Ecologia

573 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
573
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
242
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ecologia

  1. 1. PROF. MAGALI
  2. 2. Estudar as interações entre os seres vivos, entre eles e o meio em que vivem. Explorar os diferentes biomas e ecossistemas. Questionar as agressões que o planeta tem sofrido.
  3. 3.  O termo ECOLOGIA foi empregado pela 1ª vez por E. Haeckel, em 1866. gr. OIKOS ESTUDO CASA, AMBIENTE  Ecologia é o estudo das interações dos seres vivos entre si e com o meio ambiente.
  4. 4. BREVE HISTÓRICO...  Década de 1970: movimentos culturais começam a questionar o modelo sócio-político-cultural vigente * "Filhos da Guerra" * Movimento Hippie; * Movimento feminista; * Guerra do Vietnã; * Movimento negro.  As pessoas começaram a tomar consciência de que queriam um mundo melhor – MOVIMENTO VERDE.
  5. 5. ESTUDO DO AMBIENTE MANEJO DO AMBIENTE “DESTRUIÇÃO DO • Incêndio de florestas; AMBIENTE!!!” • Poluição do solo; • Poluição das águas; • Poluição do ar; • Extração exacerbada de recursos naturais; • Extinção de espécies;  Déficit na qualidade de vida!!!
  6. 6. CONCEI TOS BÁSI COS 1. POPULAÇÃO Conjunto de indivíduos de uma mesma espécie, que vivem em uma mesma área e mantêm relações entre si. EX: população de uma cidade, esquilos de uma floresta, sapos de uma lagoa. 2. COMUNIDADE OU BIOCENOSE: Populações que habitam uma mesma área e mantêm entre si várias relações. EX: Habitantes de uma lagoa, manguezal, floresta. 3. BIÓTOPO: Fatores físicos e químicos que participam das comunidades. FATORES ABIÓTICOS: São fatores químicos e físicos que participam do ambiente como temperatura, luz. FATORES BIÓTICOS: Seres vivos. 4. HABITAT: O lugar onde o ser vivo ocupa no ecossistema. EX: água, solo, intestino.
  7. 7. 5. NINCHO ECOLÓGICO: Função que o ser vivo que desempenha em um ecossistema. Como uma espécie usa os recursos do ambiente, como interfere nas demais. EX: Onça – carnívora Capivara – herbívoras Ambas vivem no mesmo ambiente mais possuem ninchos diferentes. 6. ECOSSISTEMA: Interação da comunidade com o ambiente físico. Fatores bióticos e abióticos. Conjunto de fatores bióticos ou abióticos que trocam energia entre si. 7. BIOMA: Conjunto do clima flora e fauna de uma região. EX: Biomas terrestres – tundra, taiga, floresta temperada, floresta Tropical, campos e desertos. 9. BIOTA: Identifica flora e fauna, exclui o clima. 10. ECÓTONE: Zona de transição entre dois ecossistema.. EX: mangue
  8. 8. 11. BIOSFERA: Conjunto de todos os ecossistemas.
  9. 9. ENERGIA E ECOSSISTEMAS CADEIA ALIMENTAR Relações de alimentação entre os organismos de uma comunidade, iniciando-se nos produtores e passando pelos herbívoros, predadores e decompositores, por esta ordem.
  10. 10. CADEIA ALIMENTAR (Cadeia Trófica) PRODUTORES: capazes de fixar a energia luminosa sob a forma de energia química. São chamados autótrofos.  Dividem-se em: * Produtores fotossintetizantes; * Produtores químiossintetizantes.
  11. 11. PRODUTORES FOTOSSINTETIZANTES: * Equação geral da fotossíntese: 12 H2O + 6 CO2 + energia → C6H12O6 + 6 H2O + 6 O2
  12. 12. CADEIA ALIMENTAR (Cadeia Trófica) PRODUTORES FOTOSSINTETIZANTES: * São as plantas verdes, algas e fitoplâncton.
  13. 13. CADEIA ALIMENTAR (Cadeia Trófica) PRODUTORES QUIMIOSSINTÉTICOS: * A matéria orgânica é proveniente da oxidação de compostos orgânicos; * Ocorrem em certas bactérias. 2 NH3 + 3 O2 → 2 NO2 + 2 H+ + 2 H2O + energia
  14. 14. CADEIA ALIMENTAR (Cadeia Trófica) CONSUMIDORES: são organismos que não produzem seu alimento (heterótrofos) e nutrem-se dos produtores (direta ou indiretamente). * Consumidores primários (C1): são os herbívoros e parasitas de plantas verdes.
