Campanha educativa bullying

11.366 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.366
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
265
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Campanha educativa bullying

  1. 1. Campanha educativa:Bullying, um problemade todos nós.
  2. 2. INTRODUÇÃO O encontro da diversidade cultural está presente na escola. Por ser um local democrático, isso se torna um desafio para todos. Infelizmente, muitos não conseguem lidar com as diferenças, gerando conflitos como o bullying, que está cada vez mais, sendo praticado. De acordo com Bezerra (2012), o bullying se caracteriza como um comportamento agressivo (principalmente físico ou psicológico), por ocorrer repetidas vezes, ser intencional e há uma relação de desequilíbrio de poder entre os envolvidos.
  3. 3. SITUAÇÃO PROBLEMÁTICA Com os diversos debates surgidos em sala de aula, se percebeu que os alunos tinham dúvidas e levantavam questões a respeito do bullying. Como solucionar o problema? Diante da inquietação dos alunos, passou-se a elaborar um projeto em que através de uma campanha educativa se esclarecesse o coletivo.
  4. 4. JUSTIFICATIVA O Bullying deve ser identificado, reconhecido e tratado como um problema social e de responsabilidade de todos nós. A escola possui um importante papel na tentativa de reduzir esse fenômeno, realizando ações preventivas e combatendo os casos já detectados, pela instituição. Para isso as instituições de ensino devem atuar em parceria com outros setores da sociedade. Mobilizando alunos, pais e a comunidade ao entorno, para discutirem e se engajarem na luta pela redução deste e de outros tipos de violência decorrentes em nosso dia a dia.
  5. 5. OBJETIVOS DO PROJETO Realizar uma campanha educativa com alunos do 5º ano do Ensino Fundamental. Desenvolver diversas atividades e trabalhos, que durante a campanha educativa, serão apresentados para a escola e a comunidade. Conscientizar os indivíduos a respeito dos malefícios do bullying. Tornar as informações sobre o bullying acessíveis a um público maior. Propor uma reflexão a respeito do assunto.
  6. 6. OBJETIVOS DA APRENDIZAGEM Estimular a prática de leitura nos alunos através da busca de informações em diferentes materiais como jornais, revistas, histórias de vida, sites, entre outros. Auxiliar os alunos a fazerem uso seguro da internet. Construir tabelas e gráficos, observando se os alunos conseguem ler e compreender as informações neles representados. Utilizar a linguagem oral adequadamente durante a campanha educativa, respeitando o modo de falar dos colegas de classe. Desenvolver a produção textual de acordo com as características próprias do gênero, utilizando os recursos coesivos básicos (nexos e pontuação). Respeitar o próximo e não praticar o bullying porque diversos malefícios podem ocorrer como danos à saúde e o bem-estar de outros. Reconhecer que as diferenças existem em diversas situações: nas obras de arte, nos esportes, no meio ambiente, no relevo, nas sociedades do presente e do passado, entre outros.
  7. 7. METODOLOGIA Trabalhar os diferentes conteúdos de modo interdisciplinar. Na área de língua portuguesa, por exemplo, será explorado um texto conhecido da literatura infantil, O Patinho Feio; Utilizar textos e fazer questionamentos sobre o assunto Bullying de formar a levar a uma reflexão, para que os agressores observem ações nocivas desenvolvidas em sua vida e busquem modificá-las; Trabalhar com música, arte, teatro, exposição de trabalhos e outros; Inserir a família no contexto escolar e realizar reuniões com ela mais frequentemente, para que possam realizar suas avaliações sobre a incidência da prática do Bullying; Trabalhar questões envolvendo valores como respeito, solidariedade e outros através de dinâmicas de grupo; dessa forma também será trabalhada a integração entre eles. Isso traz por conseqüência a diminuição de casos de exclusão; Promover debates sobre Bullying nas classes, divulgar o assunto para que ele possa ser assimilado; Estimular o aluno a fazer pesquisas sobre o tema na escola, para saber o que a comunidade escolar pensa sobre o assunto; Permitir que os alunos busquem soluções capazes de modificar o comportamento e o ambiente; Conversar com a turma, discutindo sobre a necessidade de se respeitar as diferenças de cada um.Essas atividades desenvolvidas em parceria fornecem suporte para colocarmos em ação todas as reflexões realizadas em sala.
