Guarana Antártica - Análise das mídias digitais

1.439 visualizações

Publicada em

(IESB) – Trabalho em grupo da disciplina Cultura Digital – 2012 - Prof. Marcelo MInutti.
Guaraná Antártica - Análise das mídias sociais

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.439
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
23
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guarana Antártica - Análise das mídias digitais

  1. 1. Análise das Mídias SociaisMBA em Marketing e Comunicação Digital Disciplina: Cultura Dgital Prof.: Marcelo Minutti Grupo: Gabrielle Cunha, Jaqueline Teles, Katiuscia Garrido e Ruy Guimarães
  2. 2. Guaraná Antarctica é um refrigerante brasileiro. Amarca pertence à AmBev, e foi lançada no Brasilem maio de 1921, pela então CompanhiaAntarctica Paulista, com o nome de GuaranáChampagne Antarctica, passando a ser aprimeira marca a comercializar este tipo derefrigerante. Com o sucesso e popularidade dabebida a Coca-Cola acabou lançando umamarca também com sabor de guaraná.Atualmente, encontra-se entre as quinze marcasde refrigerantes mais vendidas no mundo.
  3. 3. A marca está presente no Facebook, Twitter,Google + e YouTube, além do site e do blog.No site, além da divulgação dos produtos damarca Guaraná Antártica, há uma área destina agames que disponibiliza wallpapers, vídeos(também divulgados no YouTube), ringtones,fotos, games (sempre vinculados à marca etambém associando a situações do dia a dia),screensavers, emoticons, gadgets, receitas (paraserem consumidas com guaraná), músicas, fotos(dos concursos culturais) e o link GaNasRedes(que envia o usuário a uma página com os twits,vídeos e posts do Facebook.
  4. 4. FACEBOOK• 8,6 milhões likes• Postagens frequentes (hora em hora);• Não divulgam somente a marca;• O conteúdo atrai o público, que se identifica com ele;• Postagens relacionadas a situações do dia-a-dia;• O conteúdo proporciona um maior engajamento.
  5. 5. ASPECTOS POSITIVIOS:• O usuário se identifica com o conteúdo;• Design arrojado;• Boa quantidade de likes e comentários em cada post, relativo a quantidade de seguidores;• Abas diversas focadas no produtos e promoções criadas.ASPECTOS NEGATIVOS:• O usuário replica o conteúdo e comenta sobre ele, mas não efetivamente conversa e/ou cita a marca.
  6. 6. TWITTER • 128.000 seguidores; • 2 perfis oficiais, sendo que somente um deles é utilizado; • Postagens de hora em hora; • Não divulgam somente a marca; • O conteúdo atrai o público, que se identifica com ele; • Divulga promoções e concursos; • Conteúdo focado no RT.
  7. 7. ASPECTOS POSITIVOS:• O usuário se identifica com o conteúdo;• Design remete a marca. ASPECTOS NEGATIVOS: • Publica o mesmo conteúdo do Facebook, sem trabalhar na adequação do mesmo para a outra mídia;
  8. 8. YOUTUBE• 23612 inscritos;• 14979371 exibições;• Integra Facebook e Twitter;• Publica propagandas veiculadas na mídia off-line;• Periodicidade de postagens mensal.
  9. 9. ASPECTOS POSITIVOS• Vídeos bem produzidos;• Conteúdo vinculado a personalidades;• A maioria do conteúdo não objetiva explicitamente a divulgação da marca;• Interage com usuários de outras mídias.ASPECTOS NEGATIVOS• Os vídeos que exclusivamente promovem a marca não possuem qualquer estratégia de engajamento, logo, possuem poucas visualizações, likes e comentários.
  10. 10. Canais digitais x tradicionais • Trabalha em consonância com o que é veiculado na mídia off-line; • Na estratégia off- line, é explorado o merchandising em programas e novelas. (Ex.: Quadro especial no Pânico na TV e festa patrocinada em A Fazenda.

×