1
FICHA TÉCNICA2010 SEBRAE/MGTodos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial, de qualquer formaou po...
SUMÁRIOPRINCIPAIS RESULTADOS ..................................................................................... 4INTROD...
PRINCIPAIS RESULTADOSO índice de competitividade e seus subíndices (performance econômica,infraestrutura, quadro social, c...
Tabela 2: Índice de competitividade e subíndices para os cinco municípios commaior índice de competitividade              ...
INTRODUÇÃOO conhecimento sobre as características locais é essencial para o estabelecimentode estratégias que visam contri...
investimento do SEBRAE/MG tende a ser potencializado (dadas as vantagenslocais) e, por outro lado, municípios e regiões on...
ESTRUTURA DO ÍNDICE DE COMPETITIVIDADE DOS MUNICÍPIOS MINEIROSO índice de Competitividade dos municípios mineiros é dividi...
APLICAÇÕES DO ÍNDICE DE COMPETITIVIDADE DOS MUNICÍPIOS MINEIROSO índice, ao identificar os principais fatores de competiti...
RESULTADOSComo já salientado o Índice de Competitividade dos municípios mineiros tem porobjetivo sintetizar um conjunto de...
Mapas das MacrorregiõesMapa 1: Índice geralFonte: Elaboração própria.                             11
Mapa 2: Índice de Performance EconômicaFonte:   Elaboração própria.                                          12
Mapa 3: Índice de Capacidade de Alavancagem do GovernoFonte:   Elaboração própria.                                        ...
Mapa 4: Índice do Quadro SocialFonte: Elaboração própria.                                  14
Mapa 5: Índice de Suporte aos NegóciosFonte: Elaboração própria.                                         15
Mapa 6: Índice de InfraestruturaFonte: Elaboração própria.                                   16
Mapas dos MunicípiosMapa 7: Índice de Competitividade dos Municípios Mineiros              até 20              Menor que 2...
Mapa 8: Índice de Performance Econômica              até 20               Menor que 20              acima de 20 até 40    ...
Mapa 9: Índice de Capacidade de alavancagem do governo              até 20               Menor que 20              acima d...
Mapa 10: Índice do Quadro Social               até 20 que 20               Menor               acima de 20 até 40         ...
Mapa 11: Índice de Suporte aos Negócios              até 20               Menor que 20              acima de 20 até 40    ...
Mapa 12: Índice de Infraestrutura              até 20               Menor que 20              acima de 20 até 40          ...
• Tabelas dos resultadosOs resultados dos índices para macrorregiões de planejamento do SEBRAE/MGencontram-se na Tabela 3....
adversidades locais. Uma eventual priorização de recursos nessa macrorregiãocontribui, para a redução das desigualdades re...
macrorregião obteve a primeira colocação. Por outro lado, no Suporte aos Negócios,essa região apresentou menor desempenho....
PatosAraxá    Frutal   Ituiutaba Paracatu  de   Patrocínio Uberaba Uberlândia         Unaí                                ...
Tabela 4: Índice e subíndices de competitividade das microrregiões de planejamentodo SEBRAE/MG                            ...
Tabela 4: Índice e subíndices de competitividade das microrregiões de planejamentodo SEBRAE/MG                            ...
Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do ...
Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do ...
Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do ...
Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do ...
Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do ...
Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do ...
Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do ...
Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do ...
Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do ...
Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do ...
Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do ...
Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do ...
Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do ...
Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do ...
Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do ...
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010

1.444 visualizações

Publicada em

Informações Estratégicas para a Sua Empresa

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.444
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

sebraemg-relatório índice de competitividade municipal 2010

  1. 1. 1
  2. 2. FICHA TÉCNICA2010 SEBRAE/MGTodos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial, de qualquer formaou por qualquer meio, desde que divulgadas as fontes. SEBRAE/MG ROBERTO SIMÕES Presidente do Conselho Deliberativo AFONSO MARIA ROCHA Diretor Superintendente LUIZ MÁRCIO HADDAD PEREIRA SANTOS Diretor Técnico MATHEUS COTTA DE CARVALHO Diretor de Operações Unidade de Inteligência Empresarial – Observatório da MPE BRENNER LOPES Gerente CAROLINA COSTA XAVIER VENÚSSIA ELIANE SANTOS BÁRBARA ALVES DE ARAÚJO RODRIGO PATROCÍNIO MAZZEI EDUARDO PÁDUA JARDIM DE MIRANDA PAOLA LA GUARDIA ZORZIN Equipe Técnica RODOLFO RODRIGO DA SILVA SILVIA LARISSA BRAGA SHIRLEY KARINE FIALHO Assistentes BRENO FERNANDES DE OLIVEIRA GABRIEL DE ANDRADE IVO Estagiários I3992 Índice de competitividade dos municípios mineiros. / Serviço de Apoio às Micro e Pequenas de Minas Gerais; Núcleo Observatório da MPE. Belo Horizonte: SEBRAE/ MG, 2010. 69 p.: il. 1. Índice I. Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais. CDU: (083.86) 2
  3. 3. SUMÁRIOPRINCIPAIS RESULTADOS ..................................................................................... 4INTRODUÇÃO ........................................................................................................... 6ESTRUTURA DO ÍNDICE DE COMPETITIVIDADE DOS MUNICÍPIOS MINEIROS 8APLICAÇÕES DO ÍNDICE DE COMPETITIVIDADE DOS MUNICÍPIOS MINEIROS 9RESULTADOS ......................................................................................................... 10 Mapas das Macrorregiões ................................................................................................................................. 11 Mapa 1: Índice geral ......................................................................................................................................... 11 Mapa 2: Índice de Performance Econômica...................................................................................................... 12 Mapa 3: Índice de Capacidade de Alavancagem do Governo ........................................................................... 13 Mapa 4: Índice do Quadro Social ...................................................................................................................... 