A mulher assumiu papel privilegiado na Nova Aliança, o que não ocorriana Antiga Aliança, onde a educação religiosa era min...
Paulo é o apóstolo que valoriza a presença das mulheres no contexto davida e do trabalho. Sobre Febe ele diz: “Ela tem aju...
Na cultura do século I a.C., a mulher não podia participar da vida pública.A sua função restringia-se à vida familiar, ond...
No século III, o carinho do cristianismo pelas mulheresse manifestou nas duas Ordens, das Virgens e dasViúvas, cuja vocaçã...
Na Idade Média, mulheres foram doutoras, profetizas,abadessas, conselheiras, agentes de pacificação. Mesmoas que viviam em...
Santa Clara de Assis (+ 1253) foi a primeira mulher a seguirFrancisco e influenciou mulheres humildes e da nobreza a viver...
Santa Zita (+ 1278), empregada doméstica por 50 anos numa mesmacasa, por seu exemplo e palavra converteu toda a família e ...
Foi a Idade Moderna, com a Reforma Protestante e o Concílio deTrento ( século XVI) que isolou as mulheres consagradas emcl...
No lar, nas roças, fazendas, capelas, a mulher foi aprincipal evangelizadora. Muitas não sabiam ler,escrever, mas muito be...
Sem a mulher branca, a negra escrava que amamentou os filhos dopatrão, as babás, as beatas, ermitãs, peregrinas da penitên...
Muitas mulheres marcaram presença comoeducadoras da justiça na luta pela terra, pelosdireitos dos indígenas, pela organiza...
Excluídas de certas funções na Igreja, asmulheres assumiram aquilo que lhes é maisprofundo: a maternidade espiritual. O fi...
Onde estariam nossas famílias sem as mães,casadas ou solteiras, urbanas ou rurais que nosoratórios domésticos, na cabeceir...
Na realidade de hoje, quando os pais tem anecessidade de trabalharem fora, com reduzidoscontato com os filhos, surge a fig...
O Papa Francisco em uma de suas homilias sobre as testemunhas que viramo Cristo Ressuscitado, lembrou-se das mulheres, que...
Madre Teresa de Calcutá,cujo nome verdadeiro é AgnesGonxha Bojaxhiu, foi umamissionária católica albanesa,nascida na Repúb...
Morreu com 87 anos,mas o seu trabalhomissionário continuaatravés da irmã Nirmala,eleita no dia 13 de marçode 1997 como sua...
IRMÃ DULCE - Maria Rita de SouzaBrito Lopes Pontes, nascida em 26 demaio de 1914, filha de Augusto LopesPontes e Dulce Mar...
Em sua vida religiosa Irmã Dulceabraçou todos em seu caminho,ajudou aqueles que ninguém queria,e até hoje mantém seus braç...
Madre Paulina (1865-1942) foi umareligiosa ítalo-brasileira. Primeira santabrasileira, foi canonizada em 2002,recebendo o ...
São de nossas generosasmulheres as novas feiçõesde catequese de hoje:* A atenção e o respeitopela pessoa humana;* A mediaç...
* O zelo de Deus expresso nasatitudes de acolhida, deacompanhamento, de presençaconstante no processo deamadurecimento da ...
Sem dúvida a mulher,profeta da vida e dapalavra, é um dom deDeus e um tesouro dacomunidade.
Questões para pensar, conversar e trazer para avida:• Quais as luzes e chamados pode-se perceber aotomar conhecimento do t...
MULHERES PROTAGONISTAS DA FÉ, DO AMOR E DA ESPERANÇA -Encontro Regional da Animação Biblico-catequética do Regional Sul 3 ...
MULHERES PROTAGONISTAS DA FÉ, DO AMOR E DA ESPERANÇA -Encontro Regional da Animação Biblico-catequética do Regional Sul 3 ...
MULHERES PROTAGONISTAS DA FÉ, DO AMOR E DA ESPERANÇA -Encontro Regional da Animação Biblico-catequética do Regional Sul 3 ...
MULHERES PROTAGONISTAS DA FÉ, DO AMOR E DA ESPERANÇA -Encontro Regional da Animação Biblico-catequética do Regional Sul 3 ...
MULHERES PROTAGONISTAS DA FÉ, DO AMOR E DA ESPERANÇA -Encontro Regional da Animação Biblico-catequética do Regional Sul 3 ...
