» Profa. Dra. Mara Abel
Pesquisadora do Grupo
de Banco de dados
Inteligentes da UFRGS
Luciana Monteiro Krebs
Orientador: Prof. Dr. Rafael Port da Rocha (UFRGS)
Coorientadora: Profª. Dra. Maria Cristina de
Car...
Bibliotecário deve possuir perfil agregador, consultivo,
para continuar sendo relevante na era da informação.
Estar conect...
Geral:
Analisar o uso do sistema de recomendação para catálogos on-line
de bibliotecas universitárias, Related books in Al...
Serviço de referência em bibliotecas universitárias: Talavera Ibarra
(1998), Bertrand Calenge (1996), Richard Bopp (2000),...
Serviço de referência em bibliotecas universitárias: Talavera Ibarra
(1998), Bertrand Calenge (1996), Richard Bopp (2000),...
Classificação metodológica da pesquisa: Boaventura (2009),
Richardson (1985), Gil (2009)
» natureza: aplicada
» abordagem:...
» Pessoas que retiraram esta obra também
retiraram
˃ Tabela de empréstimos
˃ Filtragem colaborativa (Collaborative Filteri...
Caracterização do log
Figura 6 – Representação gráfica da estrutura de dados coletados a partir do
log com diferentes tipo...
Gráfico 1 – Sessões com recomendação e sem
recomendação
89%
11%
Sem recomendação Com recomendação
Gráfico 2 – Sessões por intervalo de
tempo
464
992
537
158 214 157
Menos 1 min De 1 min e
10 min
Mais 10 min
Sem recomenda...
Gráfico 2 – Sessões por intervalo de
tempo
464
992
537
158 214 157
Menos 1 min De 1 min e
10 min
Mais 10 min
Sem recomenda...
Gráfico 4 – Sessões com e sem recomendação
por dia da semana
0,00%
5,00%
10,00%
15,00%
20,00%
Sem recomendação Com recomen...
Gráfico 4 – Sessões com e sem recomendação
por dia da semana
0,00%
5,00%
10,00%
15,00%
20,00%
Sem recomendação Com recomen...
Tabela 1 – Registros de documentos
visualizados em sessões com e sem
recomendação
Sessões Sessões Sessões
%
Documentos
vis...
Tabela 1 – Registros de documentos
visualizados em sessões com e sem
recomendação
Sessões Sessões Sessões
%
Documentos
vis...
Tabela 2 – Registros de documentos
visualizados nas sessões com recomendação
Total Percentual Média de
documentos
por sess...
Tabela 2 – Registros de documentos
visualizados nas sessões com recomendação
Total Percentual Média de
documentos
por sess...
Gráfico 5 – Registros de documentos
visualizados por sessão sem
recomendação
65%
17%
8%
4% 2% 4%
1
2
3
4
5
Mais de 5
Gráfi...
690 sessões do log apresentam uso de recomendação,
resultando na visualização de 1.305 registros de
documentos que tiveram...
Gráfico 8 – Sessões que contém recomendação por tipo de
recomendação
128
346
348
Outras edições incluem
Pessoas que retira...
Gráfico 9 – Número de registros de documentos visualizados
por tipo de recomendação
158
563
584
Outras edições incluem
Tra...
Sessões Sessões Sessões % Reg. doc.
visualizados
Reg. doc.
visualizados
%
Reg. doc.
visualizados
por sessão
Com consulta 5...
Sessões Sessões Sessões % Reg. doc.
visualizados
Reg. doc.
visualizados
%
Reg. doc.
visualizados
por sessão
Com consulta 5...
» A recomendação foi utilizada em 11% das sessões
registradas. Nestas sessões, em média, foram visitados
1,89 registros de...
» Sessões com uso de recomendações foram, em
média, 1 minuto e 18 segundos mais rápidas do
que as sessões sem uso de recom...
» A preferência por recomendações do tipo “Trabalhos
relacionados incluem” se mostra na quantidade de
sessões que registra...
