Texto argumentativo

111 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
111
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Texto argumentativo

  1. 1. Texto argumentativo Procura no dicionário on-line Link para o dicionário on linehttp://michaelis.uol.com.br/ Quando usamos a argumentação? Quando queremos defender um ponto de vista; Quando apresentamos a nossa opinião; Quandopropomosumasolução; Quandoqueremosconvencerosoutrosa aceitara um pedido nosso. O que é argumentar? é exprimirumaconvicçãoouumponto de vista,baseadosnaverdade,de modo a convencer o ouvinte/leitor. É, pois, necessário que apresentemos um raciocínio coerente e convincente. A argumentaçãoapelanão só à nossa racionalidade (ex. discurso político, sermões do Padre António Vieira), como também à nossa emotividade (ex. texto publicitário). Quando temos que construir um texto argumentativo? O comentário, um artigo de opinião ou uma crítica de cinema ou de música exigem a elaboraçãode um textoargumentativo bem estruturado. É o texto em que defendemos uma ideia, opinião ou ponto de vista, uma tese, procurando (por todos os meios) fazer com que nosso ouvinte/leitor a aceite, acredite nela. Preparação da argumentação: O que quero eu provar? Procura de argumentos Disposição dos argumentos: Estes argumentos são realmente válidos? Como se constrói um texto argumentativo? Estrutura do texto Introdução: Na introdução, o autor apresenta o problema (tese, opinião, declaração). Desenvolvimento: Análise ou explicitação da proposição apresentada; apresentação dos argumentos que provam a verdade da proposição: fatos, exemplos, citações, testemunhos, dados estatísticos. Conclusão: Na conclusão, o autor reforça seu ponto de vista e/ou resume a discussão. Você conferiu algumas das maneiras mais comuns de se elaborar o desenvolvimento de um texto argumentativo.E,comoessa é a parte mais importante do texto – e é nela que se encadeiam os argumentos –, é importante conhecer alguns
  2. 2. recursos argumentativos, ou seja, algumas estratégias para realmente convencer o leitor do pontode vistadefendido.Essesrecursospodem, emverdade,serutilizadosemqualquerparte da dissertação,masé nos parágrafosdo desenvolvimento que são mais frequentes, podendo expressar ideia de: Adversidade: (oposição, contraste): mas, porém, todavia, contudo, entretanto, senão, que. Alternância: ou. Também as locuções ou... ou, ora...ora, já...já, quer...quer... Conclusão: logo, portanto, pois (posposto ao verbo). Explicação: que, porque, porquanto... Causa: que, como, pois, porque, porquanto. Também as locuções: por isso que, pois que, já que, visto que... Comparação: que, do que (depois de mais, maior, melhor ou menos, menor, pior), como... Tambémas locuções:tão...como, tanto... como, mais...do que, menos...do que, assim como, bem como, que nem... Concessão:que,embora,conquanto.Tambémas locuções: ainda que, mesmo que, bem que, se bem que, nem que, apesar de que, por mais que, por menos que... Condição:se,caso.Tambémas locuções:contanto que, desde que, dado que, a menos que, a não ser que, exceto se... Finalidade: As locuções para que, a fim de que, por que... Consequência: que (precedido de tão, tanto, tal) e também as locuções: de modo que, de forma que, de sorte que, de maneira que...
  3. 3. Assim, tens, como articuladores argumentativos: para reiterar,reafirmar retomando a questão,penso que,a meu ver, creio que,estou certo, em nosso entender para concordar, provar, exprimir certeza efectivamente,com efeito para refutar,manifestar oposição, restringir ideias no entanto,mas,todavia, contudo, porém,apesar de,em sentido contrário,refutando,pelo contrário,ao contrário,por outro lado,com a ressalva de para exemplificar por exemplo,como se pode ver, assim,tome-se como exemplo, é o caso de, é o que acontece com para explicitar significa isto que,explicitando melhor,não se pretende com isto,quer isto dizer, a saber,isto é, por outras palavras para concluir finalmente,enfim,em conclusão,concluindo, para terminar,em suma,por conseguinte,por consequência para estabelecer conexões de tempo então, após,depois,antes,anteriormente,em seguida, seguidamente,quando,até que, a princípio,por fim para referenciar espaço aqui,ali, lá, acolá,além,naquele lugar,o lugar onde,ao lado de, à esquerda,à direita,ao centro, no meio,mais adiante para indicar ordem em primeiro lugar,primeiramente,em segundo lugar, seguidamente,em seguida,começando por,antes de mais,por último,por fim para estabelecer conexões de causa porque,visto que, dado que, uma vez que para estabelecer conexões de consequência de tal modo que,de forma que, tanto que, e por isso para expressar condição, hipótese se,a menos que,a não ser que, desde que,supondo que,se
  4. 4. por hipótese,admitindo que,excepto se, se por acaso para estabelecer conexões de fim para que, para, com o fim de, a fim de que, com o intuito de para estabelecer relações aditivas e, ora, e também,e ainda para estabelecer relações disjuntivas ou, ou então,seja...seja,quer...quer para expressar semelhança, comparação do mesmo modo,tal como,pelo mesmo motivo,pela mesma razão, igualmente,assim como Assim, tens, como articuladores argumentativos: para reiterar,reafirmar retomandoa questão,penso que,ameuver,creioque,estoucerto,emnossoentender para concordar, provar,exprimircerteza efectivamente,comefeito para refutar,manifestaroposição,restringirideias no entanto,mas,todavia,contudo,porém, apesarde,emsentidocontrário,refutando,pelo contrário,ao contrário,por outrolado,com a ressalvade
  5. 5. para exemplificar por exemplo,comose pode ver,assim, tome-se comoexemplo,é o caso de,é o que acontece com para explicitar significaistoque,explicitandomelhor,nãose pretende com isto,queristodizer,asaber,isto é,por outras palavras para concluir finalmente,enfim,emconclusão,concluindo, paraterminar,emsuma, por conseguinte,por consequência para estabelecerconexõesde tempo então,após,depois,antes,anteriormente,emseguida,seguidamente,quando,até que,a princípio,porfim para referenciarespaço aqui,ali,lá,acolá,além,naquele lugar,olugaronde,aoladode,à esquerda,àdireita,ao centro,no meio,maisadiante para indicarordem emprimeirolugar,primeiramente,emsegundolugar,seguidamente,emseguida,começando por, antesde mais,por último,porfim
  6. 6. para estabelecerconexõesde causa porque,vistoque,dadoque,umavezque para estabelecerconexõesde consequência de tal modoque,de forma que,tantoque,e por isso para expressarcondição,hipótese se,a menosque,a não serque,desde que,supondoque,se porhipótese,admitindoque, exceptose,se poracaso para estabelecerconexõesde fim para que,para, com o fimde,a fimde que,com o intuitode para estabelecerrelaçõesaditivas e,ora, e também,e ainda para estabelecerrelaçõesdisjuntivas ou,ou então,seja...seja,quer...quer para expressarsemelhança,comparação do mesmomodo,tal como,pelomesmomotivo,pelamesmarazão,igualmente,assimcomo

×