Apresentação vtt

316 visualizações

Publicada em

Vannevar Bush, Ted Nelson, Tim Berners-Lee

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
316
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
48
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação vtt

  1. 1. A Evolução do Hipertexto Vannevar Bush Ted N elson Tim Berners-Lee Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 1/22
  2. 2. A Evolução do Hipertexto Vannevar Bush Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 2/22
  3. 3. A Evolução do Hipertexto * Engenheiro, inventor; * 1913 - 1914 trabalhou na General Electric; * Doutorado pelo M.I.T. (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) ; * 1927 construíu “Differential Analyser”; * 1940 criação de uma colaboração diferente entre militares, indústria e investigadores com financiamento e apoio político de Franklin Delano Roosevelt; Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 3/22
  4. 4. A Evolução do Hipertexto * 1941 Director do O.S.R.D. (Office of Scientific Research and Development) ; * Até 1943 supervisionou o “Projecto Manhanttan”; * Exército assume o controlo do “Projecto Manhattan”; * O.S.R.D. deu vários contributos à ciência como a criação da penincilina e da sulfonamida (anti-bacteriano); * 1945 escreve “As we may think”; * “Memex” (Memory Extension) - espécie de estrapulação da nossa memória; Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 4/22
  5. 5. A Evolução do Hipertexto “Differential Analyser” * “Continuous integraph” (primeira nomenclatura) ; * Dispositivo analógico que calculava utilizando os dez dígitos do sistema decimal; * Computador analógico criado para resolver equações diferenciais por integração, usando rodas e discos de mecanismos para realizar a integração; * Dos primeiros dispositivos de computação avançados para ser utilizado operacionalmente; Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 5/22
  6. 6. A Evolução do Hipertexto “Memex” * Anunciada no artigo “As We May Think”; * Imaginada para suprimir as falhas da memória humana; * Dispositivo capaz de partilhar informações científicas; * Semelhante à memória humana; * Informação gravada em microfilme; * Criou um dispositivo de armazenamento e recuperação de micro- filmes e informações; Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 6/22
  7. 7. A Evolução do Hipertexto “Memex” * Acrescentar notas e comentários pessoais ao texto. * Base para a criação do “Co-link”; * Co-link: programa que permite que qualquer usuário anexe vários caminhos a um só link; * Clicar numa palavra e mostrava todos os assuntos referentes ao tema que forma acrescentados por outras pessoas, numa única lis- ta; * Surgimento de uma rede de armazenamento organizada por pala- vras-chave. Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 7/22
  8. 8. A Evolução do Hipertexto “Memex” Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 8/22
  9. 9. A Evolução do Hipertexto Ted N elson Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 9/22
  10. 10. A Evolução do Hipertexto * Sociólogo e filósofo; * 1963 criação dos termos “Hipertexto” e “Hipermedia”; * 1960 criação do “Projecto Xanadu” - todas as pessoas podiam publicar em hipertexto; * “Computer Lib/Dream Machines/Dream Machines” (1974) - esforço para criar uma rede de computadores com uma interface de utilizador simples; * “Literary Machines” (1965) - computadores que permitem às pessoas publicar e escrever num formato não-linear (hipertexto) ; Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 10/22
  11. 11. A Evolução do Hipertexto * Hipertexto: “texto” não sequencial onde o utilizador não era obrigado a ler um texto por uma ordem exacta mas que podia percorrer os vários links para melhorar o documento original; * Cada citação teria um link remetendo à sua fonte; * Todas as informações podem ser partilhadas entre todos; Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 11/22
  12. 12. A Evolução do Hipertexto “Projecto Xanadu” * Processador de texto capaz de armazenar várias versões, e exi- bir as diferenças entre estas versões; * Facilitar a leitura não-sequencial, onde o utilizador pode es- colher o seu próprio caminho através de um documento eletrónico; * Ted Nelson, Roger Gregory , Mark S. Miller e Stuart Greene - grupo que trabalhou no projecto até quase à falência; * 1983 Autodesk financiou o projecto; * 1992 Autodek desfez o grupo Xanadu e criou a Companhia Opera- cional Xanadu; Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 12/22
  13. 13. A Evolução do Hipertexto “Projecto Xanadu” * Aparecimento do W.W.W. que veio dominar Xanadu; * 1998 lançou código fonte Xanadu como “Project Udanax”; * 2007 “XanaduSpace” - aplicação que mostra a todas as pessoas como o Xanadu era imaginado; * Composto por 17 regras; Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 13/22
