Tipos de herança em mono hibridismo

1.612 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.612
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
717
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
21
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tipos de herança em mono hibridismo

  1. 1. As variações nas proporções da 1ª Lei de Medel Quitéria Paravidino
  2. 2. Variações da 1ª Lei de Mendel Genes Letais Morte Pleiotropia Mais de uma característica Dominância incompleta Codominância Penetrância incompleta Expressividade variável
  3. 3. XP XF1 F2 vermelha branca rosa rosa 25% vermelhas 50% rosas 25% brancas FVFV FBFB FVFB FVFB 2/4 FVFB¼ FVFV ¼ FBFB
  4. 4.  Para cada genótipo há um fenótipo correspondente.  No heterozigoto os dois genes alelos interagem, produzindo um fenótipo intermediário.  Não há genes dominantes ou genes recessivos.  Proporção do genótipo – 1:2:1  Proporção do fenótipo – 1:2:1
  5. 5. Codominância  Ocorrem três fenótipos correspondentes a três genótipos diferentes.  O heterozigoto apresenta um produto gênico de ambas às classes extremas dos homozigotos.  Proporção do genótipo – 1:2:1  Proporção do fenótipo – 1:2:1
  6. 6. Genes Letais, com ausência de dominância
  7. 7. Acondroplasia (nanismo)  AD: nanismo, Ad: normal  ADAd: nanismo,  AdAd: normal  O fato de nunca terem sido encontradas pessoas AD AD, levou- se a conclusão que em homozigose o efeito é tão severo que leva o portador à morte.
  8. 8. Gene Letal, com codominância HbA (hemoglobina A) HbS (hemoglobina S) HbA (hemoglobina A) HbAHbA (hemoglobina A) NORMAL HbAHbS (hemoglobina A e S) TRAÇO FALCÊMICO HbS (hemoglobina S) HbAHbS (hemoglobina A e S) TRAÇO FALCÊMICO HbSHbS (hemoglobina S) ANEMIA FALCIFORME
  9. 9.  A camptodactilia é causado por gene dominante portanto, a percentagem esperada para a manifestação desse caráter nos indivíduos heterozigóticos seria de 100%.  Entretanto, a observação prática revelou que em 65% dos indivíduos heterozigóticos, o gene se manifesta.
  10. 10. Exercício  A camptodactilia é determinada por alelo autossômico dominante, com penetrância de 65%. Um homem heterozigoto para camptodactilia casa-se com uma mulher normal e recessiva, dotada de dedos normais.  Calcule a probabilidade de o casal ter um descendente do sexo masculino que apresente a camptodactilia.
  11. 11. EXPRESSIVIDADE DE UM GENE  É o “grau de intensidade” com que um gene se manifesta no fenótipo do indivíduo.  Ela traduz o grau de expressão do genótipo.
  12. 12. Polidactilia
  13. 13. Tipo de herança Proporção fenotípica na F2 1ª Lei de Mendel 3 : 1 Alelos letais 2 : 1 Dominância incompleta ou codominância 1 : 2 : 1
  14. 14.  1- Alguns estudos com gêmeos idênticos mostraram que o QI, a altura e os talentos artísticos podem ser diferentes entre esses indivíduos. A melhor explicação para essas diferenças é que: (a) a hereditariedade e o ambiente não possuem influência sobre a expressão dos fenótipos. (b) o ambiente e os genes interagem no desenvolvimento e expressão das características herdadas. (c) o genótipo dos gêmeos depende da interação da dieta e do controle hormonal. (d) as características QI, altura e talentos artísticos dependem apenas do ambiente. (e) os alelos responsáveis por essas características possuem efeito fenotípico múltiplo.
  15. 15.  2-(UECE) Um homem e sua esposa, ambos normais, já tiveram um filho albino. Se eles gerarem gêmeos dizigóticos, a probabilidade de ambos serem albinos é: (a) ¼ (b) 1/16 (c) 1/32 (d) 1/64
  16. 16.  3- (Fuvest) Uma mulher normal, casada com um portador de doença genética de herança autossômica dominante, está grávida de um par de gêmeos. Qual a probabilidade de que pelo menos um dos gêmeos venha a ser afetado pela doença no caso de serem, respectivamente, gêmeos monozigóticos ou dizigóticos?

×