Instituto Superior de Entre Douro e VougaTecnologias da Informação e da Comunicação│2011/2012               Tecnologia de ...
Tecnologias de Internet                                   World Wide Web                                  ÍNDICE1.Arquitec...
Tecnologias de Internet                                                  World Wide Web1 ARQUITECTURA CLIENTE / SERVIDOR D...
Tecnologias de Internet                                               World Wide Web   1.2 VANTAGENS Independência de pla...
Tecnologias de Internet                                                            World Wide Web1.4.1 ARQUITETURA C/S SIM...
Tecnologias de Internet                                                               World Wide Web              SERVIDOR...
Tecnologias de Internet                                               World Wide Web1.4.4 - ARQUITETURA C/S PAR- PAREsta a...
Tecnologias de Internet                                            World Wide WebO campo máquina designa o servidor que di...
Tecnologias de Internet                                               World Wide Web3. CONCLUSÃOWorld Wide Web define um c...
Tecnologias de Internet                                              World Wide Web4.BIBLIOGRAFIA        http://gpazini.si...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

World wide web

1.473 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.473
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

World wide web

  1. 1. Instituto Superior de Entre Douro e VougaTecnologias da Informação e da Comunicação│2011/2012 Tecnologia de Internet Trabalho realizado por: Liliana João Monteiro da CostaSanta Maria da Feira, 11 Novembro de 2011
  2. 2. Tecnologias de Internet World Wide Web ÍNDICE1.Arquitectura cliente/ Servidor www…………………………………………………….. 2 1.1 Definição…………………………………………………………………….......... 2 1.2 Vantagens…………………………………………………………………………. 3 1.3Desvantagens …………………………………………………………………...... 3 1.4. Modelos da Arquitectura Cliente / Servidor…………………………………… 3 1.4.1. Arquitectura C/S simples………………………………………………… 4 1.4.2. Arquitectura C/S em Dois Níveis……………………………………….. 4 1.4.3. Arquitectura C/S Multínevel …………………………………………….. 5 1.4.4. Arquitectura C/S Par Par ………………………………………….......... 62. Identificadores das Hiperligações ……………………………………………………. 6 2.1. URL’s (Uniform Resource Locators)………………………………………....... 6 2.2. URN’s. (Uniform Resource Name)……………………………………............. 73. Conclusão………………………………………………………………………….......... 83.Bibliografia………………………………………………………………………………… 9Liliana Costa 3722 1
  3. 3. Tecnologias de Internet World Wide Web1 ARQUITECTURA CLIENTE / SERVIDOR DA WWW 1.1 DEDINIÇÃOA tecnologia cliente/servidor é uma arquitetura na qual o processamento da informaçãoé dividido em módulos ou processos distintos. Umprocesso é responsável pela manutenção dainformação (servidores) e outros responsáveis pelaobtenção dos dados (os clientes).Os processos cliente enviam pedidos para o processoservidor, e este por sua vez processa e envia os resultados dos pedidos.Nos sistemas cliente/servidor o processamento tanto do servidor como o do cliente sãoequilibrados, se for gerado um peso maior em um dos dois lados, provavelmente, essenão é um sistema cliente/servidor.Geralmente, os serviços oferecidos pelos servidores dependem de processamentoespecífico que só eles podem fazer. O processo cliente, por sua vez, fica livre pararealizar outros trabalhos. A interação entre os processos cliente e servidor é uma trocacooperativa, em que o cliente é o ativo e o servidor reativo, ou seja o cliente requisitauma operação, e neste ponto o servidor processa e responde ao cliente.O processo de cliente é ativo, ou seja são eles que solicitam serviços a outrosprogramas, os servidores. Normalmente o cliente é dedicado à sessão do usuário,começando e terminando com a sessão.Um cliente pode interagir com um ou mais servidores, mas pelo menos um processoservidor é necessário.A nível de aplicação, o primeiro ponto a residir no cliente é a interface com o usuário.O Servidor é programas que respondem as solicitações por serviços compartilhados.Ele é um processo reativo, disparado pela chegada de pedidos de seus clientes.Geralmente, o processo servidor roda o tempo todo, oferecendo serviços a muitosclientes.Liliana Costa 3722 2
  4. 4. Tecnologias de Internet World Wide Web 1.2 VANTAGENS Independência de plataformas: Os sistemas cliente/servidor não ficam presos a um ambiente de software ou hardware. Melhor Performance: Com a força de processamento distribuída, o tempo de processamento é menor, consequentemente o tempo de resposta também é menor. Fácil Acesso aos Dados: Como é o processo cliente que gerência a interface, o servidor fica para livre para manipular os dados, este por sua vez, fica mais disponível. Redução de Custos Operacionais: Como os custos de hardware e software estão constantemente a ser reduzidos, a troca dos sistemas grandes por sistemas com redes integradas pode ser feita com um baixo custo 1.3 DESVANTAGENS Um servidor poderá ficar sobrecarregado caso receba mais solicitações simultâneas dos clientes do que pode suportar; Este modelo não possui a robustez de uma rede baseada em P2P. Na arquitetura cliente - servidor, se um servidor crítico falha, os pedidos dos clientes não poderão ser cumpridos. Já nas redes P2P, os recursos são normalmente distribuídos entre vários nós. Mesmo se uma ou mais máquinas falharem no momento de download de um arquivo, por exemplo, as demais ainda terão os dados necessários para completar a referida operação. 1.4 MODELOS DA ARQUITETURA CLIENTE / SERVIDORExistem cinco tipos de modelos para a implantação da arquitetura Cliente/Servidor emprocessamentos distribuídos: (SALEMI,1993)Liliana Costa 3722 3
