64068316 atividade-fisica-e-terceira-idade

2.983 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.983
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
90
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

64068316 atividade-fisica-e-terceira-idade

  1. 1. ATIVIDADE FÍSICA EATIVIDADE FÍSICA ETERCEIRA IDADETERCEIRA IDADELarissa JacovencoLarissa Jacovenco
  2. 2. Corrida para jovens e idososCorrida para jovens e idososAo aderir à corrida de rua para aumentar aAo aderir à corrida de rua para aumentar aqualidade de vida, a população idosaqualidade de vida, a população idosanaturalmente adota padrões de movimentosnaturalmente adota padrões de movimentosbem diferentes dos adultos mais jovens, que,bem diferentes dos adultos mais jovens, que,somados às alterações teciduais decorrentessomados às alterações teciduais decorrentesdo envelhecimento biológico, podem deixá-losdo envelhecimento biológico, podem deixá-losmais suscetíveis à ocorrência de lesõesmais suscetíveis à ocorrência de lesões(Fukui, USP).(Fukui, USP).
  3. 3. Diferenças nos movimentosDiferenças nos movimentosOs idosos apresentaram:Os idosos apresentaram: Maior frequência e menor comprimentoMaior frequência e menor comprimentode passadasde passadas menor mobilidade de flexionar os joelhosmenor mobilidade de flexionar os joelhos Menor rotação interna da tíbiaMenor rotação interna da tíbia Menor movimento de coordenação entreMenor movimento de coordenação entreo tornozelo e o joelhoo tornozelo e o joelho
  4. 4. Estratégias de PrevençãoEstratégias de Prevenção O aumento do número de idosos praticandoO aumento do número de idosos praticandocorrida de rua também tem levado aocorrida de rua também tem levado aocrescimento do número de lesões no Brasil.crescimento do número de lesões no Brasil.Em detrimento de alterações teciduais jáEm detrimento de alterações teciduais jáconhecidas nos idosos, como a perda de forçaconhecidas nos idosos, como a perda de forçamuscular e a diminuição da mobilidade dasmuscular e a diminuição da mobilidade dasarticulações, o padrão de corrida tem sidoarticulações, o padrão de corrida tem sidoalterado também.alterado também. Esse resultados são importantes, pois podemEsse resultados são importantes, pois podemdirecionar o treinamento desses corredores edirecionar o treinamento desses corredores eajudar a entender por que eles se lesionamajudar a entender por que eles se lesionammais do que os adultos.mais do que os adultos.
  5. 5. Correr sim, mas do seu jeitoCorrer sim, mas do seu jeito O fato de os idosos serem mais susceptíveis aO fato de os idosos serem mais susceptíveis alesão do que os adultos não quer dizer que eleslesão do que os adultos não quer dizer que elesnão devam correr", pelo contrário, diversosnão devam correr", pelo contrário, diversosestudos mostram que a prática da corrida ajuda aestudos mostram que a prática da corrida ajuda adiminuir a morbidade e prevenir as doençasdiminuir a morbidade e prevenir as doençasrelacionadas ao envelhecimento.relacionadas ao envelhecimento. É importante destacar que a abordagem com osÉ importante destacar que a abordagem com osidosos corredores deve ser diferente em relaçãoidosos corredores deve ser diferente em relaçãoaos mais jovens, principalmente no treinamento.aos mais jovens, principalmente no treinamento. Outros estudos mostraram, por exemplo, queOutros estudos mostraram, por exemplo, quecorredores mais velhos são menos capazes decorredores mais velhos são menos capazes deabsorver os impactos e que os calçados paraabsorver os impactos e que os calçados paraesses corredores deveriam suprir esse quesito.esses corredores deveriam suprir esse quesito.
  6. 6. Treino de Equilíbrio: métodoTreino de Equilíbrio: métodoeficaz para prevenção de quedaeficaz para prevenção de queda As quedas estão entre os riscos que os idosos correm eAs quedas estão entre os riscos que os idosos correm etrazem conseqüências graves e um alto custo para atrazem conseqüências graves e um alto custo para aestrutura de saúde. Segundo a Organização Mundial daestrutura de saúde. Segundo a Organização Mundial daSaúde (OMS), 30% das pessoas com mais de 65 anosSaúde (OMS), 30% das pessoas com mais de 65 anossofrem uma queda a cada ano. Dessas pessoas que caem,sofrem uma queda a cada ano. Dessas pessoas que caem,um terço ficará com sua mobilidade e independênciaum terço ficará com sua mobilidade e independênciacomprometida e aumentará seu risco de falecercomprometida e aumentará seu risco de falecerprematuramente.prematuramente. O treinamento equilíbrio faz com que ocorra melhora naO treinamento equilíbrio faz com que ocorra melhora nacapacidade de marcha e na largura do passocapacidade de marcha e na largura do passo O importante é que o idoso se mantenha ativo eO importante é que o idoso se mantenha ativo eprincipalmente previna os problemas mantendo uma vidaprincipalmente previna os problemas mantendo uma vidaativa e a prática de exercícios desde a juventude.ativa e a prática de exercícios desde a juventude.
