Apresentação

445 visualizações

Publicada em

Estudo voluntário sobre doadores de sangue.

Publicada em: Marketing
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
445
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação

  1. 1. O DOADOR MORAAO LADO Julho/15 Elaborado por Leandro Braga Cardoso Estudo comparativo dos doadores de sangue da Fundação Pró-Sangue, 4T-2012 e 4T-2013
  2. 2.  Objetivo Sumário  Metodologia e Fontes  Sociodemografia e Perfil dos Doadores  Análise Comparativa 4T-2012 e 4T-2013  Distribuição dos Doadores por Hemocentro  Canibalização  Canais de Comunicação  Considerações Finais
  3. 3. O PRESENTE ESTUDO TEM COMO OBJETIVO PRINCIPAL COMPREENDER A DISTRIBUIÇÃO GEOGRÁFICA DOS DOADORES DE SANGUE DA FUNDAÇÃO PRÓ-SANGUE, BEM COMO SUBSIDIAR FUTURAS CAMPANHAS DE CAPTAÇÃO DE DOAREDORES. Objetivo
  4. 4. Para elaborar o estudo, utilizou-se o CEP dos doadores que foram aos hemocentros da Fundação Pró-Sangue no 4T de 2012 e 4T de 2013. Ao todo, foram mapeados 76.812 doadores de sangue nos dois períodos, sendo 39.637 no 4T de 2012 e 37.175 no 4T de 2013. Metodologia e Fontes Considerou-se para o estudo apenas os voluntários residentes na Região Metropolitana de São Paulo¹, eliminando da amostra aqueles que moram em outros municípios brasileiros. ¹ Municípios da RMSP: Arujá, Barueri, Biritiba-Mirim, Caieiras, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Diadema, Embu, Embu-Guaçu, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato, Franco da Rocha, Guararema, Guarulhos, Itapecerica da Serra, Itapevi, Itaquaquecetuba, Jandira, Juquitiba, Mairiporã, Mauá, Mogi das Cruzes, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Poá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Salesópolis, Santa Isabel, Santana de Parnaíba, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Lourenço da Serra, São Paulo, Suzano, Taboão da Serra e Vargem Grande Paulista. Todas as análises são baseadas em dados oficiais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos e da Fundação Pró-Sangue.
  5. 5. Distribuição da população por sexo, segundo os grupos de idade São Paulo (2010) Sociodemografia e Perfil dos Doadores FONTE: IBGE, CENSO 2010 74% da população se enquadra na faixa etária necessária para doação de sangue. Distribuição da população por sexo, segundo os grupos de idade Osasco (2010) Distribuição da população por sexo, segundo os grupos de idade Barueri (2010)
  6. 6. Participação de doadores por gênero em 2013, segundo hemocentro. Sociodemografia e Perfil dos Doadores Proporção de Homens e Mulheres residentes nos municípios de São Paulo, Osasco e Barueri, em 2010, com idade mínima para doação de sangue. X 4.655.983 5.140.068 52%48% FONTE: IBGE, CENSO 2010 ATRAVÉS DOS DADOS, PODE-SE NOTAR QUE AS CIDADES EM DESTAQUE POSSUEM MAIS MULHERES DO QUE HOMENS, MAS A POPULAÇÃO MASCULINAAINDA É MAIORIA ENTRE OS DOADORES. FONTE: PRÓ-SANGUE
  7. 7. Análise Comparativa 4T-2012 e 4T-2013 0 5000 10000 15000 20000 25000 Doadores 2012 Doadores 2013 Queda de 6% no número de doação de sangue na RMSP. Destaque para Osasco, Itapevi, Jandira, Embu das Artes, Santana de Parnaíba, Francisco Morato, Ferraz de Vasconcelos, Embu-Guaçu, Mogi das Cruzes, São Lourenço da Serra, Juquitiba, Santa Isabel, Caieiras, Biritiba-Mirim e Guararema.
  8. 8. Distribuição dos Doadores por Hemocentro
  9. 9. Posto Barueri O Posto Barueri atrai mais de 50% dos doadores do próprio município. Destaque para o eixo Itapevi-Jandira-Carapicuíba.
