Divulgação de Resultados do 3T07
Rubens Menin Teixeira de Souza - Presidente
Comentários do 3T07Comentários do 3T07
2
O Nome do Jogo: TIME!O Nome do Jogo: TIME!
Modelo de
negócios
integrado
Grande
capacidade de
prospecção e
aquisição de
ter...
Modelo IntegradoModelo Integrado
Modelo de
negócios
integrado
Grande
capacidade de
prospecção e
aquisição de
terrenos
Equi...
Rumo ao MRV 40 milRumo ao MRV 40 mil
Elevada capacidade de aquisição de banco de terrenos e incorporação de empreendimento...
Leonardo Corrêa – Diretor Vice-Presidente Executivo e de Relação com Investidores
Desempenho Operacional e FinanceiroDesem...
Lançamentos cresceram 473% no 3T07 e 225% no 9M07, em relação a 3T06 e 9M06, respectivamente:
VGV de R$ 290 milhões no 3T0...
Mercado Imobiliário para o Segmento PopularMercado Imobiliário para o Segmento Popular
Aumento do limite de valor de cada ...
35.129
12,8%
Indicadores de ProdutividadeIndicadores de Produtividade –– G&AG&A
G&A ajustadas (R$ Mil) e G&A ajustadas s/ ...
6,0%
Indicadores de ProdutividadeIndicadores de Produtividade –– Despesas ComerciaisDespesas Comerciais
Despesas Comerciai...
783.457
VGVVGV (100% em R$ mil)(100% em R$ mil)
15%
51%
27%
7%
Mix de lançamentos - 9m07
50.541
289.723
241.372 254.474
28...
Vendas ContratadasVendas Contratadas (100% em R$ mil)(100% em R$ mil)
21%
32%23%
24%
Mix de vendas contratadas - 9M07
60.3...
Banco de TerrenosBanco de Terrenos
Em 31-Out-07 (100%)
BANCO DE TERRENOS POR ESTADO
VGV
(R$ Milhões)
% por Estado
Nº
Empre...
Receita Operacional LíquidaReceita Operacional Líquida
37.451
113.328
95.631
255.179
80.326
113.328
3T06 3T07 9M06 9M07 2T...
38%
41% 32%
39% 38%
41%
Lucro Bruto e Margem BrutaLucro Bruto e Margem Bruta
14.180
45.902
30.950
99.129
30.443
45.902
38%...
EBITDA Ajustado e Margem EBITDA AjustadaEBITDA Ajustado e Margem EBITDA Ajustada
16
7.607
31.067
13.392
60.972
17.498
31.0...
62.268
33% 33%
Lucro Líquido Ajustado e Margem Líquida AjustadaLucro Líquido Ajustado e Margem Líquida Ajustada
6.029
37.8...
Resultados a ApropriarResultados a Apropriar (R$ Mil)(R$ Mil)
Em R$ mil
RESULTADOS A APROPRIAR 3T07 3T06 2T07
Var %
3T07 x...
A MRV acredita fortemente no crescimento do mercado de construção civil. Esta crença tem pautado o
planejamento de nossa a...
AvisoAviso
Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos, mas reflet...
ContatosContatos
Leonardo Corrêa
Diretor Vice-Presidente Executivo e de Relações com Investidores
Mônica Simão
Diretora Fi...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação dos Resultados do Terceiro Trimestre de 2007.

68 visualizações

Publicada em

Apresentação dos Resultados do Terceiro Trimestre de 2007.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
68
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
18
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação dos Resultados do Terceiro Trimestre de 2007.

