Projeto EMWTROSALINO

212 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
212
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Projeto EMWTROSALINO

  1. 1. E. M. P. WILSON TAVEIRA ROSALINO Campanha “Essa vaga é muito especial” CAMPO GRANDE-MS 2014
  2. 2. QUESTÃO NORTEADORA Os alunos “ditos normais” da Escola Municipal Prof. Wilson Taveira Rosalino contribuirão com a melhoria da função social da escola a fim de impulsioná-los a participarem de maneira ativa da vida escolar, bem como do processo de aprendizagem, em consonância com a equipe gestora e comunidade escolar. Assim, essa campanha promove o Direito à Educação: Essa vaga é muito especial e as pessoas precisam dela! E se fundamenta no delineamento da inclusão dos alunos a fim de debater temas ligados ao direito à educação. Diante do exposto, faz-se necessário mobilizar a sociedade no tocante aos direitos à acessibilidade das pessoas com deficiência garantindo o acesso aos mesmos serviços constitutiva da gestão escolar e, por conseguinte, na gestão escolar como forma de assegurar a prática educacional participativa, envolvendo tais turmas cujos alunos estão matriculados.
  3. 3. É importante reconhecer que todo trabalho em educação, pela sua natureza formadora, implica ação de inclusão: na capacidade de influenciar positivamente pessoas, para que, em conjunto aprendam, construam conhecimento, desenvolvam competências, realizem projetos, promovam melhorias, respeitem as diferenças desenvolvendo a inteligência social e emocional. Diante desta abordagem, a Lei Nº 10.098/2000 estabelece normas e critérios para promover a acessibilidade das pessoas com deficiência ou com mobilidade ou impeçam o acesso, a liberdade de movimento e a circulação com segurança dessas pessoas. Para tanto, a escola está inserida nesse processo de inclusão, de modo, a desenvolver ações exitosas a fim de promover debates e discussões de situações constrangedoras para as pessoas portadoras de necessidades especiais.
  4. 4. JUSTIFICATIVA Este documento tem a finalidade de revelar o trabalho que a escola executa frente à comunidade local e a sociedade de um modo geral. Assim, a escola configura-se como um grande grupo, com atividades gerais da escola, gestão e demais colaboradores. A escola é um lugar onde se faz necessária à realização de atividades e atuações que são norteadas pela organização e objetivos, e que obrigatoriamente são dirigidas que favorece a descoberta para a construção do conhecimento erudito, haja vista que o aluno traz de casa um conhecimento empírico. Alves (1991, p.64) entende que: Indispensável se faz o exercício de liderança efetiva com os seus aspectos humanos e técnicos, bem como de comunicação clara e sequente em termos individuais e grupais, essenciais ao entendimento e execução ações no plano operacional e à criação e manutenção de relacionamento equilibrado e agradável, livre de distorções e conflitos.
  5. 5. No contexto do conhecimento que envolve saberes e fazeres dos atores dessa escola é relevante proporcionar caminhos largos no enfoque de normas regidas por uma missão que determina assegurar um ensino de qualidade, priorizando o acesso dos alunos na escola, formando cidadãos críticos e com igualdade a todos. Assim Zaballa (1995, p. 1995) contribui que: A distribuição de papéis e de responsabilidade que ocorre na escola pode ser resultado de uma análise exclusivamente pragmática, efetuada unicamente com critérios relativos às necessidades de dinamização, organização e desenvolvimento das diferentes tarefas de uma instituição complexa. Posto isso, a Escola Municipal Prof. Wilson Taveira Rosalino propõe a campanha o Direito à Educação: Essa vaga é muito especial e algumas pessoas precisam dela! A campanha se concretizará a partir de ações desenvolvidas pelos professores dos alunos, bem como os anseios de toda comunidade escolar. Considerando os interesses, possibilidades, motivações do educando tornando-o um cidadão autônomo, competente capaz de refletir e atuar com criatividade e criticidade no meio em que vive.
  6. 6. OBJETIVO GERAL Vivenciar e debater sobre a importância dos recursos de acessibilidade na educação e para a inclusão das pessoas com deficiência que contribuam com o envolvimento qualitativo dos alunos da Escola Municipal Prof. Wilson Taveira Rosalino, bem como os anseios de toda comunidade escolar. PÚBLICO ALVO Supervisores, Orientadores, Coordenadores, Professores, demais funcionários da escola, estudantes e famílias.
  7. 7. PROCEDIMENTO METODOLÓGICO Incluir significa fazer parte de. Unir-se a. Do verbo incluir (do latim includere), no sentido etimológico, significa conter em, compreender, ou participar daquilo que o sistema educacional oferece, contribuindo com seu potencial para os projetos e programações da escola. Organização e participantes da campanha: Participam das ações: Alunos, funcionários e professores da Educação Infantil ao 9º ano. Organizam as ações: Professores Auxiliares, Professores, Supervisores, Coordenadores. Ações Sugeridas e realizadas: • Elaborar planejamento com sequência didática a ser aplicada; • Expor o assunto das placas de trânsito e direito à acessibilidade: elaboração de cartazes; • Assistir vídeo sobre a acessibilidade e inclusão, teatro de fantoches e produção de cartazes; • Organizar roda de conversa para discutir as diferenças e semelhanças entre o trânsito de pessoas na escola e nas ruas aos arredores; • Assistir filme Gilbert Grape “Aprendiz de sonhador” e elaboração de texto dissertativo; • Registrar por meio de fotografias as referidas ações e expô-las no mural.
  8. 8. ANEXOS: • PLANO DE AULA GILBERT GRAPE • CONFECÇÃO DE FANTOCHES • RESPEITO MÚTUO/CIDADANIA/DIFERENÇAS E DESIGUALDADES • MARIA VITÓRIA
  9. 9. REFERÊNCIAS Alves, Nilda (coordenadora) Educação e Supervisão: o trabalho coletivo na escola – 6. Ed. São Paulo: Cortez: Autores Associados, 1991. CAMPO GRANDE. Secretaria Municipal de Educação. Projeto Político Pedagógico da Escola Municipal Prof. Wilson Taveira Rosalino - 2012 VASCONCELLOS, Celso. Planejamento: projeto de ensino-aprendizagem e projeto político-pedagógico. São Paulo, Libertad, 2008. ZABALA, Antoni. A Prática Educativa – Como Ensinar. São Paulo, Artmed Editora S.A 1995.

×