  10. 10. Posto Barueri RESIDÊNCIA DISTÂNCIA MÉDIA EM QUILÔMETROS PERCORRIDA PELOS DOADORES 1Q – 3 km 2Q – 5 km 3Q – 7 km Média geral na RMSP é de 10 km, HEMOCENTRO ATRAVÉS DA ÁREA DE INFLUÊNCIA, FORAM LEVANTADOS 1.442 CEP’S PARA FUTURAS CONVOCAÇÕES DOS DOADORES QUE MORAM NA REGIÃO TARGET CIDADE DOADORES % BARUERI 1.595 52% CARAPICUÍBA 385 13% ITAPEVI 352 12% JANDIRA 319 10% SANTANA DE PARNAÍBA 162 5% OSASCO 110 4% COTIA 36 1% PIRAPORA DO BOM JESUS 27 1% SÃO PAULO – NORTE 17 1% SÃO PAULO – SUL 16 1% OUTROS 40 1% TOTAL 3.059 100% Onde os doadores residem?
  11. 11. Posto Osasco O Posto Osasco atrai mais de 50% dos doadores do próprio município. Destaque para o eixo Itapevi-Jandira e Carapicuíba.
  12. 12. Posto Osasco RESIDÊNCIA DISTÂNCIA MÉDIA EM QUILÔMETROS PERCORRIDA PELOS DOADORES 1Q – 3 km 2Q – 5 km 3Q – 8 km Média geral na RMSP é de 10 km, HEMOCENTRO CIDADE DOADORES % OSASCO 3.001 52% CARAPICUÍBA 1.175 20% BARUERI 339 6% ITAPEVI 315 5% SÃO PAULO – OESTE 268 5% SÃO PAULO – NORTE 190 3% JANDIRA 177 3% COTIA 107 2% SANTANA DE PARNAÍBA 84 1% SÃO PAULO – SUL 42 1% OUTROS 122 2% TOTAL 5.820 100% Onde os doadores residem? ATRAVÉS DA ÁREA DE INFLUÊNCIA, FORAM LEVANTADOS 5.548 CEP’S PARA FUTURAS CONVOCAÇÕES DOS DOADORES QUE MORAM NA REGIÃO TARGET
  13. 13. Posto Dante Pazzanese O Posto Dante Pazzanese atrai mais de 80% dos doadores do próprio município, sobretudo da zona Sul de São Paulo.
  14. 14. Posto Dante Pazzanese RESIDÊNCIA DISTÂNCIA MÉDIA EM QUILÔMETROS PERCORRIDA PELOS DOADORES 1Q – 8 km 2Q – 15 km 3Q – 18 km Média geral na RMSP é de 10 km, HEMOCENTRO CIDADE DOADORES % SÃO PAULO – SUL 1.728 59% SÃO PAULO – LESTE 342 12% SÃO PAULO – NORTE 174 6% GUARULHOS 77 3% SÃO PAULO – OESTE 73 2% SÃO BERNARDO DO CAMPO 59 2% DIADEMA 58 2% SANTO ANDRÉ 39 1% SÃO PAULO – CENTRO 34 1% MAUÁ 27 1% OUTROS 340 12% TOTAL 2.951 100% Onde os doadores residem? ATRAVÉS DA ÁREA DE INFLUÊNCIA, FORAM LEVANTADOS 14.018 CEP’S PARA FUTURAS CONVOCAÇÕES DOS DOADORES QUE MORAM NA REGIÃO TARGET
  15. 15. Posto Mandaqui O Posto Mandaqui atrai mais de 95% dos doadores do próprio município, sobretudo da zona Norte de São Paulo.
  16. 16. Posto Mandaqui RESIDÊNCIA DISTÂNCIA MÉDIA EM QUILÔMETROS PERCORRIDA PELOS DOADORES 1Q – 3 km 2Q – 4 km 3Q – 7 km Média geral na RMSP é de 10 km, HEMOCENTRO CIDADE DOADORES % SÃO PAULO – NORTE 2.331 90% SÃO PAULO – LESTE 79 3% GUARULHOS 59 2% MAIRIPORÃ 36 1% SÃO PAULO – SUL 27 1% SÃO PAULO – OESTE 21 1% SÃO PAULO – CENTRO 12 0% FRANCO DA ROCHA 7 0% ITAQUAQUECETUBA 6 0% FRANCISCO MORATO 4 0% OUTROS 18 1% TOTAL 2.600 100% Onde os doadores residem? ATRAVÉS DA ÁREA DE INFLUÊNCIA, FORAM LEVANTADOS 5.494 CEP’S PARA FUTURAS CONVOCAÇÕES DOS DOADORES QUE MORAM NA REGIÃO TARGET
  17. 17. Posto Pedreira O Posto Pedreira atrai mais de 95% dos doadores do próprio município, sobretudo da zona Sul de São Paulo.
  18. 18. Posto Pedreira RESIDÊNCIA DISTÂNCIA MÉDIA EM QUILÔMETROS PERCORRIDA PELOS DOADORES 1Q – 2 km 2Q – 4 km 3Q – 8 km Média geral na RMSP é de 10 km, HEMOCENTRO Onde os doadores residem? CIDADE DOADORES % SÃO PAULO – SUL 2.106 95% DIADEMA 36 2% SÃO PAULO – LESTE 14 1% EMBU-GUAÇU 13 1% SÃO PAULO – NORTE 12 1% SÃO BERNARDO DO CAMPO 8 0% ITAPECERICA DA SERRA 6 0% EMBU DAS ARTES 4 0% SÃO PAULO – OESTE 2 0% COTIA 2 0% OUTROS 14 1% TOTAL 2.217 100% ATRAVÉS DA ÁREA DE INFLUÊNCIA, FORAM LEVANTADOS 2.635 CEP’S PARA FUTURAS CONVOCAÇÕES DOS DOADORES QUE MORAM NA REGIÃO TARGET
  19. 19. Posto Clínicas O Posto Clínicas atrai mais de 70% dos doadores do próprio município, no entanto, os doadores estão bem distribuídos pela cidade.