14 Mapa 5: Índice de Suporte aos Negócios .......................................................................................................... 15 Mapa 6: Índice de Infraestrutura ....................................................................................................................... 16 Mapas dos Municípios ...................................................................................................................................... 17 Mapa 7: Índice de Competitividade dos Municípios Mineiros ......................................................................... 17 Mapa 8: Índice de Performance Econômica...................................................................................................... 18 Mapa 9: Índice de Capacidade de alavancagem do governo ............................................................................. 19 Mapa 10: Índice do Quadro Social .................................................................................................................... 20 Mapa 11: Índice de Suporte aos Negócios ........................................................................................................ 21 Mapa 12: Índice de Infraestrutura ..................................................................................................................... 22 Tabela 3: Índice e subíndices de competitividade das macrorregiões de planejamento do SEBRAE/MG ....... 23 Tabela 4: Índice e subíndices de competitividade das microrregiões de planejamento do SEBRAE/MG ........ 27 Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundo macro e microrregiões de planejamento do SEBRAE/MG ........................................................................................................................ 29REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ........................................................................ 60ANEXO 1: VARIÁVEIS QUE COMPÕEM OS SUBÍNDICES E SEUSRESPECTIVOS PESOS ........................................................................................... 61ANEXO 2: METODOLOGIA..................................................................................... 64 Análise Fatorial ................................................................................................................................................. 65 Modelo de Análise Fatorial ............................................................................................................................... 65 Estimação do número de fatores m ................................................................................................................... 66 Estimação das matrizes e ................................................................................................... 67 Rotação Ortogonal de Fatores ........................................................................................................................... 68 3
  4. 4. PRINCIPAIS RESULTADOSO índice de competitividade e seus subíndices (performance econômica,infraestrutura, quadro social, capacidade de alavancagem do governo e suporte aosnegócios) foram inicialmente calculados para os municípios mineiros e, a partirdesses resultados, foi possível mensurar os índices para as micro e macrorregiõesde planejamento do SEBRAE/MG.Os maiores índices indicam melhor ambiente para os negócios. Os resultadosindicaram que a macrorregião Centro foi a que mais se destacou e que a Norte, poroutro lado, foi a que a apresentou resultados menos expressivos. Deve-se ressaltarque os investimentos tendem a ser potencializados nas regiões que obtiverammaiores índices, no entanto, a priorização de recursos nas localidades que possuemmelhores indicadores tende a aumentar a discrepância regional.Na tabela 1 são apresentados os índices das macrorregiões e na tabela 2 osresultados para os cinco municípios com maior índice de competitividade.Tabela1: Índice de competitividade e subíndices para as macrorregiões deplanejamento do SEBRAE/MG Posição Índice Capacidade de Suporte Macrorregiões geral Perfomance alavancagem do Quadro aos Infraestrutura Econômica social governo negócios Centro 47,78 2º 1º 3º 1º 1º Oeste 34,23 1º 2º 1º 3º 2º Sul 29,61 3º 3º 2º 2º 3º Leste 24,42 4º 4º 4º 4º 4º Norte 6,63 5º 5º 5º 5º 5º Fonte: Elaboração própria. 4
  5. 5. Tabela 2: Índice de competitividade e subíndices para os cinco municípios commaior índice de competitividade Posição Índice Capacidade geral Perfomance Suporte aos de Quadro Infraestrutura Econômica negócios alavancagem social Municípios do governoBelo Horizonte 100,00 17º 1º 1º 1º 28ºUberlândia 78,36 36º 2º 2º 4º 14ºJuiz de Fora 75,33 102º 4º 4º 3º 20ºNova Lima 74,63 6º 20º 11º 2º 53ºUberaba 74,37 60º 3º 3º 17º 7ºFonte: Elaboração própria.Fazendo uma análise cruzada entre os resultados dos municípios e dasmacrorregiões é possível concluir que: • Na macrorregião Centro, os municípios Belo Horizonte e Nova Lima foram os que mais contribuíram para o índice geral; • As cidades de Uberlândia e Uberaba tiveram os maiores índices de competitividade geral da macrorregião Oeste (maior que 70), impactando positivamente para o resultado dessa região; • Na macrorregião Norte, nenhum município apresentou índice superior a 60, sendo a maior parte dos municípios alocados nas faixas de baixa e muito baixa competitividade (indicadores até 40). Nessa região estão localizados quatro dos cinco municípios com menor índice de competitividade, a saber: Santa Cruz de Salinas, Miravânia, Setubinha e Monte Formoso; • Na macrorregião Sul, nenhuma cidade obtive índice de competitividade superior a 70. A cidade de maior destaque dessa região é Varginha; • O município que mais impulsionou o resultado da macrorregião Leste foi: Juiz de Fora, cujo índice foi superior a 70. Essa mesma análise pode ser realizada para os demais subíndices e para as microrregiões. 5
