Tcc - Work control

318 visualizações

Publicada em

Trabalho de Conclusão de Curso - Auditoria em Sistemas de Bancos de Dados, software WORK CONTROL

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
318
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tcc - Work control

  1. 1. FAI- Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação Work Control Orientadora: Eunice Gomes Siqueira Equipe: Alessandro Bruno Lima, Amanda Ivy Costa, Felipe Marques Correia, Rodolfo Eugenio da Fonseca.
  2. 2. Sumário 1 Introdução 2 Referencial Teórico 3 Objetivo do Projeto 4 Plano e Gerência do Projeto 45 Especificação de Requisitos 6 Arquitetura e Projeto do Sistema 7 Plano de Testes FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 2
  3. 3. Sumário 8 Plano de Implantação 9 Conclusão Referências 10 4 FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 3
  4. 4. Introdução Cenário de atuação. A proposta. O projeto. Capítulos apresentados. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 4
  5. 5. Referencial Teórico Auditoria; Auditoria em Sistema de Informação; Auditoria em Banco de Dados; FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 5
  6. 6. Referencial Teórico Técnicas de Auditoria em Banco de Dados:  Tabulação de Campos,  Contagem de Campos,  Análise de Conteúdo,  Estatísticas dos Campos,  Tabela Única de Log. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 6
  7. 7. Referencial Teórico Tabulação de Campos : Funcionários ID Nome ID_Cargo Salário Data_Admissão 1 José 1 1200,00 14/05/2002 2 João 2 800,00 04/09/2010 3 Maria 1 1400,00 20/09/2001 Tabulação de Campos Salário_Funcionários 3400,00 FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 7
  8. 8. Referencial Teórico Contagem de Campos : Funcionários ID Nome ID_Cargo Salário Data_Admissão 1 José 1 1200,00 14/05/2002 2 João 2 800,00 04/09/2010 3 Maria 1 1400,00 20/09/2001 Contagem de Campos Funcionários 3 FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 8
  9. 9. Referencial Teórico Análise de Conteúdo : Funcionários ID Nome ID_Cargo Salário Data_Admissão 1 José 1 1200,00 14/03/2010 2 João 2 800,00 04/09/2011 3 Maria 1 1400,00 20/09/2010 Cargos ID Nome Piso_ Salarial Teto_Salarial 1 Técnico em Qualidade 1000,00 1800,00 2 Operador de Máquina 700,00 1300,00 FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 9
  10. 10. Referencial Teórico Estatísticas dos Campos Funcionários ID Nome ID_Cargo Salário Data_Admissão 1 José 1 1200,00 14/03/2010 3 Maria 1 1400,00 20/09/2010 Desvio Padrão ID Valor 1 100 FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 10
  11. 11. Referencial Teórico Tabela Única de Log : ID Tabela Campo ID_Tupla Operação Valor Antigo Valor Novo Data Usuário 1 Funcionário Salário 1 U 1200 2000 11/10/2011 Pedro 2 Funcionário Salário 2 D 1100 14/11/2011 Pedro 3 Estoque Quantidade 12 U 1700 1699 03/12/2011 Enrique FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 11
  12. 12. Objetivo do Projeto Formulação do Problema; Objetivos; Justificativa; Público alvo; Níveis de Decisão e Grupos Funcionais Atendidos. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 12
  13. 13. Formulação do Problema Organizações a mercê da Tecnologia; Aumento da capacidade de armazenamento digital e a facilidade de acesso; Problemas de proteção nos recursos em ambiente de TI:  Software,  Hardware,  Usuários. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 13
  14. 14. Objetivo  Sistema informatizado de monitoramento de dados em um SGBD;  Pesquisas na área de:  Auditoria de sistemas : Auditoria em bancos de dados. Técnicas,  Necessidades, e recursos. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 14
  15. 15. Justificativa Importância e necessidade de manter e recuperar dados; a auditoria em base de dados ajuda a minimização de fraudes ou falhas;  auxilio ao auditor de banco de dados ou para controle do administrador da base de dados; FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 15
  16. 16. Justificativa 4ª Edição da pesquisa “A Fraude no Brasil”, realizada pela KPMG Forensic: Fraude e má conduta corporativa continuam a ser uma ameaça constante para as organizações e têm aumentado nos últimos anos, com uma tendência progressiva (KPMG,2009). FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 16
  17. 17. Público alvo O projeto tem como público-alvo as organizações interessadas em realizar auditoria de banco de dados de seus sistemas de informação. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 17
  18. 18. Níveis de decisão e grupos funcionais atendidos Se dá nos escalões intermediários visando gerenciar decisões estratégicas tratando dados sumarizados, alocando recursos para atingir objetivos e fornecendo opinião das unidades operacionais além de mostrar quem possivelmente utiliza os sistemas de forma incorreta. Segue orientações táticas contando com processamento de transações e controle de dados. Apoiará os níveis de decisão operacional, pois visa dar resposta imediata aos problemas do dia a dia. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 18
