MARCELLO CUOCO
(11) 97694-5668 marcello.cuoco@yahoo.com
Brasileiro/Italiano, casado, 47 anos, São Paulo/SP br.linkedin.com...
Marcello Cuoco 2
ODEBRECHT AGROINDUSTRIAL 2007 – 2013
Empresa do setor sucroalcooleiro
Diretor de Logística - Reporte ao V...
Marcello Cuoco 3
• Implantação de programas de produtividade nas áreas de Logística e Vendas em 370 revendas da empresa no...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

MARCELLO CUOCO - Curriculum Vitae

12 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

MARCELLO CUOCO - Curriculum Vitae

  1. 1. MARCELLO CUOCO (11) 97694-5668 marcello.cuoco@yahoo.com Brasileiro/Italiano, casado, 47 anos, São Paulo/SP br.linkedin.com/in/marcellocuoco ÁREA DE ATUAÇÃO: SUPPLY CHAIN / LOGÍSTICA / OPERAÇÕES FORMAÇÃO • Mestre em Engenharia de Sistemas Logísticos pela POLI/USP, 2008. • Transformational Leadership Program pela IMD, 2006. • Leadership Management Program pela MIT, 2005. • Pós-graduado em Administração de Empresas pela FGV/CEAG, 1997. • Graduado em Engenharia Elétrica pela POLI/USP, 1993. IDIOMAS • Fluente em Inglês e Espanhol. QUALIFICAÇÕES • Vasta experiência em Supply Chain, Logística e Strategic Sourcing em empresas de grande porte, nacionais e multinacionais, com visão sistêmica do negócio. • Experiência e histórico comprovados em melhorias de processos e habilidades diferenciadas de análise e solução de problemas, com o desenvolvimento de soluções criativas e inovadoras, que propiciaram reduções significativas de custos. • Forte senso de urgência e orientação para a busca da excelência no planejamento, operação e gestão do negócio. • Expertise em áreas complementares de Gestão de Vendas, Gestão de Desempenho e Planejamento Estratégico. EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL IN-HAUS LOGÍSTICA 2016 - Presente Empresa do Grupo GPS que atua como operador logístico Diretor de projetos logísticos – Reporte ao Diretor Executivo da unidade de negócios, gestão de 3 colaboradores diretos e 7 indiretos. • Prospecção, avaliação e implementação de iniciativas e projetos que proporcionem redução de custos, aumento de produtividade e melhoria de qualidade nos diversos tipos de operações logísticas providas pela empresa. Exemplos de projetos com estes propósitos estão as implementações de WMS, Lean analysis, TMS, BPM, 5S e um grande número de estudos de simulação e operação em diversos ambientes operacionais. • Elaboração de propostas técnicas (escopo, mão-de-obra e equipamentos) para novas oportunidades de contrato identificadas em clientes novos ou atuais. ODEBRECHT TRANSPORT 2013 – 2016 Investidora e operadora nas áreas de Concessões Rodoviárias, Mobilidade Urbana e Logística Diretor de Novos Negócios – Reporte ao Diretor Executivo de Logística, gestão de 3 colaboradores diretos. • Prospecção, análise de viabilidade econômico-financeira, elaboração do plano de negócio, estruturação do financiamento e implementação de novos projetos em logística. Projetos: Desenvolvimento de um projeto de um novo Operador logístico, desde a fase de conquista do primeiro contrato - operação de um centro de distribuição exclusivo e transporte dedicado, com volume movimentado de 80.000 t/mês e 1.500 SKUs e efetivo de 120 colaboradores – até a negociação da sociedade e definição do plano de negócios. Este projeto permitiu ao cliente uma redução significativa de 25% nos seus custos logísticos nessa operação; Desenvolvimento de projeto de construção e operação de dois navios para transporte de granéis químicos líquidos. Este projeto permitiu diversos ganhos em termos de capacidade operacional, segurança e redução de 12% nos custos operacionais do cliente devido, principalmente, à abordagem inovadora de sua concepção.
