A – Momento de   se colocar napresença de nosso Deus e adorá-lo.
Oração:                    Acolhe,         abre o teu coração ao nosso Deus.        Conversa no íntimo do teu ser         ...
B – Leia o texto do CATECISMO DA IGREJACATÓLICA a seguir e sublinhe o que achou   importante. (CATECISMO DA IGREJA        ...
C - Meditação:  No dia de hoje, somos convidados a responder       com sinceridade a estas perguntas: Em quem eu creio? Qu...
Será que todos   acreditamos no mesmo Deus?Como ter a certeza?
Desde a origem, a Igreja apostólica exprimiu e transmitiu a sua própria fé em fórmulas breves e normativas paratodos (Cf. ...
«Esta síntese da fé não foi feita segundo as  opiniões humanas: mas recolheu-se de toda aEscritura o que nela há de mais i...
A estas sínteses da fé chamamos-lhes            «profissões de fé»,   porque resumem a fé professada peloscristãos. Chamam...
O «símbolo da fé» é, pois, um sinal de   identificação e de comunhão entre os                  crentes.       «Symbolon» t...
Os estudos da fé, que vamos fazer, seguirá o Símbolo dos Apóstolos – O CREDO - o   resumo fiel da fé dos Apóstolos, que co...
ESTUDO 1 – CREIO EM DEUS
«Escuta, Israel! O Senhor, nosso Deus, é oúnico Senhor. Amarás o Senhor, teu Deus, com todo o teu coração, com toda a tua ...
Por meio dos profetas, Deus faz apelo a Israel e a todas as nações para que se        voltem para Ele, o Único:Copie o tex...
«Voltai-vos para Mim, e sereis salvos, todos os confins da terra, porque Eu sou Deus enão há outro [...] Diante de Mim se ...
Deus revelou-Se ao seu povo Israel, dando-        lhe a conhecer o seu nome. O nome exprime a essência, a identidade     d...
Copia o texto do livro do   Êxodo, capítulo 3,  versículos de 13 a 15onde Moisés pergunta o     nome de Deus      e Ele o ...
Moisés disse a Deus: «Vou então procurar os filhos de Israel e dizer-                         lhes:   " O Deus de vossos p...
Ele é o «Deus escondido» (Is 45, 15), o seu nome éinefável (7), e é o Deus que Se faz próximo doshomens.Ao revelar o seu n...
Deus, que revela o seu nome como sendo«Eu sou», revela-Se como o Deus que estásempre presente junto do seu povo para o    ...
3 - CREIO NUM DEUS DE  TERNURA E PIEDADE
Descobre como o Senhor se    apresenta a Moisés,copiando o texto de Ex 34, 6:
E o Senhor passadiante de Moisés e   proclama: «O Senhor, o Senhor [YHWH, YHWH] éum Deus clementee compassivo, sem   press...
O nome divino «Eu sou» ou «Ele é»        exprime a fidelidade de Deus,que, apesar da infidelidade do pecado dos          h...
Copie os textos bíblicos para conhecer comoo povo de Deus foi compreendendo estasverdades que tu vais procurar na Bíblia:
- Primeira carta de São João, capítulo 4, versículo 8 (1 Jo 4,8):- 1 Jo 1, 5:- Livro dos Salmos (Sl 138, 2)- Is 54, 10:- L...
- Primeira carta de São João, capítulo 4, versículo 8 (1 Jo 4,8):          - Deus é amor!- 1 Jo 1, 5: Ele é a verdade, por...
É por isso que as promessas de Deus se cumprem    sempre: Deus é a própria verdade; as suas palavras não podem enganar. É ...
A verdade de Deus é a sua sabedoria, quecomanda toda a ordem da criação e governodo mundo. Só Deus que, sozinho, criou o c...
A própria essência de     Deus é Amor.Ao enviar, na plenitude      dos tempos, o seu Filho único e oEspírito de Amor, Deus...
CREIO NUM DEUSQUE É VERDADE, MAS PRINCIPALMENTE É      AMOR?
