Indústria têxtilFiação e Tecidos Santa BárbaraLTDA Santa Bárbara, município de Augusto de Lima.
Breve Histórico A vila de Santa Bárbara foi fundada no finaldo século XIX, sendo caminho de passagempara tropeiros que vi...
 No final do império, havia uma política deincentivo, á instalação de indústriaspróximas a rios com potencial de geração ...
 Aproveitando os incentivos dado peloimperador, o então conselheiro do impérioJoão da Mata Machado, médico, político,cine...
 Foi construída em 1874 na localidade deSanta Bárbara, aproveitando a proximidadedo plantio de algodão e as quedas de águ...
 O conselheiro morreu em 1903 em BeloHorizonte pobre, pois perdera todos os seusbens inclusive a Fábrica Santa Bárbara pa...
 A fábrica então passou as mãos de JoaquimGuerra, genro de Joaquim Felício dos Santos. Em 1926 a fábrica foi adquirida p...
 A fábrica em 1950 foi adquirida por JoãoPaculdino Ferreira, nascido em SantaBárbara, em 1900, filho de funcionário dafáb...
 Em 1962, durante uma tempestade, o prédiofoi destruído parcialmente por um incêndioprovocado pela queda de um raio. Mesm...
 Antes do incêndio a nova fábrica jáfuncionava desde 1954 até o presentemomento. O nome Santa Bárbara é em homenagem áSa...
A Fiação e Tecidos Santa Bárbara Ltda é a 2ªfábrica de tecidos mais velha de MG.
Fábrica de Tecidos Santa Barbara
Produção A Fiação e Tecidos Santa Bárbara LTDA é asegunda fábrica de tecidos mais velha deMinas Gerais, sendo o mais anti...
 A maioria das máquinas utilizadas pelafábrica foram produzidas em 1954 no Japão.A instalação da empresa em Santa Bárbara...
 Hoje a economia da empresa com energiaelétrica chega a onze mil setecentos equarenta e um reais (R$ 11.741,00) por mês,s...
 Devido a modernização e a tecnologia cadavez mais avançada a empresa está passandopor um período de transição em que asd...
 Devido a tais circunstâncias o quadro defuncionários passa por manutenção,considerando que a empresa chegou a tercento e...
 Número que tende a aumentar dadas asrespectivas mudanças no maquinário. Fatotambém refletido no número defuncionários qu...
Inicio da fábrica têxtil Processo para formação do fio
Batedor : abertura e limpeza da matéria prima (algodão ereciclados de algodão).
Resíduos tirados da limpeza da matéria-prima.
Rolo: matéria-prima limpa para dar inicio do processo do fio.
Estocagem dos rolos.
Carda: faz a cardagem (limpeza) dos rolos de algodão que forma opavio de algodão.
Passador: repassa as fitas de mexa de algodão e da inicio aformação do fio que é enviado para o Open-end.
Open-end: as fitas entram nos via mechas e formam a bobina(aproximadamente 44 mil metros de fio em cada bobina). Título“Fi...
Preparação do tecido
Gaiola da Urdideira- vai desenrola todas a bobinas que formaramrolos de fio com 443 fios.
Engomadeira: engoma os fios para dar resistência e éencaminhado ao Tear.
Tear: onde é batido o tecido que é enviado para a cessão deacabamento.
Tecido pronto: é cortado e enviado para o acabamento.
Cessão de acabamento e alvejamento: é formulado uma receitade produtos químicos (peróxido, soda caustica, e outrosneutrali...
Secagem do tecido. É supervisionado o controle de qualidade dotecido e enfardado.
Quantidade de resíduos São gerados por semana em média 30 m³ deresíduos líquidos. E 1.800 kg de resíduos sólidos.
Resíduos Líquidos Os resíduos líquidos provenientes de váriosprocessos químicos utilizados na produçãosão destinados à ET...
Tanque de equalização: misturas os resíduos químicos com oesgoto domestico de toda vila de Santa Bárbara.
Tanque anaeróbico:de fermentação / ação das bactérias.
Lagoa facultativa: melhorar a oxigenação da água em tratamento,retorno ao córrego.
Resíduos Sólidos Após a produção do tecido a massa deresíduos sólidos resultantes do processo, achamada ‘’estopa’’ é vend...
 A venda desses resíduos resulta em umfaturamento mensal de mil e oitocentosreais (R$ 1.800,00). Parte dos resíduos quenã...
Fardos de resíduos: vendido para empresas recicladoras e osresíduos mais grossos são vendidos para fazendas que servem dea...
Conclusão Dessa forma, conclui-se que essa empresanão agride muito o meio ambiente, pois, suaprodutividade não é muito el...
Componentes Andressa Pedras Izadora Ferreira
Poluição Ambiental - Tema Indústrias
Poluição Ambiental - Tema Indústrias
Poluição Ambiental - Tema Indústrias
Poluição Ambiental - Tema Indústrias
Poluição Ambiental - Tema Indústrias
Poluição Ambiental - Tema Indústrias
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Poluição Ambiental - Tema Indústrias