  5. 5. Tecnologias de Internet World Wide Web1.4.1 ARQUITETURA C/S SIMPLESA primeira abordagem para um sistema distribuído é arquitetura cliente/ ServidorSimples. Nesta arquitetura, o Servidor não pode iniciar nada. O servidor somenteexecuta as requisições do Cliente. Existe uma clara função de diferenciação: Pode-seestabelecer o Cliente como mestre e o Servidor como escravo Como mostra a ( Figura 1) Cliente Servidor Figura 1 - Arquitetura Cliente/Servidor Simples1.4.2 - ARQUITETURA C/S EM DOIS NIVEISA configuração usual Cliente/Servidor encontrada na maioria das empresas, é aquelaem que existem vários Clientes requisitando serviços a um único Servidor. Estaarquitectura caracteriza-se como sendo Centrada no Servidor (Figura 2a). No entantona visão do usuário, ele imagina que existem vários servidores conectados a somenteum Servidor, ou seja, Centrado no Cliente (Figura 2b). Entretanto, com as váriasligações de comunicação possíveis, existe na realidade uma mistura de Clientes eServidores (Figura 2c) CLIENTE CLIENTE CLIENTE SERVIDOR Figura 2 - (a) Arquitetura C/S em Dois Níveis - Centrado no ServidorLiliana Costa 3722 4
  6. 6. Tecnologias de Internet World Wide Web SERVIDOR SERVIDOR SERVIDOR CLIENTE Figura 2 - (b) Arquitetura C/S em Dois Níveis - Centrado no Cliente SERVIDOR SERVIDOR SERVIDOR CLIENTE CLIENTE CLIENTE Figura 2 - (c) Arquitetura C/S em Dois Níveis - Comunicação Mista1.4.3 – ARQUITECTUTA C/S MULTÍNEVELEsta arquitetura (figura 3), permite que uma aplicação, possa assumir tanto o perfil doCliente como o do Servidor, em vários graus. Em outras palavras, uma aplicação emalguma plataforma será um Servidor para alguns Clientes e, concorrentemente, umcliente para alguns Servidores. CLIENTE CLIENTE CLIENTE CLIENTE CLIENTE CLIENTE CLIENTE CLIENTE Figura 3 - Arquitetura C/S MultiníveLiliana Costa 3722 5
  7. 7. Tecnologias de Internet World Wide Web1.4.4 - ARQUITETURA C/S PAR- PAREsta arquitetura pode ser vista como o caso mais geral da arquitetura Cliente/ Servidor,ilustrando na (Figura 4). Cada um dos modos desta arquitetura assume tanto o papelde Cliente quanto de Servidor. É o caso onde o processo interage com outrosprocessos, não existe, neste caso nenhum Mestre ou Escravo: qualquer estação detrabalho pode iniciar um processamento, caso possua uma interface de comunicaçãoentre o usuário e o processo Cliente. CLIENTE CLIENTE SERVIDOR SERVIDOR Figura 4 - Arquitetura C/S Par-Par2. IDENTIFICADORES DAS HIPERLIGAÇÕESAs hiperligações utilizam identificadores que permitem aceder aos recursos existentesna Web, sendo designados por Uniform Resource Identifiers (URI’s), existindo 2 tipos: URL’s (Uniform Resource Locators); URN’s. (Uniform Resource Name)2.1 Um URL (de Uniform Resource Locator), é o endereço de um recurso, (ex: Umarquivo, uma impressora etc.) disponível numa rede; seja a Internet, ou uma redecorporativa, uma intranet.Uma URL tem a seguinte estrutura: protocolo://máquina/caminho/recursoO protocolo poderá ser HTTP, FTP, entre outros.Liliana Costa 3722 6
  8. 8. Tecnologias de Internet World Wide WebO campo máquina designa o servidor que disponibiliza o documento ou recursodesignado. O caminho especifica o local (geralmente num sistema de arquivos) ondese encontra o recurso dentro do servidor.No exemplo: http://www.w3.org/Addressing/URL/uri-spec.html, o protocolo é o HTTP, oservidor é designado por www.w3.org e o recurso — neste caso o arquivo uri-spec.html— encontra-se em Addressing/URL/2.2 Um URN ( Uniform Resource Name) é um tipo de URI que usa o URN Scheme eque tem como objetivo a identificação única do recurso, de forma persistente eindependente da sua localização.A ideia básica dos URNs como identificadores persistentes é permitir a separaçãoestrita entre identificação (nome único) e localização (endereços URL que podemoferecer o recurso identificado).Liliana Costa 3722 7
  9. 9. Tecnologias de Internet World Wide Web3. CONCLUSÃOWorld Wide Web define um conjunto de standards e protocolos permitindo que milhõesde computadores possam comunicar e trocar informação, independentemente daplataforma utilizada, como sendo as abordadas anteriormente neste trabalho aURL(Universal Resource Locator), destinado à identificação de cada objecto naInternet; o HTTP (Hypertext Transfer Protocol), utilizado para estabelecer e efectuar atransferência de informação entre servidor e clientes WWW.Liliana Costa 3722 8
  10. 10. Tecnologias de Internet World Wide Web4.BIBLIOGRAFIA http://gpazini.sites.uol.com.br/RedeCliSer.htm http://pt.wikipedia.org/wiki/Cliente-servidor) http://www.unlu.edu.ar/~tyr/tyr/TYR- anterior/Fundamentos_da_%20Arquitetura_Cliente-Servidor.pd http://pt.wikipedia.org/wiki/URL http://pt.wikipedia.org/wiki/URNLiliana Costa 3722 9

×