Competitividade responsável Prof. Luis Lobão

550 visualizações

Publicada em

Anexo a minha apresentação durante a entrega do Prêmio José Costa do Jornal Diário do Comécio em Belo Horizonte, 2011

Publicada em: Negócios
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
550
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Competitividade responsável Prof. Luis Lobão

  1. 1. Competitividade ResponsávelProf. Luis Augusto Lobão Mendes2011
  2. 2. UM GRANDE TOMBO!!
  3. 3. “Os próximos anos serão debaixo consumo e baixocrescimento. Teremos uma ”recuperação anêmica.” Stephen Roach – Presidente Morgan Stanley Exame – Março 2009
  4. 4. “Quando o mar estava calmo, todos os navios sem distinçãomostravam competência... flutuando!” SHAKESPEARE
  5. 5. CRISEPolítica Ética De gestão Energética ou seja, do cuidado
  6. 6. O MUNDO EM 2050 A primeira força global é a [ Demografia]Megacidades com 10 milhões de habitantes:1950: Nova York e Tóquio (02)2025: Tóquio, Mumbai, Nova Deli, Dhaka,São Paulo, Cidade do México, Nova York,Calcutá, Xangai, Karachi, Kinshasa, Lagos,Cairo, Manila, Beijing, Buenos Aires,Los Angeles, Rio de Janeiro, Jacarta,Istanbul, Guangzhou, Osaka, Moscou,Karachi, Xangai, Chennai, e Paris (27)
  7. 7. O MUNDO EM 2050A segunda força , relacionada apenas emparte à primeira, é a crescente demandaque os desejos humanos impõem aos[ Recursos naturais ]. Reservasnaturais referem-se a ativos finitos. 11
  8. 8. O MUNDO EM 2050A terceira força é a [ globalização ], umconjunto de processos econômicos, sociaise tecnológicos que estão tornando omundo mais interconectado einterdependente. 12
  9. 9. 13
  10. 10. O MUNDO EM 2050A quarta força global é o [ impactoambiental ], as atividades industrialhumana está alterando a composiçãoquímica da atmosfera, o que causará aelevação da temperatura média global. 14
  11. 11. Fatos que não criam um ambiente favorável No Mundo... No Brasil...Bilhões de pessoas não têm Milhões de pessoas não têmacesso a bens e serviços acesso a bens e serviços essenciais:essenciais:Sem água limpa: 1 bilhão Sem água limpa: 4 milhõesSem saneamento adequado: 2,6 Sem saneamento adequado: 34,5bilhões milhõesSem eletricidade: 1,6 bilhão Sem eletricidade: 20 milhõesSem internet: 5,4 bilhões Sem internet: 110 milhões
  12. 12. Estratégia para o crescimento sustentado e sustentável “RENOVAR A perspectiva DO NEGÓCIO” Georges Blanc 2009, Teoria do Ecossistema
  13. 13. CARACTERÍSTICAS DA NOVA ECONOMIA... uso mais eficiente dos recursos embaixas emissões de geral gases de efeito estufa foco em resultados de longo prazo redução de resíduos novos padrões de produção e consumo
  14. 14. DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL UM CONCEITO NO LIMIAR DA UTOPIA Como podemos verificar , os termos UM CONCEITO NO LIMIAR DA UTOPIA “sustentado” e “ sustentável” não são sinônimos... sustent ável sustent ado ... se pressupõe a melhoria das condições econômicas, sociais e ambientais da região e das populações garantindo,... se existem condições simultaneamente, às geraçõeseconômicas, sociais e futuras, as condiçõespolíticas que o necessárias ao seu próprio desenvolvimento.suportem.