C - O que a Palavra meditada     me faz dizer a Deus?
D – AS CONSEQUÊNCIAS DA FÉ NO   DEUS ÚNICO (contemplação)Crer em Deus, o Único, e amá-Lo com todo onosso ser, tem consequê...
1 - É conhecer a grandeza e a majestade de Deus: «Deus égrande demais para que O possamos conhecer» (Jó 36, 26). Épor isso...
Reza com amor e confiança:  «Meu Senhor e meu Deus,   tira-me tudo o que me        afasta de Ti.  Meu Senhor e meu Deus,  ...
TODOS - «Nada te perturbe /Nada te espanteTudo passa / Deus não mudaA paciência tudo alcança /Quem a Deus temnada lhe falt...
E – Louvemos e aclamemos    este nosso Deus tão maravilhoso com o canto:  Quão grande és tu
Quando a vagar nas matas e florestasO passaredo alegre ouço a cantarCruzando os montes, vales e florestasO Teu poder mostr...
Então minhalma canta a Ti, Senhor.        Quão Grande és Tu.Então minhalma canta a Ti, Senhor.        Quão Grande és Tu.
Então minhalma canta aTi, Senhor.Quão Grande és Tu.Então minhalma canta aTi, Senhor.Quão Grande és Tu.
Então minhalma canta a Ti, Senhor.Quão Grande és Tu.Então minhalma canta a Ti, Senhor.Quão Grande és Tu
PROPOSTA PARA OS ESTUDOS DO ANO DA FÉ              CIAVIC/POA – 20131 – EU CREIO EM DEUS – 3 ENCONTROSEm quem eu creio? Qu...
4 – EU CREIO NA IGREJA CATÓLICA – 3 ENCONTROSA Igreja no Desígnio de Deus (§751)A Igreja – Povo de Deus, Corpo de Cristo, ...
QUAL TEMA PRECISASER MAIS APROFUNDADO?
RESPONSÁVEIPROJETOS                          ATIVIDADES                           LOCAL            DATA                   ...
5 – ORGANIZAÇÃO:     REUNIR TODAS AS COORDENADORAS DE ÁREA E DAS                                    CIAVIC E              ...
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
Assembléia de catequese 2013
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Assembléia de catequese 2013

1.902 visualizações

Publicada em

ESTUDO 1 DO ANO DA FÉ - FORMAÇÃO DE CATEQUISTAS: EU CREIO EM DEUS

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.902
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
13
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Assembléia de catequese 2013

  1. 1. A – Momento de se colocar napresença de nosso Deus e adorá-lo.
  2. 2. Oração: Acolhe, abre o teu coração ao nosso Deus. Conversa no íntimo do teu ser com o Pai de amor.Agradece por ele ter te escolhido, chamando- te para esta missão tão linda de evangelizar, de levar as pessoas ao encontro de Jesus, seu Filho. Pede a Ele que envie seu Espírito Santopara ajudar-te a fazer um verdadeiro encontro de fé e amor, através da Palavra encontrada na Bíblia.
  3. 3. B – Leia o texto do CATECISMO DA IGREJACATÓLICA a seguir e sublinhe o que achou importante. (CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA n. 169 a 231)
  4. 4. C - Meditação: No dia de hoje, somos convidados a responder com sinceridade a estas perguntas: Em quem eu creio? Quem é esse Deus em quem eu creio? É o Deus revelado pelas Sagradas Escrituras? Ou creio num Deus pessoal? O meu deus? No Deus verdadeiro ou no Deus feito minha imagem e semelhança? QUAL O DEUS DA NOSSA FÉ?O MESMO QUE A BÍBLIA E A TRADIÇÃO DA IGREJA NOS APRESENTAM?
  5. 5. Será que todos acreditamos no mesmo Deus?Como ter a certeza?
  6. 6. Desde a origem, a Igreja apostólica exprimiu e transmitiu a sua própria fé em fórmulas breves e normativas paratodos (Cf. Rm 10, 9; 1 Cor 15, 3-5;). Masbem cedo a Igreja quis também recolher o essencial da sua fé em resumos orgânicos e articulados, destinados sobretudo aos candidatos ao Batismo.
