UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor-LITORAL           LUCIANO MARCOS DE SOUZA                GLR 20100306               P...
INTRODUÇÃO    O presente trabalho tem como escrita, trazer para o leitor, umaforma de compreensão célere dos temas aqui ab...
LUCIANO M DE SOUZA AGRO2010                                                      AGRICULTURA URBANA   "O verdadeiro fundad...
AGRICULTURA URBANA    Entende-se assim, toda prática ou manejo de agricultura feito aos redoresou subúrbios de cidades, e ...
LUCIANO M DE SOUZA AGRO2010                                                         AGRICULTURA URBANA-Segurança alimentar...
pois minora os gastos dos agregados, melhora a nutrição e o bem-estar dasfamílias, gera emprego e rendimento, tem inegávei...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Comercio justo

193 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
193
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Comercio justo

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor-LITORAL LUCIANO MARCOS DE SOUZA GLR 20100306 PROF° CRISTIANE AGROECOLOGIA 2010
  2. 2. INTRODUÇÃO O presente trabalho tem como escrita, trazer para o leitor, umaforma de compreensão célere dos temas aqui abordados. Deixandoclara a existência de técnicas, economia, interesse, Boa vivencia,saúde e bem estar em um mundo cheio das inquietudes. ÍNDICE -AGRICULTURA URBANA.............3 -AGRICULTURA ORGÂNICA................6 *MOTIVOS PARA CONSUMIR PRODUTOS ORGANICOS............6.1 *AGRICULTURA ORGANICA NO BRASIL............7 - ECONOMIA SOLIDÁRIA...............8 *O QUE É ECONOMIA SOLIDÁRIA........8.1 *CARACTERISTICA DE ECONOMIA SOLIDARIA.............8.2 *COMÉRCIO JUSTO.............9 -FELICIDADE PARA VIVER..........11 1
  3. 3. LUCIANO M DE SOUZA AGRO2010 AGRICULTURA URBANA "O verdadeiro fundador da sociedade civil foi o primeiro que,tendo cercado um terreno, lembrou-se de dizer isto é meu eencontrou pessoas suficientemente simples para acreditá-lo.Quantos crimes, guerras, assassínios, misérias e horrores nãopoupariam ao gênero humano aquele que, arrancando as estacasou enchendo o fosso, tivesse gritado a seus semelhantes: Defendei-vos de ouvir esse impostor; estareis perdidos se esquecerdes que osfrutos são de todos e que a terra não pertence a ninguém" Jean-Jacques Rousseau(1712-1778) 2 2
  4. 4. AGRICULTURA URBANA Entende-se assim, toda prática ou manejo de agricultura feito aos redoresou subúrbios de cidades, e destinada à produção de cultivos para utilização econsumo próprio ou para a venda em pequena escala em mercados locais.Difere da agricultura tradicional (rural) em vários aspectos: Inicialmente, aárea disponível para o cultivo é muito restrita, alem disso ha falta deconhecimentos técnicos dos agentes envolvidos, frequentemente não hádedicação exclusiva a atividade. Mas a principal diferença é o ambiente, Aagricultura urbana pode ser realizada em qualquer lugar urbano ou Peri –urbano, podendo ser praticada diretamente no solo, em canteiros suspensos,em vasos, ou onde a criatividade sugerir. Com tudo, o cultivo em quintais eespaços poupado pelas construções é freqüente, sendo assim até estimuladopelo poder local. Diversas vantagens podem ser obtidas através dessas praticas tais como:-Produção de alimentos - incremento da quantidade e da qualidade dealimentos disponíveis para consumo próprio.- Reciclagem de lixo - utilização de resíduos e rejeitos domésticos, diminuindoseu acúmulo, tanto na forma de composto orgânico para adubação, como nareutilização de embalagens para formação de mudas.-Melhor utilização dos espaços- aproveitamento racional de espaçossupérfluo. Evitando o acúmulo de lixo e entulhos ou o crescimentodesordenado de plantas daninhas, onde poderiam abrigar-se insetospeçonhentos e pequenos animais prejudiciais à saúde humana.- Educação ambiental - todas as pessoas envolvidas com a produção e com oconsumo das plantas oriundas da atividade de agricultura urbana passam adeter maior conhecimento sobre o meio ambiente, aumentando a consciênciada conservação ambiental.- Desenvolvimento humano - aliada à educação ambiental e à recreação,ocorre melhoria da qualidade de vida e prevenção ao estresse, além daformação de lideranças e trocas de experiências. 3 2
  5. 5. LUCIANO M DE SOUZA AGRO2010 AGRICULTURA URBANA-Segurança alimentar - favorece o controle total de todas as fases deprodução, eliminando o risco de se consumir ou manter contato com plantasque possuam resíduos de defensivos agrícolas.- Desenvolvimento local - valoriza a produção local de alimentos e outrasplantas úteis, como medicinais e ornamentais, fortalecendo a cultura populare criando oportunidades para o associativismo.- Recreação e Lazer - a agricultura urbana pode ser usada como atividaderecreativo-lúdica, sendo recomendada para desenvolver o espírito de equipes.- Farmácia caseira - prevenção e combate a doenças através da utilização eaproveitamento de princípios medicinais.- Formação de microclimas e manutenção da biodiversidade - através daconstrução de um quintal agroecológico, que favoreça a manutenção dabiodiversidade, proporcionando sombreamento, odores agradáveis econtribuindo para a manutenção da umidade, etc., tornando o ambiente maisagradável e proporcionando, inclusive, qualidade de vida aos animaisdomésticos.- Escoamento de águas das chuvas e diminuição da temperatura - favorece ainfiltração de água no solo, diminuindo o escorrimento de água nas viaspúblicas, e contribuindo para diminuição da temperatura, devido à ampliaçãoda área vegetada e respectiva diminuição de áreas construídas.- Valor estético - a utilização racional do espaço confere um excelente valorestético, valorizando inclusive os imóveis.- Diminuição da pobreza - através da produção de alimentos para consumopróprio ou comunitário (em associações, escolas, etc.), e eventual receita davenda dos excedentes.- Atividade Ocupacional - proporciona ocupação de pessoas, evitando o ócio,contribuindo para a educação social e ambiental, diminuindo a marginalizaçãodessas pessoas na sociedade.- Renda - possibilidade de produção em escalacomercial, especializada ou diversificada, tornando-se uma opção para ageração de renda. A desigualdade social no BRASIL, em uma visão bem limitada, tem relaçãocom o poder aquisitivo de compra em nível de habitação, Com a expansão dasfavelas, temos noção de que o pais continua a aumentar nessas áreas, aagricultura urbana tem vindo a ser socialmente bem aceita pela população, 4 2
  6. 6. pois minora os gastos dos agregados, melhora a nutrição e o bem-estar dasfamílias, gera emprego e rendimento, tem inegáveis benefícios econômicos eambientais. Suprindo assim necessidades básicas como, saúde e aalimentação. Baseando-se nos fatos e não nos sentimentos, este trabalho tem por fimlevar ao publico leigo no assunto, a noção de idéia e benefícios sobre aagricultura urbana. Esperando assim, contribuir para um melhorconhecimento desta função, normalmente invisível aos observadores menosatentos, escondida por cercas e muros, mas nem por isso menos importantepara a sobrevivência das famílias mais carentes. 5 2

×