  1. 1. Divulgação de Resultados do 3T07
  2. 2. Rubens Menin Teixeira de Souza - Presidente Comentários do 3T07Comentários do 3T07 2
  3. 3. O Nome do Jogo: TIME!O Nome do Jogo: TIME! Modelo de negócios integrado Grande capacidade de prospecção e aquisição de terrenos Equipe altamente qualificada e cultura de partnership ADMINISTRATIVO FINANCEIRO 3 VantagensVantagens competitivascompetitivas Experiência e foco de atuação em construções populares Produção Industrial com padronização, escala e modulação flexíveis Ciclo operacional mais curto que o padrão residencial Diversificação geográficaÁREA # Executivos % Ações % Opções Tempo Médio de Empresa (anos) Desenvolvimento Imobiliário 7 8,12% 0,18% 14,3 Produção 7 1,32% 0,48% 12,8 Comercial 3 0,15% 0,17% 4,1 Administrativo Financeiro 10 0,36% 1,34% 5,5 TOTAL 27 9,95% 2,17% 9,5 COMERCIAL DESENV. IMOBILIÁRIO PRODUÇÃO
  4. 4. Modelo IntegradoModelo Integrado Modelo de negócios integrado Grande capacidade de prospecção e aquisição de terrenos Equipe altamente qualificada e cultura de partnership 4 RentabilidadeRentabilidade VantagensVantagens competitivascompetitivas Experiência e foco de atuação em construções populares Produção Industrial com padronização, escala e modulação flexíveis Ciclo operacional mais curto que o padrão residencial Diversificação geográfica partnership
  5. 5. Rumo ao MRV 40 milRumo ao MRV 40 mil Elevada capacidade de aquisição de banco de terrenos e incorporação de empreendimentos; Expansão contínua e diversificação geográfica; Aumento da capacidade produtiva em conseqüência do crescimento orgânico e aumento de parceiros; Parcerias de longo prazo com fornecedores de matéria prima e equipamentos aliadas ao planejamento de produção para atender a nossa demanda; Expansão da força de vendas própria e terceirizada; Investimento em tecnologia da informação; Otimização de processos; e Investimento e fidelização de colaboradores. 5
  6. 6. Leonardo Corrêa – Diretor Vice-Presidente Executivo e de Relação com Investidores Desempenho Operacional e FinanceiroDesempenho Operacional e Financeiro 6
  7. 7. Lançamentos cresceram 473% no 3T07 e 225% no 9M07, em relação a 3T06 e 9M06, respectivamente: VGV de R$ 290 milhões no 3T07 e R$ 784 milhões no 9M07 Crescimento de 261% em Vendas Contratadas no 3T07 e 235% no 9M07, em relação a 3T06 e 9M06, respectivamente: R$ 218 milhões no 3T07 e R$ 513 milhões no 9M07 Principais DestaquesPrincipais Destaques R$ 218 milhões no 3T07 e R$ 513 milhões no 9M07 Banco de Terrenos de R$ 6,9 bilhões, com a cobertura em 51 cidades Aumento de 203% na Receita Operacional Líquida no 3T07 e 167% no 9M07, em relação a 3T06 e 9M06, respectivamente: R$ 113 milhões no 3T07 e R$ 255 milhões no 9M07 Margem Bruta de 43% no 3T07, se consideradas as receitas financeiras provenientes dos clientes Crescimento de 308% no EBITDA ajustado em relação ao 3T06, atingindo o valor de R$ 31 milhões e margem de 27,4% Lucro Líquido ajustado no 3T07 de R$ 38 milhões, com margem líquida de 33,4% Resultado a apropriar com crescimento de 43% em relação ao 2T07, atingindo R$ 181 milhões 7
  8. 8. Mercado Imobiliário para o Segmento PopularMercado Imobiliário para o Segmento Popular Aumento do limite de valor de cada unidade a ser financiada com recursos do FGTS; Entrada dos Bancos Privados nos financiamentos com recursos do FGTS; e Grande disponibilidade de financiamentos imobiliários: 8 Captação líquida das cadernetas de poupança de R$ 3,4 bilhões em setembro e R$ 14,8 bilhões no ano; Incremento do Pessoal Ocupado e do Volume de Horas Pagas, com impacto direto no volume de recursos disponíveis no FGTS.