MULHERES PROTAGONISTAS DA FÉ, DO AMOR E DA ESPERANÇA -Encontro Regional da Animação Biblico-catequética do Regional Sul 3 ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

MULHERES PROTAGONISTAS DA FÉ, DO AMOR E DA ESPERANÇA -Encontro Regional da Animação Biblico-catequética do Regional Sul 3 da CNBB

2.858 visualizações

Publicada em

tema tratado no Encontro Regional de abril da Animação Bíblico-catequética Sul 3 da CNBB.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.858
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
80
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

MULHERES PROTAGONISTAS DA FÉ, DO AMOR E DA ESPERANÇA -Encontro Regional da Animação Biblico-catequética do Regional Sul 3 da CNBB

  1. 1. A mulher assumiu papel privilegiado na Nova Aliança, o que não ocorriana Antiga Aliança, onde a educação religiosa era ministrada pelo Pai.As mulheres se inserem como herdeiras daquelas que seguiam Jesus ,ajudando-o com carinho e bens, como Maria de Mágdala, a primeira acontemplar o Ressuscitado e que se tornou Apóstola dos Apóstolos , poislhes foi anunciar: “Eu vi o Senhor” (Jo 20,18), “O Senhor está vivo".
  2. 2. Paulo é o apóstolo que valoriza a presença das mulheres no contexto davida e do trabalho. Sobre Febe ele diz: “Ela tem ajudado muita gente e a mimtambém” (Rm 16,1-2). De Priscila e Áquila : “...meus colaboradores em JesusCristo...” (Rm 16,3). Paulo fala de mulheres que fizeram de suas casa espaçode encontro da comunidade: Lídia (At 16,15), Ápia (Fm 2), Ninfa(Cl 4,15),Júlia, Nereu e sua irmã e de Olimpas (Rm 16,15 ). Mulheres apóstolas,profetisas, diaconisas, mulheres aglutinadoras de comunidades,missionárias incansáveis, que dispuseram de seu tempo, seus corpos, seustalentos, e até de seus bens, para que o Evangelho se tornasse, de fato, Boa-Notícia para o povo. Essa atuação foi tão marcante que São João Crisóstomo(345-407), em uma de suas homilias, atesta que as mulheres daquelestempos eram mais corajosas que leões, compartilhando com os apóstolosseus labores por amor ao Evangelho, viajando com eles e desempenhandojunto todos os ministérios.
  3. 3. Na cultura do século I a.C., a mulher não podia participar da vida pública.A sua função restringia-se à vida familiar, onde exercia sua influência, naorganização interna da casa (oikia).Como funcionava no interior das casas, a mulher tinha um papel eclesialativo. A criação de “Igrejas domésticas” possibilitou maior influência eparticipação da mulher.Desde as origens até hoje, as mulheres chegam para ficar. Mesmo semserem notadas, sem serem contadas, muitas vezes silenciadas, asmulheres são atuantes nas comunidades. É preciso vasculhar os textos,perceber sua presença e descobri-las atuantes, ontem e hoje.Na cultura do século I a.C., a mulher não podia participar da vida pública.A sua função restringia-se à vida familiar, onde exercia sua influência, naorganização interna da casa (oikia).Como funcionava no interior das casas, a mulher tinha um papel eclesialativo. A criação de “Igrejas domésticas” possibilitou maior influência eparticipação da mulher.Desde as origens até hoje, as mulheres chegam para ficar. Mesmo semserem notadas, sem serem contadas, muitas vezes silenciadas, asmulheres são atuantes nas comunidades. É preciso vasculhar os textos,perceber sua presença e descobri-las atuantes, ontem e hoje.
  4. 4. No século III, o carinho do cristianismo pelas mulheresse manifestou nas duas Ordens, das Virgens e dasViúvas, cuja vocação era a vida comunitária , acatequese, a caridade, a visita aos doentes e pobres, oanúncio da dignidade do corpo feminino. Haviamcentenas de mosteiros femininos no Egito e na Síria eali as mulheres assumiam a missão da maternidadeespiritual.
  5. 5. Na Idade Média, mulheres foram doutoras, profetizas,abadessas, conselheiras, agentes de pacificação. Mesmoas que viviam em mosteiros tinham contato com apopulação, com a vida civil e religiosa. Protestandosilenciosamente contra o poder e o luxo das cortesreais, papais e episcopais, as Beguinas eram mulheresque se retiravam em comunidades agrícolas, ali co-dividindo os bens, a terra, e acolhendo pobres edoentes.As Ordens Terceiras, fundadas por Francisco eDomingos atraíram multidões de mulheres paraanunciarem a penitência e a conversão.Na Idade Média, mulheres foram doutoras, profetizas,abadessas, conselheiras, agentes de pacificação. Mesmoas que viviam em mosteiros tinham contato com apopulação, com a vida civil e religiosa. Protestandosilenciosamente contra o poder e o luxo das cortesreais, papais e episcopais, as Beguinas eram mulheresque se retiravam em comunidades agrícolas, ali co-dividindo os bens, a terra, e acolhendo pobres edoentes.As Ordens Terceiras, fundadas por Francisco eDomingos atraíram multidões de mulheres paraanunciarem a penitência e a conversão.
