O meu lugar...
Hoje eu acordei, e não estava em lugares costumeiros.  Acordei em um tempo novo, em uma nova época, em um novo mundo.
Levantei-me da cama.  Meus pés tocam algum tipo de solo empoeirado, ríspido e frio.  Mas a sensação é agradável.
Cheiro de terra, de mato, de chuva fina de uma manhã escura e cinzenta.
Caminho a passos lentos, suaves, a gravidade parece diminuta nesse lugar. O ambiente é denso, e não vejo um palmo diante d...
O puro vazio assusta-me sobremaneira. Não há ninguém, não há ruídos, não há sequer um rastro de sonoridade ou presença.  A...
Paro diante de uma porta.  Madeira judiada pelo tempo, de um tom que mistura o nublado do firmamento e os reflexos do breu.
Com um rugido que parecia interminável e ensurdecedor, empurro aquele imenso portal para o desconhecido.
Nada além de uma visão inerte, figuras desconexas, muitos degraus e vasto terreno ocre.
Corro. O fôlego me falta, o ar gelado não penetra em meus pulmões, apenas o som apavorado de meus passos no chão surdo de ...
Passado esse portal, neste caminho que oscila entre o familiar e o novo, não existem meios de voltar.
Apenas duas opções: ou enfrento o desafio, arriscando-me ao tão conhecido, particular e ao mesmo tempo cotidiano possível ...
O resultado de ambas as escolhas, eu não sei.  Mas sei que tenho todo o corpo, toda a alma e a essência do que sou, unidos...
Neblina agora quente, amaciada pelo alvo brilho que emana daquela boca ao se abrir em malicioso sorriso.
Hei de permanecer nesta nova terra desconhecida, e desbravar toda a magnitude que teus apetrechos oferecerem-me...
...pois que não sou mais eu sem ser presente neste território.
Amo este lugar.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O meu Lugar

265 visualizações

Publicada em

Publicada em: Estilo de vida, Turismo
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
265
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O meu Lugar

  1. 1. O meu lugar...
  2. 2. Hoje eu acordei, e não estava em lugares costumeiros. Acordei em um tempo novo, em uma nova época, em um novo mundo.
  3. 3. Levantei-me da cama. Meus pés tocam algum tipo de solo empoeirado, ríspido e frio. Mas a sensação é agradável.
  4. 4. Cheiro de terra, de mato, de chuva fina de uma manhã escura e cinzenta.
  5. 5. Caminho a passos lentos, suaves, a gravidade parece diminuta nesse lugar. O ambiente é denso, e não vejo um palmo diante de meu rosto.
  6. 6. O puro vazio assusta-me sobremaneira. Não há ninguém, não há ruídos, não há sequer um rastro de sonoridade ou presença. Apenas a solidão de um espaço obscuro e sinistro.
  7. 7. Paro diante de uma porta. Madeira judiada pelo tempo, de um tom que mistura o nublado do firmamento e os reflexos do breu.
  8. 8. Com um rugido que parecia interminável e ensurdecedor, empurro aquele imenso portal para o desconhecido.
  9. 9. Nada além de uma visão inerte, figuras desconexas, muitos degraus e vasto terreno ocre.
  10. 10. Corro. O fôlego me falta, o ar gelado não penetra em meus pulmões, apenas o som apavorado de meus passos no chão surdo de terra batida. Não há retorno. Não há saídas.
  11. 11. Passado esse portal, neste caminho que oscila entre o familiar e o novo, não existem meios de voltar.
  12. 12. Apenas duas opções: ou enfrento o desafio, arriscando-me ao tão conhecido, particular e ao mesmo tempo cotidiano possível sofrimento do platonismo, ou estanco a caminhada, e ainda assim enfrento a dor de não tê-lo vivido.
  13. 13. O resultado de ambas as escolhas, eu não sei. Mas sei que tenho todo o corpo, toda a alma e a essência do que sou, unidos e presos a essa neblina.
  14. 14. Neblina agora quente, amaciada pelo alvo brilho que emana daquela boca ao se abrir em malicioso sorriso.
  15. 15. Hei de permanecer nesta nova terra desconhecida, e desbravar toda a magnitude que teus apetrechos oferecerem-me...
  16. 16. ...pois que não sou mais eu sem ser presente neste território.
  17. 17. Amo este lugar.

×