Luciana Monteiro Krebs
monteiro.lucianak@gmail.com
Matthew Phillips, 2011
Sistema de recomendação para bibliotecas universitárias - KREBS, Luciana Monteiro
Sistema de recomendação para bibliotecas universitárias - KREBS, Luciana Monteiro
Sistema de recomendação para bibliotecas universitárias - KREBS, Luciana Monteiro
Sistema de recomendação para bibliotecas universitárias - KREBS, Luciana Monteiro
Sistema de recomendação para bibliotecas universitárias - KREBS, Luciana Monteiro
Sistema de recomendação para bibliotecas universitárias - KREBS, Luciana Monteiro
Sistema de recomendação para bibliotecas universitárias - KREBS, Luciana Monteiro
Sistema de recomendação para bibliotecas universitárias - KREBS, Luciana Monteiro
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Sistema de recomendação para bibliotecas universitárias - KREBS, Luciana Monteiro

603 visualizações

Publicada em

Trabalho de Conclusão de Curso de graduação, apresentado como requisito para obtenção do grau de bacharel em Biblioteconomia pelo Departamento de Ciências da Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
Porto Alegre, 03 de julho de 2013.
Luciana Monteiro Krebs
Orientador: Prof. Dr. Rafael Port da Rocha (UFRGS)
Coorientadora: Profª. Dra. Maria Cristina de Carvalho Alves Ribeiro (UP)

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
603
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistema de recomendação para bibliotecas universitárias - KREBS, Luciana Monteiro

  1. 1. » Profa. Dra. Mara Abel Pesquisadora do Grupo de Banco de dados Inteligentes da UFRGS
  2. 2. Luciana Monteiro Krebs Orientador: Prof. Dr. Rafael Port da Rocha (UFRGS) Coorientadora: Profª. Dra. Maria Cristina de Carvalho Alves Ribeiro (UP) Porto Alegre, 03 de julho de 2013. Trabalho de Conclusão de Curso de graduação, apresentado como requisito para obtenção do grau de bacharel em Biblioteconomia pelo Departamento de Ciências da Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
  3. 3. Bibliotecário deve possuir perfil agregador, consultivo, para continuar sendo relevante na era da informação. Estar conectado com os usuários e conhecer as suas necessidades. Usuários mais exigentes com velocidade e qualidade nos serviços Acesso remoto Suporte digital Muita infor- mação Cenário na era da informação:
  4. 4. Geral: Analisar o uso do sistema de recomendação para catálogos on-line de bibliotecas universitárias, Related books in Aleph OPAC. Específicos: a) Analisar em que medida a recomendação é utilizada no catálogo da biblioteca; b) Investigar se o uso de recomendação resulta em sessões com duração maior ou menor em relação às sessões sem o uso de recomendação; c) Verificar se os usuários visualizam mais ou menos registros de documentos em sessões com recomendação do que em sessões sem recomendação; d) Caracterizar o uso de mais de um tipo de recomendação por sessão; e) Descobrir qual o tipo de recomendação mais utilizado; f) Identificar padrões de uso de recomendação por dias da semana.
  5. 5. Serviço de referência em bibliotecas universitárias: Talavera Ibarra (1998), Bertrand Calenge (1996), Richard Bopp (2000), Nice de Figueiredo (1991), Mangas (2007), Baeza-Yates e Ribeiro-Neto (1999), Sloan (1998), Janes, Carter e Memmott (1999), Bax (2004), Nice de Figueiredo (1992) Marketing de serviços em unidades de informação: Fisk (2008) Recuperação da informação (Information Retrieval): Marquesuzaà et al. (2008), Cazella (2006) Filtragem de informação: Torres (2004) Personalização: Kotler (2000) Sistemas de Recomendação: Abel (2004), ACM (2012), Resnick e Varian (1997), Lichtnow et al. (2006), Sperotto (2010), Chandra (2012), Barcellos et al. (2012), Shardanad; Maes, (1995 apud ROCHA, 2003), Terveen e Hill (2001 apud ROCHA, 2003), Reategui e Cazella (2005) Serendipidade Tendências futuras em recomendação Soluções de recomendação existentes para bibliotecas: Elsevier (2012)
  6. 6. Serviço de referência em bibliotecas universitárias: Talavera Ibarra (1998), Bertrand Calenge (1996), Richard Bopp (2000), Nice de Figueiredo (1991), Mangas (2007), Baeza-Yates e Ribeiro-Neto (1999), Sloan (1998), Janes, Carter e Memmott (1999), Bax (2004), Nice de Figueiredo (1992) Marketing de serviços em unidades de informação: Fisk (2008) Recuperação da informação (Information Retrieval): Marquesuzaà et al. (2008), Cazella (2006) Filtragem de informação: Torres (2004) Personalização: Kotler (2000) Sistemas de Recomendação: Abel (2004), ACM (2012), Resnick e Varian (1997), Lichtnow et al. (2006), Sperotto (2010), Chandra (2012), Barcellos et al. (2012), Shardanad; Maes, (1995 apud ROCHA, 2003), Terveen e Hill (2001 apud ROCHA, 2003), Reategui e Cazella (2005) Serendipidade Tendências futuras em recomendação Soluções de recomendação existentes para bibliotecas: Elsevier (2012)