  6. 6. INTRODUÇÃOO conhecimento sobre as características locais é essencial para o estabelecimentode estratégias que visam contribuir para o desenvolvimento dos negócios e estimularo empreendedorismo. Isso porque o território, em função de suas especificidades,pode gerar vantagens competitivas para as empresas, ou criar obstáculo aodesenvolvimento dessas.Espera-se que em regiões que apresentam estruturas econômicas e institucionaisfavoráveis, como por exemplo, dinamismo econômico, incentivos governamentais einfraestrutura adequada para o desenvolvimento das atividades, haja maiorpropensão ao surgimento de novos empreendimentos e estímulo à competitividadedas empresas dessa localidade.Por outro lado, regiões com baixo nível de atividade econômica, precáriainfraestrutura energética e de transporte, por exemplo, tendem a reduzir acompetitividade das empresas nelas inseridas, comparativamente aosestabelecimentos de outra localidade mais desenvolvida.A importância de analisar os aspectos externos às empresas é retratada pordiversos autores, como COUTINHO E FERRAZ (1994), MACHADO-DA-SILVA EBARBOSA (2002) e CAMAGNI apud FERREIRA (2007). Os autores apontam queesses fatores, por se referirem ao ambiente no qual as empresas estão inseridas,interferem na competitividade das mesmas.Como o SEBRAE/MG tem como missão a promoção da competitividade das micro epequenas empresas o conhecimento das características dos municípios mineiros éde suma importância para direcionar suas estratégias de atuação, sobretudo nasabordagens territoriais e individuais.Neste contexto foi criado/desenvolvido o índice de competitividade, calculado paraas micro e macrorregiões de planejamento do SEBRAE/MG e para os municípiosmineiros. Esse índice permite a identificação de cidades e regiões onde o retorno do 6
  7. 7. investimento do SEBRAE/MG tende a ser potencializado (dadas as vantagenslocais) e, por outro lado, municípios e regiões onde será requerido mais esforço dainstituição e seus parceiros.O referido índice possibilita, ainda, a classificação e a comparação dos municípiosmineiros e das micro e macrorregiões em função do grau de competitividade, masde forma não exaustiva, na medida em que não são consideradas as especificidadessetoriais, que também representam importantes fatores intervenientes àcompetitividade das empresas.Como referência metodológica utilizou-se o Índice de Competitividade das Nações,calculado pelo International Institute for Management Development - IMD, sendoesse índice conceituado como a capacidade do país de criar e manter um ambientecompetitivo para as empresas.Esse índice é publicado no Anuário da Competitividade Mundial (WorldCompetitiveness Yearbook – WCY) desde 1989. No Brasil, a Fundação Dom Cabralatua como parceira do IMD, oferecendo suporte para a realização da pesquisa eavaliando a metodologia e os resultados apresentados pelo WCY. 7
  8. 8. ESTRUTURA DO ÍNDICE DE COMPETITIVIDADE DOS MUNICÍPIOS MINEIROSO índice de Competitividade dos municípios mineiros é dividido em cinco fatores, asaber: 1. Performance Econômica: abrange os aspectos relacionados à atividade econômica, ao comércio internacional, à remuneração e ao emprego. 2. Capacidade de alavancagem do governo: inclui finanças públicas. 3. Quadro social: engloba os principais indicadores sociais. 4. Suporte aos Negócios: compreende o mercado de trabalho, instituições de apoio e multiplicidade da economia. 5. Infraestrutura: considera a infraestrutura básica, educação, saúde e meio ambiente.Os cinco fatores descritos compõem em subíndices, de modo a permitir uma análisedesagregada de cada cidade, micro e macrorregião, demonstrando quais são asprincipais vantagens e gargalos locais para o desenvolvimento dos negócios. Porsua vez, cada subíndice será composto um conjunto de variáveis1.Para a construção do índice utilizou-se como critério para a escolha das variáveis arelevância e a disponibilidade de informações no âmbito das cidades mineiras,obtidas por meio de fontes secundárias e oficiais.1 As variáveis que compõem cada subíndice e seus respectivos pesos encontram-se no Anexo 1. 8
  9. 9. APLICAÇÕES DO ÍNDICE DE COMPETITIVIDADE DOS MUNICÍPIOS MINEIROSO índice, ao identificar os principais fatores de competitividade presentes nosmunicípios, nas micro e nas macrorregiões, poderá subsidiar o processo decisóriodo SEBRAE/MG no tocante à suas estratégias de atuação. A partir da classificaçãodos municípios será possível definir prioridades de atendimento.Além disso, os municípios poderão ser agrupados de acordo com suassimilaridades, permitindo identificar as cidades que demandam conjunto de açõessemelhantes.No que se refere ao comportamento temporal, a análise da evolução do índice decompetitividade permitirá a aferição da dinamicidade das localidades, por meio davelocidade de crescimento das mesmas. Assim, será possível identificaragrupamentos de cidades/regiões conforme seu ritmo de evolução da atividade epossibilitará o desenvolvimento de políticas localizadas.De modo geral, o índice se constitui em um importante parâmetro de análise parasubsidiar o planejamento de ações a serem adotadas nas abordagens coletiva,individual (envolvendo projetos de conhecimento e tecnologia e articulaçãoinstitucional) e territorial. Além disso, fornece informações relevantes para a reflexãodas unidades de conhecimento no momento de elaboração de seus planos de açãoe abordagens.No âmbito da Unidade de Políticas Públicas e Articulação Institucional, em particular,poderá subsidiar na definição de ações e soluções a serem aplicadas junto ao poderpúblico, visando a reflexão em torno do desenvolvimento da região/localidade e,consequentemente, das micro e pequenas empresas. 9
  10. 10. RESULTADOSComo já salientado o Índice de Competitividade dos municípios mineiros tem porobjetivo sintetizar um conjunto de informações que indicam a capacidade dosmunicípios mineiros, micro e macrorregiões de criar e manter um ambiente favorávelaos negócios.O Índice foi construído a partir de 5 subíndices: Performance Econômica Capacidade de alavancagem do governo Quadro social Suporte aos negócios InfraestruturaOs resultados são apresentados em uma escala de 0 a 100, sendo que: 0 a 20 - nível de competitividade muito baixa Acima de 20 até 40 – nível de competitividade baixa Acima de 40 até 60 – nível de competitividade média Acima de 60 até 80 – nível de competitividade alta Acima de 80 até 100 - nível de competitividade muito alta • Mapas das macrorregiões e dos municípios mineirosNos mapas seguintes é possível verificar o nível de competitividade dasmacrorregiões e municípios mineiros segundo seus subíndices e índice geral. Osvalores obtidos pelas macrorregiões e municípios são disponibilizados no próximotópico. 10
  11. 11. Mapas das MacrorregiõesMapa 1: Índice geralFonte: Elaboração própria. 11
  12. 12. Mapa 2: Índice de Performance EconômicaFonte: Elaboração própria. 12
  13. 13. Mapa 3: Índice de Capacidade de Alavancagem do GovernoFonte: Elaboração própria. 13
  14. 14. Mapa 4: Índice do Quadro SocialFonte: Elaboração própria. 14
  15. 15. Mapa 5: Índice de Suporte aos NegóciosFonte: Elaboração própria. 15
  16. 16. Mapa 6: Índice de InfraestruturaFonte: Elaboração própria. 16
  17. 17. Mapas dos MunicípiosMapa 7: Índice de Competitividade dos Municípios Mineiros até 20 Menor que 20 20 - 40 de 20 até 40 acima 40 - 60 de 40 até 60 acima 60 - 80 de 60 até 80 acima Maior que 80 acima de 80Fonte: Elaboração própria. 17
  18. 18. Mapa 8: Índice de Performance Econômica até 20 Menor que 20 acima de 20 até 40 20 - 40 acima de 40 até 60 40 - 60 acima de 60 até 80 60 - 80 acima de 80 80 Maior queFonte: Elaboração própria. 18
