Evolucao

1.953 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.953
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Evolucao

  1. 1. PROF. LEANDRO
  2. 2. TEORIAS SOBRE A ORIGEM DA VIDATEORIAS SOBRE A ORIGEM DA VIDA CRIACIONISMOCRIACIONISMO PANSPERMISMOPANSPERMISMO ABIOGÊNESEABIOGÊNESE BIOGÊNESEBIOGÊNESE - ARISTÓTELES;ARISTÓTELES; - NEEDHAN;NEEDHAN; - LEEUWENHOEKLEEUWENHOEK - REDI;REDI; - SPALANZANI;SPALANZANI; - PASTEURPASTEUR - Ideia mais antiga- Ideia mais antiga de todas as teorias;de todas as teorias; -Todos os seres vivosTodos os seres vivos foram criadosforam criados a partir de um sera partir de um ser supremo, ex.: Deus.supremo, ex.: Deus. - A vida surgiu a- A vida surgiu a partir departir de microorganismosmicroorganismos que caíram naque caíram na Terra e passaramTerra e passaram a constituir aa constituir a fonte para ofonte para o surgimento dassurgimento das espécies.espécies. -Todos os seresTodos os seres vivos surgiram avivos surgiram a partir da matériapartir da matéria bruta.bruta. - Todo ser vivo surge- Todo ser vivo surge de outro pré-de outro pré- existenteexistente - Ratos surgem deRatos surgem de camisas sujas comcamisas sujas com farelos de trigofarelos de trigo
  3. 3. CALDO NUTRITIVOCALDO NUTRITIVO ESTÉRIL APÓS A FERVURAESTÉRIL APÓS A FERVURA EM CONTATO COM O AREM CONTATO COM O AR O CALDO NUTRITIVOO CALDO NUTRITIVO APRESENTAAPRESENTA MICROORGANISMOSMICROORGANISMOS O CALDO NUTRITIVO NÃO APRESENTAO CALDO NUTRITIVO NÃO APRESENTA MICROORGANISMO, CASO O FRASCO ESTEJAMICROORGANISMO, CASO O FRASCO ESTEJA BEM TAMPADOBEM TAMPADO FRANCESCO REDIFRANCESCO REDI MÉDICO E BIÓLOGOMÉDICO E BIÓLOGO DEMONSTRA QUEDEMONSTRA QUE OS VERMES QUEOS VERMES QUE SURGEM NASSURGEM NAS CARNES PODRESCARNES PODRES SÃO LARVAS DESÃO LARVAS DE MOSCAS (1668)MOSCAS (1668) LAZZARO SPALANZANILAZZARO SPALANZANI BIÓLOGOBIÓLOGO DEMONSTRA QUE CALDOSDEMONSTRA QUE CALDOS ESTERELIZADOS EESTERELIZADOS E TAMPADOS NÃO PERMITEMTAMPADOS NÃO PERMITEM O DESENVOLVIMENTO DEO DESENVOLVIMENTO DE MICROORGANISMOS. (1770)MICROORGANISMOS. (1770)
  4. 4. CALDO NUTRITIVO COMCALDO NUTRITIVO COM MICROORGANISMOSMICROORGANISMOS ESTICA-SE O PESCOÇO DOESTICA-SE O PESCOÇO DO FRASCO APÓS AQUECIMENTOFRASCO APÓS AQUECIMENTO FERVURA MATA TODOSFERVURA MATA TODOS OS MICROORGANISMOSOS MICROORGANISMOS ENTRADA DE AR NOENTRADA DE AR NO BALÃOBALÃO CALDO ESTÉRILCALDO ESTÉRIL APÓS QUEBRAR OAPÓS QUEBRAR O PESCOÇO, O CALDOPESCOÇO, O CALDO TORNA-SETORNA-SE CONTAMINADOCONTAMINADO ETAPAS DO EXPERIMENTO DE PASTEURETAPAS DO EXPERIMENTO DE PASTEUR (1860)(1860) CALDO NUTRITIVO COMCALDO NUTRITIVO COM MICROORGANISMOSMICROORGANISMOS LOUIS PASTEURLOUIS PASTEUR DERRUBA A TEORIA DADERRUBA A TEORIA DA ABIOGÊNESE NO FINALABIOGÊNESE NO FINAL DO SÉCULO XIX EDO SÉCULO XIX E DEPOIS DE QUASE 200DEPOIS DE QUASE 200 ANOS DOS TRABALHOSANOS DOS TRABALHOS DE REDIDE REDI
  5. 5. CHCH44 NHNH33 HH22 HH22OO ATMOSFERA PRIMITIVA – SEGUNDO OPARINATMOSFERA PRIMITIVA – SEGUNDO OPARIN TEORIAS SOBRE A ORIGEM DAS PRIMEIRAS CÉLULAS ORIGEM POR EVOLUÇÃO QUÍMICA Oparin & Haldane (década de 1920)Oparin & Haldane (década de 1920) - DESCARGAS ELÉTRICASDESCARGAS ELÉTRICAS - RAIOS UVRAIOS UV - COMPOSTOS DA ATMOSFERACOMPOSTOS DA ATMOSFERA PRIMITIVAPRIMITIVA - FORMAÇÃO DE AMINOÁCIDOSFORMAÇÃO DE AMINOÁCIDOS - COACERVADOSCOACERVADOS PRIMEIRAS CÉLULASPRIMEIRAS CÉLULAS - UNICELULARESUNICELULARES - PROCARIONTESPROCARIONTES - HETERÓTROFASHETERÓTROFAS - FERMENTAÇÃOFERMENTAÇÃO