  8. 8. ATIVIDADES INTERDISCIPLINARES E RECURSOS Atividade 1 – Filme / Apresentação do tema Primeiramente o professor perguntará aos alunos se eles sabem o que é Bullying, o que pensam sobre isso, etc. Em seguida, o professor apresentará o vídeo “O que é Bullying? Tudo que você precisa saber sobre essa forma de violência!”, que dará mais subsídios para a realização do projeto; O vídeo poderá ser apresentado na sala de vídeo, ou na sala de aula. Após a apresentação do vídeo, o professor iniciará uma discussão, em aula aberta, com os alunos. Ele poderá reforçar os conceitos sobre o tema que foi apresentado no vídeo e estimular a reflexão dos alunos sobre os comportamentos agressivos e suas consequências. Buscando, dessa forma, promover o respeito às diferenças e incentivar uma política de paz em sala de aula. O período de apresentação do filme e discussão corresponde a um dia de atividades do final do mês de março. Recurso: Vídeo disponível em: <https ://www.youtube.com/watch?v=6R38MtEiIC4&feature=related>
  9. 9. Atividade 2 – Exposição da Pesquisa sobre o assunto realizada com os pais/Comunidade. Os alunos irão selecionar, junto com os pais e/ou outros membros da comunidade, reportagens sobre o tema bullying e formas de violência. Eles também poderão transcrever os relatos dessas pessoas sobre o assunto e verificar se eles já sofreram algum tipo de violência na escola ou fora dela. Após coletar o material, convide a turma para organizá-los na forma de cartazes (eles poderão ser fixados no corredor para que funcionários e outros alunos tomem ciência do problema). Como título para o cartaz pode-se utilizar o mesmo do projeto: Bullying, um problema de todos nós. Pretende-se com isso promover a interação dos alunos com os temas pesquisados. O período de construção será no decorrer das duas semanas seguintes a apresentação da atividade um , finalizando o mês de março e iniciando o mês de abril. Recurso: Papel pardo, cola, recortes de jornal ou revista, relatos em folhas de ofício, imagens de bullying.
  10. 10. Atividade 3 - Pesquisa no colégio / Matemática Com o objetivo de promover as discussões a respeito do assunto, o professor irá propor a leitura do texto “Bullying afeta mais alunos de 5ª e 6ª séries” publicado no Jornal Folha de São Paulo, em 15/04/2010. Disponível em: http://www.udemo.org.br/Leituras_490.htm Partindo da análise do texto serão elaborados questionários, pelos alunos, para compreender onde e quando o fato tem maior ocorrência. Eles podem tirar, por exemplo, os dados que aparecem na pesquisa publicada no Jornal. (Ex: Você sabe o que é Bullying? Já sofreu alguma forma de Bullying? Já praticou o Bullying?) Os alunos se dividirão em grupos e buscarão entrevistar o maior número de alunos do colégio para verificar a incidência do problema e a partir dos dados coletados eles irão elaborar gráficos, para que se tenha uma ideia da realidade da escola e facilitar a visualização das informações. A pesquisa e sua apresentação acontecerão no mês de abril. Recurso: cópias do texto, questionário para as pesquisas, caneta, laboratório de informática.
  11. 11. Atividade 4 - Produção textual / Tiras / Histórias em quadrinho. Na sala de leitura, ou sala de aula, os alunos terão contato com outros gêneros textuais. Estando os alunos organizados em trios, o professor deverá disponibilizar um exemplar da tirinha abaixo, de forma a facilitar a realização da atividade. Disponível em: <http://aprendendoaensinarensinandoaaprender.blogspot.com.br> Acessado em: 08 de Outubro de 2012.