  19. 19. Plano de Projeto Modelo de Ciclo de Vida: Figura 1 - Modelo de Ciclo de Vida Incremental Fonte: DONATO (2010). FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 19
  20. 20. Plano de Projeto Recursos necessários:  Software • NetBeans IDE 6.7.1 • BrModelo • PostGreSQL Vrs 7.0, SQL Server 2008, MySQL Server Vrs 5.5 e Oracle Database 11g Express Edition. • Visual Paradigm 7.0 • Microsoft Office Word 2007 • Internet Explorer 8 (ou superior), Mozilla Firefox 3.6 (ou superior) e Chrome (todas as versões). • Sistema Operacional: Windows 7. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 20
  21. 21. Recursos Necessários  Hardware; • 40 GBytes de HD; 512 de memória RAM; Pentium IV ou superior.  Humano. • Profissional na área de auditoria com conhecimentos de informática, com objetivo de esclarecimento de dúvidas relativas a tal área. • Quatro graduados em Sistemas de Informação. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 21
  22. 22. Estimativas de esforço de projeto Estimativa por Pontos de função: Pontos de Caso de Função Primeira Fase Segunda Fase Terceira Fase Quarta Fase 2.788 HH 3.236 HH 3.126 HH 3.126 HH Quadro 1 - Estimativa por Pontos de Função. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 22
  23. 23. Estimativas de esforço de projeto Pontos por caso de uso: Pontos de Caso de Quadro 2 - Estimativa por Pontos de Casos de Uso. Uso Primeira Fase Segunda Fase Terceira Fase Quarta Fase PCU – Schneider e Winter 1.767 HH 1.935 HH 1.740 HH 1.117 HH PCU – Gustav Karner 1.241 HH 1.382 HH 1.243 HH 1.117 HH PCU – Sparks 1.737 HH 1.935 HH 1.740 HH 1.564 HH 23
  24. 24. Gerência de Projeto Gestão de escopo: Este gerenciamento define os caminhos que o projeto tem que seguir para alcançar o seu objeto e o sucesso. Estrutura analítica do projeto Exemplo: Fase 1 Diagrama de Redes Exemplo: Fase 1 Cronograma de Atividades Exemplo: Fase 1 FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 24
  25. 25. Gerência de Projeto Gestão da integração: Esta é o núcleo do gerenciamento de projetos, e é composto dos processos do dia-a-dia com os quais o gerente de projeto conta para garantir que todas as partes do projeto funcionem juntas.  Monitoramento;  Controle de configuração e mudanças;  Gestão da qualidade;  Gestão dos riscos. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 25
  26. 26. Diagramas de Casos de Uso Os diagramas de caso de uso descrevem as funcionalidades que o sistema deve dispor para atender as necessidades do cliente. Módulo Principal Módulo Auditor Módulo Funcionário Verificar Mudança FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 26
  27. 27. Visão de Dados A visão de dados do projeto coleta os objetos existentes no mundo real juntamente com seus relacionamentos, os quais se deseja manter dados. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 27
  28. 28. Arquitetura e Projeto do Sistema Diagrama de Pacotes Diagrama de Pacotes – Verificar Mudanças Diagrama de Sequência Diagrama de Sequência – Verificar Mudanças Diagrama de Atividades Diagrama de Distribuição FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 28
  29. 29. Padrões de Projeto MVC FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 29 Figura 2: Padrão MVC <HTMLGOODIES/>, Disponível em: <http://www.htmlgoodies.com/img/2010/11/mvc.png> Acesso em: 20 Dez. 2012
  30. 30. Padrões de Projeto Java Code Conventions  Classes,  Pacotes,  Atributos ou variáveis,  Constantes; FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 30
  31. 31. Projeto de Sistemas Distribuídos Escalabilidade; Abertura; Segurança; Manuseio de Falhas; Concorrência; Transparência; FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 31
  32. 32. Projeto de Sistemas Distribuídos Heterogeneidade: Trigger de Inserção MySQL CREATE TRIGGER NomeTrigger AFTER INSERT ON NomeTabela FOR EACH ROW INSERT INTO NomeBanco.log_update (tipo,horario,usuario,campo,valor_atual) VALUES('Insert',NOW(),USER(),'Tabela.Campo',NEW.NomeCampo) SQLServer CREATE TRIGGER NomeTrigger ON NomeTabela FOR INSERT AS BEGIN INSERT INTO NomeBanco..log_update (tipo,horario,usuario,campo,valor_atual) SELECT 'Insert',SYSDATETIME(),USER,'Tabela.Campo',[INS].NomeCampo FROM INSERTED AS INS END FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 32
  33. 33. Projeto de Sistemas Distribuídos Heterogeneidade: PostgreSQL Function CREATE FUNCTION PUBLIC NomeTrigger() RETURNS TRIGGER AS $$ BEGIN INSERT INTO NomeSchema.log_update(id,tipo,horario,usuario,campo,valor_atual) VALUES (nextval(NomeSchema.log_update_sequence'),'Insert',CLOCK_TIMESTA MP(),CURRENT_USER,'Tabela.Campo',NEW.NomeCampo); RETURN NEW; END; $$ LANGUAGE PLPGSQL; Trigger CREATE TRIGGER NomeTrigger AFTER INSERT ON NomeSchema.NomeTabela FOR EACH ROW EXECUTE PROCEDURE NomeSchema.NomeTrigger(); FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 33
