Teleconferência de Resultados
3T08
2
Negociação com a LWB Refractories
33
Mercado - Siderurgia
...superando a
produção em períodos
anteriores.
...superando a
produção em períodos
anteriores.
O ...
4
Mercado - Cimento
...demanda e
produção em contínuo
crescimento.
...demanda e
produção em contínuo
crescimento.
Obras pú...
5
Melhoria do mix e maior cotação do
dólar proporcionaram crescimento da
receita líquida de 19,9% (QoQ) e
13,7% (YoY).
Mel...
6
(*) exclui a venda não recorrente de 210 mil t de silicato de magnésio ocorrida no 2T08
Distribuição do Volume de Vendas...
7
Receita Líquida – R$ milhõesReceita Líquida – R$ milhões Receita Líquida por Produto - %Receita Líquida por Produto - %
...
8
Distribuição da Receita de
Refratários – 9M08
Distribuição da Receita de
Refratários – 9M08
Distribuição da Receita de R...
9
64,5 93,7
94,867,7
109,3
55,6
2007 2008
EBITDA – R$ milhõesEBITDA – R$ milhões Margem EBITDA – %Margem EBITDA – %
Ebitda...
10
CPV - 9M08CPV - 9M08 Despesas OperacionaisDespesas Operacionais
Administrativas
& Outras
Comerciais
Custos
Despesas Adm...
11
Dívida Líquida/Ebitda – (vezes)Dívida Líquida/Ebitda – (vezes)
Obs.: 30/09/08 – considerou-se Ebitda anualizado
Endivid...
12
Obs.: Dados da LWB foram convertidos para reais a partir da cotação do euro em 30/09/2008 (R$2,6931), sem os ajustes
ap...
13
Distribuição do Volume de Vendas de
Refratários - 9M08
Distribuição do Volume de Vendas de
Refratários - 9M08
Distribui...
14
Desempenho das ações
MAGG3 – 1,2%
Ibovespa – 21,8%
Volume médio diário R$ 9,6 milhões
MAGG3 – 1,2%
Ibovespa – 21,8%
Vol...
15
DESAFIOS
• Desaceleração do crescimento econômico
mundial;
• Ambiente de incertezas;
• Redução da produção de aço ;
• P...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação 3 t08

185 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
185
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
43
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação 3 t08

