Jacundá - Uma história e várias culturas.

1.857 visualizações

Publicada em

Resumo histporia de Jacundá-PA

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.857
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jacundá - Uma história e várias culturas.

  1. 1. A cidade Jacundá, um pedaço da Amazônia que nasceu a margem do Rio Tocantins, terra de gente humilde e hospitaleira.
  2. 2. Jacundá criou-se a margem direita do Rio Tocantins que na época o maior divertimento era os cânticos das aves da Amazônia. A luz de lamparinas, o luar, a água para beber, tomar banho e cozinhar era do farto Tocantins.
  3. 3. Nessa época não tinha médicos, enfermeiros, farmácia, supermercados e nem feira. Jacundá tinha uma fartura de peixes. E o nome da cidade surgiu a partir daí. Jacundá “peixe” é da família dos marantáceos, e ainda é o nome de uma dança indígena.
  4. 4. Primeiros Habitantes Os primeiros habitantes de Jacundá foram o Sr. João Pires, este fez sua casa bem próxima a beira do rio.
  5. 5. Depois de um tempo chegaram os coronéis Roseno, João Pinheiro, Carlos Gomes Leitão e outros populares, que foram atraídos pela extração da castanha do Pará e da borracha.
  6. 6. O Progresso Com a produção da borracha e castanha do Pará houve a necessidade de colocarem transporte fluvial e depois foi construída a estrada de ferro, assim como uma estrada de rodagem ligando a vila de Jacundá a outros povoados.
  7. 7. A primeira Igreja A população da antiga Jacundá tem por padroeira a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, espaço onde ocorria casamentos, batizados e o festejo que começava na segunda sexta feira do mês de outubro.
  8. 8. Lendas da antiga Jacundá Coisas misteriosas também apareciam em Jacundá. O homem vestido de branco, que segundo relatos ele acompanhava pessoas em suas canoas (histórias de pescador); A cobra grande, aparecia um olho no meio da cabeça, este olho tinha uma luz muito forte e de vez em quando mudava de cor;
  9. 9. Matinta Pereira, segundo a lenda ela se transformava em pessoas, mas só aparecia para pessoas que bebiam, fumavam, falavam mal dos outros e que não gostava de frequentar igrejas. Ela aparecia na velha Jacundá nas noites de quinta para sexta a partir da meia noite.
  10. 10. Primeiro Prefeito Inácio Pinto da Silva , o primeiro prefeito eleito no município de Jacundá juntamente com seu vice José Pontes e 7 vereadores tomaram posse no dia 1 de dezembro de 1962, para cumprir um mandato de 4 anos. Inácio construiu a primeira escola Cel João Pinheiro, delegacia, posto de saúde, fórum, prédio da prefeitura e rampa ao porto da cidade. Jacundá tinha apenas uma única rua. Depois vinheram outros prefeitos e vereadores.
  11. 11. A mudança Em 1977 iniciou o levantamento de todas as propriedades urbanas e rurais, a Eletronorte em breve construiria a Usina Hidrelétrica de Tucuruí e varias áreas seriam inundadas, inclusive a cidade da Velha Jacundá. No ano de 1977 já tinha criado o povoado Boa Vista do Pará, as margens da PA 150 que futuramente abrigaria a população da Velha Jacundá.
  12. 12. Fotos da caixa d’água da Velha Jacundá depois da inundação
  13. 13. Motivo da Mudança Construção da Hidrelétrica de Tucuruí.
  14. 14. Nova Jacundá Antes chamada de Boa Vista do Pará, depois Arraias e mais tarde recebeu o nome de cidade de Jacundá. População na Nova Jacundá
  15. 15. Fotos de Jacundá
  16. 16. Momentos Festivos em Jacundá Carnaval
  17. 17. Festejo Junino
  18. 18. Trilha Bike Lama e Bike Poeira
  19. 19. Trilha Tô na Pega
  20. 20. Procissão
  21. 21. Cavalgada
  22. 22. Desfile Cívico – 7 de setembro
  23. 23. Créditos Adaptação: Professor André Moraes Fonte: Livro – História da Antiga e Nova Jacundá, escritor: Leopoldino Martins dias. Ed. 2013. Imagens: Google

×