  19. 19. Mapa 9: Índice de Capacidade de alavancagem do governo até 20 Menor que 20 acima de 20 até 40 20 - 40 acima de 40 até 60 40 - 60 acima de 60 até 80 60 - 80 acima de 80 80 Maior queFonte: Elaboração própria. 19
  20. 20. Mapa 10: Índice do Quadro Social até 20 que 20 Menor acima de 20 até 40 20 - 40 acima de 40 até 60 40 - 60 60 - 80 acima de 60 até 80 acima de 8080 Maior queFonte: Elaboração própria. 20
  21. 21. Mapa 11: Índice de Suporte aos Negócios até 20 Menor que 20 acima de 20 até 40 20 - 40 acima de 40 até 60 40 - 60 acima de 60 até 80 60 - 80 acima de 80 80 Maior queFonte: Elaboração própria. 21
  22. 22. Mapa 12: Índice de Infraestrutura até 20 Menor que 20 acima de 20 até 40 20 - 40 acima de 40 até 60 40 - 60 acima de 60 até 80 60 - 80 acima de 80 80 Maior queFonte: Elaboração própria. 22
  23. 23. • Tabelas dos resultadosOs resultados dos índices para macrorregiões de planejamento do SEBRAE/MGencontram-se na Tabela 3.Tabela 3: Índice e subíndices de competitividade das macrorregiões deplanejamento do SEBRAE/MG Capacidade de Perfomance Quadro Suporte aos Índice alavancagem do Infraestrutura Econômica social negócios geral governo Centro 46,05 43,39 66,86 47,14 57,41 47,78 Leste 28,86 18,50 54,79 24,11 33,36 24,42 Norte 10,83 4,12 23,53 11,23 16,67 6,63 Oeste 46,78 28,02 73,00 25,32 46,94 34,23 Sul 29,92 19,12 72,41 29,19 36,73 29,61Fonte: Elaboração própria.Nota: Desconsiderou-se as informações ausentes dos municípios.Observando-se as informações apresentadas na Tabela 1, nota-se que, exceto paraos subíndices Performance Econômica e Quadro Social, a macrorregião Centroencontra-se na primeira posição e seus índices se distanciam significativamente aosdas demais regiões. Em outro extremo, tem-se a macrorregião Norte, queapresentou os menores níveis. Dentre as demais regiões, a macrorregião Oeste foi aque mais se destacou, apresentando segunda posição no índice geral e em doissubíndices, além do primeiro lugar na Performance Econômica e no Quadro Social.Vale destacar que, embora os investimentos tendam a ser potencializados namacrorregião Centro, por possuir um ambiente mais favorável aos negócios, umapossível intensificação dos recursos nessa região (em detrimento das demais) tendea ampliar o distanciamento entre as macrorregiões, sobretudo em relação a Norte.Nessa região especificamente, os investimentos tendem a ser impulsionados emmenor magnitude em função dos aspectos dessa localidade. Para melhorar ascondições de competitividade desse território são necessárias tanto a intensificaçãode políticas públicas voltadas para melhoria das cidades, quanto ações decapacitação/treinamento dos empresários direcionadas para superação das 23
  24. 24. adversidades locais. Uma eventual priorização de recursos nessa macrorregiãocontribui, para a redução das desigualdades regionais.Para demonstrar as possibilidades de interpretação dos resultados de umamacrorregião, tomou-se como exemplo a macrorregião Oeste. Destaca-se queanálise similar pode ser realizada para as microrregiões (cujos resultados sãoapresentados em seguida) e para os municípios. Inicialmente pode-se verificar os subíndices e o Índice de Competitividade da macrorregião, bem como os pesos de cada subíndice, conforme indicado no quadro a seguir: Capacidade Suporte Índice de Performance de Quadro aos Infraestrutura Competitividade Econômica Alavancagem Social Negócios Municipal do GovernoÍndice 46,78 28,02 73,00 25,32 46,94 34,23Peso* 0,79 0,84 0,83 0,92 0,88 -* Indica a importância do subíndice para o índice geralEssa visualização permite identificar em qual desses aspectos a macrorregiãoobteve maior pontuação. No caso analisado observa-se um destaque em relação aoquadro social. Em seguida pode-se identificar a posição que a macrorregião se encontra em relação aos demais. Capacidade Suporte Índice dePerformance de Quadro aos Infraestrutura Competitividade Econômica Alavancagem Social Negócios Municipal do Governo 1º 2º 1º 3º 2º 2ºEssa análise é interessante, pois complementa a visão anterior. Aqui pode-seobservar que nos subíndices Performance Econômica e Quadro Social a 24
  25. 25. macrorregião obteve a primeira colocação. Por outro lado, no Suporte aos Negócios,essa região apresentou menor desempenho. Caso se deseje identificar qual (is) a(s) variável(is) que mais influenciaram no resultado de um subíndice, é possível obter a posição da macrorregião em relação a todas as variáveis que o compõe, assim como o valor e os pesos.Tomando-se como exemplo o subíndice de Suporte aos Negócios, tem-se asseguintes informações:Variável Posição Valor* Peso**Força de trabalho (% da população) - 2000 2º 0,75 0,74Trabalhadores qualificados (Número detrabalhadores qualificados - com nível superior) / 2º 0,76 0,64Total de Empregados- 2008Bancos de varejo (Número de bancos Oficiais) - 4º -0,54 0,812009 - % no total de bancos do estadoDiversificação da Economia (Nº Cód. CNAE 5º -1,15 0,86presentes no município) - 2008Centros de pesquisa - 2008 2º -0,23 0,38Média de anos de estudo da população de 10 2º 0,51 0,84anos ou mais de idade - Total - 2000* Representa o dado padronizado da macrorregião para a variável em questão.** Indica a importância da variável para o subíndice. Os sinais negativos indicam relação inversa davariável no subíndice. Em outras palavras, indica que quanto menor o resultado naquele aspecto,melhor.Os resultados indicam que a macrorregião obteve classificação menos favorjustamente na variável com maior peso no subíndice analisado (diversificação daeconomia). É possível também verificar os resultados dos subíndices por microrregião. Por exemplo, para o subíndide Suporte aos Negócios, as microrregiões de Uberaba e Uberlândia foram as que apresentaram maiores índices (45,35 e 50,22, respectivamente), enquanto as microrregiões de Unaí e Paracatú obtiveram os menores índices (20,42 e 25,34, respectivamente), conforme quadro a seguir: 25
  26. 26. PatosAraxá Frutal Ituiutaba Paracatu de Patrocínio Uberaba Uberlândia Unaí Minas33,22 27,35 29,98 25,34 34,26 29,02 45,35 50,22 20,42 Por fim, é possível identificar qual(is) o(s) municípios das macrorregiões (ou microrregiões) que apresentaram maiores (ou menores) resultados, tanto em termos de subíndice quanto de variáveis.Tomando-se ainda por base a Macrorregião Oeste, nota-se que Uberlândia (78,36) eUberaba (74,37) foram as únicas cidades a apresentar índice de competitividadesuperior a 70. Por outro lado, os municípios Urucuia e Chapada Gaúcha obtiveramos menores índices (14,79 e 12,19, respectivamente).Nas Tabelas 4 e 5, respectivamente, pode-se verificar os resultados dasmicrorregiões de planejamento do SEBRAE/MG e dos municípios mineiros. 26