  7. 7. «Esta síntese da fé não foi feita segundo as opiniões humanas: mas recolheu-se de toda aEscritura o que nela há de mais importante, para apresentar na íntegra aquilo e só aquilo que a fé ensina. E, tal como a semente de mostarda contém, num pequeno grão, numerosos ramos, do mesmo modo este resumo da fé encerra em algumas palavras todo o conhecimento daverdadeira piedade contido no Antigo e no NovoTestamento.» (São Cirilo de Jerusalém, Catechese illuminandorum 5, 12)
  8. 8. A estas sínteses da fé chamamos-lhes «profissões de fé», porque resumem a fé professada peloscristãos. Chamamos-lhes «Credo», pelo fato de elas normalmente começarem pela palavra: «Creio». Igualmente lhes chamamos «símbolos da fé». (CIC 186 e 187)
  9. 9. O «símbolo da fé» é, pois, um sinal de identificação e de comunhão entre os crentes. «Symbolon» também significa resumo, coletânea ou sumário.O «símbolo da fé» é o sumário das principais verdades da fé. Por isso, serve de ponto de referência primário e fundamental da catequese.
  10. 10. Os estudos da fé, que vamos fazer, seguirá o Símbolo dos Apóstolos – O CREDO - o resumo fiel da fé dos Apóstolos, que constitui, por assim dizer, «o mais antigo catecismo romano».
  11. 11. ESTUDO 1 – CREIO EM DEUS
  12. 12. «Escuta, Israel! O Senhor, nosso Deus, é oúnico Senhor. Amarás o Senhor, teu Deus, com todo o teu coração, com toda a tua alma e com todas as tuas forças».
  13. 13. Por meio dos profetas, Deus faz apelo a Israel e a todas as nações para que se voltem para Ele, o Único:Copie o texto do Profeta Isaías, capítulo45, versículos 22 até o 24 ( Is 45, 22-24):
  14. 14. «Voltai-vos para Mim, e sereis salvos, todos os confins da terra, porque Eu sou Deus enão há outro [...] Diante de Mim se hão-de dobrar todos os joelhos, em Meu nome hão-de jurar todas as línguas. E dirão: "Só no Senhor existem a justiça e o poder"».
  15. 15. Deus revelou-Se ao seu povo Israel, dando- lhe a conhecer o seu nome. O nome exprime a essência, a identidade da pessoa e o sentido da sua vida. Deus tem um nome. Não é uma força anônima.Dizer o seu nome é dar-Se a conhecer aosoutros; é, de certo modo, entregar-Se a Si próprio, tornando-Se acessível, capaz de ser conhecido mais intimamente e de ser invocado pessoalmente.
  16. 16. Copia o texto do livro do Êxodo, capítulo 3, versículos de 13 a 15onde Moisés pergunta o nome de Deus e Ele o revela (Ex 3, 13-15):
  17. 17. Moisés disse a Deus: «Vou então procurar os filhos de Israel e dizer- lhes: " O Deus de vossos pais enviou-me a vós".Mas se me perguntarem qual é o seu nome, que hei-de responder-lhes?Deus disse a Moisés: «Eu sou Aquele que sou». E prosseguiu: «Assim falarás aos filhos de Israel: Aquele que tem por nome "Eu sou" é que me enviou a vós [...] ... Será este o meu nome parasempre, nome que ficará de memória para todas as gerações»
  18. 18. Ele é o «Deus escondido» (Is 45, 15), o seu nome éinefável (7), e é o Deus que Se faz próximo doshomens.Ao revelar o seu nome, Deus revela ao mesmotempo a sua fidelidade, que é de sempre e parasempre, válida tanto para o passado:Ex 3, 6: «Eu sou o Deus de teu pai»,como para o futuro: Ex 3, 12: «Eu estarei contigo»
  19. 19. Deus, que revela o seu nome como sendo«Eu sou», revela-Se como o Deus que estásempre presente junto do seu povo para o salvar.