  12. 12.  O professor irá fornecer algumas perguntas como forma de roteiro para realizar a discussão em sala de aula. Exemplos: 1. O que vocês acharam da história contada na tirinha? 2. Vocês acham que o Calvin e o Moe são amigos? 3. O que vocês acham da forma com que Moe tratou o Calvin? 4. O que vocês acham da forma com que Moe chamou Calvin – de burro? 5. Atitudes como estas fazem bem ou mal para a pessoa que é alvo destas? 6. Que nome poderíamos dar às ações de Moe contra o Calvin? Após a discussão, cada trio deverá montar uma história em quadrinhos, com assuntos relacionados ao bullying de forma que possam expressar o entendimento dos mesmos sobre o tema, além de contribuir para uma campanha escolar contra formas de discriminação. Eles deverão fazer primeiramente um esboço da parte textual e, por fim, a arte final com muito capricho. A atividade acontecerá no mês de maio. Recursos: Tirinhas, roteiro para discussão, folhas de ofício, lápis, lápis de cor, hidrocor.
  13. 13. Atividade 5 – Produção de uma peça teatral/ Dramatização/ Literatura A literatura infanto-juvenil pode ser uma grande aliada no combate ao bullying, já que, por meio da leitura, a criança cria o seu mundo de metáforas. Permita que os alunos tenham acesso a obra do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen - O patinho feio, publicado pela primeira vez em 11 de Novembro de 1843. Realizem a leitura e um debate sobre o livro e sobre a ligação do Bullying com a obra. Tendo como referencial o livro de Hans, a turma irá fazer uma adaptação e escrever uma peça teatral, trabalhar na elaboração do figurino e ensaiar para a apresentação. O professor pedirá autorização à direção para que os alunos possam apresentar a peça na última semana de aula do 1º semestre, para toda a escola. Ao final da apresentação, promova a interação da plateia com os atores, incentivando a discussão sobre o tema. Recurso: Livro: O Patinho feio.
  14. 14. Atividade 6 - Dissertação / Produção de Folder. Após as férias de julho e tendo como base tudo o que foi discutido no primeiro semestre, o aluno irá fazer uma dissertação sobre o tema Bullying. Como solucionar o problema do bullying na escola? Estimule os alunos a iniciarem uma campanha contra o Bullying na escola com o uso de folders. O professor poderá contar para os alunos a história de José Datrino, um morador de Niterói (RJ), que decidiu espalhar gentilezas pelas ruas da cidade. Ele era conhecido como "Profeta Gentileza", pois vestia uma túnica branca bordada com palavras de amor em verde e amarelo, com o objetivo de homenagear o Brasil. Explique aos alunos que ser gentil e respeitar as diferenças é um bom caminho para acabar com o bullying. Os alunos serão separados em grupos e deverão confeccionar cartazes sobre o tema. Podem ser feitos slogans ou desenhos, que serão fixados pela escola. A atividade será desenvolvida no mês de agosto. Recurso: Cartolina, canetinha hidrocor, durex.
  15. 15. Atividade 7 - Caminhada pela paz / Educação Física- Aproveitar o dia 07 de Setembro (feriado e desfile cívico) e promover uma caminhada para propagar as ideias de paz pela comunidade.- Os alunos irão organizar faixas e cartazes que repudiem o bullying. (Podem ser utilizados os da atividade 6).- Os pais e comunidades, serão convidados a se juntarem nesse grande objetivo. Recurso: cartolina, cartazes.
  16. 16. Atividade 8 - Paródia / Produção Musical Essa atividade deverá se articular com a disciplina de música e Língua Portuguesa. O professora deverá dividir a turma em grupos, e incentivar cada grupo a escolher uma música. A partir dela irão criar uma paródia contra o Bullying. Para finalizar a atividade, poderá ser feito um concurso de paródias e coreografias contra o Bullying na própria turma. A atividade deverá ser desenvolvida no mês de outubro. Recurso: Rádio, letras de músicas.