  7. 7. Classificação metodológica da pesquisa: Boaventura (2009), Richardson (1985), Gil (2009) » natureza: aplicada » abordagem: quantitativa » objetivos: descritiva » procedimentos técnicos: documental » métodos para tratamento dos dados e apresentação dos resultados: foram utilizados métodos matemáticos para tratamento dos dados. Dados apresentados em gráficos e tabelas. Etapas de desenvolvimento do trabalho científico: » Levantamento bibliográfico » Coleta de dados » Tratamento dos dados » Estrutura dos dados
  8. 8. » Pessoas que retiraram esta obra também retiraram ˃ Tabela de empréstimos ˃ Filtragem colaborativa (Collaborative Filtering): técnica de recomendação que utiliza a similaridade entre os usuários para gerar recomendações ˃ Serendipidade (serendipidy) que significa encontrar algo útil ou agradável pelo qual não se esteja procurando » Trabalhos relacionados incluem ˃ Cabeçalhos de assunto / classificação ˃ Filtragem baseada em conteúdo (Content-based Filtering): técnica de recomendação que utiliza a similaridade entre itens para gerar recomendações, mais usada para textos (artigos, notícias, etc.) » Outras edições incluem ˃ ISBN ˃ FBC
  9. 9. Caracterização do log Figura 6 – Representação gráfica da estrutura de dados coletados a partir do log com diferentes tipos de registros Sessões
  10. 10. Gráfico 1 – Sessões com recomendação e sem recomendação 89% 11% Sem recomendação Com recomendação
  11. 11. Gráfico 2 – Sessões por intervalo de tempo 464 992 537 158 214 157 Menos 1 min De 1 min e 10 min Mais 10 min Sem recomendação Com recomendação Gráfico 3 – Média de tempo das sessões 0:23:24 0:22:06 Média de tempo (segundos) Sem recomendação Com recomendação
  12. 12. Gráfico 2 – Sessões por intervalo de tempo 464 992 537 158 214 157 Menos 1 min De 1 min e 10 min Mais 10 min Sem recomendação Com recomendação Gráfico 3 – Média de tempo das sessões 0:23:24 0:22:06 Média de tempo (segundos) Sem recomendação Com recomendação
  13. 13. Gráfico 4 – Sessões com e sem recomendação por dia da semana 0,00% 5,00% 10,00% 15,00% 20,00% Sem recomendação Com recomendação
  14. 14. Gráfico 4 – Sessões com e sem recomendação por dia da semana 0,00% 5,00% 10,00% 15,00% 20,00% Sem recomendação Com recomendação
  15. 15. Tabela 1 – Registros de documentos visualizados em sessões com e sem recomendação Sessões Sessões Sessões % Documentos visitados Documentos visitados % Documentos visitados por sessão Com recomendação 690 10,8% 2.969 21,7% 4,30 Sem recomendação 5.657 89,1% 10.685 78,2% 1,88 Total 6.347 100% 13.654 100% 2,15
  16. 16. Tabela 1 – Registros de documentos visualizados em sessões com e sem recomendação Sessões Sessões Sessões % Documentos visitados Documentos visitados % Documentos visitados por sessão Com recomendação 690 10,8% 2.969 21,7% 4,30 Sem recomendação 5.657 89,1% 10.685 78,2% 1,88 Total 6.347 100% 13.654 100% 2,15
  17. 17. Tabela 2 – Registros de documentos visualizados nas sessões com recomendação Total Percentual Média de documentos por sessão Percentual considerando o total de registros (13.654) Registros de documentos visualizados via recomendação 1.305 43,9% 1,89 9,5% Registros de documentos visualizados sem recomendação 1.664 56,0% 2,41 12,8% Total 2.969 100% 4,3 21,74%
  18. 18. Tabela 2 – Registros de documentos visualizados nas sessões com recomendação Total Percentual Média de documentos por sessão Percentual considerando o total de registros (13.654) Registros de documentos visualizados via recomendação 1.305 43,9% 1,89 9,5% Registros de documentos visualizados sem recomendação 1.664 56,0% 2,41 12,8% Total 2.969 100% 4,3 21,74%
  19. 19. Gráfico 5 – Registros de documentos visualizados por sessão sem recomendação 65% 17% 8% 4% 2% 4% 1 2 3 4 5 Mais de 5 Gráfico 6 – Registros de documentos visualizados por sessão com recomendação 23% 18% 15% 11% 8% 25% 1 2 3 4 5 Mais de 5
  20. 20. 690 sessões do log apresentam uso de recomendação, resultando na visualização de 1.305 registros de documentos que tiveram origem na recomendação. Gráfico 7 – Uso de mais de um tipo de recomendação na sessão 82% 16% 2% 1 2 3
  21. 21. Gráfico 8 – Sessões que contém recomendação por tipo de recomendação 128 346 348 Outras edições incluem Pessoas que retiraram esta obra também retiraram Trabalhos relacionados incluem Sessões com este tipo de recomendação Como algumas sessões apresentam mais de um tipo de recomendação, a soma de todos os números do gráfico supera o número total de sessões com recomendação (690).