  14. 14. A Evolução do Hipertexto Regras do “Projecto Xanadu” 1.Cada servidor Xanadu é a único e seguramente identificado; 2.Cada servidor Xanadu pode ser operado de forma independente ou em rede; 3.Cada utilizador é único e seguramente identificado; 4.Cada utilizador pode pesquisar recuperar criar e armazenar documentos; , , 5.Cada documento pode consistir em qualquer número de peças de cada um dos quais pode ser de qualquer tipo de dados. 6.Cada documento pode conter links de qualquer tipo a qualquer outro documento no sistema de acesso do seu proprietário; 7.As ligações são visíveis e podem ser seguidas a partir de todos os terminais; 8.A autorização para vincular um documento é expressamente concedida ao publicar; 9.Cada documento pode conter direitos de autor que serão cobrados pelo valor que o autor quiser seja pela cópita total ou parcial de um documento on-line; Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 14/22
  15. 15. A Evolução do Hipertexto Regras do “Projecto Xanadu” 10.Cada documento é a único e seguramente identificado; 11.Cada documento pode ter controles de acesso seguros; 12.Cada documento pode ser rapidamente pesquisado, armazenado e recuperado, sem o conhecimento do utilizador do local físico onde está armazenado; , 13.Cada documento é automaticamente movido para um armazenamento físico de acordo com a fre- quência de acesso a partir de um local qualquer; 14.Cada documento é automaticamente armazenado de forma redundante para garantir disponibili- dade mesmo em caso de acidente; 15.Cada provedor de serviços de Xanadu pode cobrar aos seus utilizadores uma taxa para o ar- mazenamento, recuperação e publicação de documentos; 16.Toda transação é segura e auditável apenas pelo que é trocado; 17.O Protocolo de comunicação client-server Xanadu é uma norma publicada abertamente. Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 15/22
  16. 16. A Evolução do Hipertexto Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 16/22
  17. 17. A Evolução do Hipertexto Tim Berners-Lee Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 17/22
  18. 18. A Evolução do Hipertexto * Cientista, professo no M.I.T.; * 1980 Propôs um projecto baseado no conceito do hipertexto para facilitar a partilha e a actualização de informações entre os investigadores; * Trabalhava no C.E.R.N.; * Construíu um protótipo a que deu nome de “Enquire”; * 1990 implementação da primeira comunicação bem sucedida entre H.T.T.P (Hypertext Transfer Protocol) e um servidor cliente atra- . vés da Internet com a ajuda de Robert Cailliau; * 1991 inventou W.W.W (World Wide Web) ; Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 18/22
  19. 19. A Evolução do Hipertexto *  http://info.cern.ch/hypertext/WWW/TheProject.html - primeiro site na web; * 1994 funda W3C no M.I.T.; * W3C - união de várias empresas dispostas a criar normas para melhorar a web; * W3C - sem patente ou direitos de autor; * HTML (HyperText Markup Language) para criação de sites; * URLs (Universal Resource Locators) ; Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 19/22
  20. 20. A Evolução do Hipertexto * Diretor do W3C (World Wide Web Consortium) - supervisiona o desen- volvimento contínuo da web; * Membro do grupo de aconselhamento do Centro de Inteligên- cia Coletiva do M.I.T.; * 2004 foi nomeado cavaleiro pela rainha Elizabeth II pelo trabalho pioneiro; * 2004 começou a trabalhar num novo projecto “Semantic Web” - exemplo disso é a sugestão de palavra(s) que o Google nos dá quando estamos a escrever no motor de busca; * 2009 Fundou a Fundação World Wide Web; Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 20/22
  21. 21. A Evolução do Hipertexto Bibliografia * http://www.livinginternet.com/w/wi_nelson.htm * http://en.wikipedia.org/wiki/Ted_Nelson * http://diseno.puj.edu.co/nuevosmedios/2005/gcasas/tedweb.htm * http://www.unicamp.br/~hans/mh/memex.html * http://en.wikipedia.org/wiki/Project_Xanadu * http://xanadu.com/HISTORY/ * http://www.sophiebower.com/USERIMAGES/tednelson.jpg * http://www.bodyspacesociety.eu/2012/01/31/the-first-computer-infographics-in-the-world-circa-1974/ * http://portfolio.stuzog.com/web_sites/OLA/1_Overview/graphics/storyspace.gif * http://crave.cnet.co.uk/gadgets/vapourware-the-tech-that-never-was-49295698/4/ * http://en.wikipedia.org/wiki/Vannevar_Bush * http://www.kerryr.net/pioneers/bush.htm * http://www.theatlantic.com/magazine/archive/1945/07/as-we-may-think/3881/ * http://www.techcn.com.cn/uploads/200905/1242959826i5Mh0NgJ.jpg * http://media.ourstory.com/33/30/71/34ecfa60a2c2cbeb1288d4c8ea65f42b46033c07/bed99e7f5edcaba52bdbac3c4d0f7c2c434025c0.jpg * http://dret.net/lectures/web-spring11/img/memex2.jpg * http://media.internaldrive.com/uploads/2009/03/memex.png * http://www.citi.pt/homepages/espaco/images/image12.gif Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 21/22
  22. 22. A Evolução do Hipertexto Bibliografia * http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/a/aa/Ted_Nelson.jpg * http://en.wikipedia.org/wiki/Tim_Berners-Lee * http://www.ideafinder.com/history/inventors/berners-lee.htm * http://www.nndb.com/people/573/000023504/ * http://websearch.about.com/od/searchingtheweb/p/Tim-Berners-Lee.htm Mó ni ca Fer reira N º 210 0 50 45 - 1º S em e s tr e 2º A no de C om u ni cação Au d i ovis u al e M u ltiméd i a - Turma D i ur na 22/22

×