Tloki

68 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
68
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tloki

  1. 1. O QUE È CULTURA  Cultura é o conjunto de manifestações artísticas, sociais, linguísticas e comportamentais de um povo ou civilização. Portanto, fazem parte da cultura de um povo as seguintes atividades e manifestações: música, teatro, rituais religiosos, língua falada e escrita, mitos, hábitos alimentares, danças, arquitetura, invenções, pensamentos, formas de organização social, etc.
  2. 2.  A Cultura, num mundo globalizado, é o que distingue cada um dos povos e cada uma das sociedades. Cada vez mais os mares encurtam e aproximam os continentes fazendo com que exista uma maior uniformização cultural. Os jeans deixaram de ser uma característica americana, as frutas tropicais nascem em países com condições climatéricas rigorosas, o inglês é a língua oficial da internet e já é possível assistir nas televisões portuguesas aos canais dos países do leste. Contudo, continuamos a falar português, a não conseguir comer as especialidades que se cozinham nos países asiáticos ou a não ter expressão em desportos como o críquete. Todos estes elementos fazem parte da cultura específica de cada povo, de cada sociedade por muito que exista uma globalização e uniformização cultural.
  3. 3.  Como escreve Kayser as «diferenças fundamentais entre regiões, aldeias, gerações ou grupos sociais são sobretudo diferenças culturais» (Grácia, 2001, pp. 23). Entre estas características endógenas estão as que fazem parte da Cultura Popular que foi «generada autónomamente por la población no ilustrada y que podemos observar plasmada en la literatura anónima, en los mitos y leyendas, en la arquitectura sin arquitectos, en los refranes, en las canciones y los bailes, en los oficios tradicionales y en una larga serie de manifestaciones denominadas populares»• (López, 1999, pp. 136) e que «emanam de uma comunidade cultural fundadas na tradição, expressas por um grupo ou por indivíduos»• (UNESCO 25ª Reunião). Mesmo assim é possível «pertencer» à Cultura Popular sendo técnico especializado.
  4. 4.  É possível um músico com formação acadêmica tocar ou compor música popular. Aliás, actualmente assiste-se a este fenômeno particular. Com a massificação dos produtos e a uniformização do consumo aumenta a procura pelo valor único e pelo que é singular. Ao mesmo nível aumentou a procura pelo turismo rural a que os analistas chamam um «regresso ao passado». De facto, é no interior rural que se mantém com mais vigor, uma vez que os efeitos da globalização sobre as identidades locais, hábitos, tradições, modos de vida menos se fizeram sentir (Cavaco, 1999), e onde a oralidade e as relações familiares e de vizinhança constituem alguns dos traços dominantes (Cristovão, 1998), que as formas tradicionais de cultura: a música, o teatro, o folclore, o artesanato, os jogos populares continuam a desempenhar um papel fundamental e a ser uma referência, nos momentos mais marcantes da vida comunitária (Neves, 2000, pp.12).
  5. 5.  José António Neves, na sua tese de mestrado, refere que foram entre 1940 e 1970 que se fizeram mais recolhas e estudos sobre hábitos e tradições locais «no período em que as comunidades rurais não estavam, ainda, sensibilizadas para o valor do seu património local»• (Neves, 2000, pp.23-24). Contudo não podemos esquecer que foi neste período que mais se cultivou o gosto pelo rural e se fomentou o culto dos valores nacionais e locais. Vários exemplos poderiam ser dados mas não compete a este ensaio fazê-lo. Outro exemplo da mistura entre o popular e o global está patente no fenómeno da World Music. As cantigas e instrumentos pertencentes à Cultura Popular integraram bandas que rapidamente se expandiram tornando estes produtos singulares em bens massificados.

×