Arte publicaNomes:          Nºs:   1ºBMarina Ilidio   23Paula Sayuri    27
SurgimentoA arte pública é muito antiga, no passado era vistainicialmente pelo público clássico pré-tecnológico, de modoqu...
As pessoas comuns não tinham mais aquela proximidadecom a arte que havia na época. Surgiu assim anecessidade, por parte do...
Definição   Em sentido literal, seriam as obras que pertencem aos museus e acervos,    ou os monumentos nas ruas e praças...
   Diversos artistas sublinham o caráter engajado da arte pública, que    visaria alterar a paisagem ordinária e, no caso...
O surgimento no Brasil   No Brasil, é possível pensar em arte pública por meio de iniciativas    individuais de artistas....
Cedro do Buçaco, ex-líbris do JardimFrança Borges – Príncipe Real
Bill Fitz - Gibbons Artwork
Erica il Cane e Lucy McLauchlan –Projeto CRONO - Lisboa
Marc Chagall - Four Season - 1974 (Chase Tower Plaza , Chicago, Illinois)
Jack Sanders, Robert Gay e Butch Anthony- Co2LED
J Stewart Johnson - God Bless America – 2008, Pioneer Court, Chicago
Jeff Koon’s – Puppy - Espanha
Eduardo Catalano - Flor generica –Buenos Aires, Argentina 2002
Projeto de arte pública em São Paulo,patrocinado pela Vivo Brasil - são 100 artistascom 100 cabines
Joana Vasconcelos - A Vitrine (Lisboa, Portugal)
José Aurélio - Emissor-receptor de ondaspoéticas (Capuchos, Espanha) 2004
Anish Kapoor - Cloud gate The Bean2004, Millennium Park, Chicago, Illinois
P. Charters d`Azevedo - Button CowSuzana Prudente - Táxi Vaca
Srur - no rio Tietê 2008As 20 garrafas de 11 metros decomprimento cada, espalhadas pelo RioTietê foram o ponto alto de um ...
Pablo Picasso -The Chicagos Picasso - 1967
Don Lawer e Meg White - Awaking Muse(2006, Prairie Center forArts, Schaumburg, Illinois, EUA)
Tony Tasset - The eye(Laumeier SculpturePark, 2007)
Harry Bertoia - Fonte sonora
Lâmina Larga em Torção no Espaço, AçoPintado, 1980, Rio de Janeiro
Helio Oiticica - Penetráveis
Realidade Alusivas -Antônio Lizárragacultura em aço 1988 - Parque doIbirapuera
Maurício Bentes - Memorial 18 do Forte
Land Art   Land art é associado à arte pública. O espaço físico    são como desertos, lagos, planícies e planaltos.    Ap...
   Uma das tendências é    mais delicada, o natural    como lugar de    experimentação, com    grande liberdade de ação. ...
   A outra tendência, centrada    nos Estados Unidos. É uma    forma mais radical e    espetacular. Uma das suas    exper...
Michael Heizer -Rift
Christo - The Running Fence - 1976Christo - The Umbrella Project -1991
Michael Heizer - Double Negative - 1969-                             70, Overton, Nevada, EUAChristo - Pont Neuf - 1986
Alice Aycock - Simple Network of Underground Wells andTunnels - 1975
Arte Pública
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Arte Pública

5.342 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.342
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
44
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
66
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arte Pública

  1. 1. Arte publicaNomes: Nºs: 1ºBMarina Ilidio 23Paula Sayuri 27
  2. 2. SurgimentoA arte pública é muito antiga, no passado era vistainicialmente pelo público clássico pré-tecnológico, de modoque através das obras de “arte”, as divindades tornavam-sepresenciais e adquiriam vida na vida das pessoas. A artepública foi assim adorada pelos cidadãos comuns do mundoantigo. Eles conviviam em seu cotidiano comtemplos, estátuas e tragédias que garantiam a presença dosdeuses, e a arte distribuída pela cidade era de tal maneirainesperadas a eles, que nem conheciam o conceito de artepública como algo separado de suas vidas.Posteriormente, já na modernidade, quando se deu aseparação entre a arte e a vida, a arte em geral tornou-semeramente estética. Ela se refugiou nos museus e nasgalerias de arte.