  7. 7. Jardinagem: Bom exercícioJardinagem: Bom exercíciofísicofísico Cuidar das flores e plantas de casa faz bem não apenasCuidar das flores e plantas de casa faz bem não apenaspara o jardim mas também para a saúde. Pesquisa feitapara o jardim mas também para a saúde. Pesquisa feitapela Universidade do Estado do Kansas (EUA) sugere que apela Universidade do Estado do Kansas (EUA) sugere que ajardinagem pode ser benéfica como atividade física parajardinagem pode ser benéfica como atividade física parapessoas com mais de 65 anos de idade.pessoas com mais de 65 anos de idade. Se praticada por pelo menos 30 minutos na maioria dosSe praticada por pelo menos 30 minutos na maioria dosdias da semana, a atividade é equivalente ao exercíciodias da semana, a atividade é equivalente ao exercíciofísico necessário para melhorar o condicionamento físico defísico necessário para melhorar o condicionamento físico deidosos.idosos. Envolve movimentos que exigem força muscular, comoEnvolve movimentos que exigem força muscular, comocavar buracos e arrancar ervas daninhas, tomar conta decavar buracos e arrancar ervas daninhas, tomar conta deum jardim pode aumentar a densidade de minerais nosum jardim pode aumentar a densidade de minerais nosossos, tornando-os mais resistentes.ossos, tornando-os mais resistentes.
  8. 8. Exercícios físicos simplesExercícios físicos simplesbeneficiam o cérebrobeneficiam o cérebro A pesquisa realizada com mulheres canadensesA pesquisa realizada com mulheres canadensescom mais de 65 anos revelou que aquelas quecom mais de 65 anos revelou que aquelas quepraticam exercícios aeróbicos regulares tiveram apraticam exercícios aeróbicos regulares tiveram acontagem das funções cognitivas 10% mais altacontagem das funções cognitivas 10% mais altado que as que não fizeram nenhuma atividade.do que as que não fizeram nenhuma atividade. As mulheres ativas também tiveram pressãoAs mulheres ativas também tiveram pressãoarterial mais baixa (no descanso e durante oarterial mais baixa (no descanso e durante oexercício) e melhores respostas no cérebro,exercício) e melhores respostas no cérebro,sugerindo que quanto melhor for o fluxo desugerindo que quanto melhor for o fluxo desangue, melhor será a capacidade de pensar,sangue, melhor será a capacidade de pensar,segundo o estudo.segundo o estudo.
  9. 9. Terceira idade e a musculaçãoTerceira idade e a musculação Embora a idade reduza a capacidade do corpo deEmbora a idade reduza a capacidade do corpo deganhar massa com treinamento com pesos, pessoasganhar massa com treinamento com pesos, pessoasmais velhas ainda podem fortalecer seus músculosmais velhas ainda podem fortalecer seus músculoscom exercícios regulares, mesmo assim, poucoscom exercícios regulares, mesmo assim, poucoshomens e mulheres mais velhos praticam exercícioshomens e mulheres mais velhos praticam exercíciosde fortalecimento físico.de fortalecimento físico. Os pesquisadores descobriram que homens eOs pesquisadores descobriram que homens emulheres aumentaram sua força em taxasmulheres aumentaram sua força em taxasequivalentes durante nove semanas de treinamento.equivalentes durante nove semanas de treinamento. As descobertas mostram que homens e mulheres maisAs descobertas mostram que homens e mulheres maisvelhos podem "responder bem" ao treinamento paravelhos podem "responder bem" ao treinamento paraaumentar a força física.aumentar a força física. Os padrões de atividade permaneceram regularesOs padrões de atividade permaneceram regularesatravés da idade adulta para ambos os sexos. Mas asatravés da idade adulta para ambos os sexos. Mas asmulheres praticaram significativamente menosmulheres praticaram significativamente menosexercícios do que os homens.exercícios do que os homens.
  10. 10. ““Exercícios básicos,algo simples,Exercícios básicos,algo simples,como sair para caminhar todoscomo sair para caminhar todosos dias, por exemplo, éos dias, por exemplo, éfundamental para manter a saúdefundamental para manter a saúdemental ao longo dos anos”mental ao longo dos anos”
  11. 11. “Ser sedentário é hojeconsiderado um fator de riscopara derrame e demência”

×