Administração de materiais Farmacêuticos.                                      Alunas:Safia Naser                         ...
Administração de materiais Farmacêuticos.      A Farmácia Hospitalar é um órgão de abrangência assistencial, técnico-cient...
•      verificar divergências   •      detectar falhas do sistema de controle ou de pessoal   •      avaliar o valor dos e...
quantidade de produtos. Não pode haver contato do produto com piso, parede e teto.Manter distância entre produtos para ven...
È um projeto usado tanto em hospitalar, manipulação e drogaria, levando emconsideração o espaço, localização de cada um, a...
Referencias BibliográficasGOMES, M.J.V.M.; REIS, A.M.M. Ciências farmacêuticas: uma abordagem emfarmácia hospitalar. São P...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Administração de materiais Farmacêuticos.

3.279 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.279
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
59
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Administração de materiais Farmacêuticos.

  1. 1. Administração de materiais Farmacêuticos. Alunas:Safia Naser Syntia Policena rosa Gama 12 de maio de 2009
  2. 2. Administração de materiais Farmacêuticos. A Farmácia Hospitalar é um órgão de abrangência assistencial, técnico-científica eadministrativa, onde se desenvolvem atividades ligadas à produção, armazenamento,controle, dispensação e distribuição de medicamentos e correlatos às unidadeshospitalares. A farmácia Hospitalar deve dispor de um espaço suficiente para o desenvolvimentodas diferentes atividades, tento em vista que são muitos os fatores que podemcondicionar o espaço necessário para a farmácia. Os principais são: tipo de hospitalnúmero de leitos, localização geográfica, tipo de assistência prestada pelo hospital, tipode compras efetuadas no hospital. O gerenciamento de materiais visa a satisfazer as necessidades assistenciais dohospital,sendo responsável pela coordenação e conciliação dos interesses dosprofissionais pela coordenação da saúde,da área econômico-financeiro e dosfornecedores. Pelo fato de serem operações estreitamento associadas ,o almoxarifado não podeser separado da movimentação ou do transporte interno de cargas.A adequação dosequipamentos e sistemas de armazenagem de materiais e medicamentos se faz sentir emvários aspectos. Um método adequado para estocar materiais, medicamentos e produtosmanipulados na farmácia hospitalar permite diminuir os custos de operação,melhor aqualidade dos serviços e acelerar o ritmo do trabalho,garantindo também a diminuiçãodos acidentes de trabalho,redução no desgaste dos demais sistemas(dose-unitária,manipulação,farmácias satélites)e um menos numero de problemas deadministração. A eficiência da estocagem e o capital necessário dependem de uma escolhaadequada do sistema.Na realidade,não há formula predeterminada:o sistema doalmoxarifado deve ser adaptado as condições especificas de armazenagem e áorganização do hospital. Devem ser feitos inventários ou balancetes periodicamente.Os inventários sãoimportantes para:
  3. 3. • verificar divergências • detectar falhas do sistema de controle ou de pessoal • avaliar o valor dos estoques • detectar medicamentos vencidos • demonstrar controle e impedir desvios etc. Farmácia manipulação são estabelecimento de manipulação de fórmulas magistraise oficiais, de comércio de drogas, medicamentos, insumos farmacêuticos e correlatos,compreendendo o fornecimento ao consumidor de drogas, medicamentos, insumosfarmacêuticos e correlatos, a título remunerado ou não, e o de atendimento privativo deunidade hospitalar ou de qualquer outra equivalente de assistência médica O armazenamento e empilhamento de medicamentos deve seguir as orientações dofabricante e as normas do local. A sala de armazenamento de matéria prima eembalagens,devidamente setorizada e identificada, com local ou área demarcada edistinta para insumos reprovados, recolhidos, devolvidos, em quarentena ou com prazode validade vencido Quando se fala em armazenamento de matéria-prima farmacêutica deve se prestarmuita atenção em alguns cuidados essenciais, como definir um local, definir um layoutapropriado, adotar políticas de preservação utilizando embalagens apropriadas aosprodutos, manter sempre o almoxarifado organizado e limpo e também ter segurançacontra furtos e incêndios. Através da otimização do armazenamento de matéria-prima farmacêutica nosalmoxarifados se obtém uma máxima utilização do espaço e dos recursos disponíveiscomo equipamentos e pessoas, organização, proteção e rápida acessibilidade aos itensem estoque, dessa forma cumprindo um importante papel que é satisfazer asnecessidades dos seus clientes. Deve haver controle único de entrada e saída de pessoas. Circulação permitidaapenas para funcionários..Armazenar produtos perigosos e inflamáveis com os cuidadosnecessários. Escolher uma lógica de armazenamento conforme o espaço, o tipo e a
  4. 4. quantidade de produtos. Não pode haver contato do produto com piso, parede e teto.Manter distância entre produtos para ventilação e limpeza. As farmácias magistrais devem ter condições adequadas para o bomdesenvolvimento de suas atividades garantindo assim a qualidade dos produtos a seremmanipulados O esquema de armazenagem escolhido por uma empresa depende primordialmenteda situação geográfica de suas instalações, da natureza de seus estoques, tamanho erespectivo valor. Por isso aspectos como materiais que necessitam uma preservaçãoespecial, equipamentos especiais de prevenção de incêndios ou de movimentaçõesespeciais, ambiente especial como, por exemplo ambiente climatizado, estrutura dearmazenamento especial e manuseio especial com auxílio de equipamentos de proteçãoindividual, devem ser analisados em conjunto para então decidir pelo tipo de arranjofísico mais conveniente, escolhendo qual a melhor alternativa que atenderá o seu fluxode materiais.. As embalagens que são mais comumente encontradas em farmácias magistrais são: • Plástico (polietileno) • Bisnaga de Alumínio • Vidros A drogaria e um estabelecimento de dispensação e comércio de drogas,medicamentos, insumos farmacêuticos e correlatos em suas embalagens originais. Elanecessita de instalações e superfícies (piso, paredes e teto) lisas e impermeáveis, semrachaduras, resistentes aos agentes sanitizantes e facilmente laváveis. Armário resistentee/ou sala própria fechada com chave para o armazenamento dos medicamentos sujeitoso regime especial de controle (pertencentes da Port.. Nº 344/98). Deve-se estocar os produtos por nome genérico, lote e validade para fácillocalização. Definir um critério de ordenamento e um mapa para fácil localização O layout é o projeto de armazenamento com o objetivo de diminuir o desperdíciode mão-de-obra, o risco de acidentes de trabalho e o esforço físico dos funcionários,pois possibilita a expansão do volume armazenado e o ganho de espaço físico
  5. 5. È um projeto usado tanto em hospitalar, manipulação e drogaria, levando emconsideração o espaço, localização de cada um, afim de aproveitar da melhor forma oespaço oferecido. É preciso uma organização criteriosa desde a construção do espaço até aarmazenagem dos medicamentos, materiais médico-hospitalares e matérias-primasrespeitando as normas e resoluções, a fim de garantir a estabilidade e eficácia dosmesmos.
  6. 6. Referencias BibliográficasGOMES, M.J.V.M.; REIS, A.M.M. Ciências farmacêuticas: uma abordagem emfarmácia hospitalar. São Paulo, Atheneu, 2001.BISSON, P. Farmácia Hospitalar: um enfoque em sistemas de saúde. 1.ed. São Paulo:Manole,2002.: http://www.portalfarmacia.com.br/farmacia/cursos/cursos_detalhes.asp?id=114>.Acesso em: 12 dez. 2008.http://www.anvisa.gov.br/

×