Profª Shirley Correia
A ocupação inicial do ambiente
terrestre – Plantas
PLANTAS
Cenário
 Acredita-se que por volta de 430 milhões de anos
atrás, todos os seres vivos ocupavam apenas
ambientes a...
PLANTAS
 As primeiras plantas terrestres foram as
briófitas (em grego, significa “musgo”).
 Esse grupo de plantas ainda ...
PLANTAS - Briófitas
Hepática
(em grego, significa “fígado”)
Esse nome foi atribuído por
ter formato parecido ao de
um fíga...
PLANTAS - BRIÓFITAS
Características:
 São plantas pequenas (poucos centímetros).
 Podem viver sobre troncos, rochas e no...
PLANTAS - BRIÓFITAS
Características:
 A água e nutrientes minerais são absorvidos por todo
o corpo da planta e distribuíd...
PLANTAS - BRIÓFITAS
REPRODUÇÃO DOS MUSGOS
 Etapa dos esporos – a planta libera esporos que ao
chegarem ao solo adequado s...
REPRODUÇÃO DOS MUSGOS
PLANTAS - BRIÓFITAS
1- Quais as características gerais das plantas?
São pluricelulares, eucariontes, autótrofas e formam
t...
A ocupação inicial do ambiente
terrestre – Animais
Profª Shirley Correia
ARTRÓPODES TERRESTRES
 Com a colonização das briófitas nos ambientes
terrestres, formaram-se microflorestas.
 Em consequ...
ARTRÓPODES TERRESTRES
 O esqueleto externo (espécie de carapaça)
evitava a perda de água num ambiente seco
como o terrest...
ARTRÓPODES TERRESTRES
CRUSTÁCEOS
Representantes
 Tatuzinho-de-jardim ou tatu-bolinha.
Características
 Respiração branqu...
ARTRÓPODES TERRESTRES
MIRIÁPODES
(Do grego significa “dez mil pernas”)
Representantes
 Os primitivos mediam cerca de
dois...
ARTRÓPODES TERRESTRES
MIRIÁPODES
Novidades evolutivas
 Respiração por traqueias (tubos que se abriam na carapaça).
 Vári...
ARTRÓPODES TERRESTRES
MIRIÁPODES
Habitat
 Ambientes úmidos com alto índice de matéria
orgânica, como o solo de florestas....
ARTRÓPODES TERRESTRES
MIRIÁPODES
Modo de obtenção de alimento
 Centopeias – Carnívoras (predadoras)
 Piolhos-de-cobra – ...
ARTRÓPODES TERRESTRES
QUELICERADOS
(Do grego significa pinça, chifre)
Representantes
 Aranhas
 Escorpiões
ARTRÓPODES TERRESTRES
QUELICERADOS (Aranhas e escorpiões)
Características
 Vivem em ambientes terrestres.
 Vida livre.
...
ARTRÓPODES TERRESTRES
QUELICERADOS (Aranhas e escorpiões)
 Quelíceras – Apêndices articulados com
várias funções, como ca...
ARTRÓPODES TERRESTRES
QUELICERADOS (Aranhas)
ARTRÓPODES TERRESTRES
QUELICERADOS (Aranhas)
 A aranha injeta seu veneno usando as
quelíceras.
 Muitas aranhas produzem ...
ARTRÓPODES TERRESTRES
QUELICERADOS (Escorpiões)
ARTRÓPODES TERRESTRES
QUELICERADOS (Escorpiões)
 O escorpião usa o agulhão (ferrão) para
injetar o veneno.
 Possui garra...
ARTRÓPODES TERRESTRES
QUELICERADOS (Aranhas e escorpiões)
 Aranhas e escorpiões jamais atacam seres
humanos a menos que s...
Referência bibliográfica
Ensino Fundamental – Manual do
professor (Ciências) – 7º Ano
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Ambiente terrestre

467 visualizações

Publicada em

Ambiente terrestre

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
467
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ambiente terrestre