  22. 22. Gráfico 9 – Número de registros de documentos visualizados por tipo de recomendação 158 563 584 Outras edições incluem Trabalhos relacionados incluem Pessoas que retiraram esta obra também retiraram Registros de documentos visualizados por recomendação
  23. 23. Sessões Sessões Sessões % Reg. doc. visualizados Reg. doc. visualizados % Reg. doc. visualizados por sessão Com consulta 5.979 94,2% 11.959 87,6% 2,00 Sem consulta 368 5,8% 1.695 12,4% 4,60 Total 6.347 100% 13.654 100% 2,15 Tabela 3 – Registros de documentos visualizados por sessão com ou sem consulta Foram contabilizadas 10.063 consultas em 5.979 sessões, numa média de 1,68 consultas por sessão.
  24. 24. Sessões Sessões Sessões % Reg. doc. visualizados Reg. doc. visualizados % Reg. doc. visualizados por sessão Com consulta 5.979 94,2% 11.959 87,6% 2,00 Sem consulta 368 5,8% 1.695 12,4% 4,60 Total 6.347 100% 13.654 100% 2,15 Tabela 3 – Registros de documentos visualizados por sessão com ou sem consulta Foram contabilizadas 10.063 consultas em 5.979 sessões, numa média de 1,68 consultas por sessão.
  25. 25. » A recomendação foi utilizada em 11% das sessões registradas. Nestas sessões, em média, foram visitados 1,89 registros de documentos via recomendação (REGDOCREC), o que representa 43,9% dos posts nestas sessões. Já os registros de documentos não provenientes de recomendação (REGDOCCON e OUTROS DOC) representam 56,0% dos posts nas sessões com recomendação, com uma média de 2,41 por sessão. » Embora apenas 11% das sessões apresentem o uso de recomendação, 43,9% dos registros de documentos visualizados nestas sessões são oriundas de recomendação, o que demonstra um alto uso de recomendação nestas sessões. A alta aderência dos usuários ao recurso nas sessões sugere que aqueles que utilizam o serviço vêem valor, pois o exploram bastante.
  26. 26. » Sessões com uso de recomendações foram, em média, 1 minuto e 18 segundos mais rápidas do que as sessões sem uso de recomendações. » Embora apenas 11% das sessões contenham recomendação, nelas ocorre a visita a uma quantidade maior de registros de documentos (21,7% do total de visualizações de registro de documentos). » Registrou-se que 18% dos usuários de recomendação exploram mais de um tipo de recomendação, e 82% preferem utilizar apenas um tipo de recomendação.
  27. 27. » A preferência por recomendações do tipo “Trabalhos relacionados incluem” se mostra na quantidade de sessões que registram seu uso (348). No entanto, a recomendação do tipo “Pessoas que retiraram esta obra também retiraram” quase empata na quantidade de sessões (346) e ainda supera em número de registros de documentos visualizados (584) o tipo “Trabalhos relacionados incluem” (563). » Identificou-se a quinta-feira como dia de maior uso das recomendações.
  28. 28. Luciana Monteiro Krebs monteiro.lucianak@gmail.com
  29. 29. Matthew Phillips, 2011

×