552 visualizações

Publicada em

Cotec - Facic

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
552
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
46
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Poluição Ambiental - Tema Indústrias

  1. 1. Indústria têxtilFiação e Tecidos Santa BárbaraLTDA Santa Bárbara, município de Augusto de Lima.
  2. 2. Breve Histórico A vila de Santa Bárbara foi fundada no finaldo século XIX, sendo caminho de passagempara tropeiros que vinham da Bahia e nortede Minas para Diamantina, mais importantecidade da região naquela época.
  3. 3.  No final do império, havia uma política deincentivo, á instalação de indústriaspróximas a rios com potencial de geração deenergia hidráulica, onde dessa forma, surgiua fábrica de tecido Santa Bárbara em 1874.
  4. 4.  Aproveitando os incentivos dado peloimperador, o então conselheiro do impérioJoão da Mata Machado, médico, político,cineasta, colecionador de artes e filho deJoão da Mata Machado que teve a ideia deconstruir uma fábrica de tecidos.
  5. 5.  Foi construída em 1874 na localidade deSanta Bárbara, aproveitando a proximidadedo plantio de algodão e as quedas de águasali existentes para a geração de energia.
  6. 6.  O conselheiro morreu em 1903 em BeloHorizonte pobre, pois perdera todos os seusbens inclusive a Fábrica Santa Bárbara para obanco hipotecário.
  7. 7.  A fábrica então passou as mãos de JoaquimGuerra, genro de Joaquim Felício dos Santos. Em 1926 a fábrica foi adquirida pelo CondeModesto Leal e posteriormente herdada porsua neta Olga e seu esposo Afrânio BarbosaPena.
  8. 8.  A fábrica em 1950 foi adquirida por JoãoPaculdino Ferreira, nascido em SantaBárbara, em 1900, filho de funcionário dafábrica.
  9. 9.  Em 1962, durante uma tempestade, o prédiofoi destruído parcialmente por um incêndioprovocado pela queda de um raio. Mesmoem ruínas, o antigo prédio destaca-se pelabeleza de suas linhas arquitetônicascoloniais.
  10. 10.  Antes do incêndio a nova fábrica jáfuncionava desde 1954 até o presentemomento. O nome Santa Bárbara é em homenagem áSanta Protetora dos raios.
  11. 11. A Fiação e Tecidos Santa Bárbara Ltda é a 2ªfábrica de tecidos mais velha de MG.
  12. 12. Fábrica de Tecidos Santa Barbara
  13. 13. Produção A Fiação e Tecidos Santa Bárbara LTDA é asegunda fábrica de tecidos mais velha deMinas Gerais, sendo o mais antigo parquetêxtil ainda em funcionamento. Tendo sidoconstruída entre 1954 e 1958. O ramoatuante da empresa se resume a sacaria emurim, utilizando de resíduos comomatéria-prima.
  14. 14.  A maioria das máquinas utilizadas pelafábrica foram produzidas em 1954 no Japão.A instalação da empresa em Santa Bárbarase deu justamente pelo fato do grandepotencial de geração de energiahidroelétrica do local.
  15. 15.  Hoje a economia da empresa com energiaelétrica chega a onze mil setecentos equarenta e um reais (R$ 11.741,00) por mês,sendo oito mil duzentos e cinquenta e nove(R$ 8.259,00) o custo mensal da mesma.Salvo os meses de setembro,outubro enovembro(período de seca) em que os custocom a distribuidora de energia (CEMIG)chega a doze mil reais (R$ 12.000,00).
  16. 16.  Devido a modernização e a tecnologia cadavez mais avançada a empresa está passandopor um período de transição em que asdadas máquinas estão sendo substituídaspor um maquinário relativamente novo doano de 1994, em um investimento dequatrocentos mil reais (R$ 400.000,00).