  15. 15. CADEIA ALIMENTAR (Cadeia Trófica) * Consumidores secundários (C2): são os carnívoros que se alimentam de herbívoros.
  16. 16. CADEIA ALIMENTAR (Cadeia Trófica) * Consumidores terciários (C3): são os carnívoros que se alimentam de carnívoros.
  17. 17. CADEIA ALIMENTAR (Cadeia Trófica) *Decompositores: decompõe matéria orgânica morta em inorgânica, num processo natural de reciclagem de matéria.
  18. 18. CADEIA ALIMENTAR (Cadeia Trófica) Numa CADEIA ALIMENTAR o NÍVEL TRÓFICO é a posição do organismo na cadeia. PLANTA > HERBÍVORO > CARNÍVORO 1º Nível Trófico 2º Nível Trófico 3º Nível Trófico
  19. 19. Classificação ddooss sseerreess vviivvooss nnaass ccaaddeeiiaass aalliimmeennttaarreess São classificados como decompositores Fungos e bactérias Capim Grilo Sapo Cobra Seriema Hábito alimentar Grau de consumo Nível trófico (NT) Produtor Produtor Herbívoro Carnívoros Consumidor primário Consumidor secundário Consumidor terciário Consumidor quaternário 1° NT 2° NT 3° NT 4° NT 5° NT AA ccllaassssiiffiiccaaççããoo ddee oonníívvoorroo nnããoo aappaarreeccee,, nnoo hháábbiittoo aalliimmeennttaarr,, ppaarraa ooss aanniimmaaiiss rreepprreesseennttaaddooss eemm ccaaddeeiiaass,, mmaass ssoommeennttee eemm tteeiiaass aalliimmeennttaarreess..
  20. 20. CADEIA ALIMENTAR (Cadeia Trófica) Quando se constrói uma cadeia alimentar, as setas indicam sempre o trajeto do alimento.
  21. 21. CADEIAS ALIMENTARES
  22. 22. TEIA ALIMENTAR É um conjunto de cadeias alimentares interconectadas, geralmente representado como um diagrama das relações entre os diversos organismos de um ecossistema. Nas teias aparecem os organismos onívoros.
  23. 23. TEIA ALIMENTAR Um conjunto de cadeias alimentares.
  24. 24. EXEMPLO DE UMA TEIA ALIMENTAR DO PANTANAL
  25. 25. FLUXO DE ENERGIA E CICLO DA MATÉRIA NO ECOSSISTEMA Da energia luminosa que chega no ecossistema, em média apenas 1% é utilizado na fotossíntese. Mais resulta em energia para gerar de 150 a 200 bilhões de toneladas de matéria orgânica ao ano. Parte destes compostos orgânicos são utilizados na respiração, assim a planta obtém energia para seu metabolismo. Outra parte de energia sai no calor e o restante faz parte do corpo do organismo. A matéria orgânica e a energia ficam retidas nos autótrofos e servem de alimento para os consumidores. Estes utilizam a energia na respiração e parte é eliminada nas fezes e urina. ESTES PROCESSOS SE REPETEM NOS NÍVEIS DA CADEIA ALIMENTAR. Parte da matéria e energia do alimento não passa para o próximo nível trófico e sai da cadeia na forma de fezes, urina, gás carbônico, água e calor. EM MÉDIA APENAS 10% DE ENERGIA DE UM NÍVEL TRÓFICO PASSA PARA O SEGUINTE.
  26. 26. Cadeias e teias alimentares Fluxo ddee eenneerrggiiaa nnaass ccaaddeeiiaass aalliimmeennttaarreess Aumento do nível trófico Diminuição da energia disponível
  27. 27. PRODUTIVIDADE DOS ECOSSISTEMAS A atividade de um ecossistema pode ser avaliada pela PRODUTIVIDADE PRIMÁRIA BRUTA (PPB), refere-se aos pprroodduuttoorreess e corresponde: matéria orgânica produzida em gramas, o tempo e a área. PPB: massa da matéria orgânica produzida / tempo / área PRODUTIVIDADE PRIMÁRIA BRUTA – PPB – Descontando o que a planta consome na respiração (R) o que sobra: PRODUTIVIDADE PRIMÁRIA LÍQUIDA – PPL – PPB-R: PPL
  28. 28. PRODUTIVIDADE SECUNDÁRIA BRUTA Refere-se aos consumidores e está relacionado ao acúmulo de matéria orgânica nos tecidos dos consumidores dos ecossistemas.
  29. 29. PIRAMIDES ECOLÓGICAS É a representação dos níveis tróficos através de retângulos superpostos que formam uma pirâmide ecológica. OS DECOMPOSITORES NÃO SÃO INCLUIDOS. 1. PÍRÂMIDE DE NÚMERO:
  30. 30. 2. PIRÂMIDE DE MASSA
  31. 31. 3. PIRÂMIDE DE ENERGIA:
  32. 32. EFEITO CUMULATIVO DO DDT

×