Dízimos, Ofertas e Primícias

8.903 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
2 comentários
11 gostaram
Estatísticas
Notas
  • A mais alta hipocrisia é querer uniformizar a fé, se um ato (dizimar) é fundamentado na fé e no amor nenhuma ideologia anulara atos bem decididos e concretos, uma palavra pode produzir reações diferentes em pessoas diferentes, coisas espirituais se discerne espiritualmente, mude a ótica da crítica, será que quem não tem coragem de entregar 10% do que ganha é porque é realmente defensor da hermenêutica ou será que 10% é algo que se tornou um alto valor, quem sabe sua vida com DEUS não vale pouco mais de 5 reais, e se servir a Deus não nos custa nada então não é servir ...
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Mais de mil anos antes de você a igreja católico já defendia essa tese, mas a Bíblia e História monstram que isso não é verdade. Apesar de seu forte apelo religioso os dízimos nunca foram uma benção, mas uma maldição para as pessoas mais pobres e fonte de lucro para eclesiásticos que destorcem a Palavra de Deus. Confira você se realmente deseja conhecer a verdade sobre os dízimos: Dízimos Eclesiásticos: Um Legado da Igreja Católica às Igrejas Evangélicas.
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
8.903
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
528
Comentários
2
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Dízimos, Ofertas e Primícias

  1. 1. O que é dízimo?  Refere-se a um décimo ou a décima parte de alguma coisa. No livro de Malaquias, o Senhor através do profeta diz:…”fazei prova de mim, se eu não vos ABRIR A JANELA DO CÉU E NÃO DERRAMAR SOBRE VÓS UMA BÊNÇÃO TAL, QUE DELA VOS ADVENHA A MAIOR ABASTANÇA.” (Mal. 3.10)… mas antes o SENHOR NOS PEDE: “TRAZEI TODOS OS DIZIMOS À CASA DO TESOURO PARA QUE HAJA MANTIMENTO EM MINHA CASA E DEPOIS…” (Mal. 3.10).
  2. 2. Os propósitos de Deus para os Dízimos no Velho Testamento No Antigo Testamento, o propósito de Deus era de: -Sustentar os pobres e os necessitados (Êxodo 23:11;Deuteronômio 15:1; Levítico 19:10) - Sustentar os levitas (Deuteronômio 14: 28-29; Deuteronômio 26:13) - Para que houvesse mantimentos na sua casa, o templo (Malaquias 3:10)
  3. 3. O Propósito de Deus para os Dízimos no Novo Testamento -Sustentar os pobres e necessitados na família de Deus. (Atos 4:34-37; Romanos 15:26) -Sustentar os mestres e pregadores que estejam vivendo para o Evangelho (Gálatas 6:6; 1 Coríntios 9:14; Filipenses 4:15-19 o sustento de Paulo)
  4. 4. Devemos entregar os Dízimos regularmente “Ora, quanto à coleta que se faz para os santos, fazei vós também o mesmo que ordenei às Igrejas da Galácia. No primeiro dia da semana, cada um de vós ´ponha de parte o que puder ajuntar, conforme a sua prosperidade, para que não se façam as coletas quando eu chegar” ( 1 Coríntios 16:1-2) SABEDORIA FINANCEIRA: “Quando colocar as coisas de Deus em 1º lugar Ele também nos dará a devida prioridade e nos atenderá prontamente.”
  5. 5. Devemos ser ofertantes também Deus nos deu o seu melhor :JESUS (João 3.16). e ele quer que seus filhos sejam também generosos quanto Ele. NÃO SÓ NOS DIZIMOS E NAS OFERTAS, MAS EM TODA A SUA MANEIRA DE VIVER, GENEROSIDADE NÃO É SÕ QUESTÃO DE DINHEIRO MAS VONTADE DE SER ABENÇOADOR… Dê a quem lhe pedir, e não volte as costas àquele que deseja pedir-lhe algo emprestado. (Mateus 5.42)
  6. 6. Desculpas infundadas NÃO ENTREGO O DÍZIMO MAS DOU OFERTAS” - Lv 27:30-32 “ O dízimo é santo ao Senhor ( Ml 3:8) NÃO DOU O DÍZIMO, NEM OFERTA PORQUE GANHO POUCO” Injustificável... Sendo o dízimo percentual, ele é proporcional pra todos. NÃO DOU PORQUE NÃO SOBRA - O Dízimo deve ser “primícia” para Deus. Deve ser o primeiro pagamento quando recebemos o nosso salário.
  7. 7. Uma verdade Ler Ageu 1:2-11
  8. 8. Bençãos para os dizimistas “Fazei prova de mim se eu não vos abrir as janelas do céu... e derramar bênçãos sem medida” Deus não quer filhos pobres e necessitados! Nossa fidelidade é a porta da prosperidade! Faça prova, decida ser dizimista e ofertante a partir de hoje
  9. 9. Primícias Honra ao Senhor com os teus bens e com as primícias de toda a tua renda; e se encherão fartamente os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares. (Pv 3.9,10) A definição que o Dicionário Aurélio dá acerca de primícias é: “Primeiros frutos; primeiras produções; primeiros efeitos; primeiros lucros; primeiros sentimentos; primeiros gozos; começos, prelúdios.
  10. 10. Deus não instituiu as ofertas pelo fato de precisar delas, mas para provar o nosso coração numa das áreas em que demonstramos um grande apego. Com a Lei das Primícias não é diferente. Deus não precisa dos primeiros frutos. Nós é que precisamos d’Ele em primeiro lugar em nossas vidas, e este é um excelente exercício para mantermos o nosso coração consciente disto. Entregar ao Senhor as primícias da nossa renda é dar-Lhe honra. É distingui-Lo. É demonstrar o lugar especial que Ele ocupa em nossas vidas. Deus quer ser o Primeiro em nossas vidas.
  11. 11. Semente de bençãos Na verdade, a entrega das primícias é uma semente que dá acesso às bênçãos de Deus. O Senhor fez uma promessa a Abraão e à sua descendência. Mas, como Paulo escreveu aos romanos, a forma de santificarmos o restante de alguma coisa, é santificando ao Senhor as suas primícias. Portanto, Deus, que Se move por Seus princípios, pediu a Abraão as primícias de sua descendência: Isaque. RM 11:16
  12. 12. “PROSPERIDADE é a abundância da permanente PRESENÇA do SENHOR em Nossas Vidas… isto vem por nossa ENTREGA a DEUS de tudo o que temos e somos.” (Pra. Katherine Kullmann)

×