  1. 1. Teleconferência de Resultados 3T08
  2. 2. 2 Negociação com a LWB Refractories
  3. 3. 33 Mercado - Siderurgia ...superando a produção em períodos anteriores. ...superando a produção em períodos anteriores. O setor siderúrgico continuou aquecido no 3T08... O setor siderúrgico continuou aquecido no 3T08... 6,5% 8,1% Fonte: IBS – Instituto Brasileiro de Siderurgia
  4. 4. 4 Mercado - Cimento ...demanda e produção em contínuo crescimento. ...demanda e produção em contínuo crescimento. Obras públicas e setor imobiliário aquecem o mercado de cimento.... Obras públicas e setor imobiliário aquecem o mercado de cimento.... Fonte: SNIC – Sindicato Nacional da Indústria de Cimento
  5. 5. 5 Melhoria do mix e maior cotação do dólar proporcionaram crescimento da receita líquida de 19,9% (QoQ) e 13,7% (YoY). Melhoria do mix e maior cotação do dólar proporcionaram crescimento da receita líquida de 19,9% (QoQ) e 13,7% (YoY). Recuperação da margem bruta e da margem Ebitda refletem foco contínuo da gestão no controle de custos e despesas. Recuperação da margem bruta e da margem Ebitda refletem foco contínuo da gestão no controle de custos e despesas. Resultado do 3T08 não reflete as recentes negociações de reajustes de preços, que serão percebidas integralmente no 4T08. Resultado do 3T08 não reflete as recentes negociações de reajustes de preços, que serão percebidas integralmente no 4T08. Pro-forma Desconsiderando a Amortização do ágio Pro-forma Desconsiderando a Amortização do ágio Resultado Líquido Trimestral – R$ milhões
  6. 6. 6 (*) exclui a venda não recorrente de 210 mil t de silicato de magnésio ocorrida no 2T08 Distribuição do Volume de Vendas 9M07 Distribuição do Volume de Vendas 9M07 Distribuição do Volume de Vendas 9M08 Distribuição do Volume de Vendas 9M08 Sínter 9M08x9M07 = - 1,0% Sínter 9M08x9M07 = - 1,0% Total 9M08x9M07 = + 0,9% Total 9M08x9M07 = + 0,9% Refratários 9M08x9M07 = + 5,2% Refratários 9M08x9M07 = + 5,2% 497 kt 502 kt Distribuição das vendas 313 kt 122 kt 67 kt
  7. 7. 7 Receita Líquida – R$ milhõesReceita Líquida – R$ milhões Receita Líquida por Produto - %Receita Líquida por Produto - % ME MI Receita Líquida Aquecimento do setor siderúrgico brasileiro propicia aumento do faturamento Aquecimento do setor siderúrgico brasileiro propicia aumento do faturamento Obs.: exclui a receita c/ a venda não recorrente de 210 mil t de silicato de magnésio no montante de R$2,5 MM ocorrida no 2T08 R$ 892 MM R$ 1.012 MM MI 3T07 -> 3T08 +R$36MM (14,1%) MI 3T07 -> 3T08 +R$36MM (14,1%) 312 316 Serviços Refratários Outros Minerais 78% 13% 4% 5% Sínter 79% 12% 5% 4% 254 247 261 274 289 58 59 62 42 85 2T083T07 4T07 1T08 3T08 306 323 374
  8. 8. 8 Distribuição da Receita de Refratários – 9M08 Distribuição da Receita de Refratários – 9M08 Distribuição da Receita de Refratários p/ Siderurgia – 9M08 Distribuição da Receita de Refratários p/ Siderurgia – 9M08 Distribuição da receita
  9. 9. 9 64,5 93,7 94,867,7 109,3 55,6 2007 2008 EBITDA – R$ milhõesEBITDA – R$ milhões Margem EBITDA – %Margem EBITDA – % Ebitda – Geração Operacional de Caixa 187,8 297,8 +61,3% 1º. Trim. 2º. Trim. 3º. Trim.
  10. 10. 10 CPV - 9M08CPV - 9M08 Despesas OperacionaisDespesas Operacionais Administrativas & Outras Comerciais Custos Despesas Administrativas de 2008 majoradas por custos não recorrentes devido a processo de incorporações e reestruturação de empresas do grupo. No ano, estes custos já somam R$ 16,9 milhões. Despesas Administrativas de 2008 majoradas por custos não recorrentes devido a processo de incorporações e reestruturação de empresas do grupo. No ano, estes custos já somam R$ 16,9 milhões. 56 64 92 51 52 3T07 4T07 1T08 2T08 3T08
  11. 11. 11 Dívida Líquida/Ebitda – (vezes)Dívida Líquida/Ebitda – (vezes) Obs.: 30/09/08 – considerou-se Ebitda anualizado Endividamento A dívida da Companhia, que tem mais de 85% no longo prazo, descontada do saldo em Caixa de R$ 728 milhões, corresponde a 1,0 x o Ebitda anualizado A dívida da Companhia, que tem mais de 85% no longo prazo, descontada do saldo em Caixa de R$ 728 milhões, corresponde a 1,0 x o Ebitda anualizado
  12. 12. 12 Obs.: Dados da LWB foram convertidos para reais a partir da cotação do euro em 30/09/2008 (R$2,6931), sem os ajustes aplicáveis ao BRGAAP Indicadores Magnesita e LWB – 9M08 1.014 597 417 298 397 384 858 571 287 146 194 1.286 Receita Líquida Custo Lucro Bruto Ebitda (9M08) Ebitda Anualizado Dívida Líquida 1.872 1.168 704 444 1.670 LWB Magnesita 591 Dívida Líquida x Ebitda (*) Magnesita = 1,0 LWB = 6,6 Magnesita + LWB = 2,8 DDíívida Lvida Lííquida xquida x EbitdaEbitda (*)(*) Magnesita = 1,0 LWB = 6,6 Magnesita + LWB = 2,8 Margem Ebitida, considerando a soma dos resultados das 2 empresas até set/08, atinge 23,7%. MargemMargem EbitidaEbitida,, considerando a soma dos resultados das 2 empresas até set/08, atinge 23,7%.23,7%.
  13. 13. 13 Distribuição do Volume de Vendas de Refratários - 9M08 Distribuição do Volume de Vendas de Refratários - 9M08 Distribuição da Receita de Vendas de Refratários - 9M08 Distribuição da Receita de Vendas de Refratários - 9M08 523,2 kt Vendas da LWB R$ 773,2 MM Obs.: Considerando-se a cotação do euro de 30/09/2008 (R$2,6931) Dolomita Queimada 31% Magnesita/Mag- Carbon 20% Outros 19% Dolomita Temperada 17% Monolíticos de Dolomita 13% Magnesita/Mag- Carbon 14% Dolomita Queimada 32% Monolíticos de Dolomita 17% Outros 12% Dolomita Temperada 25%
  14. 14. 14 Desempenho das ações MAGG3 – 1,2% Ibovespa – 21,8% Volume médio diário R$ 9,6 milhões MAGG3 – 1,2% Ibovespa – 21,8% Volume médio diário R$ 9,6 milhões
  15. 15. 15 DESAFIOS • Desaceleração do crescimento econômico mundial; • Ambiente de incertezas; • Redução da produção de aço ; • Postergação de projetos de expansão pelos clientes; • Aumento do custo das matérias-primas. DESAFIOS • Desaceleração do crescimento econômico mundial; • Ambiente de incertezas; • Redução da produção de aço ; • Postergação de projetos de expansão pelos clientes; • Aumento do custo das matérias-primas. Perspectivas OPORTUNIDADES • Novo patamar do câmbio = maior competitividade internacional; • Novos negócios e novos mercados; • Sinergias com a LWB; • Localização privilegiada das plantas; • Diversificação da carteira de clientes. • Crise capitaliza o processo de implantação das mudanças. OPORTUNIDADES • Novo patamar do câmbio = maior competitividade internacional; • Novos negócios e novos mercados; • Sinergias com a LWB; • Localização privilegiada das plantas; • Diversificação da carteira de clientes. • Crise capitaliza o processo de implantação das mudanças.

×