  2. 2. Marcello Cuoco 2 ODEBRECHT AGROINDUSTRIAL 2007 – 2013 Empresa do setor sucroalcooleiro Diretor de Logística - Reporte ao Vice-presidente, gestão de 2 colaboradores diretos e 11 indiretos. • Planejamento e controle da produção (S&OP – Sales and Operations Planning). Elaboração do plano de produção e vendas (preços, custos e capacidade de produção e logística – transporte e estoques, impostos e mix de produtos), com o desenvolvimento de ferramenta de otimização da lucratividade com ganhos de R$ 50 MM/ano. • Elaboração do Plano Diretor de Logística para escolha dos modais mais eficientes de forma a garantir uma logística competitiva para atender o crescimento agressivo da empresa (aumento de dez vezes do volume produzido em cinco anos). Negociação de contrato de longo prazo (15 anos) de transporte de etanol com redução de 25% dos custos (R$ 70 MM/ano), do prazo de entrega (4 dias para um dia) e disponibilidade de entrega em diversas localidades. • Operação e gestão logística - 1,8 bilhão de litros de etanol, 500 mil t de açúcar e 600 mil t de insumos para os mercados interno e externo. Viabilização do transporte de etanol para o Rio Grande do Sul via ferrovia, proporcionando a celebração do contrato mais rentável da empresa. Desenvolvimento de metodologia de contratação e operação de frete rodoviário de alta produtividade, com uma redução de custos de 20% (R$ 20 MM/ano). Desenho e operacionalização de transporte de açúcar para o Uruguai via hidrovia do Paraguai, com ganhos de US$ 5 MM, em 3 anos de contrato. Redefinição da logística de exportação do açúcar de Santos para Paranaguá com redução do custo de R$ 4 MM/ano. Transporte de etanol via ferrovia com redução de 40% (cerca de R$ 20 MM/ano) nos custos logísticos. COMPANHIA VALE DO RIO DOCE 2002 – 2007 Mineradora e Operadora Logística Gerente Geral de Planejamento e Gestão - Reporte ao Diretor de Planejamento de Logística, gestão de 5 colaboradores diretos e 35 colaboradores indiretos. • Condução do ciclo anual de Planejamento Estratégico utilizando as metodologias de Balanced Scorecard, SWOT, mapa estratégico e avaliação de projetos em termos de retorno de investimento e impacto no negócio. • Gestão do desempenho da área de logística (EBITDA de US$ 2,2 bilhões/ano) utilizando a metodologia GVA (Geração de Valor ao Acionista) por meio do desenvolvimento de indicadores das áreas operacionais e comerciais. • Gestão do orçamento de custos da área de logística (US$ 1,1 bilhão/ano) com a metodologia do OBZ (Orçamento Base Zero) e da execução físico-financeira dos projetos de investimento (US$ 800 MM/ano). • Desenvolvimento e implementação de simuladores de custos operacionais com os seguintes objetivos: Calcular os custos de atendimento por cliente, produto e fluxo logístico, bem como ferramenta de suporte ao modelo de otimização dos ativos e de avaliação de investimentos; Dispor de uma ferramenta de análise de custos por processo e com base em fatores de consumo, possibilitando otimizar a carga transportada na ferrovia, atingindo um ganho de R$ 36 MM no primeiro ano de sua implantação; Apoiar decisões estratégicas de compra de materiais, serviços e equipamentos pela análise do LCC – Life Cycle Cost. Redução nos gastos com trilhos de US$ 40 MM, US$ 3 MM/ano com rolamentos e USD 20 MM/ano com consumo de diesel. CIA. CERVEJARIA BRAHMA/ AMBEV 1996 – 2002 Companhia de Bebidas das Américas Gerente de Logística/Administrativo – Centro de Distribuição – Reporte ao Gerente Nacional de Logística, gestão de 12 colaboradores diretos. • Gerenciamento da operação de um Centro de Distribuição, com foco na implantação de projetos de aumento de produtividade e redução de 12% nos custos operacionais. Coordenação da logística de transferência de produtos das fábricas, armazenagem e distribuição urbana para os pontos de vendas incluindo o controle e dimensionamento da frota por meio de software de otimização. Coordenador de Logística, gestão de 6 colaboradores
  3. 3. Marcello Cuoco 3 • Implantação de programas de produtividade nas áreas de Logística e Vendas em 370 revendas da empresa no Brasil, Venezuela e Argentina, com reduções de 15% dos custos operacionais (R$ 40 MM/ano). • Projeto com foco no dimensionamento dos recursos (pessoas e caminhões), nas diferentes atividades (entrega, armazenagem, transferência de produtos, administrativo e vendas), considerando as condições de mercado (sazonalidade, distâncias percorridas, market share) e o nível de serviço prestado aos clientes. Gerente de Vendas e Operações • Interface na definição e negociação de estratégias comerciais, metas e volumes; e negociações com clientes de grande porte com revendas Brahma no estado de São Paulo. • Avaliação da revenda quanto ao serviço prestado (Programa de Excelência), com desenvolvimento de ações para melhoria do desempenho no mercado e treinamentos para a equipe de vendas. SIEMENS S/A 1994 – 1995 Engenheiro de Vendas de Serviços Técnicos

×