  20. 20. 3 - CREIO NUM DEUS DE TERNURA E PIEDADE
  21. 21. Descobre como o Senhor se apresenta a Moisés,copiando o texto de Ex 34, 6:
  22. 22. E o Senhor passadiante de Moisés e proclama: «O Senhor, o Senhor [YHWH, YHWH] éum Deus clementee compassivo, sem pressa para seindignar e cheio de misericórdia e fidelidade»
  23. 23. O nome divino «Eu sou» ou «Ele é» exprime a fidelidade de Deus,que, apesar da infidelidade do pecado dos homens e do castigo que merece, «conserva a sua benevolência em favor de milhares de pessoas» (Ex 34, 7).Deus revela que é «rico de misericórdia» (Ef 2, 4), ao ponto de entregar o seu próprio Filho.
  24. 24. Copie os textos bíblicos para conhecer comoo povo de Deus foi compreendendo estasverdades que tu vais procurar na Bíblia:
  25. 25. - Primeira carta de São João, capítulo 4, versículo 8 (1 Jo 4,8):- 1 Jo 1, 5:- Livro dos Salmos (Sl 138, 2)- Is 54, 10:- Livro do Profeta Jeremias (Jr 31, 3):- Sl 119, 160:- Segundo livro de Samuel (2 Sm 7,28):
  26. 26. - Primeira carta de São João, capítulo 4, versículo 8 (1 Jo 4,8): - Deus é amor!- 1 Jo 1, 5: Ele é a verdade, porque «Deus é luz, e nEle não hátrevas nenhumas»- Sl 138, 2: «Hei-de louvar o vosso nome pela vossa bondade efidelidade»- Is 54, 10: «Ainda que as montanhas se desloquem e vacilem ascolinas, o meu amor não te abandonará»Em todas as suas obras, Deus mostra a sua benevolência, a suabondade, a sua graça, o seu amor; mas também a suacredibilidade, a sua constância, a sua fidelidade, a sua verdade.- Jr 31, 3: «Amei-te com amor eterno: por isso, guardei o meufavor para contigo»- Sl 119, 160: «A verdade é princípio da vossa palavra, é eternatoda a sentença da vossa justiça» - 2 Sm 7,28: «Decerto, Senhor Deus, Vós é que sois Deus edizeis palavras de verdade»
  27. 27. É por isso que as promessas de Deus se cumprem sempre: Deus é a própria verdade; as suas palavras não podem enganar. É por isso que nos podemos entregar com toda a confiança e em todas as coisas à verdade e à fidelidade da sua palavra.
  28. 28. A verdade de Deus é a sua sabedoria, quecomanda toda a ordem da criação e governodo mundo. Só Deus que, sozinho, criou o céu e a terra pode dar o conhecimentoverdadeiro de todas as coisas criadas na sua relação com Ele.
  29. 29. A própria essência de Deus é Amor.Ao enviar, na plenitude dos tempos, o seu Filho único e oEspírito de Amor, Deus revela o seu segredo mais íntimo ": Elepróprio é eternamente permuta de amor: Pai, Filho e Espírito Santo;e destinou-nos a tomar
  30. 30. CREIO NUM DEUSQUE É VERDADE, MAS PRINCIPALMENTE É AMOR?
  31. 31. C - O que a Palavra meditada me faz dizer a Deus?
