16 sociedade do conhecimento

710 visualizações

Publicada em

Trabalho de administração sobre sociedade do conhecimento.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
710
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

16 sociedade do conhecimento

  1. 1. Faculdade de Tecnologia SENAC – Florianópolis/SCCurso Técnico em AdministraçãoProfessor: Eder Borba Gonçalves<br />SOCIEDADE DO CONHECIMENTO<br />Alunos: Leandro Raupp, Edivaldo Leite RIA 166<br />
  2. 2. A SOCIEDADE DO CONHECIMENTO teve seu inicio na década de 90, esta expressão criada por ALVIN TOFFLER, é utilizada para denominar um novo cenário, que, se configura principalmente em modificações no campo econômico.<br />O conhecimento é um dos vetores mais importantes na produtividade das economias, configurando-se como o principal ativo das empresas na busca por competividade.<br />Fonte: http://www.lucianosathler.pro.br/site/images/conteudo/livros/direito_a_comunicacao/254-265_sociedade_conhecimento_squirra.pdfAutor: Luciano Sathler - Acesso em 12/07/2011.<br />
  3. 3. CARACTERÍSTICAS <br />Na sociedade do conhecimento os ativos intangíveis ganham importância, cabendo ao homem uma tarefa que é insubstituível: ser criativo, ou seja, ter novas ideias.<br />INVESTIMENTOS NA CAPACITAÇÃO DE FUNCIONARIOS. <br />MARCAS, PATENTES, PESQUISAS. <br />DOMINIO DO CONHECIMENTO (SABER FAZER).<br />O conhecimento passa a ser o fator essencial do processo de produção, geração de riquezas e desenvolvimento das empresas.<br />Fonte: http://www.cibersociedad.net/textos/articulo.php?art=160 -<br />Autor: Guillermo Antonio Dávila Calle & Edna Lucia Da Silva – Acesso em 12/07/2011<br />
  4. 4. Fonte: http://www.cibersociedad.net/textos/articulo.php?art=160 -<br />Autor: Guillermo Antonio Dávila Calle & Edna Lucia Da Silva – Acesso em 12/07/2011<br />
  5. 5. CONCLUSÃO<br />Sendo assim, os tradicionais fatores produtivos, ainda utilizados pelos economistas, como a terra, as maquinas e o capital, vêm gradualmente dando lugar, ao conhecimento dos indivíduos.<br />É óbvio que as empresas e organizações não podem produzir sem os tradicionais fatores produtivos, mas também é certo que existindo indivíduos com conhecimento especializado, esses fatores podem ser obtidos mais facilmente no mercado. <br />A sociedade do conhecimento se baseia na tecnologia, inovação, dinamismo e flexibilidade para facilitar a gestão de um numero crescente de documentos e informações, e, com isso produtos e serviços com qualidades excelentes.<br />
  6. 6. ALVIN TOFFLER<br /> Alvin Toffler é especialista em apontar tendências para o futuro, tema de seus onze livros. Com duas décadas de antecedência, Toffler previu que as pessoas teriam PCs em casa. Também prognosticou o surgimento e a expansão da TV a cabo, por assinatura. O primeiro emprego de Toffler, ainda adolescente, foi como operário na indústria automobilística. Mais tarde, graduou-se em letras e literatura e iniciou os estudos de fenômenos sociais. Foi editor da revista Fortune e hoje trabalha como consultor de empresas e de órgãos do governo americano, entre eles a NASA.<br />Fonte: http://veja.abril.com.br/151003/entrevista.html por Rosana Zakabi - Acesso em 12/07/2011 <br />
  7. 7. REFERÊNCIAS<br />http://www.lucianosathler.pro.br/site/images/conteudo/livros/direito_a_comunicacao/254-265_sociedade_conhecimento_squirra.pdf Autor: Luciano Sathler - Acesso em 12/07/2011.<br />http://www.cibersociedad.net/textos/articulo.php?art=160-<br />Autor: Guillermo AntonioDávilaCalle & Edna Lucia Da Silva – Acesso em 12/07/2011.<br />http://veja.abril.com.br/151003/entrevista.html por Rosana Zakabi - Acesso em 12/07/2011.<br />http://www.knoow.net/cienceconempr/gestao/sociedadedoconhecimento.htm por Paulo Nunes - Acesso em 12/07/2011.<br />http://vecam.org-article519.htm por Sally Burch– Acesso em 12/07/2011.<br />http://www.webartigos.com/articles/10289/1/Ativo-Intangivel/pagina1.html por Dorotéia de M. Andrade, Robernei Aparecido Lima – Acesso em 12/07/2011.<br />

×