Tecnologia na Educação:
Um mal necessário?
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
 Aluno: Lorena Pereira de Souza
 Disciplina: Tecnologias e Práticas Edu...
Introdução
 Na atualidade, a tecnologia está em todo lugar: desde celulares que
todos possuem, passando por tablet’s dado...
Para
Refletir
A tecnologia na Atualidade
 Nos último anos, as empresas pedem o conhecimento básico da
informática para suas vagas.
 A ...
A tecnologia na Educação
 A necessidade da formação do professor: não adianta colocar
computadores nas escolas se os prof...
 Necessidade do jovem e o computador: A atração do jovem ao computador
pode estar ligada, na maioria das vezes, a jogos o...
 Necessidade de redução de despesas na educação: os objetos eletrônicos são
sustentáveis, porém não são baratos e de fáci...
Afinal...
 O Uso do computador pode ser incrivelmente benéfico para a Educação
Brasileira, porém, deve ser levado em cont...
Referências
 ALVES, A.S. – Os computadores e a Educação: Aspectos Gerais. In.:
Computação no Ensino da Matemática. 1987, ...
Tecnologia na Educação: Um Mal Necessário?
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tecnologia na Educação: Um Mal Necessário?

333 visualizações

Publicada em

Trabalho apresentado a disciplina de Tecnologias e Práticas Educativas do curso de Licenciatura em Psicologia da PUC MINAS. 2015

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
333
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tecnologia na Educação: Um Mal Necessário?

  1. 1. Tecnologia na Educação: Um mal necessário?
  2. 2. Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais  Aluno: Lorena Pereira de Souza  Disciplina: Tecnologias e Práticas Educativas  Professor: Simão Pedro Pinto Marinho  Curso: Psicologia  9º Período / Manhã  2015
  3. 3. Introdução  Na atualidade, a tecnologia está em todo lugar: desde celulares que todos possuem, passando por tablet’s dados as crianças como brinquedos.  A tecnologia sendo utilizada na sala de aula como uma ferramenta na sala de aula: Propagandas do governo a respeito da inclusão de Redes de Internet nas escolas públicas, laboratórios de informática, tudo em prol da tecnologia.  Mas, e se, toda essa tecnologia não auxiliar na educação? E se, além de não ajudar, prejudicar?
  4. 4. Para Refletir
  5. 5. A tecnologia na Atualidade  Nos último anos, as empresas pedem o conhecimento básico da informática para suas vagas.  A necessidade dos computadores no mercado de trabalho, reflete também na necessidade dos computadores nas residências e, consequentemente, nas escolas  Em um mundo onde todos estão conectados, um mundo globalizado, se o individuo não possui conhecimento e acesso a tecnologia, ele está desatualizado, e, consequentemente, fora do mercado acadêmico e do mercado de trabalho  “O Futuro está no computador” (ALVES, 1987): a mídia, a mesma mídia que vende computadores, passa a informação que o futuro está no computador, porém, sem um embasamento teórico, sem dados conclusivos e comprováveis.
  6. 6. A tecnologia na Educação  A necessidade da formação do professor: não adianta colocar computadores nas escolas se os professores não tem conhecimento prévio daquela tecnologia  Necessidade dos alunos saberem usar os computadores: num mundo onde crianças tem tablet’s, os jovens de hoje já nascem “plugados” nessa tecnologia, muitas vezes ensinando aos adultos. E, em um mundo autodidata, ficou ainda mais fácil aprender sozinho a usar o computador.  Necessidade do uso dos computadores: O Brasil, como país desigual em que cada dia mais cresce a inflamação os preços dos produtos, enquanto o salário abaixa cada vez mais, há alunos que possuem computadores e há alunos que não possuem condições de possuir. Como cobrar essa igualdade de todos se falta a igualdade no país?
  7. 7.  Necessidade do jovem e o computador: A atração do jovem ao computador pode estar ligada, na maioria das vezes, a jogos ou desafios relativos aos jogos e programas multimídia, que, não necessariamente, irão auxiliar na formação acadêmica, e ainda pode a atrapalhar, já que com o interesse desviado para outro ponto, não irá nem ao menos tentar ter seu interesse para o âmbito da escola  Necessidade de uma melhora do pensamento lógico: o computador, como máquina lógico-matemática, pode auxiliar no desenvolvimento do pensamento lógico. Mas, e os demais campos? O artístico, analítico, linguístico? Aqui, o que entra em foco e o fator de desenvolvimento mental do jovem em dia: as crianças querem cada vez mais serem adultos e a internet influência diretamente o jovem nesse ponto
  8. 8.  Necessidade de redução de despesas na educação: os objetos eletrônicos são sustentáveis, porém não são baratos e de fácil acesso a grande maioria da população e nem em parte do governo para o país, para serem utilizados na educação  Necessidade de atenção: mesmo com diversas ferramentas, o computador ainda pode ser uma porta para outras atividades que dispersam o aluno da aula ou ao conteúdo pedagógico.  Necessidade de atualização: no ensino da matemática, o computador pode ser de grande auxilio, mas, apenas, se o professor tiver o conhecimento necessário para utilizar a ferramenta  Necessidade de controle: com um novo mundo aberto na internet, a criança tem total liberdade para conversar com quem quiser, fazer o que quiser e pesquisar o que quiser. Até que ponto essa liberdade pode por o jovem em perigo?
  9. 9. Afinal...  O Uso do computador pode ser incrivelmente benéfico para a Educação Brasileira, porém, deve ser levado em conta os aspectos principais, referente a capacitação de professores, o fácil acesso a todos ao computador em suas residências, o controle do que e benéfico ou não do jovem ter acesso, assim como expandir as ferramentas para o qual, atualmente o computador e utilizado  E mais importante que tudo demonstrado, e necessário que existam pesquisas fundamentadas teoricamente que comprovem os aspectos positivos do computador, sair do campo do achismo e da mídia (a mídia que quer que você TENHA um computador) e partir para questões acadêmicas
  10. 10. Referências  ALVES, A.S. – Os computadores e a Educação: Aspectos Gerais. In.: Computação no Ensino da Matemática. 1987, nº 5º, ISSN 0870-7669, 1997. Disponível em: http://www.mat.uc.pt/~jaimecs/nonius/nonius5_1.html  SETZER, Valdemar W. - Uma Revisão De Argumentos A Favor Do Uso De Computadores Na Educação Elementar. Depto. de Ciência da Computação da USP. 1998. Disponível em http://www.ime.usp.br/~vwsetzer/argsport.html

×