  9. 9. 35.129 12,8% Indicadores de ProdutividadeIndicadores de Produtividade –– G&AG&A G&A ajustadas (R$ Mil) e G&A ajustadas s/ vendas contratadas (%) 7.722 14.102 15.707 35.129 10.533 14.102 6,5% 10,3% 6,8% 6,7% 6,5% 3T06 3T07 9M06 9M07 2T07 3T07 Desp. Gerais e Adm. ajustadas Desp. Gerais e Adm. ajustadas s/ vendas 9
  10. 10. 6,0% Indicadores de ProdutividadeIndicadores de Produtividade –– Despesas ComerciaisDespesas Comerciais Despesas Comerciais (R$ Mil) e Despesas Comerciais s/ vendas contratadas (%) 3.632 8.447 7.910 20.083 6.449 8.447 3,9% 5,2% 3,9% 4,1% 3,9% 3T06 3T07 9M06 9M07 2T07 3T07 Despesa Comercial Desp. Comercial s/ vendas 10
  11. 11. 783.457 VGVVGV (100% em R$ mil)(100% em R$ mil) 15% 51% 27% 7% Mix de lançamentos - 9m07 50.541 289.723 241.372 254.474 289.723 3T06 3T07 9M06 9M07 2T07 3T07 11 Até 80.000 De 80.001 até 130.000 De 130.001 até 180.000 Acimade 180.000 20% 63% 11% 6% Mix de lançamentos - 3T07 Até 80.000 De 80.001 até 130.000 De 130.001 até 180.000 Acimade 180.000
  12. 12. Vendas ContratadasVendas Contratadas (100% em R$ mil)(100% em R$ mil) 21% 32%23% 24% Mix de vendas contratadas - 9M07 60.304 217.530 153.141 513.298 157.677 217.530 3T06 3T07 9M06 9M07 2T07 3T07 12 18% 25% 20% 37% Mix de vendas contratadas - 3T07 Até 80.000 De 80.001 até 130.000 De 130.001 até 180.000 Acima de 180.000 32% Até 80.000 De 80.001 até 130.000 De 130.001 até 180.000 Acima de 180.000
  13. 13. Banco de TerrenosBanco de Terrenos Em 31-Out-07 (100%) BANCO DE TERRENOS POR ESTADO VGV (R$ Milhões) % por Estado Nº Empreend. Unidades (Mil) Preço Médio (R$'000) Área Útil (m2 mil) % Permuta São Paulo SP 4.042,3 58,3% 121 38,3 105,4 2.214,0 28,5% Minas Gerais MG 1.369,3 19,7% 56 16,5 83,0 900,3 17,0% Rio de Janeiro RJ 368,0 5,3% 12 3,8 96,4 202,6 22,7% Goiás / Distrito Federal GO/DF 329,5 4,8% 10 3,4 98,2 227,6 60,1% Paraná PR 252,1 3,6% 15 2,4 105,6 127,9 29,7% Rio Grande do Sul RS 239,1 3,4% 7 2,3 105,7 121,6 13,6% 13 31-Dez-06 1.432,7 31-Mar-07 1.527,8 31-Jul-07 4.334,9 31-Out-07 6.933,8 31-Dez-06 31-Mar-07 31-Jul-07 31-Out-07 Rio Grande do Sul Espírito Santo ES 237,2 3,4% 6 2,6 92,3 163,3 0,7% Santa Catarina SC 76,2 1,1% 5 0,8 94,1 49,5 16,6% Bahia BA 20,0 0,3% 1 0,2 100,0 10,6 0,0% TOTAL 6.933,8 100% 233,0 70,2 98,7 4.017,4 24,5% BANCO DE TERRENOS POR CIDADE - EVOLUÇÃO R$'Milhões REGIÃO 31-dez-06 31-Mar-07 31-Jul-07 31-Out-07 Capitais e regiões metropolitanas 587,4 611,5 1.904,0 2.768,0 Interior 845,3 916,4 2.430,9 4.165,8 TOTAL 1.432,7 1.527,8 4.334,9 6.933,8
  14. 14. Receita Operacional LíquidaReceita Operacional Líquida 37.451 113.328 95.631 255.179 80.326 113.328 3T06 3T07 9M06 9M07 2T07 3T07 14
  15. 15. 38% 41% 32% 39% 38% 41% Lucro Bruto e Margem BrutaLucro Bruto e Margem Bruta 14.180 45.902 30.950 99.129 30.443 45.902 38% 41% 32% 3T06 3T07 9M06 9M07 2T07 3T07 Lucro Bruto Margem bruta 15
  16. 16. EBITDA Ajustado e Margem EBITDA AjustadaEBITDA Ajustado e Margem EBITDA Ajustada 16 7.607 31.067 13.392 60.972 17.498 31.067 20% 27% 14% 24% 22% 27% 3T06 3T07 9M06 9M07 2T07 3T07 Ebitda Ajustado Margem EBTIDA ajustada
  17. 17. 62.268 33% 33% Lucro Líquido Ajustado e Margem Líquida AjustadaLucro Líquido Ajustado e Margem Líquida Ajustada 6.029 37.880 10.301 16.139 37.880 16% 11% 24% 20% 3T06 3T07 9M06 9M07 2T07 3T07 Lucro Líquido Ajustado Margem Líquida ajustada 17
  18. 18. Resultados a ApropriarResultados a Apropriar (R$ Mil)(R$ Mil) Em R$ mil RESULTADOS A APROPRIAR 3T07 3T06 2T07 Var % 3T07 x 3T06 Var % 3T07 x 2T07 Receita de vendas a apropriar 326.881 106.637 242.048 206,5% 35,0% 18 Receita de vendas a apropriar 326.881 106.637 242.048 206,5% 35,0% Custo unid. vendidas a apropriar (145.482) (56.889) (115.579) 155,7% 25,9% Resultado a apropriar 181.399 49.748 126.469 264,6% 43,4% Margem a apropriar (%) 55,5% 46,7% 52,2% 8.8 p.p. 3,3 p.p.