  6. 6. Santa Clara de Assis (+ 1253) foi a primeira mulher a seguirFrancisco e influenciou mulheres humildes e da nobreza a viverem oevangelho.Clara desde jovem exercitava comfrequência a piedade cristã,distribuindo esmolas e atendendocom disponibilidade as pessoasnecessitadas que a procuravam.Fazia isto espontaneamente, comodemonstração de seu sincero efervoroso amor a DEUS.Santa Clara enfrentou dificuldades dediversas naturezas, mas soube resistir esolucionar todos os problemas combravura e muita fé. Foi assim que tambémresistiu a tentativa de invasão doConvento pelos soldados maometanos deFrederico II, que estava em guerra contrao Papa.
  7. 7. Santa Zita (+ 1278), empregada doméstica por 50 anos numa mesmacasa, por seu exemplo e palavra converteu toda a família e todos osempregados.Na hora da morte — aos 60anos — tinha ajoelhada a seuspés toda a família Fatinelli, aquem servira toda a vida.Partiu para o Céu no dia 27 deAbril de 1278.Extremamente devota,perguntava-se sempre a simesma: “Isto agrada aoSenhor?” Ou: “Isto desagradaa Jesus?”. Esta preocupaçãode sempre fazer a vontadedivina tornara-se para elaquase uma obsessão.Na hora da morte — aos 60anos — tinha ajoelhada a seuspés toda a família Fatinelli, aquem servira toda a vida.Partiu para o Céu no dia 27 deAbril de 1278.Extremamente devota,perguntava-se sempre a simesma: “Isto agrada aoSenhor?” Ou: “Isto desagradaa Jesus?”. Esta preocupaçãode sempre fazer a vontadedivina tornara-se para elaquase uma obsessão.
  8. 8. Foi a Idade Moderna, com a Reforma Protestante e o Concílio deTrento ( século XVI) que isolou as mulheres consagradas emclausuras, incomunicáveis.Por que?As mulheres incomodavam, denunciavam os abusos religiosos,pediam reformas, eram dotadas de dons místicos o que, para opoder eclesiástico, nada mais era que fantasia ou doença feminina.E, no mundo protestante, a mulher era a servidora do marido. Nãopodemos esquecer as centenas de fundadoras de congregaçõesreligiosas, como Santa Paulina, cujo objetivo foi e é a defesa dainfância, a escola e catequese, a vivência das obras de misericórdia.
  9. 9. No lar, nas roças, fazendas, capelas, a mulher foi aprincipal evangelizadora. Muitas não sabiam ler,escrever, mas muito bem sabiam ensinar orações,ladainhas, benditos, organizar procissões.Como seria catequizada a infância e a juventude latinoamericana, brasileira, sem as mulheres?
  10. 10. Sem a mulher branca, a negra escrava que amamentou os filhos dopatrão, as babás, as beatas, ermitãs, peregrinas da penitência,intercessoras pela conversão dos familiares ou pacificação daviolência? As mulheres dos movimentos Populares, das CEBs(Comunidades Eclesiais de Base), dos GR (Grupos de Reflexões)?Sem elas, a riqueza e a beleza da fé cristã estariam empobrecidas.
  11. 11. Muitas mulheres marcaram presença comoeducadoras da justiça na luta pela terra, pelosdireitos dos indígenas, pela organização dossindicatos e pelos seus próprios direitos.
  12. 12. Excluídas de certas funções na Igreja, asmulheres assumiram aquilo que lhes é maisprofundo: a maternidade espiritual. O filho quelhe suga o leite do peito também suga a fé doslábios maternos.
  13. 13. Onde estariam nossas famílias sem as mães,casadas ou solteiras, urbanas ou rurais que nosoratórios domésticos, na cabeceira dos filhosensinam-lhes as orações, a vida cristã? Comoeducaríamos as crianças para os Sacramentossem a predominância das catequistas mulheres?
  14. 14. Na realidade de hoje, quando os pais tem anecessidade de trabalharem fora, com reduzidoscontato com os filhos, surge a figura da avó quese faz mãe. Cuida do neto, leva-o a passeios, naigreja, à catequese, ensina-lhe as principaisorações, os passos da vida cristã. Pela suamaturidade, as avós-mães são fiadoras daeducação cristã das novas gerações.