  1. 1. Profª Shirley Correia A ocupação inicial do ambiente terrestre – Plantas
  2. 2. PLANTAS Cenário  Acredita-se que por volta de 430 milhões de anos atrás, todos os seres vivos ocupavam apenas ambientes aquáticos.  Apenas algumas algas viviam no ambiente terrestre – praias e rochas junto ao mar.  Acredita-se que as primeiras plantas surgiram de um grupo de algas verdes que passaram a ter uma película protetora – espécie de “capa” que impedia a perda de água pela evaporação.
  3. 3. PLANTAS  As primeiras plantas terrestres foram as briófitas (em grego, significa “musgo”).  Esse grupo de plantas ainda existe hoje sendo os musgos os mais conhecidos.
  4. 4. PLANTAS - Briófitas Hepática (em grego, significa “fígado”) Esse nome foi atribuído por ter formato parecido ao de um fígado.
  5. 5. PLANTAS - BRIÓFITAS Características:  São plantas pequenas (poucos centímetros).  Podem viver sobre troncos, rochas e no solo.  Geralmente vivem em locais úmidos e sombreados.  Como qualquer outra planta, realiza fotossíntese.  Dependem da água para sua sobrevivência e reprodução.
  6. 6. PLANTAS - BRIÓFITAS Características:  A água e nutrientes minerais são absorvidos por todo o corpo da planta e distribuídos célula a célula.  Transporte de água é muito lento, o que limita seu crescimento.  Na reprodução, os gametas masculinos precisam de água para nadar até os gametas femininos para se unirem.
  7. 7. PLANTAS - BRIÓFITAS REPRODUÇÃO DOS MUSGOS  Etapa dos esporos – a planta libera esporos que ao chegarem ao solo adequado se desenvolvem em plantas femininas ou masculinas.  Etapa dos gametas – as plantas masculinas produzem gametas masculinos que nadam em direção aos gametas femininos, produzidos pelas plantas femininas. Após o encontro (fecundação), origina-se uma estrutura que vai produzir e liberar esporos, os quais formam novas plantas.
  8. 8. REPRODUÇÃO DOS MUSGOS
  9. 9. PLANTAS - BRIÓFITAS 1- Quais as características gerais das plantas? São pluricelulares, eucariontes, autótrofas e formam tecidos verdadeiros. 2- Qual o principal problema para a vida no ambiente terrestre? A perda de água por evaporação, que pode causar dessecação. 3- Por que o crescimento das briófitas é limitado? Porque o sistema de transporte da água e dos nutrientes minerais é muito lento, célula a célula.
  10. 10. A ocupação inicial do ambiente terrestre – Animais Profª Shirley Correia
  11. 11. ARTRÓPODES TERRESTRES  Com a colonização das briófitas nos ambientes terrestres, formaram-se microflorestas.  Em consequência, o solo ficou rico em matéria orgânica.  Instalação dos decompositores – formação de nova camada de solo, o húmus.  Instalação dos animais – obtenção de alimentos.
  12. 12. ARTRÓPODES TERRESTRES  O esqueleto externo (espécie de carapaça) evitava a perda de água num ambiente seco como o terrestre.  Maior problema: respirar por meio de brânquias, como os crustáceos (siris, camarões, caranguejos, lagostas e cracas).
  13. 13. ARTRÓPODES TERRESTRES CRUSTÁCEOS Representantes  Tatuzinho-de-jardim ou tatu-bolinha. Características  Respiração branquial.  Ele se enrola sobre si mesmo – protege de predadores e da perda de água por evaporação.
  14. 14. ARTRÓPODES TERRESTRES MIRIÁPODES (Do grego significa “dez mil pernas”) Representantes  Os primitivos mediam cerca de dois metros de comprimento.  Centopeias ou lacraias.  Piolhos-de-cobra ou embuá ou gongolo.
  15. 15. ARTRÓPODES TERRESTRES MIRIÁPODES Novidades evolutivas  Respiração por traqueias (tubos que se abriam na carapaça).  Vários pares de pernas: Lacraia – Um par de pernas por segmento do corpo (quilópodes). Piolho-de-cobra – Dois pares de pernas por segmento do corpo (diplópodes).
  16. 16. ARTRÓPODES TERRESTRES MIRIÁPODES Habitat  Ambientes úmidos com alto índice de matéria orgânica, como o solo de florestas. Hábito de vida  Vida livre.
  17. 17. ARTRÓPODES TERRESTRES MIRIÁPODES Modo de obtenção de alimento  Centopeias – Carnívoras (predadoras)  Piolhos-de-cobra – Saprófagos. Outras características  Ambos têm o corpo dividido em cabeça e tronco.  Possuem 1 par de antenas.  O corpo dos quilópodes é achatado e o dos diplópodes é arredondado.
  18. 18. ARTRÓPODES TERRESTRES QUELICERADOS (Do grego significa pinça, chifre) Representantes  Aranhas  Escorpiões
  19. 19. ARTRÓPODES TERRESTRES QUELICERADOS (Aranhas e escorpiões) Características  Vivem em ambientes terrestres.  Vida livre.  Adquiriram quatro pares de pernas.  Não têm antenas.  Um par de pedipalpos ou palpos.  Um par de quelíceras.
  20. 20. ARTRÓPODES TERRESTRES QUELICERADOS (Aranhas e escorpiões)  Quelíceras – Apêndices articulados com várias funções, como capturar e manipular o alimento ao redor da boca, inocular veneno, prender outros animais ou ainda sugar sangue.  Palpos – Localizados ao redor da boca, que podem atuar como órgãos sensoriais ou para segurar presas.
  21. 21. ARTRÓPODES TERRESTRES QUELICERADOS (Aranhas)
  22. 22. ARTRÓPODES TERRESTRES QUELICERADOS (Aranhas)  A aranha injeta seu veneno usando as quelíceras.  Muitas aranhas produzem teias para capturar suas presas.  As que não fazem teias são caçadoras e venenosas.
  23. 23. ARTRÓPODES TERRESTRES QUELICERADOS (Escorpiões)
  24. 24. ARTRÓPODES TERRESTRES QUELICERADOS (Escorpiões)  O escorpião usa o agulhão (ferrão) para injetar o veneno.  Possui garras poderosas.  Possui glândulas venenosas.
  25. 25. ARTRÓPODES TERRESTRES QUELICERADOS (Aranhas e escorpiões)  Aranhas e escorpiões jamais atacam seres humanos a menos que se sintam ameaçados.  Em caso de acidentes com aranhas e escorpiões, recomenda-se aplicação de compressas mornas para alívio da dor e encaminhamento da pessoa a um serviço de saúde. Caso necessário, aplicação de soro.
  26. 26. Referência bibliográfica Ensino Fundamental – Manual do professor (Ciências) – 7º Ano

×