  20. 20. Posto Clínicas RESIDÊNCIA DISTÂNCIA MÉDIA EM QUILÔMETROS PERCORRIDA PELOS DOADORES 1Q – 9 km 2Q – 14 km 3Q – 20 km Média geral na RMSP é de 10 km, HEMOCENTRO CIDADE DOADORES % SÃO PAULO – SUL 3.877 20% SÃO PAULO – LESTE 3.474 18% SÃO PAULO – NORTE 3.215 17% SÃO PAULO – OESTE 2.444 13% TABOÃO DA SERRA 582 3% OSASCO 553 3% GUARULHOS 517 3% COTIA 510 3% SÃO PAULO – CENTRO 457 2% EMBU DAS ARTES 398 2% OUTROS 2.968 16% TOTAL 18.995 100% Onde os doadores residem?
  21. 21. Coleta Externa A Coleta Externa foi realizada principalmente no município de São Paulo com mais 70% dos doadores mapeados.
  22. 22. Em marketing, o termo canibalização é utilizado quando a redução nas vendas de determinado produto/serviço é provocada pela comercialização, pela mesma empresa, de outro bem ou serviço que de alguma forma seja seu substituto. Do ponto de vista geográfico, a distribuição espacial dos doadores apresentados nos mapas anteriores nos mostra que há regiões onde as áreas de influência se interseccionam, ou seja, mais de um hemocentro atua na mesma região. Vejamos nos slides seguintes onde esse fenômeno ocorre. Canibalização
  23. 23. Posto Barueri X Regional de Osasco Canibalização no centro de Jandira e noroeste de Carapicuíba.
  24. 24. Posto Pedreira X Dante Pazzanese Canibalização no sul de São Paulo, ocorrendo dentro da área de influência do Posto Pedreira
  25. 25. Os principais canais de comunicação utilizados pela Fundação Pró-Sangue, entre outubro de 2013 e dezembro de 2013, foram Mala Direta (38%) e SMS (34%). Ao todo, o 4T de 2013 teve 8.583 interações de convocação, mas somente 5.939 receberam pelo menos uma forma de convocação. É importante destacar que 37% dos doadores receberam mais de uma forma de contato, isto é, 2.204 pessoas. Canais de Comunicação 38% 25% 34% 3% Mala Direta Mail Mkt SMS Telefonema FONTE: FUNDAÇÃO PRÓ-SANGUE Veículos de comunicação (out/13 a dez/13) 63% 30% 7% 0% 1 Veículo 2 Veículos 3 Veículos 4 Veículos Formas de contato por doador. (out/13 a dez/13) FONTE: FUNDAÇÃO PRÓ-SANGUE
  26. 26. Canais de comunicação por municípios/zona de São Paulo Maior volume de convocações em São Paulo, Osasco, Carapicuíba e Barueri. Superioridade do Mail Mkt na zona Norte, Oeste e Sul da capital. A Mala Direta foi maioria em Barueri e Carapicuíba. O SMS captou mais doadores em Osasco.
  27. 27.  Predomínio da população masculina entre os doadores de sangue no período analisado. O posto de Osasco, por exemplo, apresenta 63% dos doadores homens. No entanto, mais de 50% da população dos municípios onde os hemocentros estão localizados é de mulheres. Considerações Finais  Queda na participação dos doadores em 24 municípios da RMSP. Destaque para Osasco, Itapevi, Jandira, Embu das Artes, Santana de Parnaíba, Francisco Morato, Ferraz de Vasconcelos, Embu-Guaçu, Mogi das Cruzes, São Lourenço da Serra, Juquitiba, Santa Isabel, Caieiras, Biritiba-Mirim e Guararema  A distância média percorrida entre os doadores de sangue residentes na RMSP é 10 km. Os doadores que menos se deslocam vão ao Posto Pedreira, média de 4 km. Já o hemocentro Clínicas atrai doadores de regiões mais distantes, média de 14 km.  Canibalização entre os hemocentros: Barueri-Osasco e Dante Pazzanese-Pedreira. As regiões onde há “disputa” por doadores são: centro de Jandira, noroeste de Carapicuíba e zona sul de São Paulo, principalmente na área de influência do Posto Pedreira.  Canais de comunicação: maior volume de convocações em São Paulo, Osasco, Carapicuíba e Barueri. Superioridade do Mail Mkt na zona Norte, Oeste e Sul da capital. A Mala Direta superou as demais em Barueri e Carapicuíba. O SMS captou mais doadores em Osasco.

×