CLC      Domínio de Referência 2 e 3Núcleo Gerador - Urbanismo e Mobilidade    Formadora : Maria José Pereira      Formand...
IntroduçãoNeste trabalho irei mostrar alguns dos principais  patrimônios arquitetónicos da freguesia onde                 ...
Casa do InfanteUm dos mais antigos edificios da cidade.Pensa se que provém do séc. XIII, devido ao tipo de janelas primiti...
Casa do InfantePrimeiramente no  reinado de D.Afonso  IV este edificio teve  como função ser  armazém  Alfândegário e Casa...
Casa do InfanteSofreu obras de ampliação no  século XV e, depois, no  século XVII-XVIII. A fachada  primitiva era virada a...
Casa do InfanteA partir de 1677, desenvolve-se  um programa de ampliação  mais vasto, cujo início ficou  assinalado por um...
Casa do InfanteNa sequência da reforma  seiscentista, as instalações  da Casa da Moeda, que  entretanto tinha sido  desact...
Casa do InfanteA tradição que relaciona o   nascimento do Infante D.   Henrique com este local levou   ao descerramento de...
Casa do InfanteA classificação da Casa do  Infante como monumento  nacional dá-se em 1924. No  final dos anos 50. O edifíc...
Casa do InfanteO Arquivo Histórico Municipal do  Porto foi fundado em 1980,  em substituição do antigo  Gabinete de Histór...
Casa do InfanteNo espaço museológico,  designado como “Torre  Norte”, organizado por três  pisos, encontram-se expostos  o...
Casa do InfanteDe realçar ainda, na parte  aberta mais recentemente ao  público, temos os primeiros  pavimentos de mosaico...
Casa do InfanteO Arquivo Histórico Municipal do  Porto inclui um outro espaço,  conhecido por Sala Memória,  que é usado p...
Palácio da BolsaO palácio da Bolsa é  considerado um dos mais  belos edifícios que o Porto  possui e ainda um dos mais  ri...
Palácio da BolsaA sua construção foi fruto de um  grande investimento e  dedicação por parte dos  mercadores portuenses qu...
Palácio da BolsaEste edifício ostenta uma  variedade de estilos, desde a  severidade da arquitectura  toscana e do neoclás...
Palácio da BolsaD todas as Salas existente no  Palácio, a que mais destaque  possui é o Salão Árabe  também conhecido por ...
WebGrafia                     http://www.travel-in-portugal.com/public/attractions/403_1.jpg                        http:/...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Urabanismo mobilidadedr23

318 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
318
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Urabanismo mobilidadedr23