  17. 17.  Devido a tais circunstâncias o quadro defuncionários passa por manutenção,considerando que a empresa chegou a tercento e oitenta (180) empregados e hoje onúmero não passa de cinquenta (50). Aprodução é de duas toneladas (2 ton.) e deaproximadamente seis mil metros (6.000 m)de fio por dia.
  18. 18.  Número que tende a aumentar dadas asrespectivas mudanças no maquinário. Fatotambém refletido no número defuncionários que tende a cair.
  19. 19. Inicio da fábrica têxtil Processo para formação do fio
  20. 20. Batedor : abertura e limpeza da matéria prima (algodão ereciclados de algodão).
  21. 21. Resíduos tirados da limpeza da matéria-prima.
  22. 22. Rolo: matéria-prima limpa para dar inicio do processo do fio.
  23. 23. Estocagem dos rolos.
  24. 24. Carda: faz a cardagem (limpeza) dos rolos de algodão que forma opavio de algodão.
  25. 25. Passador: repassa as fitas de mexa de algodão e da inicio aformação do fio que é enviado para o Open-end.
  26. 26. Open-end: as fitas entram nos via mechas e formam a bobina(aproximadamente 44 mil metros de fio em cada bobina). Título“Fio 8”.
  27. 27. Preparação do tecido
  28. 28. Gaiola da Urdideira- vai desenrola todas a bobinas que formaramrolos de fio com 443 fios.
  29. 29. Engomadeira: engoma os fios para dar resistência e éencaminhado ao Tear.
  30. 30. Tear: onde é batido o tecido que é enviado para a cessão deacabamento.
  31. 31. Tecido pronto: é cortado e enviado para o acabamento.
  32. 32. Cessão de acabamento e alvejamento: é formulado uma receitade produtos químicos (peróxido, soda caustica, e outrosneutralizantes) para alvejar (branquear )o tecido.
  33. 33. Secagem do tecido. É supervisionado o controle de qualidade dotecido e enfardado.
  34. 34. Quantidade de resíduos São gerados por semana em média 30 m³ deresíduos líquidos. E 1.800 kg de resíduos sólidos.
  35. 35. Resíduos Líquidos Os resíduos líquidos provenientes de váriosprocessos químicos utilizados na produçãosão destinados à ETE (Estação detratamento de efluentes) onde são tratadosem processo natural em que aquele líquidotóxico volta a ser água limpa e assimdesemboca no Riacho da areia (córregopróximo à ETE).
  36. 36. Tanque de equalização: misturas os resíduos químicos com oesgoto domestico de toda vila de Santa Bárbara.
  37. 37. Tanque anaeróbico:de fermentação / ação das bactérias.
  38. 38. Lagoa facultativa: melhorar a oxigenação da água em tratamento,retorno ao córrego.
  39. 39. Resíduos Sólidos Após a produção do tecido a massa deresíduos sólidos resultantes do processo, achamada ‘’estopa’’ é vendida e destinada àreciclagem em empresas tais como; Fardos eFibras Ltda. ME localizada na cidade deMontes Claros e a TMG Industrial Ltda.localizada na cidade de Itaúna-Mg.
  40. 40.  A venda desses resíduos resulta em umfaturamento mensal de mil e oitocentosreais (R$ 1.800,00). Parte dos resíduos quenão são comercializados são depositados emencostas ou em áreas utilizadas para plantio,já que esses resíduos em junção com o soloformam um excelente adubo.
  41. 41. Fardos de resíduos: vendido para empresas recicladoras e osresíduos mais grossos são vendidos para fazendas que servem dealimentação para o gado.
  42. 42. Conclusão Dessa forma, conclui-se que essa empresanão agride muito o meio ambiente, pois, suaprodutividade não é muito elevada e osresíduos gerados tem um destino finalcorreto.
  43. 43. Componentes Andressa Pedras Izadora Ferreira

×