  15. 15. O Papa Francisco em uma de suas homilias sobre as testemunhas que viramo Cristo Ressuscitado, lembrou-se das mulheres, que foram as primeiras aencontrar o túmulo vazio e anunciar a ressurreição.O que deve levar a compreender “sobre como as mulheres, na Igreja e nocaminho de fé, tiveram e têm também hoje um papel especial ao abrir asportas ao Senhor, em comunicar o seu Rosto, porque o olhar da fé semprenecessita do olhar profundo do amor”, disse.O Santo Padre, dirigindo-se às mulheres, elogiou o seu testemunho nomundo atual e pediu:“Mães e mulheres, avante com este testemunho”.Diante da novidade da ressurreição o cristão deve compreender a sua missãoe ter a coragem de ir ao encontro das pessoas e anunciar essa alegria.O Papa Francisco em uma de suas homilias sobre as testemunhas que viramo Cristo Ressuscitado, lembrou-se das mulheres, que foram as primeiras aencontrar o túmulo vazio e anunciar a ressurreição.O que deve levar a compreender “sobre como as mulheres, na Igreja e nocaminho de fé, tiveram e têm também hoje um papel especial ao abrir asportas ao Senhor, em comunicar o seu Rosto, porque o olhar da fé semprenecessita do olhar profundo do amor”, disse.O Santo Padre, dirigindo-se às mulheres, elogiou o seu testemunho nomundo atual e pediu:“Mães e mulheres, avante com este testemunho”.Diante da novidade da ressurreição o cristão deve compreender a sua missãoe ter a coragem de ir ao encontro das pessoas e anunciar essa alegria.
  16. 16. Madre Teresa de Calcutá,cujo nome verdadeiro é AgnesGonxha Bojaxhiu, foi umamissionária católica albanesa,nascida na República daMacedônia e naturalizadaindiana.Considerada a missionária doséculo XX, concretizou oprojeto de apoiar e recuperaros desprotegidos na Índia.Através da sua congregação"Missionárias da Caridade",partiu em direção à conquistade um mundo que acabourendido ao seu apelo de ajudaro mais pobre dos pobres.Madre Teresa de Calcutá,cujo nome verdadeiro é AgnesGonxha Bojaxhiu, foi umamissionária católica albanesa,nascida na República daMacedônia e naturalizadaindiana.Considerada a missionária doséculo XX, concretizou oprojeto de apoiar e recuperaros desprotegidos na Índia.Através da sua congregação"Missionárias da Caridade",partiu em direção à conquistade um mundo que acabourendido ao seu apelo de ajudaro mais pobre dos pobres.
  17. 17. Morreu com 87 anos,mas o seu trabalhomissionário continuaatravés da irmã Nirmala,eleita no dia 13 de marçode 1997 como suasucessora. Tratado comoum funeral de Estado,vários foram osrepresentantes domundo que quiseramestar presentes paraprestar a suahomenagem.Morreu com 87 anos,mas o seu trabalhomissionário continuaatravés da irmã Nirmala,eleita no dia 13 de marçode 1997 como suasucessora. Tratado comoum funeral de Estado,vários foram osrepresentantes domundo que quiseramestar presentes paraprestar a suahomenagem.
  18. 18. IRMÃ DULCE - Maria Rita de SouzaBrito Lopes Pontes, nascida em 26 demaio de 1914, filha de Augusto LopesPontes e Dulce Maria de Souza.Maria Rita foi uma criança muitoalegre, gostava de brincar de boneca,empinar pipa e com adoração porfutebol (torcedora do Esporte ClubeYpiranga). Desde muito nova jámostrava dedicação a pessoascarentes, mendigos e doentes. Aos 13anos transformou a casa da famíliaem um centro de atendimento a estaspessoas. Sua casa ficou conhecidacomo “A Portaria de São Francisco”,por conta do número de carentes quese aglomeravam a porta. Nesta épocaMaria Rita manifestou pela primeiravez o desejo de se dedicar a vidareligiosa. Após seis anos Maria Rita setransformou em Irmã Dulce.IRMÃ DULCE - Maria Rita de SouzaBrito Lopes Pontes, nascida em 26 demaio de 1914, filha de Augusto LopesPontes e Dulce Maria de Souza.Maria Rita foi uma criança muitoalegre, gostava de brincar de boneca,empinar pipa e com adoração porfutebol (torcedora do Esporte ClubeYpiranga). Desde muito nova jámostrava dedicação a pessoascarentes, mendigos e doentes. Aos 13anos transformou a casa da famíliaem um centro de atendimento a estaspessoas. Sua casa ficou conhecidacomo “A Portaria de São Francisco”,por conta do número de carentes quese aglomeravam a porta. Nesta épocaMaria Rita manifestou pela primeiravez o desejo de se dedicar a vidareligiosa. Após seis anos Maria Rita setransformou em Irmã Dulce.