  15. 15. CONDIÇÕES ESTRUTURAIS DA ECONOMIA MUNDIAL FATORES INIBIDORES: ATIVISMO AMBIENTALISTACONFLITOS ENTRE TRANSFORMAÇÃO E PRESERVAÇÃO DO CAPITAL NATURAL ECONOMIA ECOLOGIA • O PROCESSO PRODUTIVO É • APRESERVAÇÃO AMBIENTAL FUNDAMENTADO NA TRANSFORMAÇÃO IMPLICA CRESCENTES RESTRIÇÕES DO CAPITAL NATURAL. AO PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO • O CRESCIMENTO ECONÔMICO DO CAPITAL NATURAL. PRESSUPÕE TRANSFORMAÇÃO • A ONDA PRESERVACIONISTA É UMA EM ESCALAS CRESCENTES. FORÇA CRESCENTE, COM FORTE VIÉS IDEOLÓGICO.
  16. 16. CONSTRUINDO A HIPÓTESE NOVO SUSTENTADO MODELO DE SUSTENTÁVEL NEGÓCIO GESTÃO EMPRESA- SOCIEDADE RIAL• Estruturada• Permanente - haver com o que gera• Perene mudança• Fixa para o entorno• Confiável -afeta positivamente os atores• Não espasmódica sociais• Não é crescimento “cerrote” -práticas legais,• Fundamentada socioambientais,• Programada• “Impulso prolongado” - QUESTÕES AMBIENTAIS!• “Impedir que caia”
  17. 17. A fórmula do Crescimento Cemex, Nestlê até você, Nano, Casas Bahia (década 90), Amanco, ênfases Philips INCLUSÃO SOCIALMagalhões, Anhanguera E COMBATEEducacional, Heagles A POBREZA UTILIZAÇÃO E EDP, Siemens, 3M, AGREGAR VALOR A PRODUÇÃO GE (ecoimagination), EDUCAÇÃO DE ENERGIAS Toyota Prius, New RENOVÁVEIS Water, Coca-Cola Nespresso, Natura, Carrefour TRANSPARÊNCIA, CADEIA DE ÉTICA E SUPRIMENTOS PRÁTICAS DE RENOVÁVEL GOVERNANÇA Bovespa IES e Novo Mercado, Banco Real, HSBC REDES E ARRANJOS PRODUTIVOS, PROCESSOS COOPERAÇÃO LIMPOS E AUMENTO DE SEM IMPACTO Lipor, Inpev, Saint- Suzano, APDL RENDA E EMPREGO AMBIENTAL Gobain, Butzke, CMF, (Comunidade Alcoa, Basf portuária) PROMOÇÃO DA SAÚDE E BEM ESTAR Becel, PepsiCo (Topicana e Quaker Oats)
  18. 18. PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS• Pensado para crianças entre 6 e os 10 anos• Pequenas dimensões• Resistente a choques e líquidos• Sem arestas vivas
  19. 19. A FÁBRICA MAGALHÃESTHE NEW MARKETING RULES – QSP SUMMIT 09 JPSC 12.03.09
  20. 20. TRANSFORMAÇÕES NA EMPRESATHE NEW MARKETING RULES – QSP SUMMIT 09 JPSC 12.03.09
  21. 21. Material preparado e de responsabilidade do Prof. Luis Augusto Lobão Mendes
  22. 22. Chotukool A equipe da Godrej projetou e criou “geladinha” do zero, uma unidade de refrigeração, vendida a US$ 69.Uma “caixa” com capacidade para 43 litros e espaço suficiente para os poucos itens que apessoa quer conservar por um dia ou dois.A população semi-urbana e rural que essa equipe observou normalmente ganha 5 a 8 milrúpias por mês (cerca de US$ 125 a 200), vivia num único cômodo com mais quatro ou cincomembros da família e trocava sempre de moradia. Sem condições de ter geladeira só sua emcasa, tinha de se contentar com um refrigerador coletivo, em geral de segunda mão.
  23. 23. Empreendimento comercial em rápido crescimento que usa técnicas inovadoras depurificação para levar água potável a custo mínimo a mais de 1 milhão de pessoasna zona rural da Índia, Gana e Filipinas.
  24. 24. Ésta es nuestra contribución para atacar el déficit habitacional de 4 millones de viviendas que afecta a más de 20 millones de mexicanos. Através de esta iniciativa de CEMEX que promueve la autoconstrucción, reducimos en más de un 60% el período de edificación, al tiempo que posibilitamos ahorros hasta de un 35%, y aseguramos el abasto oportuno de materiales. Con Patrimonio Hoy hemos beneficiado a más de 200,000 familias, en 22 estadosDesde hace más de de la República Mexicana y estamos10 años, muchosmexicanos de bajos operando también en otros países deingresos se están Latinoamérica como Colombia,beneficiando con Venezuela, Nicaragua y Costa Rica.Patrimonio Hoy, un Este proyecto ha despertado interés enproyecto en el que instituciones académicas de prestigiobrindamos asesoría, internacional como la Universidad demateriales de Harvard, la Universidad de Michigan, elconstrucción y Tecnológico de Monterrey y el Institutoacceso a crédito. Panamericano de Alta Dirección de Empresa (IPADE).