  34. 34. Projeto da Interação Humano-Computador Segundo Baecker e Buxton (1987), Interação Humano-Computador (IHC) é “o grupo de processos, diálogos e ações através do qual um usuário humano emprega e interage com um computador”. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 34
  35. 35. Projeto da Interação Humano-Computador Aspectos visuais; Cores; Plano de Fundo; Fontes; Ícones; Heurísticas de Usabilidade. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 35
  36. 36. Heurísticas de Usabilidade Nº Heurística Aplica Não se Aplica 1 - Visibilidade do estado atual do sistema X 2 - Correlação entre o sistema e o mundo real X 3 - Controle versus liberdade do usuário: X 4 - Controle e Consistência X 5 - Prevenção de Erros: X 6 - Reconhecimento ao invés de memorização X 7 - Flexibilidade e eficiência de uso: X 8 - Projeto estético e minimalista: X 9- Suporte aos usuários no reconhecimento, diagnostico e recuperação de erros X 10 - Informações de ajuda e documentação X Quadro 3 - Heurísticas de Usabilidade utilizadas no projeto FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 36
  37. 37. Heurísticas de Usabilidade  Heurísticas de usabilidade;  Visibilidade do estado atual do sistema;  Correlação entre o sistema e o mundo real;  Controle versus liberdade do usuário;  Controle e Consistência;  Prevenção de Erros;  Reconhecimento ao invés de memorização;  Flexibilidade e eficiência de uso;  Projeto estético e minimalista;  Suporte aos usuários no reconhecimento, diagnostico e recuperação de erros;  Informações de ajuda e documentação. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 37
  38. 38. Plano de testes Criar plano para execução dos testes de validação Expor defeitos presentes no software Facilitar sua manutenção e correção Testes FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 38
  39. 39. Plano de testes Escopo  A principal função do teste e detectar falhas de modo que os defeitos possam ser descobertos e corrigidos. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 39
  40. 40. Plano de testes Documentos de referência.  Descrição dos Requisitos Funcionais  Descrição dos Casos de Uso FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 40
  41. 41. Plano de testes Itens testados.  Todos os Casos de Uso com exceção do caso de uso “Adaptar Linguagem” FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 41
  42. 42. Exemplo de Caso de teste 42
  43. 43. Plano de implantação Finalidade.  Elaborar um guia para tornar a implantação simples e rápida. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 43
  44. 44. Plano de implantação Metodologia.  Computador servidor.  Servidor de Aplicação Apache Tomcat.  Módulo Cliente. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 44
  45. 45. Planejamento Responsavel Definição da Equipe de Implantação Equipe Levantamento de Recursos Necessários Rodolfo e Alessandro Programação dos treinamentos Amanda e Felipe Preparação dos testes de aceitação Rodolfo e Alessandro Definição de estratégias para conversão e migração de dados Amanda e Felipe 45 FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação
  46. 46. Execução Responsavel Configuração de infraestrutura de Hardware e Software Alessandro e Rodolfo Instalação do produto Amanda e Felipe Configuração de infraestrutura de telecomunicações Felipe Conversão e migração de base de dados Amanda e Felipe Treinamentos e realização do teste de aceitação Alessandro e Rodolfo 46 FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação
  47. 47. Avaliação Responsavel Acompanhamento pós-implantação Rodolfo Reunião final da implantação Equipe 47 FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação
  48. 48. Plano de implantação Treinamentos.  Treinamentos Previstos.  Documento de apoio. FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 48
  49. 49. Cronograma de Implantação Duração Período Instalação dos componentes do sistema 3 dias A Definir Treinamento dos usuários 2 dias A Definir Tempo total: 5 dias 49
  50. 50. Conclusão Através da pesquisa, concluí que… O desenvolvimento deste sistema proporcionou-nos ... Objetivos cumpridos... Trabalho futuro... A experiência adquirida FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 50
  51. 51. Referências  DONATO, Rafael. Caverna do software: o portal de informações do engenheiro de software. 2010. Disponível em: <http://voat.com.br/rdal/?p=114>. Acesso em: 06 ago. 2012.  KPMG A fraude no Brasil Relatório da Pesquisa Pesquisa 2009 <http://www.kpmg.com.ar/fraude/PDF/Fraudes_2009_port_b rasil.pdf>. Acesso em: 2 out. 2012  BAECKER, R. M. & Buxton. Readings in human-computer interaction: A multidisciplinary approach. San Mateo: Morgan Kaufmann Publishers. 1987 FAI – Centro de Ensino Superior em Gestão, Tecnologia e Educação 51
  52. 52. Demonstração do Software
  53. 53. Perguntas?
  54. 54. A equipe agradece!

×