  17. 17. Atividade 9 - Culminância do Projeto: Bullying, um problema de todos nós. Finalizada as discussões, os alunos, ainda em grupos, deverão elaborar um mural sobre o Bullying. O mural deverá conter as informações, trabalhos (histórias em quadrinho) e conhecimentos adquiridos durante as atividades anteriores, em especial dos resultados das pesquisas realizadas anteriormente. Para finalizar o projeto, os alunos poderão organizar uma amostra para a comunidade, com conscientização sobre o tema. No dia do evento, serão escolhidos alguns alunos da turma para serem “o guia” da exposição, e assim, os responsáveis por apresentar e explicar os cartazes aos visitantes, os grupos poderão convidar os alunos de outras salas para conhecer a exposição organizada por eles. Esse evento será no horário do turno da turma do 5º ano. Nesse dia serão apresentadas para a comunidade: a peça e as paródias realizadas pela turma. Para encerrar haverá um lanche coletivo, no qual cada pessoa irá levar um prato para ser compartilhado, estimulando a união e confraternização com todos.
  18. 18. AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM Critérios de avaliação do projeto Trabalho desenvolvido nas aulas: 25% (conversas sobre o tema, a participação individual nos debates) Trabalho escrito: 50% (erros ortográficos, se o grupo conseguiu ser coerente, se desenvolveu bem o tema, não esquecendo os tópicos: introdução, desenvolvimento, conclusão e se achou uma solução real ao problema: Bullying) Apresentação do projeto: 25% (se todos os alunos realmente sabem sobre o tema e desenvolveram as atividades que foram propostas) Prêmio: Serão oferecidos prêmios aos três melhores trabalhos, cujo julgamento será dado por quem assistiu à campanha educativa, em votação individual e secreta.
  19. 19. Avaliação Formativa O QUE APRENDEMOS? É um comportamento consciente, intencional, deliberado, hostil e repetido, de uma ou mais pessoas, cuja intenção é ferir outros. O QUE NÃO APRENDEMOS E GOSTARÍAMOS DE APRENDER? Os professores têm um papel muito importante na prevenção do Bullying. Por exemplo, desenvolver na escola um ambiente favorável à comunicação entre alunos, professores e funcionários, acabando assim com a conotação negativa de “queixinhas”, favorece os pedidos de ajuda por parte das vítimas.
  20. 20. CONSIDERAÇÕES FINAIS Devemos pensar na nossa função enquanto educadores e em nossa prática. Temos assumido o nosso compromisso com a educação, estamos buscando nos aperfeiçoar e se capacitar a cada dia para lidar com os problemas que surgem e solucioná-los? Consideramos fundamental que a instituição inclua em seu projeto político pedagógico, medidas preventivas, de forma a reduzir o fenômeno Bullying no ambiente escolar. Levando em conta a necessidade de se discutir e refletir em torno do assunto, dando importância aos direitos humanos.
  21. 21. REFERÊNCIAS Folha de São Paulo. Reportagem de 15.04.2010. Bullying afeta mais alunos de 5ª e 6ª séries. Disponível em: <http://www.anj.org.br/jornaleeducacao/bullying-afeta-mais-alunos-de-5a-e-6a- series> Acesso em: 04 de outubro de 2012. Pesquisa no Portal do MEC. Disponível em:< http://portal.mec.gov.br> Acesso em: 06 de outubro de 2012. Portal do Professor - Bullying e a violência contra a pessoa com deficiência. Disponível em: < http://portaldoprofessor.mec.gov.br/> Acessado em: 20 de setembro de 2012. Pesquisa. Disponível em: < http://www.udemo.org.br/Leituras_490.htm > Acessado em: 15 de setembro de 2012. O Guia Prático para Professores de Ensino Fundamental I. Disponível em: < http://revistaguiafundamental.uol.com.br/> Acessado em: 21 de setembro de 2012. Observatório da Infância. Disponível em: <http://www.observatoriodainfancia.com.br/> Acessado em: 06 de outubro de 2012. Pesquisa sobre Bullying. Disponível em: < http://pt.scribd.com/doc/7431316/Bullying > Acessado em: 13 de julho de 2012.
  22. 22. UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO FACULDADE DE EDUCAÇÃO CURSO DE PEDAGOGIA DIDÁTICA PROFª: EDMÉA SANTOS GRUPO: Jorgina Maria de Freitas Liliane Machado Vieira Lívia Mª Monteiro Gomes Raquel Oliveira Botelho do Carmo Vanessa da Costa Mano 11 de outubro de 2012.

×