Biomoléculas

138 visualizações

Publicada em

RESUMO sobre biomoléculas.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
138
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Biomoléculas

  1. 1. Lara Lídia
  2. 2. São compostos químicos sintetizados por seres vivos, e que participam da estrutura e do funcionamento da matéria viva. São, na sua maioria, compostos orgânicos, cujas massas são formadas em 97,5% de C, H, O e N (Carbono, Hidrogênio, Oxigênio e Nitrogênio).
  3. 3. Carboidratos Vitaminas Lipídeos Proteínas
  4. 4. • São formados por Carbono, Oxigênio e Hidrogênio. • Substancia biorgânica encontrada em sistemas biológicos. • Pode ser chamada de Glicídeo, glucídio ou açúcares.
  5. 5. • Componente estrutural essencial • Reconhecimento da superfície da célula • Fonte de imediata de energia pras células • Principal produto da fotossíntese • Participam da estrutura de alguns tipos de célula (Celulose e Quitina) • Participam da estrutura do DNA e RNA • Assemelham-se a hidratos de carbono, mas não possuem moléculas de água intacta. • O mais abundante é a D-Glicose • Quando em excesso nos humanos é transformada em Glicogênio • Quando em excesso nas plantas é transformado em Celulose • A obtemos por meio da alimentação e as plantas, por fotossíntese.
  6. 6. Há duas classes: • Simples: Monossacarídeos (Açúcares simples) Ex: Glicose. • Complexos: Duas os mais unidades de Açúcares interligadas Dissacarídeos – 2 unidades Oligossacarídeos – 3 a 10 Polissacarídeos – mais de 10 • Todos os carboidratos complexos podem ser quebrados por hidrólise • Classificação segundo o nº de carbonos: Triose – 3 Tetrose – 4 Pentose – 5 Hexose – 6 Heptose – 7
  7. 7. - Substâncias que o corpo não produz e que precisam ser ingeridas na alimentação para o desempenho de várias funções. - Falta: Avitaminose, hipovitaminose. - Excesso: Hipervitaminose. - Lipossolúveis: Encontradas nos óleos e gorduras. São absorvidas com ajuda da bile e armazenadas no fígado e tecido adiposo. - Vitaminas Hidrossolúveis: Solúveis em água, absorção e excreção rápida. Avitaminose Hipervitaminose
  8. 8. • Relacionada com a visão, tem ação antioxidante • Participa da defesa • Constituição da pele ossos, cabelo e unhas • Diferenciação celular • Desenvolvimento embrionário • Encontrada em óleos, cenoura, beterraba e legumes verde – escuros. • Falta – Xeroftalmia • Excesso – Descamação, dores abdominais e de cabeça, aumento no fígado e baço, má formação dos fetos, etc.
  9. 9. Xeroftalmia Os sintomas de xeroftalmia, também chamada de cegueira noturna, são principalmente olho seco e dificulta de visão, especialmente à noite. Também podem surgir manchas brancas ou acinzentadas na parte branca do olho.
  10. 10. • Produzida juntamente com a luz solar • Regula o Cálcio • Estimula a maturação das células • Produzida a partir do colesterol, ovos e óleo de peixe • Falta – Raquitismo • Excesso – Náuseas, vômitos, excesso de cálcio no sangue e vasos.
  11. 11. Raquitismo é uma condição que afeta o desenvolvimento dos ossos em crianças. Isso faz com que os ossos se tornem suaves e fracos, o que pode levar a deformidades ósseas. A causa mais comum de raquitismo é a falta de vitamina D e cálcio. A vitamina D é obtida em grande parte a partir da exposição da pele à luz solar, mas também é encontrado em alguns alimentos, tais como óleo de peixe e ovos. Já o cálcio é encontrado em alimentos como leite e seus derivados.
  12. 12. • Antioxidante • Protege contra o câncer, doenças cardiovasculares • Aumenta a resposta imunológica • Armazenada no tecido adiposo • Falta – Em recém – nascidos anemia e em adultos doenças neurológicas • Excesso – Não tóxica.
  13. 13. • Atua na coagulação sanguínea • Constituição dos ossos • Falta – Osteoporose, hemorragias. • Excesso – Anemia, icterícia, lesões no fígado. • Quebra as moléculas de hemoglobina.
  14. 14. • Produção de colágeno • Absorção de ferro • Cicatrização • Fica prejudicada com o cigarro • Falta - Escorbuto • Excesso – Cálculo Renal
  15. 15. (Tiamina e Riboflavina) • Metabolismo energético • Falta: beribéri.
  16. 16. • Metabolismo de proteínas • Produção de hormônios • Atua no crescimento • Falta: Fraqueza, insônia, anemias... • Excesso: Intoxicações neurológicas
  17. 17. • Formação das hemácias • Manutenção da bainha de mielina • Precisa de um suco gástrico para ser absorvida • Falta: Anemia, danos neurológicos
  18. 18. • Metabolismo energético • Estimula o crescimento • Síntese de Lipídeos e hormônios • Excesso: Diarréia
  19. 19. • Moléculas insolúveis em água, mas solúveis em solventes orgânicos. • Glicerídio: Fonte de energia. São moléculas de Glicerol ligadas a moléculas de acido graxo. • Glicerol – 3 átomos de carbono, unidos a uma Hidroxila. (OH) • Ácidos graxos – Número par de carbonos, com um grupo carboxila em uma das extremidades. (O – C – O) Provém dos óleos de plantas, ou da gordura de animais. Protegem contra a perda de calor e se acumulam em células adiposas.
  20. 20. • Ceras: Uma molécula de álcool ligada a um ácido graxo. Insolúveis em água, impermeabilizam a superfícies impedindo a transpiração. • Esteróides: 4 anéis carbônicos, ligados a outras cadeias carbônicas, grupos hidroxila e átomos de oxigênio. Exemplo – Estrogênio e Testosterona • Colesterol – Participa da composição das membranas celulares dos animais.
  21. 21. • As informações genéticas são expressas por meio de proteínas • Para cada proteína, existe um gene que codifica uma sequência de aminoácidos • Estão presentes em todas as reações, são formadas por aminoácidos.

×