  19. 19. Em sua vida religiosa Irmã Dulceabraçou todos em seu caminho,ajudou aqueles que ninguém queria,e até hoje mantém seus braçosabertos em suas obras sociais.“Quando nenhum hospital quiseraceitar algum paciente, nósaceitaremos. Essa é a última porta epor isso eu não posso fechá-la.”Irmã Dulce. O processo debeatificação teve início em 2000,passando por várias etapas, paraser proclamada Beata.“Se fosse preciso, começaria tudooutra vez do mesmo jeito, andandopelo mesmo caminho dedificuldades, pois a fé, que nuncame abandona, me daria forças parair sempre em frente” Irmã Dulce
  20. 20. Madre Paulina (1865-1942) foi umareligiosa ítalo-brasileira. Primeira santabrasileira, foi canonizada em 2002,recebendo o nome de Santa Paulina doCoração Agonizante de Jesus. Foibeatificada pelo papa João Paulo II, quandode sua visita à Florianópolis, SantaCatarina.Madre Paulina participou da vida paroquialna Capela de Nova Trento e foi encarregadade dar aulas de catecismo para as crianças.Dedicava parte do seu tempo para cuidar depessoas enfermas. Em 12 de julho 1890, jáformava um grupo que lhe ajudava acumprir essa missão. Com a aprovação doBispo de Curitiba, D. José de CamargoBarros, a congregação recebeu o nome deFilhas da Imaculada Conceição. Essa data éconsiderada como o dia da fundação daobra de Madre Paulina.Madre Paulina (1865-1942) foi umareligiosa ítalo-brasileira. Primeira santabrasileira, foi canonizada em 2002,recebendo o nome de Santa Paulina doCoração Agonizante de Jesus. Foibeatificada pelo papa João Paulo II, quandode sua visita à Florianópolis, SantaCatarina.Madre Paulina participou da vida paroquialna Capela de Nova Trento e foi encarregadade dar aulas de catecismo para as crianças.Dedicava parte do seu tempo para cuidar depessoas enfermas. Em 12 de julho 1890, jáformava um grupo que lhe ajudava acumprir essa missão. Com a aprovação doBispo de Curitiba, D. José de CamargoBarros, a congregação recebeu o nome deFilhas da Imaculada Conceição. Essa data éconsiderada como o dia da fundação daobra de Madre Paulina.
  21. 21. São de nossas generosasmulheres as novas feiçõesde catequese de hoje:* A atenção e o respeitopela pessoa humana;* A mediação de uma fécristã convicta, vivida,celebrada e testemunhada;*O entendimento doprocesso de educação da fédentro da Iniciação à VidaCristã;*A preservação da memóriada vida comunitária;São de nossas generosasmulheres as novas feiçõesde catequese de hoje:* A atenção e o respeitopela pessoa humana;* A mediação de uma fécristã convicta, vivida,celebrada e testemunhada;*O entendimento doprocesso de educação da fédentro da Iniciação à VidaCristã;*A preservação da memóriada vida comunitária;
  22. 22. * O zelo de Deus expresso nasatitudes de acolhida, deacompanhamento, de presençaconstante no processo deamadurecimento da fé;* Cuidados não só com a belezadas igrejas, a liturgia, o cantonas missas, a visita aosdoentes, idosos, maspreocupação constante com aformação pessoal bíblico-catequético e teológico pastoral.* Cultivo da espiritualidadecomo fonte do encontro pessoalcom Jesus Cristo.* O zelo de Deus expresso nasatitudes de acolhida, deacompanhamento, de presençaconstante no processo deamadurecimento da fé;* Cuidados não só com a belezadas igrejas, a liturgia, o cantonas missas, a visita aosdoentes, idosos, maspreocupação constante com aformação pessoal bíblico-catequético e teológico pastoral.* Cultivo da espiritualidadecomo fonte do encontro pessoalcom Jesus Cristo.
  23. 23. Sem dúvida a mulher,profeta da vida e dapalavra, é um dom deDeus e um tesouro dacomunidade.
  24. 24. Questões para pensar, conversar e trazer para avida:• Quais as luzes e chamados pode-se perceber aotomar conhecimento do testemunho dos profetasde hoje para a vida pessoal... para a vida dacomunidade...?• Quais são os passos concretos que a catequesepode dar para atualizar a mensagem de Deuspresente na vida dos profetas de hoje?• Quais os recados mais importantes dasprofetizas de hoje?

×