  27. 27. Tabela 4: Índice e subíndices de competitividade das microrregiões de planejamentodo SEBRAE/MG (Continua)Macrorregiões Capacidade Eficiência Performance de Quadro Índice Microrregiões dos Infraestrutura Econômica Alavancagem Social Geral Negócios do Governo Belo 49,47 69,62 71,85 80,07 74,83 73,87 Horizonte Conselheiro 47,71 37,22 66,70 32,87 47,23 39,22 Lafaiete Curvelo 23,75 15,69 43,99 21,49 36,58 21,30Centro Divinópolis 34,10 30,39 77,44 42,98 50,80 42,39 Itaúna 38,44 30,77 80,05 34,12 46,92 38,55 São João del 25,54 13,31 69,58 25,37 51,50 29,37 Rei Sete Lagoas 37,63 31,57 57,72 34,82 44,05 35,68 Três Marias 42,53 18,05 65,55 22,06 41,22 28,41 Aimorés 21,07 13,73 39,15 14,87 24,25 14,01 Barbacena 31,64 23,18 67,08 24,36 43,36 29,44 Caratinga 18,58 10,23 42,06 15,69 21,22 12,91 Cataguases 26,16 17,08 67,51 27,96 50,75 30,91 Governador 27,54 29,89 42,49 29,71 47,16 30,65 Valadares Guanhães 13,77 7,38 20,50 7,80 9,79 2,92Leste Ipatinga 52,65 42,97 69,44 35,39 48,40 42,77 Itabira 49,98 29,33 65,68 27,48 43,54 34,66 Juiz de Fora 37,07 50,49 76,44 42,67 60,54 48,82 Manhuaçu 18,97 9,15 45,14 21,48 16,08 14,40 Muriaé 21,24 19,40 53,76 27,17 34,08 24,60 Ponte Nova 24,47 11,78 37,74 20,38 27,83 17,32 Ubá 25,87 15,69 63,71 28,34 38,25 27,25 Viçosa 18,46 9,42 45,42 24,49 20,30 16,77 Almenara 12,54 2,80 6,77 8,97 22,38 3,96 Diamantina 15,01 7,66 29,56 13,06 23,05 9,77 Janaúba 20,00 6,56 12,65 14,37 16,84 7,49 Januária 7,48 4,45 15,70 6,10 7,43 -0,45Norte Montes 28,12 16,93 47,40 29,49 40,88 27,17 Claros Pirapora 38,91 21,01 36,69 18,46 39,04 23,07 Salinas 11,40 7,28 18,09 9,07 12,87 3,60 Teófilo Otoni 20,98 10,70 20,28 18,59 26,33 13,48 Turmalina 13,42 8,36 15,19 8,58 4,74 1,56 27
  28. 28. Tabela 4: Índice e subíndices de competitividade das microrregiões de planejamentodo SEBRAE/MG (Conclusão)Macrorregiões Capacidade Eficiência Performance de Quadro Índice Microrregiões dos Infraestrutura Econômica Alavancagem Social Geral Negócios do Governo Araxá 55,55 30,15 72,39 33,22 49,76 40,48 Frutal 53,20 23,26 75,08 27,35 39,63 34,02 Ituiutaba 42,27 33,54 76,44 29,98 50,58 38,33 Paracatu 47,20 35,16 54,75 25,34 34,74 31,01 Patos de 40,39 26,24 75,42 34,26 45,68 37,22Oeste Minas Patrocínio 38,90 21,85 72,96 29,02 41,19 32,47 Uberaba 52,51 42,40 85,93 45,35 67,49 53,59 Uberlândia 55,60 52,86 83,45 50,22 67,66 57,96 33,58 22,11 56,89 20,42 26,30 22,44 Unaí Alfenas 33,47 21,92 77,56 32,12 42,07 33,75 Andrelândia 19,59 2,54 57,42 13,77 32,41 15,23 Campo Belo 28,10 10,17 68,53 25,54 48,23 28,31 Formiga 36,37 23,40 77,49 30,24 42,70 33,79 Itajubá 35,55 20,57 64,64 27,08 35,82 28,60 Lavras 38,02 25,79 72,92 29,11 48,79 34,99 Oliveira 27,82 19,43 59,14 21,78 34,04 23,82 Passos 44,17 25,97 73,30 31,66 46,34 36,52 Piunhi 33,55 17,38 75,92 27,76 38,00 29,79Sul Poços de 38,03 46,78 87,44 41,85 47,88 46,00 Caldas Pouso Alegre 39,74 29,18 72,83 36,94 34,92 35,92 Santa Rita do 32,03 12,65 67,38 25,10 25,57 23,46 Sapucaí São 30,26 23,91 76,44 28,40 43,55 32,24 Lourenço São Sebastião do 37,72 23,73 69,39 33,16 38,74 33,47 Paraíso Varginha 38,63 31,45 71,26 38,95 47,85 40,09Fonte: Elaboração própria.Nota: Desconsiderou-se as informações ausentes dos municípios. 28
  29. 29. Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do SEBRAE/MG (Continua)Microrregião Capacidade de Suporte Perfomance de Quadro Índiceplanejamento Municípios aos Infraestrutura Econômica alavancagem social geral do negócios do governoSEBRAE/MG Macrorregião Centro Barão de 48,68 38,25 68,75 37,11 59,25 45,09 Cocais Belo 60,81 100,00 86,85 100,00 100,00 100,00 Horizonte Betim 61,13 51,00 77,11 60,91 59,48 61,48 Bom Jesus 34,51 21,94 52,48 25,09 26,78 23,91 do Amparo Brumadinho 57,90 36,41 68,94 40,14 52,85 46,08 Caeté 30,98 38,81 79,32 41,97 56,35 44,86 Catas Altas 42,50 28,07 75,94 21,44 44,45 32,06 Confins 72,35 38,70 77,52 32,08 59,06 47,95 Contagem 51,27 64,04 77,15 70,22 64,17 67,71 Esmeraldas 31,02 34,38 69,29 35,21 NA NA Ibirité 35,15 39,38 61,49 43,54 62,55 45,88 Igarapé 37,39 40,57 67,25 37,53 50,32 41,34 Juatuba 56,78 34,08 67,63 38,37 50,08 43,78 Lagoa 46,44 68,54 72,73 48,63 66,33 58,02 Santa Mário 28,29 23,20 48,63 23,45 45,15 26,56 Belo Campos Horizonte Mateus 42,49 24,59 62,95 40,00 46,51 38,78 Leme Matozinhos 50,14 34,30 76,40 47,46 57,06 49,60 Nova Lima 71,18 97,90 83,82 57,23 72,28 74,63 Nova União 32,84 12,81 47,47 24,83 31,12 22,26 Pedro 44,08 45,25 87,63 51,36 61,50 54,88 Leopoldo Raposos 23,08 23,10 69,96 28,58 53,86 32,69 Ribeirão 25,89 33,81 71,49 43,67 55,24 42,59 das Neves Rio Acima 34,44 56,09 64,22 29,01 52,11 40,07 Sabará 37,99 39,11 74,50 48,31 54,67 48,00 Santa 38,68 32,41 70,20 36,29 51,97 40,20 Bárbara Santa Luzia 44,71 48,99 68,64 52,59 58,15 53,18 São Joaquim de 38,57 30,76 47,98 29,20 41,79 31,45 Bicas São José 43,22 26,86 64,18 34,55 48,03 37,41 da Lapa Sarzedo 38,02 40,68 69,04 32,93 52,26 40,09 29
  30. 30. Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do SEBRAE/MG (Continua)Microrregião Capacidade de Suporte Perfomance de Quadro Índiceplanejamento Municípios aos Infraestrutura Econômica alavancagem social geral do negócios do governoSEBRAE/MG Macrorregião Centro Taquaraçu Belo 39,49 23,26 69,24 24,26 25,93 26,40 de Minas Horizonte Vespasiano 42,20 39,40 64,82 45,71 56,83 47,01 Belo Vale 31,50 22,11 66,98 21,98 NA NA Casa 30,50 8,50 55,05 23,11 29,54 20,74 Grande Catas Altas NA 10,64 46,64 13,04 19,95 NA da Noruega Congonhas 46,06 67,97 79,37 42,69 57,71 53,74 Conselheiro 34,22 38,67 81,19 51,26 67,37 52,61 Lafaiete Cristiano 30,50 7,12 68,48 27,95 NA NA Otoni Desterro de 27,22 19,92 60,54 20,03 28,71 21,42 Entre Rios Entre Rios 33,29 21,57 69,38 32,82 38,84 32,17 Conselheiro de Minas Lafaiete Itabirito 50,69 46,29 77,40 47,50 61,14 53,18 Itaverava 23,89 0,86 54,28 13,97 NA NA Jeceaba 32,31 60,96 66,82 21,32 NA NA Mariana 51,03 44,39 73,24 45,34 50,68 48,75 Moeda 30,38 24,99 63,55 24,65 25,84 24,64 Ouro 65,17 61,85 81,61 49,50 61,30 60,10 Branco Ouro Preto 63,68 47,95 76,09 51,72 58,98 56,94 Queluzito 37,82 15,03 68,28 19,87 27,98 22,94 Santana 26,00 12,27 38,47 NA 29,73 NA dos Montes São Brás 32,78 16,14 67,89 26,80 48,93 30,71 do Suaçuí Augusto de 31,60 12,97 45,37 19,99 27,18 18,64 Lima Buenópolis 25,97 17,85 38,23 22,15 37,48 21,37 Corinto 29,65 28,43 53,30 34,08 49,97 34,39 Curvelo 35,03 43,63 69,59 48,17 59,99 49,07 Curvelo Felixlândia 37,60 25,05 63,74 26,85 40,95 30,76 Inimutaba 33,64 14,87 45,59 19,31 39,46 22,19 Joaquim 27,02 13,31 38,07 20,49 35,76 19,47 Felício Monjolos 29,61 9,09 38,28 21,16 36,51 19,62 Morro da 32,79 18,08 41,20 15,67 29,45 17,96 Garça 30