  1. 1. CLC Domínio de Referência 2 e 3Núcleo Gerador - Urbanismo e Mobilidade Formadora : Maria José Pereira Formando: Miguel Samagaio
  2. 2. IntroduçãoNeste trabalho irei mostrar alguns dos principais patrimônios arquitetónicos da freguesia onde nasci.A freguesia é a de São Nicolau situada na zona histórica da cidade do Porto.
  3. 3. Casa do InfanteUm dos mais antigos edificios da cidade.Pensa se que provém do séc. XIII, devido ao tipo de janelas primitivas ainda hoje visíveis.
  4. 4. Casa do InfantePrimeiramente no reinado de D.Afonso IV este edificio teve como função ser armazém Alfândegário e Casa da Moeda.
  5. 5. Casa do InfanteSofreu obras de ampliação no século XV e, depois, no século XVII-XVIII. A fachada primitiva era virada a ocidente, mas muito mais recuada que a actual. O edifício original de planta rectangular, coincidia com o actual pátio e espaços adjacentes. Nestes últimos, há importantes trechos de silharia medieval, a qual se prolonga para cima dos actuais telhados.
  6. 6. Casa do InfanteA partir de 1677, desenvolve-se um programa de ampliação mais vasto, cujo início ficou assinalado por uma inscrição colocada no pátio interior.O armazém interior (o actual salão central) foi organizado em três naves com altas arcarias, o qual garantiu uma maior fluidez na ocupação. O último corpo, com a fachada virada para o interior dos armazéns, constituí uma das zonas de maior significado nesta reforma, já numa 2a fase, talvez no terceiro quartel do século XVIII.
  7. 7. Casa do InfanteNa sequência da reforma seiscentista, as instalações da Casa da Moeda, que entretanto tinha sido desactivada, sofreram uma redução na sua área, que foi temporariamente usada como celeiro público. A cunhagem régia foi retomada em 1688, cingindo-se agora a Casa da Moeda à metade oriental, em redor de um pátio mais pequeno, mas mantendo-se a entrada primitiva.
  8. 8. Casa do InfanteA tradição que relaciona o nascimento do Infante D. Henrique com este local levou ao descerramento de uma lápide sobre a entrada principal, no ano de 1894. A iniciativa partiu da Comissão Henriquina, à qual se associou a Câmara, tornando assim definitiva designação de “Casa do Infante”, atribuída ao edifício.No final de oitocentos inicia-se a última fase de transformações, que se prolongou durante as primeiras décadas do século
  9. 9. Casa do InfanteA classificação da Casa do Infante como monumento nacional dá-se em 1924. No final dos anos 50. O edifício, cujo corpo posterior se encontrava arrendado voltou para a posse do Estado e da Autarquia. Entre 1958-1960 sofreu um profundo restauro, orientado pela Direcção Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais, sob direcção do arquitecto Rogério de Azevedo.
  10. 10. Casa do InfanteO Arquivo Histórico Municipal do Porto foi fundado em 1980, em substituição do antigo Gabinete de História da Cidade. Conserva a documentação produzida pela Câmara Municipal do Porto desde a Idade Média, bem como diversos artigos de ordem particular e colecções.
  11. 11. Casa do InfanteNo espaço museológico, designado como “Torre Norte”, organizado por três pisos, encontram-se expostos objectos achados nas escavações arqueológicas e pode aceder-se a informação sobre o edifício e a cidade através de uma reconstituição vídeo, em imagem virtual, vários postos multimédia, merecendo especial destaque a maqueta do Porto Medieval à escala 1:500.
  12. 12. Casa do InfanteDe realçar ainda, na parte aberta mais recentemente ao público, temos os primeiros pavimentos de mosaico romano da cidade, a ara dedicada aos Lares Marinhos, o espaço oficinal da Casa da Moeda e a ocupação de toda aquela área na época moderna e contemporânea.
  13. 13. Casa do InfanteO Arquivo Histórico Municipal do Porto inclui um outro espaço, conhecido por Sala Memória, que é usado para visitas em grupo, durante as quais se evocam espaços e figuras que, ao longo do tempo, contribuíram para o desenvolvimento do cartório do município e para preservar o seu rico património documental.
  14. 14. Palácio da BolsaO palácio da Bolsa é considerado um dos mais belos edifícios que o Porto possui e ainda um dos mais ricos de Portugal, sendo um dos salões de visita da cidade onde se têm desenrolado os mais marcantes acontecimentos sociais, políticos e culturais ligados à vida citadina.
  15. 15. Palácio da BolsaA sua construção foi fruto de um grande investimento e dedicação por parte dos mercadores portuenses que haviam perdido a Casa da Bolsa do Comércio e se viram obrigados a discutir os seus negócios ao ar livre, na rua dos ingleses.Só anos mais tarde, a 6 de Outubro de 1842 é que foi lançada a primeira pedra do Palácio da Bolsa, que hoje podemos admirar.
  16. 16. Palácio da BolsaEste edifício ostenta uma variedade de estilos, desde a severidade da arquitectura toscana e do neoclássico oitocentista, até aos primórdios policromáticos do Salão Árabe e com notórias influências do gosto neopalaciano inglês.
  17. 17. Palácio da BolsaD todas as Salas existente no Palácio, a que mais destaque possui é o Salão Árabe também conhecido por Salão Nobre, com estuques de cor do final do século XIX, legendado a ouro em caracteres arábicos que cobrem praticamente todo o tecto e as paredes. O salão tem a forma de um paralelograma octogonal, cujos ângulos truncados formam saídas para outras dependências e gabinetes.
  18. 18. WebGrafia http://www.travel-in-portugal.com/public/attractions/403_1.jpg http://www.portoxxi.com/cultura/ver_edificio.php?id=32http://perlbal.hi-pi.com/blog-images/330920/gd/1197279756/Casa-do-Infante-ou-Casa-da-Rua-da-Alfandega-Velhhttp://4.bp.blogspot.com/_HOwR8wf6MBs/RzsJ2jRUDiI/AAAAAAAABcU/TG0SvxH6eN4/s1600/Casa+do+Infante. http://i150.photobucket.com/albums/s104/MJFSANTOS/Porto/CasaRuadaAlfandegaVelha3.jpg http://ptphoto980x880.mnstatic.com/sala-de-exposicoes-da-casa-do-infante_13152.jpghttp://4.bp.blogspot.com/-vrfviTj8KNY/TtJrXoIGtoI/AAAAAAAABlk/UOxbp0u53Dg/s1600/casa+do+infante.jpghttp://2.bp.blogspot.com/-xZ2xahPOXWg/Ta7mZIqlNpI/AAAAAAAAAP8/-SdyEU8PO-w/s1600/casa+inf1.png http://cdn3.igogo.pt/fotos/13/50/nucleo-museologico-da-casa-do-infante-2.jpghttp://4.bp.blogspot.com/-OmPRsjzMfXs/TfDUbYZw0cI/AAAAAAAAOjg/LFQ0ttSEKOM/s400/6%2BRibeira%2Be%http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/0/0c/Casa_Infante_7_(Porto).JPG/300px-Casa_Infante_7_

×