  6. 6. EXPERIMENTO DE MILLER & UREY (1953)EXPERIMENTO DE MILLER & UREY (1953) AQUECIMENTO DA ÁGUA EAQUECIMENTO DA ÁGUA E OBTENÇÃO DE VAPOROBTENÇÃO DE VAPOR DESCARGAS SIMULAVAMDESCARGAS SIMULAVAM RAIOS E TEMPESTADESRAIOS E TEMPESTADES CIRCULAÇÃO DE ÁGUA FRIACIRCULAÇÃO DE ÁGUA FRIA SIMULAVA RESFRIAMENTO DOSSIMULAVA RESFRIAMENTO DOS GASES EM ALTAS ALTITUDESGASES EM ALTAS ALTITUDES ÁGUA ACUMULADA NAÁGUA ACUMULADA NA BASE SIMULAVA MARES EBASE SIMULAVA MARES E LAGOS PRIMITIVOSLAGOS PRIMITIVOS ACÚMULO DE AMINOÁCIDOSACÚMULO DE AMINOÁCIDOS
  7. 7. Teorias da Evolução
  8. 8. Teoria de Lamarck Lamarquismo • Duas leis fundamentais – Lei do Uso e do Desuso – Lei da Transmissão dos Caracteres Adquiridos
  9. 9. Teoria de Lamarck • Ponto negativo – Afirmar que as características adquiridas são hereditárias • Ponto positivo – Desenvolveu a noção de adaptação ao meio- ambiente Meio é o causador da variação
  10. 10. Teoria de Darwin Darwinismo • Seleção natural – Os seres vivos competem pela sobrevivência, e somente os mais aptos são selecionados • Variações vantajosas → tendem a ser preservadas • Variações desvantajosas → tendem a ser eliminadas
  11. 11. Teoria de Darwin • Ponto negativo – Desconhecia a origem das variações existentes nas populações naturais, sobre as quais a seleção natural atua • Ponto positivo – Conceito de seleção natural Meio é o selecionador da variação
  12. 12. Larmarck X Darwin
  13. 13. Teoria Sintética da Evolução
  14. 14. Visão Geral MUTAÇÃO RECOMBINAÇÃO GENÉTICA SELEÇÃO NATURAL GERA GERA ATUANDO SOBRE VARIABILIDADE ADAPTAÇÃO PROMOVE
  15. 15. Aspectos Essenciais • Mutação – não ocorre para adaptar o indivíduo ao meio → ocorrem ao acaso • Recombinação genética – Segregação independente dos cromossomos – Permuta gênica (crossing over) • Seleção da variabilidade – A evolução é o resultado da atuação da seleção natural sobre a variabilidade genética de uma população
  16. 16. Seleção da Variabilidade (Exemplos) • Melanismo industrial • Resistência a inseticidas
  17. 17. Migração • Corresponde à entrada e à saída de indivíduos de uma população; • Permite fluxo gênico; Diminui as diferenças genéticas entre as populações de uma espécie
  18. 18. Evidências da evolução
  19. 19. Provas Anatômicas: Homologia / Órgãos vestigiais /Anatomia comparada Estruturas homólogas: são aquelas que derivam de um mesmo ancestral comum, podendo ou não estar modificadas para exercer uma mesma função. Estruturas análogas: são as que se assemelham simplesmente por exercerem a mesma função e não derivam de um ancestral comum.
  20. 20. Órgãos vestigiais: são aqueles que em alguns organismos encontram-se com tamanho reduzido e geralmente sem função, mas em outros organismos são maiores e exercem função definida.
  21. 21. Anatomia comparada
  22. 22. Provas Embriológicas: a embriologia comparada de diversos vertebrados mostra a grande semelhança de padrão de desenvolvimento inicial.
  23. 23. Provas Bioquímicas (Evidências moleculares): Ácidos nucleicos e proteínas são moléculas presentes em todos os seres vivos. Espécie Aminoácidos diferentes em relação ao homem Chimpanzé 00 Gorila 01 Gibão 02 Cão 15 Cavalo 25 Rato 27 Galinha 45 Sapo 67 Exemplo: hemoglobina humana – 574 aa.
  24. 24. Provas Paleontológicas: Estudo dos fósseis – qualquer indício da presença de organismos que viveram na Terra em épocas remotas.
  25. 25. Especiação

×