  32. 32. D – AS CONSEQUÊNCIAS DA FÉ NO DEUS ÚNICO (contemplação)Crer em Deus, o Único, e amá-Lo com todo onosso ser, tem consequências imensas para toda a nossa vida:
  33. 33. 1 - É conhecer a grandeza e a majestade de Deus: «Deus égrande demais para que O possamos conhecer» (Jó 36, 26). Épor isso que Deus deve ser «o primeiro a ser servido».2 - É viver em ação de graças: Se Deus é o Único, tudo o quenós somos e tudo quanto possuímos vem dEle: «Que possuisque não tenhas recebido?» (1 Cor 4, 7). «Como agradecerei aoSenhor tudo quanto Ele me deu?» (Sl 116, 12).3 - É conhecer a unidade e a verdadeira dignidade de todos oshomens: todos eles foram feitos «à imagem e semelhança deDeus» (Gn 1, 26).4 - É fazer bom uso das coisas criadas: A fé no Deus único leva-nos a usar de tudo quanto não for Ele, na medida em que nosaproximar dEle, e a desprender-nos de tudo, na medida emque dEle nos afastar:
  34. 34. Reza com amor e confiança: «Meu Senhor e meu Deus, tira-me tudo o que me afasta de Ti. Meu Senhor e meu Deus, dá-me tudo o que me aproxima de Ti. Meu Senhor e meu Deus,desapega-me de mim mesmo, para que eu me dê todo a Ti».
  35. 35. TODOS - «Nada te perturbe /Nada te espanteTudo passa / Deus não mudaA paciência tudo alcança /Quem a Deus temnada lhe falta / Só Deus basta»
  36. 36. E – Louvemos e aclamemos este nosso Deus tão maravilhoso com o canto: Quão grande és tu
  37. 37. Quando a vagar nas matas e florestasO passaredo alegre ouço a cantarCruzando os montes, vales e florestasO Teu poder mostrando a criação.
  38. 38. Então minhalma canta a Ti, Senhor. Quão Grande és Tu.Então minhalma canta a Ti, Senhor. Quão Grande és Tu.
  39. 39. Então minhalma canta aTi, Senhor.Quão Grande és Tu.Então minhalma canta aTi, Senhor.Quão Grande és Tu.
  40. 40. Então minhalma canta a Ti, Senhor.Quão Grande és Tu.Então minhalma canta a Ti, Senhor.Quão Grande és Tu
  41. 41. PROPOSTA PARA OS ESTUDOS DO ANO DA FÉ CIAVIC/POA – 20131 – EU CREIO EM DEUS – 3 ENCONTROSEm quem eu creio? Quem é esse Deus em quem eu creio? É o Deus revelado pelasSagradas Escrituras?Ou creio num Deus pessoal? O meu deus? No Deus verdadeiro ou no Deus feito minhaimagem e semelhança?- REVELAÇÃO2 – EU CREIO EM JESUS CRISTO – 4 ENCONTROS:- HOMEM COMO NÓS, NASCIDO DA VIRGEM MARIA- O FILHO DE DEUS – DIVINDADE DE JESUS- A MISSÃO DE JESUS- O ENSINAMENTO DE JESUSO Jesus Cristo em quem eu creio é o revelado pelas escrituras e pela tradição da Igreja?Quem é Jesus Cristo.Confronto entre a fé popular e a fé revelada3 – EU CREIO NO ESPÍRITO SANTO – 2 ENCONTROS- Quem é o Espírito Santo?- A ação do Espírito Santo na Igreja
  42. 42. 4 – EU CREIO NA IGREJA CATÓLICA – 3 ENCONTROSA Igreja no Desígnio de Deus (§751)A Igreja – Povo de Deus, Corpo de Cristo, Templo do Espírito Santo (§781)A Igreja é una, santa, católica e apostólica (§811) e Os fiéis de Cristo –Hierarquia, leigos, Vida consagrada (§871)5 – EU CREIO NA REMISSÃO DOS PECADOS6 - EU CREIO NA RESSURREIÇÃO DA CARNEA ressurreição de Cristo e a nossa ressurreiçãoMorrer em Cristo Jesus7 – EU CREIO NA VIDA ETERNAI. O juízo particularII. O CéuIII. A purificação final ou PurgatórioIV. O infernoV. O juízo finalVI. A esperança dos novos céus e da nova terra«Amen»
  43. 43. QUAL TEMA PRECISASER MAIS APROFUNDADO?