  31. 31. Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do SEBRAE/MG (Continua)Microrregião Capacidade de Suporte Perfomance de Quadro Índiceplanejamento Municípios aos Infraestrutura Econômica alavancagem social geral do negócios do governoSEBRAE/MG Macrorregião Centro Presidente 33,01 12,03 33,70 23,24 25,62 18,40 JuscelinoCurvelo Santo 28,31 11,79 39,25 13,74 34,48 16,16 Hipólito Araújos 34,03 20,19 75,14 38,04 50,57 38,06 Bom 38,82 41,93 82,05 49,73 59,81 51,52 Despacho Carmo do 38,53 30,25 79,41 35,08 48,04 39,29 Cajuru Cláudio 37,42 33,08 61,49 42,82 45,27 40,33 Conceição 50,70 32,11 76,39 22,43 30,68 31,25 do Pará Divinópolis 43,86 57,01 96,16 67,37 72,29 68,10 Dores do 33,13 34,62 68,20 38,24 56,81 41,54 Indaiá Estrela do 39,64 21,93 64,45 24,01 48,77 31,30 Indaiá Igaratinga 40,12 22,59 65,86 29,67 43,52 32,90 Japaraíba 36,30 14,41 69,97 34,28 36,57 31,46 Lagoa da 42,24 39,36 70,91 45,66 60,02 48,51 Prata Leandro 37,74 15,50 63,36 27,62 36,39 28,09 Divinópolis Ferreira Luz 39,27 31,25 79,72 41,91 56,94 45,00 Martinho 38,84 36,25 67,87 35,43 49,08 39,56 Campos Moema 33,23 19,41 72,16 37,22 55,05 38,19 Nova 39,06 32,62 89,20 47,83 NA NA Serrana Perdigão 37,14 20,67 86,71 37,19 45,61 38,40 Quartel 35,18 17,08 56,51 18,41 40,74 24,09 Geral Santo Antônio do 34,43 32,67 78,19 44,19 49,17 43,31 Monte São Gonçalo 41,41 23,33 66,28 30,62 46,32 34,45 do Pará São Sebastião 53,42 23,23 71,71 25,11 NA NA do Oeste Serra da NA 12,38 64,54 20,21 38,64 NA Saudade 31
  32. 32. Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do SEBRAE/MG (Continua)Microrregião Capacidade de Suporte Perfomance de Quadro Índiceplanejamento Municípios aos Infraestrutura Econômica alavancagem social geral do negócios do governo SEBRAE/MG Macrorregião Centro Bonfim 33,67 20,36 58,30 27,53 24,33 24,62 Crucilândia 33,75 12,59 62,50 21,51 29,00 22,10 Florestal 37,61 27,89 87,52 27,80 40,85 34,51 Itaguara 37,62 35,02 66,43 34,27 43,53 37,01 Itatiaiuçu 51,34 33,14 60,21 25,54 36,00 32,41 Itaúna 46,16 53,60 93,72 56,27 64,42 60,53 Onça de 41,81 16,80 75,15 23,18 21,55 24,64 Itaúna Pitangui Pará de 44,11 50,17 91,19 53,69 70,36 59,56 Minas Piedade dos 27,99 14,78 39,80 NA 19,90 NA Gerais Pitangui 38,78 23,20 86,54 42,04 56,27 44,06 Rio Manso 32,47 15,36 55,61 20,03 31,50 21,57 São José da 46,36 14,42 77,01 26,24 30,92 28,95 Varginha Conceição da Barra de 30,10 13,20 51,43 20,32 33,78 20,97 Minas Coronel Xavier 35,32 15,08 65,01 18,41 28,93 21,72 Chaves Dores de 39,88 13,24 76,99 30,05 NA NA Campos Lagoa 32,66 15,75 67,29 25,16 32,04 25,51 Dourada Madre de Deus de 32,56 14,10 62,21 26,47 43,32 28,03 MinasSão João del Nazareno 44,10 25,75 58,54 28,19 43,60 32,68 Rei Piedade do 31,63 14,32 47,06 21,95 36,81 22,44 Rio Grande Prados 32,94 14,99 67,64 25,46 42,52 28,25 Resende 28,98 16,78 65,54 27,08 43,78 28,72 Costa Ritápolis 34,26 14,77 55,32 17,64 42,32 23,40 Santa Cruz 29,02 13,10 73,48 26,07 49,49 29,95 de Minas São João del 38,79 37,52 91,82 52,37 68,84 55,30 Rei São Tiago 32,48 20,35 62,10 29,87 41,48 30,28 Tiradentes 41,53 30,14 75,86 36,97 49,67 40,64 32
  33. 33. Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do SEBRAE/MG (Continua)Microrregião Capacidade de Suporte Perfomance de Quadro Índiceplanejamento Municípios aos Infraestrutura Econômica alavancagem social geral do negócios do governo SEBRAE/MG Macrorregião Centro Araçaí 35,63 10,23 65,29 27,45 46,99 29,56 Baldim 38,65 13,08 66,90 25,04 36,33 27,01 Cachoeira da 44,20 7,45 80,03 30,76 NA NA Prata Caetanópolis 38,78 32,18 72,22 31,06 49,27 37,35 Capim 33,63 23,86 69,33 27,73 52,79 33,92 Branco Conceição do 28,20 36,56 43,46 19,50 35,91 24,38 Mato Dentro Congonhas NA 10,04 38,06 11,56 28,22 NA do Norte Cordisburgo 32,82 20,58 61,05 28,27 37,66 28,57 Dom Joaquim 25,87 15,47 30,44 17,94 36,31 17,78 Fortuna de 35,25 13,68 51,35 24,11 35,90 24,19 Minas Funilândia 34,17 14,92 48,61 20,87 36,25 22,54 Inhaúma 43,18 19,88 65,10 34,62 39,47 34,02 Itambé do 24,98 11,79 42,15 13,58 17,41 11,51 Mato Dentro Jaboticatubas 34,28 36,87 60,62 28,40 32,54 30,66Sete Lagoas Jequitibá 37,95 16,87 44,04 18,37 22,41 18,37 Maravilhas 40,41 17,55 67,81 28,57 42,99 31,57 Morro do 25,67 11,56 42,81 22,72 41,11 21,83 Pilar Papagaios 37,99 23,00 60,36 34,26 49,48 35,56 Paraopeba 37,25 42,16 72,43 41,05 46,07 42,74 Passabém NA 10,51 48,32 19,93 26,66 NA Pequi 35,75 16,33 75,00 32,69 47,63 34,43 Prudente de 39,12 19,08 70,89 29,46 NA NA Morais Santana de 28,88 14,65 43,34 22,93 18,41 17,35 Pirapama Santana do 33,27 17,46 42,48 16,54 31,74 19,05 Riacho Santo Antônio do 24,02 10,25 49,94 18,45 26,26 16,42 Rio Abaixo São Sebastião do NA 11,80 53,42 19,32 22,75 NA Rio Preto Sete Lagoas 48,67 61,81 78,37 65,36 65,92 65,23 33
  34. 34. Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do SEBRAE/MG (Continua)Microrregião Capacidade de Suporte Perfomance de Quadro Índiceplanejamento Municípios aos Infraestrutura Econômica alavancagem social geral do negócios do governo SEBRAE/MG Macrorregião Centro Abaeté 35,16 26,71 78,70 37,66 53,14 40,41 Biquinhas 34,70 12,89 70,40 21,43 37,32 25,33 Cedro do 31,89 9,22 73,56 13,67 51,74 24,67 Abaeté Morada Três Marias Nova de 45,31 27,02 77,14 28,13 50,31 37,00 Minas Paineiras 35,53 19,88 76,87 23,43 45,55 30,58 Pompéu 38,27 35,65 63,90 36,31 47,61 38,91 Três Marias 58,21 44,85 82,22 41,22 59,65 51,54 Macrorregião Leste Aimorés 39,21 38,33 66,94 33,52 50,89 39,52 Alvarenga NA 13,24 37,62 13,41 22,32 NA Central de 27,60 26,40 48,66 21,89 51,69 28,02 Minas Conceição 26,11 13,62 54,21 17,11 22,70 16,42 de Ipanema Conselheiro 32,92 52,76 63,03 29,77 52,80 39,55 Pena Cuparaque NA 12,01 59,75 18,37 45,69 NA Goiabeira 27,92 12,86 39,55 14,90 43,17 19,07 Ipanema 30,38 24,83 61,13 32,61 44,22 32,61 Itabirinha 27,14 17,36 32,34 NA 40,93 NA de Mantena Itueta 38,93 27,52 54,63 24,66 23,52 24,97 Aimorés Mantena 30,25 30,44 56,27 33,23 48,72 34,52 Mendes 30,28 15,43 39,31 21,64 29,17 19,42 Pimentel Mutum 27,90 19,89 56,84 30,16 26,63 25,14 Nova 26,62 18,07 28,97 20,59 12,99 13,50 Belém Pocrane 34,58 26,34 51,41 22,84 29,88 24,41 Resplendor 35,63 23,01 61,38 30,84 55,22 35,18 Santa Rita 31,53 17,77 52,69 14,24 21,92 16,48 do Itueto São Félix 23,56 11,19 25,30 12,96 24,77 10,76 de Minas São João do 33,26 16,65 33,50 23,52 36,27 22,14 Manteninha Taparuba 27,65 10,29 53,80 19,01 26,14 17,73 34
