e externos que explicam o movimento. A ) Crise do sistema capitalista provocada pelo colapso das especulações financeiras que, causaram o “crash” da Bolsa de Nova Iorque, em 1929.
  3. 3. B) Impacto na economia brasileira baseada na agro-exportação. C) Outros setores econômicos - charqueadores, produtores de açúcar, de cacau, de borracha, de arroz, os industriais, etc - não viam com bons olhos a política de priorização do café. A crise de 29 só aumentou a insatisfação.
  4. 4. D) Emergência de uma classe média, do tenentismo, de uma incipiente burguesia e do movimento operário, todos insatisfeitos com a República Velha.
  5. 5. E) Racha das oligarquias para a sucessão de 30. De um lado, na Aliança Liberal, Getúlio Vargas; do outro, na Concentração Conservadora, Júlio Prestes.
  6. 6. 1929: A Aliança Liberal aglutina diversas forças insatisfeitas com a política da Velha República e lança a candidatura do gaúcho Getúlio Vargas à presidência.
  7. 7. Os aliancistas: defendiam o voto secreto e o fim das fraudes eleitorais; reforma política; direitos sociais; anistia; diversificação da economia; diminuição das desigualdades sociais.
  8. 8. A Aliança Liberal foi derrotada nas eleições. Os tenentes (menos Luís Carlos Prestes) e outras forças sociais (Osvaldo Aranha, Virgílio de Melo Franco, Góis Monteiro, etc) preparam uma insurreição, que eclodiu em outubro.
  9. 9. Em 03 de novembro Vargas assume e inicia o Governo Provisório: O Congresso e as assembleias estaduais são fechados, governadores depostos e a Constituição de 1891 revogada.
  10. 10. Inicia um período de disputas entre os diversos grupos da Aliança Liberal em relação ao tempo de duração do Governo Provisório e ao modelo de Estado: centralização ou federalização política.
  11. 11. -Reestruturação das forças armadas com o objetivo de diminuir o poder das oligarquias locais. -Tensão nas forças armadas: alta oficialidade X tenentes.
  12. 12. Os interventores nomeados para os estados entraram em choque com as oligarquias locais: crises frequentes. Os estados não podiam mais contrair empréstimos externos sem autorização do poder central.
  13. 13. Julho/ 1932: Revolução Constitucional ista em São Paulo: -
  14. 14. Guerra Civil provocada pela insatisfação com a política centralizadora e com a perda de poder das oligarquias paulistas. Exigiam o fim do regime “ditatorial” e maior autonomia para SP.
  15. 15. Os paulistas foram apoiados por Arthur Bernardes (MG) e Borges de Medeiros (RS). Os paulistas foram derrotados, mas negociaram muito bem o fim do conflito.
  16. 16. Reconstitucionalização do país: surgem partidos estaduais, Igreja Católica lança a Liga Eleitoral e as mulheres se mobilizam para votar
  17. 17. -1934: Nova Constituição – garante o sistema federativo, mas diminui a autonomia dos estados; direito de voto às mulheres e homens maiores de 18 anos; consagra direitos sociais; institui a Justiça do Trabalho; garante eleições diretas em todos os níveis e proíbe a reeleição.
  18. 18. 1931/34: São promulgadas leis e decretos de proteção ao trabalhador; adoção do modelo de sindicato único, órgão de colaboração com o governo; sindicalização compulsória para ter direitos aos benefícios.
  19. 19. Início de um período marcado por ampla mobilização social, inclusive greves. Surgem a Ação Integralista Brasileira (AIB) e a Aliança Nacional Libertadora(ANL)
  20. 20. -Aliança Integralista Brasileira: Inspirada no fascismo italiano, mantinha estrutura paramilitar. Ganhou adeptos entre os militares , os católicos conservadores e entre a classe média. - Principais representantes: Plínio Salgado, Miguel Reale, Gustavo Barroso
  21. 21. Defendia de forma extremada o nacionalismo e o moralismo. Combatia a existência de partidos Considerava o comunismo o inimigo maior.
  22. 22. Organizavam manifestações de rua e acreditavam ser a única representação necessária à sociedade
  23. 23. Aliança Nacional Libertadora: inspirou-se no modelo das frentes populares européias para impedir o avanço do nazi- fascismo. Defendia propostas antiimperialistas, a reforma agrária e as liberdades políticas. Congregava comunistas, socialistas e liberais. Luís Carlos Prestes era considerado seu presidente de honra.
  24. 24. A ANL foi criada em março de 1935 e colocada na ilegalidade em julho do mesmo ano. Uma insurreição mal preparada (“Intentona Comunista”) provocou repressão intensa aos seus membros e foi pretexto para o fechamento do Regime
  25. 25. Com o golpe de 10/11/1937 a campanha presidencial não aconteceu, Começa o Estado Novo: o povo foi informado pelo rádio. Medidas: dissolução do congresso, Lei de Segurança Nacional, Estado de Sítio e outorga de nova Constituição. Vargas permanece no poder.
  26. 26. Medidas econômicas: “Estado forte para compensar a fragilidade da burguesia brasileira” (Oliveira Vianna) Atenção ao mercado interno: governo aboliu os impostos entre os estados; adotou um sistema tributário padronizado; estimulou as indústrias, substituiu as importações. Montagem da infraestrutura necessária à industrialização: montagem e modernização do parque siderúrgico, eletrificação e sistema viário e ferroviário.
  27. 27. Legislação trabalhista para regular os conflitos entre patrões e empregados e controlar as atividades dos sindicatos.
  28. 28. Cidadania do trabalho: carteira assinada torna-se o principal documento de identidade. Entretanto, era grande o número de desempregados, marginalizados do mundo do trabalho e excluídos da cidadania.
  29. 29. Censura e intensa repressão aos opositores + propaganda política : estratégias para se legitimar no poder.
  30. 30. Os meios de comunicação deviam: exaltar a figura de Vargas como vencedor do atraso nacional e protetor dos oprimidos. Deviam também enaltecer suas realizações.
  31. 31. Uso de imagens e símbolos especialmente nas escolas: a bandeira brasileira e a figura de Vargas eram os mais explorados.
  32. 32. A propaganda demonstrava a preocupação do governo com a formação de uma identidade nacional e coletiva: associação Estado/ Pátria/Nação/ Povo : todo homogêneo, harmônico, sem conflitos
  33. 33. Produção artística e cultural : A cultura era considerada fator de unidade nacional e harmonia social. A cultura deveria ter uma tarefa política e os artistas deviam cumprir uma missão de testemunho do social.
  34. 34. O cinema recebeu especial atenção porque a imagem passou a ser considerada importante para a conquista das massas.
  35. 35. Música: incentivo às músicas cujas letras eram adequadas aos valores da nacionalidade e do trabalho. A figura do malandro foi desvalorizada. Heitor Villa- Lobos: grande personalidade associada ao Estado Novo, através do canto orfeônico. Artes plásticas: também concebida como instrumento de formação nacional. Exemplo dos murais do Ministério da Educação (RJ) encomendados à Portinari.
  36. 36. Rádio: O rádio foi conquistando ao longo dos anos 1930/40 um lugar de destaque nas residências, lançando novos produtos, criando novas demandas, facilitando a divulgação das notícias e transmitindo partidas de futebol. A Rádio Nacional, encampada pelo governo em 1940, tinha o entretenimento como centro de sua programação e eram os anúncios sua principal fonte de renda. Porém o governo fazia uso do rádio para transmitir sua propaganda.

×