  44. 44. RESPONSÁVEIPROJETOS ATIVIDADES LOCAL DATA S 20/03 03/04 17/04 COORDENADORES DE ÁREA 01/05 15/05 05/06 15 ESTUDOS DE COORDENADORES 1 – CATEQUESE 19/06 03/07 17/07 APROFUNDAMENTO PARÓQUIAS PAROQUIAIS PERMANENTE 01/08 15/08 05/09 QUINZENAIS 19/09 03/10 17/10 CONTEÚDOS - CIAVIC 07/11 ZONA NORTE2 – 1º ENCONTRÃO CELEBRAR E PARTILHAR OS ESTUDOS DE CIAVIC E COORDENADORES E 06/07 CELEBRATIVO APROFUNDAMENTO DO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2013 DE ÁREA E PAROQUIAIS ZONA SUL CIAVIC E3 – 2º ENCONTRÃO CELEBRAR E PARTILHAR OS ESTUDOS DE CENTRO DE 30/11 COORDENADORES: CELEBRATIVO APROFUNDAMENTO DO SEGUNDO SEMESTRE DE 2013 PASTORAL DE ÁREA E DE PARÓQUIAS 4.1 - 1ª. FASE: COMUNIDADES TODO O ANO COORDENADORAS A - ESTÁGIO COM OUTRA CATEQUISTA NA SUA PARÓQUIA PAROQUIAIS DE 2013 PAROQUIAIS QUE JÁ TENHA RECEBIDO O CERTIFICADO DO CURSO DA E DE ÁREA CIAVIC EM 2010, 2011 E 20124 – FORMAÇÃO DE B – ACOMPANHAR O ESTUDO DO CREDO E ENTREGAR POR CATEQUISTAS ESCRITO AS RESPOSTAS AOS QUESTIONAMENTOS E INICIANTES 06/07 ORAÇÕES C – PARTICIPAR DO 1º E 2º ENCONTRÃO (ONDE CENTRO DE ENTREGARÁ SEUS ESTUDOS) PASTORAL 30/11 CIAVIC D – RITO DE PASSAGEM 4.2 - 2ª FASE: ENCONTROS PRESENCIAIS: OFICINAS A COMBINAR 2014 CIAVIC 4.3 - 3ª. FASE: ESCRUTÍNIOS E RITO DE ENTREGA DO CATEQUISTA À TEMPO PASCAL CIAVIC E COMUNIDADES CATEDRAL COMUNIDADE 2015 PAROQUIAIS
  45. 45. 5 – ORGANIZAÇÃO: REUNIR TODAS AS COORDENADORAS DE ÁREA E DAS CIAVIC E CENTRO DE 5.1.ASSEMBLÉIA DE PARÓQUIAS DO VICARIATO PARA ORGANIZAÇÃO DA 23/03 COORDENADORAS DE PASTORAL CATEQUESE INICIAÇÃO CRISTÃ ÁREA SEXTA-FEIRA 15/03 19/04 5.2. REUNIÕES COM REUNIR OS COORDENADORES DE ÁREA PASTORAL 17/05 CIAVIC E CENTRO DECOORDENADORES DE PARA ORGANIZAR A INICIAÇÃO À VIDA CRISTÃ NO 21/06 12/07 COORDENADORES DE PASTORAL ÁREA VICARIATO 16/08 ÁREA 13/09 18/10 29/11 TARDE 19/04 REUNIR OS COORDENADORES DE ÁREA PASTORAL E 21/06 16/08 CIAVIC E5.3.COORDENADORES PAROQUIAIS PARA ORGANIZAR A INICIAÇÃO À VIDA CENTRO DE 18/10 29/11 COORDENADORES DE PAROQUIAIS CRISTÃ NO VICARIATO PASTORAL NOITE 18/04 ÁREA E PAROQUIAIS À TARDE E À NOITE 20/06 15/08 17/10 CENTRO DE5.4. REUNIÃO EQUIPE REZAR, PLANEJAR, EXECUTAR E AVALIAR PASTORAL 1ª SEXTA/MÊS CIAVIC/POA DE COORDENAÇÃO 9H

×