  35. 35. Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do SEBRAE/MG (Continua)Microrregião Capacidade de Suporte Perfomance de Quadro Índiceplanejamento Municípios aos Infraestrutura Econômica alavancagem social geral do negócios do governo SEBRAE/MG Macrorregião Leste Alfredo 36,41 16,00 62,34 20,63 29,05 22,81 Vasconcelos Antônio 35,41 15,05 65,98 27,03 35,89 27,52 Carlos Barbacena 40,48 46,78 83,49 54,75 69,95 57,75 Barroso 40,51 33,15 67,27 35,42 54,12 40,46 Capela Nova 25,01 11,20 61,30 19,12 25,88 18,31 Caranaíba 28,88 12,45 58,92 18,53 20,27 17,24 Barbacena Carandaí 40,68 29,05 75,93 32,44 43,91 36,77 Desterro do 32,07 13,55 54,54 16,43 21,60 16,88 Melo Ibertioga NA 13,33 60,18 18,56 36,76 NA Ressaquinha 40,80 10,04 65,01 18,22 30,52 22,01 Santa Bárbara do 28,00 10,75 38,95 15,17 22,30 13,42 Tugúrio Senhora dos 24,37 13,92 59,96 21,18 23,35 18,86 Remédios Bom Jesus 24,88 21,91 36,61 18,90 29,49 18,27 do Galho Bugre 23,68 15,62 42,81 3,19 22,16 8,62 Caratinga 31,67 41,73 68,05 45,46 46,83 43,37 Córrego 28,69 19,28 48,28 16,32 33,19 19,57 Novo Dom Cavati 24,39 10,63 63,22 25,79 50,92 27,71 Entre Folhas 21,06 12,77 63,10 20,00 36,75 21,31 Iapu 26,34 19,59 55,43 22,63 33,00 22,87 Imbé de 16,43 11,80 46,40 19,08 8,91 10,87 Caratinga Minas Inhapim 26,06 21,37 60,90 27,77 30,07 25,38 Ipaba 24,29 12,93 50,35 24,22 48,90 25,40 Piedade de 25,81 12,34 39,93 18,32 13,30 12,59 Caratinga Pingo- 27,55 18,43 35,98 NA 44,51 NA dÁgua Santa Bárbara do 25,74 9,81 58,27 15,31 19,50 14,47 Leste Santa Rita 39,28 11,42 42,27 15,51 33,36 18,84 de Minas 35
  36. 36. Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do SEBRAE/MG (Continua)Microrregião Capacidade de Suporte Perfomance de Quadro Índiceplanejamento Municípios aos Infraestrutura Econômica alavancagem social geral do negócios do governo SEBRAE/MG Macrorregião Leste São Domingos 28,33 12,07 63,94 20,23 15,58 17,24 das Dores São João 28,94 13,49 40,61 22,78 43,92 23,24 do Oriente São Caratinga Sebastião 27,68 10,41 34,07 14,88 23,36 12,86 do Anta Tarumirim 24,52 18,31 49,83 22,84 29,87 20,95 Ubaporanga 26,44 12,48 54,52 22,57 26,08 19,62 Vargem 25,63 13,35 56,76 15,01 39,47 19,90 Alegre Além NA 53,10 71,69 45,95 67,26 NA Paraíba Argirita NA 11,23 65,66 22,47 44,21 NA Cataguases NA 31,44 84,10 48,43 NA NA Dona NA 15,29 70,49 23,79 50,47 NA Eusébia Estrela 31,93 9,19 60,32 16,55 43,93 22,43 Dalva Itamarati de NA 10,09 69,93 23,28 NA NA Minas Laranjal NA 23,41 80,18 29,10 42,45 NA Cataguases Leopoldina NA 35,29 78,26 47,45 61,73 NA Palma NA 3,51 66,89 27,36 NA NA Pirapetinga NA 22,99 72,56 33,80 54,53 NA Recreio NA 29,17 67,33 28,75 56,82 NA Santana de NA 10,61 66,31 21,92 43,36 NA Cataguases Santo Antônio do NA 12,37 54,24 22,40 35,86 NA Aventureiro Volta 36,28 14,66 60,31 23,40 46,08 27,88 Grande Alpercata 31,77 23,14 54,56 20,65 29,33 22,55 Campanário 28,35 15,09 31,33 25,74 38,99 22,44 Capitão 25,91 14,65 45,15 14,36 34,68 17,32 Andrade Governador Valadares Coroaci 23,83 31,18 50,97 22,40 23,19 21,54 Divino das 25,84 11,64 48,61 17,18 41,92 20,25 Laranjeiras Engenheiro 25,64 16,25 36,85 17,56 41,05 19,67 Caldas 36
  37. 37. Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do SEBRAE/MG (Continua)Microrregião Capacidade de Suporte Perfomance de Quadro Índiceplanejamento Municípios aos Infraestrutura Econômica alavancagem social geral do negócios do governo SEBRAE/MG Macrorregião Leste Fernandes NA 14,02 40,58 13,25 41,85 NA Tourinho Frei 27,88 31,00 50,26 22,39 43,68 27,33 Inocêncio Galiléia 27,65 22,95 47,52 21,41 51,11 26,87 Governador 36,91 58,78 67,65 61,82 72,60 61,46 Valadares Itambacuri 24,22 22,64 31,01 30,39 37,25 24,81 Itanhomi 24,78 24,10 53,09 20,30 41,69 24,35 Jampruca 25,26 14,55 5,63 11,41 32,39 10,63 Marilac 23,80 13,30 35,42 15,30 39,80 17,28 Mathias 25,34 10,72 47,92 15,54 36,85 17,88 Lobato Nacip 23,68 11,12 8,31 11,58 32,43 10,10 Governador Raydan Valadares Nova 28,05 19,29 35,64 20,30 29,90 18,93 Módica Pescador 26,64 11,12 44,85 17,41 41,74 19,91 São Geraldo da NA 13,31 37,59 9,45 22,65 NA Piedade São Geraldo do NA 17,72 49,50 18,20 32,07 NA Baixio São José 21,45 9,23 10,83 16,28 34,81 12,38 da Safira São José NA 12,29 40,32 18,61 39,71 NA do Divino Sobrália 27,00 16,11 49,75 15,19 37,03 19,30 Tumiritinga 26,17 28,48 45,75 19,82 42,83 24,65 Virgolândia NA 14,26 40,84 18,67 30,24 NA Água Boa 20,41 10,61 31,24 22,23 14,41 12,36 Braúnas 37,18 19,27 42,79 10,33 15,83 13,25 Cantagalo 23,68 12,01 42,85 12,74 18,47 11,30 Carmésia NA 15,59 54,69 16,01 29,50 NA Coluna 18,83 3,76 37,75 17,52 NA NA Guanhães Divinolândia 18,80 17,54 58,36 16,96 40,79 20,94 de Minas Dores de 32,65 26,97 38,92 14,49 19,89 16,42 Guanhães Frei NA 17,40 19,34 11,64 0,00 NA Lagonegro 37
  38. 38. Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do SEBRAE/MG (Continua)Microrregião Capacidade de Suporte Perfomance de Quadro Índiceplanejamento Municípios aos Infraestrutura Econômica alavancagem social geral do negócios do governo SEBRAE/MG Macrorregião Leste Gonzaga 17,96 26,90 35,98 8,32 24,96 12,03 Guanhães 31,77 42,78 55,71 33,52 52,75 38,25 José 27,80 8,83 18,98 4,21 9,52 2,46 Raydan Materlândia NA 9,76 35,76 15,89 22,32 NA Paulistas 22,96 17,40 52,96 13,20 21,65 14,42 Peçanha 25,25 21,50 21,41 19,99 26,09 16,10 Sabinópolis 25,96 30,49 51,72 26,24 34,78 26,55 Santa Efigênia de 17,42 10,42 44,49 10,96 29,22 12,04 Minas Santa Maria do 21,37 12,29 24,17 21,83 41,40 18,70Guanhães Suaçuí São João 27,10 27,14 45,15 21,80 37,39 23,98 Evangelista São José 19,73 12,25 41,14 18,77 11,19 11,34 do Jacuri São Pedro 21,25 13,20 39,27 19,12 23,00 14,73 do Suaçuí São Sebastião 1,76 8,73 16,65 15,87 4,52 1,69 do Maranhão Sardoá 16,52 12,92 50,12 19,27 22,36 15,04 Senhora do 26,85 12,33 38,71 14,65 22,04 13,19 Porto Virginópolis 25,09 26,68 55,80 28,94 33,42 27,02 Açucena 23,04 19,39 41,28 16,62 24,68 15,77 Antônio 25,87 58,79 33,14 21,46 26,65 25,58 Dias Belo 57,26 48,62 48,04 31,06 45,80 39,97 Oriente Coronel 33,57 50,19 80,40 50,30 55,68 51,22 Fabriciano Ipatinga Ipatinga 52,20 56,99 84,32 62,18 69,59 65,10 Jaguaraçu 32,56 12,12 71,05 18,95 40,01 24,45 Joanésia 36,74 22,73 46,65 19,22 14,05 17,86 Marliéria 28,29 12,59 63,61 19,64 29,00 20,44 Mesquita 22,85 7,12 41,03 18,83 NA NA Naque 30,18 20,12 51,62 21,39 46,50 26,06 Periquito 20,61 19,05 34,54 14,54 40,58 17,59 38
  39. 39. Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do SEBRAE/MG (Continua)Microrregião Capacidade de Suporte Perfomance de Quadro Índiceplanejamento Municípios aos Infraestrutura Econômica alavancagem social geral do negócios do governo SEBRAE/MG Macrorregião Leste Santana do 34,35 46,68 54,47 29,23 41,87 34,59 Ipatinga Paraíso Timóteo 61,71 69,26 95,60 53,40 66,17 65,59 Alvinópolis 32,93 22,42 61,08 31,73 40,01 31,11 Bela Vista de 26,79 20,36 59,35 29,34 49,31 30,74 Minas Dionísio 23,90 24,09 40,14 25,06 31,86 22,32 Ferros 27,06 18,89 49,90 17,50 22,53 17,22 Itabira 60,26 43,68 82,95 51,68 64,73 57,77 João 48,55 44,76 90,42 50,73 67,76 57,20 Monlevade Nova Era 45,27 40,37 83,44 36,42 57,86 45,97 Itabira Rio 38,73 28,03 60,33 25,35 45,75 31,67 Piracicaba Santa Maria 27,44 24,99 45,84 24,73 34,35 24,26 de Itabira São Domingos do 30,33 22,37 71,65 29,36 31,38 28,62 Prata São Gonçalo do Rio 53,63 49,06 51,69 23,83 27,72 31,99 Abaixo São José do 26,09 19,39 40,53 22,11 36,12 21,59 Goiabal Aracitaba NA 10,80 43,69 16,54 41,78 NA Belmiro 38,86 14,20 65,75 23,56 30,47 24,97 Braga Bias Fortes 28,81 10,61 67,71 16,69 25,37 18,38 Bicas 31,09 23,17 82,96 40,61 60,29 42,68 Chácara 34,56 11,72 57,93 21,98 44,56 25,71 Chiador 33,18 63,75 58,88 21,53 37,25 33,54 CoronelJuiz de Fora Pacheco 36,31 12,10 64,59 25,54 46,34 28,92 Descoberto NA 16,56 74,00 27,41 41,44 NA Ewbank da 29,55 15,17 51,11 22,61 49,20 26,17 Câmara Goianá 32,08 14,45 63,05 22,42 47,68 27,40 Guarará 30,98 12,98 67,34 26,00 46,60 28,77 Juiz de Fora 43,75 80,88 89,05 70,89 79,74 75,33 Lima Duarte 33,08 23,76 65,30 31,14 45,53 33,02 39
