EBITDAInstrução CVM 527 Informação Confidencial. Não deve ser apresentada ou distribuida sem autorização por escrito da MZ...
A Instrução•   Art. 2º O cálculo do LAJIDA e do LAJIR deve ter como base os números apresentados    nas demonstrações cont...
Como algumas empresas tem feito• Linhas de ajuste e não recorrentes habitualmente  encontradas em Press Releases   • Plano...
Exemplo de reconciliação                                                                                                  ...
O que fazer para cumprir a regra?• Ajustar a maneira de calcular (quando necessário) e alinhar  com a auditoria antes de r...
O papel da auditoria• O auditor da Companhia deve verificar se o cálculo do EBITDA  ou EBITDA ajustado e suas devidas expl...
O papel da auditoriaVerificar que:• As divulgações voluntárias do EBITDA foram feitas fora do  conjunto completo de demons...
ContatosRodrigo AlvesCEO MZ Grouprodrigo.alves@mzgroup.comRicardo BettoniSócio MZ Groupricardo.bettoni@mzgroup.comDaniel A...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

MZ Group realiza webinar sobre Instrução 527 da CVM

465 visualizações

Publicada em

MZ Group promove webinar para discutir a instrução 527 da CVM

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
465
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

MZ Group realiza webinar sobre Instrução 527 da CVM

  1. 1. EBITDAInstrução CVM 527 Informação Confidencial. Não deve ser apresentada ou distribuida sem autorização por escrito da MZ. Fevereiro de 2013
  2. 2. A Instrução• Art. 2º O cálculo do LAJIDA e do LAJIR deve ter como base os números apresentados nas demonstrações contábeis• § 1º Não podem compor o cálculo do LAJIDA e do LAJIR divulgados ao mercado, valores que não constem das demonstrações contábeis• Art. 3º O cálculo do LAJIDA e do LAJIR não pode excluir quaisquer itens não recorrentes, não operacionais ou de operações descontinuadas e será obtido da seguinte forma: EBITDA = Lucro Líquido + IR e CSLL + Res. Financeiro + Depreciação e Amortização EBIT = Lucro Líquido + IR e CSLL + Res. Financeiro 2 Informação Confidencial. Não deve ser apresentada ou distribuida sem autorização por escrito da MZ.
  3. 3. Como algumas empresas tem feito• Linhas de ajuste e não recorrentes habitualmente encontradas em Press Releases • Plano de opções • Incentivos fiscais • Outras despesas/receitas não identificadas• Números diferentes no Press Release vs. ITR A CVM pretende padronizar o indicador e evitar cálculos que fogem do princípio do EBITDA 3 Informação Confidencial. Não deve ser apresentada ou distribuida sem autorização por escrito da MZ.
  4. 4. Exemplo de reconciliação 3T12 2T12 3T11 EBITDA AJUSTADO (milhares de R$) 153.500 120.000 75.000 Lucro/Prejuízo Líquido 100.000 80.000 50.000 (-) IR e CSLL 15.000 12.000 7.500 (-) Receitas (Despesas) Financeiras 10.000 8.000 5.000 (-) Depreciação e Amortização 25.000 20.000 12.500 (-) Outras Despesas não recorrentes 3.500 2.800 1.750A partir da Instrução torna-se obrigatório o cálculo “clássico” do EBITDA. Caso a Cia.opte pelo uso do termo AJUSTADO, deve-se fundamentar a razão para tal 3T12 2T12 3T11 EBITDA (milhares de R$) 150.000 120.000 75.000 Lucro/Prejuízo Líquido 100.000 80.000 50.000 (-) IR e CSLL 15.000 12.000 7.500 Instrução 527 (-) Receitas (Despesas) Financeiras 10.000 8.000 5.000 (-) Depreciação e Amortização 25.000 20.000 12.500 IMPORTANTE: As mudanças devem ser refletidas para todos os períodos apresentados 4 Informação Confidencial. Não deve ser apresentada ou distribuida sem autorização por escrito da MZ.
  5. 5. O que fazer para cumprir a regra?• Ajustar a maneira de calcular (quando necessário) e alinhar com a auditoria antes de realizar mudanças na maneira de reportar o EBITDA• O cálculo seguindo a Instrução poderá ser facilmente feito por investidores e analistas, portanto o importante será apresentar uma reconciliação partindo do novo cálculo para deixar claro o racional na metodologia da Companhia• Comunicação eficiente com o mercado para evitar qualquer ruído que possa prejudicar a percepção da companhia 5 Informação Confidencial. Não deve ser apresentada ou distribuida sem autorização por escrito da MZ.
  6. 6. O papel da auditoria• O auditor da Companhia deve verificar se o cálculo do EBITDA ou EBITDA ajustado e suas devidas explicações, foi efetuado de acordo com a Instrução CVM 527. Essa verificação deve ser feita de acordo com a norma de auditoria NBC TA 720No caso do auditor discordar do cálculo o auditor deve: • comunicar esse assunto aos responsáveis pela governança • incluir um parágrafo de outros assuntos descrevendo a inconsistência • em certos casos que julgar necessário, de acordo com seu julgamento, reter seu relatório ou se retirar do trabalho 6 Informação Confidencial. Não deve ser apresentada ou distribuida sem autorização por escrito da MZ.
  7. 7. O papel da auditoriaVerificar que:• As divulgações voluntárias do EBITDA foram feitas fora do conjunto completo de demonstrações financeiras• o cálculo do EBITDA/EBIT foi efetuado de forma consistente e comparável ao longo dos períodos apresentados pela Companhia• qualquer mudança no cálculo foi refletida para todos os períodos apresentados e está acompanhada de justificativa da mudança e a descrição completa sobre essa modificação 7 Informação Confidencial. Não deve ser apresentada ou distribuida sem autorização por escrito da MZ.
  8. 8. ContatosRodrigo AlvesCEO MZ Grouprodrigo.alves@mzgroup.comRicardo BettoniSócio MZ Groupricardo.bettoni@mzgroup.comDaniel ArmestoDiretor KPMGdbarmesto@kpmg.com.br 8 Informação Confidencial. Não deve ser apresentada ou distribuida sem autorização por escrito da MZ.

×