  25. 25. A dama verde As principais iniciativas da GE politicamente corretas adotadas pela GE nos últimos temposA GE conta com o Ecomagination - programa da empresa que tem como meta transformá-la numa máquinade venda de produtos e de tecnologias ecologicamente corretos. Para criar locomotivas movidas a energiasolar, sistemas de purificação de água sofisticados e turbinas com baixa emissão de gases, a GE deverá investir1,5 bilhão de dólares em pesquisa em 2010. Uma das próximas fronteiras de negócios "limpos" a serexplorada pela empresa deve ser o etanol.Fontes:Revista Examehttp://planetasustentavel.abril.com.br/noticia/desenvolvimento/conteudo_222007.shtml
  26. 26. Competitividade ResponsávelEla une estratégias corporativas avançadas, políticaspúblicas inovadoras e uma sociedade civil vibrantee engajada. Trata-se da criação de uma nova geraçãode produtos e processos comerciais lucrativoscalcados em regras que apoiam de forma abrangente osobjetivos sociais, ambientais e econômicos da sociedade.
  27. 27. O índice da Competitividade Sustentável‘ É um índice que relaciona o estado da responsabilidade corporativa com a competitividade das nações. O Índice revela quais países estão atingindo crescimento econômico sustentável baseado em práticas de responsabilidade social. Índice de Competitividade ResponsávelDirecionadores Ação Habilitadores Políticos Empresarial Sociais
  28. 28. O Índice da Competitividade ResponsávelDIRECIONADORES AÇÃO DAS EMPRESAS HABILITADORES SOCIAISPOLÍTICOS 8. Eficácia das Direções 15. Índice de Percepção de1. Assinatura e Ratificação de Corporativas CorrupçãoTratados Ambientais 9. Comportamento Ético 16. Orientação a2. Ratificação de Direitos das Companhias ConsumidoresBásicos dos Trabalhadores 10. Igualdade Salarial para 17. Liberdade de Imprensa3. Rigidez do Índice de Emprego. Atividades Assemelhadas 18. Transparência das4. Rigidez das Normas 11. Força dos Padrões de TransaçõesAmbientais Auditoria e Contabilidade 19. Filiação a ONGs5. Emissões de CO2 por bilhão 12. Grau de Treinamento de 20. Liberdades Civisde dólares Funcionários 21. Impacto da Poluição6. Mulheres empregadas no 13. Taxa de Certificação ISO nas Operações Empresariaissetor privado 14. Acidentes Ocupacionais7. Sistema TributárioResponsável
  29. 29. FUTUROA construção de uma nova economia está nas mãos de: • NAÇÕES • ORGANIZAÇÕES • PESSOAS
  30. 30. DESAFIO Não há um conflito entre fazer do mundo um lugar melhor e atingir a prosperidade econômica. Manter um comprometimento de princípios com a sustentabilidade globalnão é uma atitude fácil para a empresa – é, de fato, a única atitude pragmática para o crescimento de longo prazo.
  31. 31. Material preparado e deresponsabilidade do Prof. Luis Augusto Lobão Mendes
  32. 32. Conheça também a minha obra...Obrigado!!!Prof. Luis Augusto Lobãolobao@fdc.org.br

×