  40. 40. Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do SEBRAE/MG (Continua)Microrregião Capacidade de Suporte Perfomance de Quadro Índiceplanejamento Municípios aos Infraestrutura Econômica alavancagem social geral do negócios do governo SEBRAE/MG Macrorregião Leste Mar de 32,22 25,68 63,37 32,48 53,07 35,55 Espanha Maripá de 31,18 10,23 69,59 22,73 43,05 26,16 Minas Matias 41,09 37,92 81,38 37,38 54,02 44,00 Barbosa Olaria 28,51 10,54 45,98 16,38 22,87 14,98 Oliveira 31,65 11,30 51,48 15,65 29,11 17,57 Fortes Paiva 30,90 10,01 55,05 26,41 46,44 26,89 Pedro 29,39 10,35 42,99 24,56 27,77 19,69 Teixeira Pequeri 38,08 13,58 63,84 31,71 58,07 35,20 Piau 42,27 12,11 66,43 16,99 35,32 23,49 Rio Novo NA 24,11 75,03 36,12 52,16 NA Rio Preto 29,17 15,81 73,21 31,50 52,03 33,56 Rochedo de NA 12,27 70,02 26,54 52,12 NAJuiz de Fora Minas Santa Bárbara do 39,53 10,49 45,20 20,22 29,35 20,16 Monte Verde Santa Rita NA 9,46 54,43 16,00 31,81 NA de Ibitipoca Santa Rita 33,65 11,11 65,72 27,50 43,96 28,68 de Jacutinga Santana do 31,73 12,15 67,09 21,02 37,67 24,19 Deserto Santana do 30,44 9,66 43,78 19,52 37,45 20,01 Garambéu Santos 41,30 35,99 74,82 40,83 55,22 44,76 Dumont São João NA 27,98 74,12 40,61 62,25 NA Nepomuceno Senador 30,13 11,34 67,34 21,39 33,98 23,01 Cortes Simão 37,11 48,26 75,49 22,26 45,86 35,70 Pereira Abre Campo 31,71 23,49 60,49 27,13 28,39 26,00 Alto Caparaó 27,30 16,93 73,93 23,81 39,26 26,82 Manhuaçu Alto NA 16,14 67,72 27,72 28,86 NA Jequitibá Caparaó 25,96 4,23 63,39 25,63 NA NA 40
  41. 41. Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do SEBRAE/MG (Continua)Microrregião Capacidade de Suporte Perfomance de Quadro Índiceplanejamento Municípios aos Infraestrutura Econômica alavancagem social geral do negócios do governo SEBRAE/MG Macrorregião Leste Caputira NA 16,20 43,37 21,69 20,15 NA Chalé 25,29 15,09 61,34 21,18 24,43 19,68 Durandé NA 14,07 39,06 19,77 21,25 NA Lajinha 27,39 22,67 49,33 30,10 36,20 27,11 Luisburgo NA 14,98 50,82 25,30 9,88 NA Manhuaçu NA 32,78 78,84 47,75 NA NA Manhumirim NA 24,02 62,44 36,83 45,67 NA Martins NA 13,05 56,16 24,20 19,22 NA Soares Matipó NA 28,32 39,95 26,62 35,91 NA Manhuaçu Pedra NA 15,66 48,57 22,33 5,76 NA Bonita Reduto NA 15,25 58,56 20,34 22,95 NA Santa NA 16,74 45,19 25,19 24,82 NA Margarida Santana do NA 12,74 38,20 20,65 25,47 NA Manhuaçu São João do NA 22,40 46,08 20,79 22,21 NA Manhuaçu São José do NA 10,33 47,74 6,56 32,21 NA Mantimento Simonésia NA 14,72 46,39 24,10 21,79 NA Antônio Prado de NA 10,92 53,34 22,85 32,59 NA Minas Barão de NA 5,18 50,46 20,95 NA NA Monte Alto Caiana 29,77 13,47 52,85 26,87 22,18 21,14 Carangola 29,78 34,42 76,79 43,09 52,93 43,15 Divino 24,83 24,42 50,16 30,96 27,93 25,40 Espera Feliz 27,85 23,97 53,18 36,68 33,40 30,16 Muriaé Eugenópolis NA 11,79 65,89 33,65 36,54 NA Faria Lemos 33,46 12,28 53,24 25,23 39,11 25,15 Fervedouro 24,66 17,99 54,77 16,92 19,77 16,25 Miradouro NA 13,72 54,53 25,13 33,03 NA Miraí NA 54,53 57,44 27,46 45,38 NA Muriaé NA 53,85 76,92 50,62 65,92 NA Orizânia 20,88 11,34 31,88 16,39 13,71 9,84 Patrocínio NA 11,99 69,77 27,46 44,66 NA do Muriaé 41
  42. 42. Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do SEBRAE/MG (Continua)Microrregião Capacidade de Suporte Perfomance de Quadro Índiceplanejamento Municípios aos Infraestrutura Econômica alavancagem social geral do negócios do governo SEBRAE/MG Macrorregião Leste Pedra NA 9,97 54,33 19,95 34,05 NA Dourada Rosário da NA 10,89 59,26 20,27 21,06 NA Limeira São Francisco 27,04 19,10 51,37 20,02 30,68 20,64 Muriaé do Glória São Sebastião NA 17,42 41,54 17,79 25,31 NA da Vargem Alegre Tombos 29,55 21,16 70,95 33,01 48,54 34,19 Vieiras NA 10,41 52,98 24,22 26,49 NA Acaiaca 25,23 12,41 35,91 17,41 35,90 17,38 Barra Longa 27,15 16,46 36,17 19,24 23,74 16,25 Diogo de NA 10,80 41,87 15,16 15,68 NA Vasconcelos Dom Silvério 32,51 19,21 54,78 26,07 43,36 27,96 Guaraciaba 30,53 18,28 40,27 22,07 15,80 16,92 Jequeri 30,52 22,08 39,43 22,76 26,16 20,50 Oratórios 33,03 3,19 32,23 20,48 NA NA Piedade de 29,28 12,48 33,88 15,63 38,01 17,58 Ponte Nova Ponte Nova 35,91 41,51 71,09 51,05 67,21 52,13 Raul Soares 30,88 24,60 61,86 32,27 35,94 30,47 Ponte Nova Rio Casca 33,97 21,67 51,22 31,15 44,37 30,83 Rio Doce 28,24 15,24 48,03 19,38 38,65 21,45 Santa Cruz do 29,98 16,99 42,14 11,90 20,54 13,41 Escalvado Santo Antônio do NA 15,23 47,06 15,07 39,54 NA Grama São Pedro 34,82 18,69 52,19 23,75 43,61 26,98 dos Ferros Sem-Peixe 24,31 15,75 42,13 13,52 21,38 13,14 Sericita NA 14,50 30,55 16,56 22,93 NA Urucânia 38,15 15,39 46,55 25,10 37,36 25,27 Vermelho 28,91 14,93 45,23 26,94 15,64 18,74 Novo 42
  43. 43. Tabela 5: Índice e subíndices de competitividade dos municípios mineiros, segundomacro e microrregiões de planejamento do SEBRAE/MG (Continua)Microrregião Capacidade de Suporte Perfomance de Quadro Índiceplanejamento Municípios aos Infraestrutura Econômica alavancagem social geral do negócios do governo SEBRAE/MG Macrorregião Leste Astolfo NA 17,00 78,87 37,55 52,62 NA Dutra Divinésia NA 11,54 63,16 26,68 30,92 NA Dores do 23,53 9,98 60,75 14,45 15,61 13,03 Turvo Guarani NA 24,81 77,11 32,09 45,84 NA Guidoval NA 14,26 65,90 26,73 39,44 NA Guiricema NA 22,49 71,55 24,89 28,72 NA Mercês NA 13,45 59,62 26,50 36,18 NA Piraúba NA 16,59 78,17 31,85 45,01 NA Rio NA 23,85 78,38 37,94 49,09 NA Ubá Pomba Rodeiro NA 17,03 68,70 30,30 50,06 NA São NA 23,14 65,39 27,36 40,83 NA Geraldo Senador NA 16,52 68,15 27,04 37,22 NA Firmino Silveirânia NA 10,92 63,02 18,74 32,02 NA Tabuleiro NA 12,58 62,67 19,65 34,87 NA Tocantins NA 25,95 76,90 37,40 42,59 NA Ubá NA 41,59 75,74 51,83 62,45 NA Visconde do Rio NA 39,20 69,10 40,83 50,53 NA Branco Alto Rio 25,56 8,04 55,83 21,79 NA NA Doce Amparo 24,16 10,26 45,70 10,39 25,09 12,00 do Serra Araponga NA 18,29 45,72 18,27 17,93 NA Brás Pires 21,67 11,36 58,52 20,58 22,47 17,24 Cajuri NA 10,54 46,33 20,19 27,45 NA Canaã NA 12,24 42,37 22,23 19,68 NA Viçosa Cipotânea 18,94 2,20 32,20 18,61 NA NA Coimbra NA 19,36 77,09 28,62 34,23 NA Ervália NA 9,03 52,91 25,63 NA NA Lamim 26,23 10,55 49,94 24,19 23,42 18,73 Paula NA 15,11 54,56 27,46 26,33 NA Cândido Pedra do NA 11,49 36,82 17,95 29,86 NA Anta Piranga 23,51 16,96 43,79 25,13 19,10 18,10 43

×