  19. 19. A MRV acredita fortemente no crescimento do mercado de construção civil. Esta crença tem pautado o planejamento de nossa atividade. Abaixo fornecemos projeções para o ano de 2007 e de 2008: ProjeçõesProjeções PROJEÇÕES 2007 original 2007 revisado 2008 19 VGV (100% MRV - R$ milhões) 920 ~ 980 1.030 ~ 1.100 2.000 ~ 2.200 Vendas contratadas (R$ milhões) 610 ~ 660 640 ~ 690 1.500 ~ 1.700 Margem bruta 38% ~ 41% 39% ~ 41% 40% ~ 44% Margem EBITDA* 21% ~ 24% 24% ~ 26% 24% ~ 28% Margem líquida* 19% ~ 22% 24% ~ 26% 21% ~ 25% * Para o ano de 2007 a margem EBTIDA e margem líquida utiilzadas serão, respectivamente, margem EBTIDA ajustada e margem líquida ajustada.
  20. 20. AvisoAviso Esta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatos históricos, mas refletem as metas e as expectativas da direção da MRV Engenharia. As palavras "antecipa", "acredita", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "estima", "projeta", "objetiva" e similares são declarações prospectivas. Embora acreditemos que essas declarações prospectivas se baseiem em pressupostos razoáveis, essas declarações estão sujeitas a vários riscos e incertezas, e são feitas levando em conta as informações às quais a MRV Engenharia atualmente tem acesso. Esta apresentação está atualizada até o final do 2T07 e a MRV Engenharia não se obriga a atualizá-la mediante novas informações e/ou acontecimentos futuros. A MRV Engenharia não se responsabiliza 20 obriga a atualizá-la mediante novas informações e/ou acontecimentos futuros. A MRV Engenharia não se responsabiliza por operações ou decisões de investimento tomadas com base nas informações contidas nesta apresentação. O EBITDA, de acordo com o Oficio Circular CVM 1/2005, pode ser definido como lucros antes das receitas (despesas) financeiras líquidas, imposto de renda e contribuição social, depreciação e amortização e resultados não operacionais. O EBITDA é utilizado como uma medida de desempenho pela administração da Companhia e não é uma medida adotada pelas Práticas Contábeis Brasileiras ou Americanas, não representa o fluxo de caixa para os períodos apresentados e não deve ser considerado como um substituto para o lucro líquido, como indicador do desempenho operacional da MRV ou como substituto para o fluxo de caixa, nem tampouco como indicador de liquidez. A administração da MRV acredita que o EBITDA é uma medida prática para aferir seu desempenho operacional e permitir uma comparação com outras companhias do mesmo segmento. Entretanto, ressalta-se que o EBITDA não é uma medida estabelecida de acordo com os Princípios Contábeis Brasileiros (Legislação Societária ou BR GAAP) ou Princípios Contábeis Norte-Americanos (US GAAP) e pode ser definido e calculado de maneira diversa por outras companhias.
  21. 21. ContatosContatos Leonardo Corrêa Diretor Vice-Presidente Executivo e de Relações com Investidores Mônica Simão Diretora FinanceiraDiretora Financeira Juliana Bastos Gerente de Relações com Investidores e Planejamento Financeiro Tel.: (31) 3348-7106 E-mail: ri@mrv.com.br www.mrv.com.br/ri 21

×