Rinite alérgica

3.373 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.373
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Rinite alérgica

  1. 1. Rinite Alérgica<br />
  2. 2. INTRODUÇÃO<br /><ul><li>A rinite é uma inflamação das mucosas nasais que pode ou não ser alérgica. No segundo caso, como em qualquer alergia, ela é caracterizada por uma resposta imunológica alterada do indivíduo.
  3. 3. Ocorre uma reação de defesa do organismo contra substâncias geralmente consideradas inofensivas. Um indivíduo alérgico costuma apresentar reações a diversos tipos de substâncias.</li></li></ul><li>CAUSA<br /><ul><li> A rinite alérgica possui características hereditárias, mas pode se manifestar mesmo sem que os pais apresentem a doença.
  4. 4. O indivíduo pode possuir um sistema imune que desenvolve respostas exageradas quando em contato com determinadas substâncias.</li></li></ul><li>SINTOMAS<br /><ul><li> Entre os sintomas principais estão:</li></ul> Obstrução nasal, devido ao inchaço da mucosa<br /> Coriza<br /> Espirros<br /> Coceira no nariz, garganta e olhos.<br />
  5. 5. DIAGNÓSTICO<br /><ul><li>O diagnóstico da rinite é essencialmente clínico e será fornecido pelo médico após examinar o paciente. O histórico familiar, exame de sangue e testes de pele podem ser úteis em alguns casos.</li></li></ul><li>TRATAMENTO<br /><ul><li> Até o momento não há cura para a rinite alérgica. Como medidas para aliviar as crises, é preciso ter cuidado com a higiene do ambiente.
  6. 6. O médico poderá, também, indicar o uso de medicamentos paliativos e aplicação de vacinas antialérgicas, que podem prevenir e auxiliar no controle das crises.</li></li></ul><li>PREVENÇÃO<br />A melhor forma de prevenção, após a definição do diagnóstico de rinite alérgica diferenciando-a dos demais tipos de rinite, é identificar as substâncias que provocam alergia para evitar o contato com elas.<br />
  7. 7. Consulte sempre o seu médico.<br />Fontes: <br />http://drauziovarella.com.br/doencas-e-sintomas/rinite-alergica-2/<br />http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?18 <br />  <br />Editora médica: Dra. Anna Gabriela Fuks (615039-RJ)<br />Jornalista responsável: Roberto Maggessi (31.250 RJ)<br />

×