  3. 3. As pessoas comuns não tinham mais aquela proximidadecom a arte que havia na época. Surgiu assim anecessidade, por parte dos modernos e iniciada pelosrenascentistas, de levar aquela arte ao público em geral. Noséculo XX, com a modernidade não representacional, a artepública se deparou com novos desafios: levar obrasabstratas e conceituais à desfrutação pública em geral.O desafio era trazer o grande público para as artesmodernas. A arte pública moderna contemplativa, noentanto, não conseguiu, na maioria dos casos, o objetivo porela proposto e viu, pelo contrário, o grande público se afastarou ignorar tais manifestações, chegando em alguns casos àpura aversão. Isto obrigou o poder público algumas vezes àremoção de várias obras, por solicitação popular. Asmultidões não detêm e nunca detiveram os códigos estético-históricos da modernidade, monopólio da elite culturalmoderna e contemporânea. O resultado foi a rejeiçãosumária das obras públicas, por parte das pessoas comuns.
  4. 4. Definição Em sentido literal, seriam as obras que pertencem aos museus e acervos, ou os monumentos nas ruas e praças, que são de acesso livre. O sentido corrente do conceito refere-se à arte realizada fora dos espaços tradicionalmente dedicados a ela, os museus e galerias. Fala-se de uma arte em espaços públicos, ainda que o termo possa designar também interferências artísticas em espaços privados, como hospitais e aeroportos. A idéia geral é de que se trata de arte fisicamente acessível, que modifica a paisagem circundante, de modo permanente ou temporário.
  5. 5.  Diversos artistas sublinham o caráter engajado da arte pública, que visaria alterar a paisagem ordinária e, no caso das cidades, interferir na fisionomia urbana, recuperando espaços degradados e promovendo o debate cívico. O iraniano Siah Armajani afirma "O artista público é um cidadão em primeiro lugar “. A arte pública deve ser pensada dentro da tendência da arte contemporânea de se voltar para o espaço, seja ele o espaço da galeria, o ambiente natural ou as áreas urbanas. Diante da expansão da obra no espaço, o espectador deixa de ser observador distanciado e torna-se parte integrante do trabalho.
  6. 6. O surgimento no Brasil No Brasil, é possível pensar em arte pública por meio de iniciativas individuais de artistas. Na década de 1960, as manifestações ambientais de Hélio Oiticica (1937 - 1980), com suas capas, estandartes, tendas... podem ser tomadas como exemplos de produção artística que interpela a cena pública. Na década de 1970, podem ser lembradas as intervenções na cidade realizadas por Antonio Lizarraga (1924) em parceria com Gerty Saruê (1930), cujo primeiro resultado é Alternativa Urbana. A obra, definida pelos autores como peça de "engenharia urbana“.
  7. 7. Cedro do Buçaco, ex-líbris do JardimFrança Borges – Príncipe Real
  8. 8. Bill Fitz - Gibbons Artwork
  9. 9. Erica il Cane e Lucy McLauchlan –Projeto CRONO - Lisboa
  10. 10. Marc Chagall - Four Season - 1974 (Chase Tower Plaza , Chicago, Illinois)
  11. 11. Jack Sanders, Robert Gay e Butch Anthony- Co2LED
  12. 12. J Stewart Johnson - God Bless America – 2008, Pioneer Court, Chicago
  13. 13. Jeff Koon’s – Puppy - Espanha
  14. 14. Eduardo Catalano - Flor generica –Buenos Aires, Argentina 2002
  15. 15. Projeto de arte pública em São Paulo,patrocinado pela Vivo Brasil - são 100 artistascom 100 cabines
  16. 16. Joana Vasconcelos - A Vitrine (Lisboa, Portugal)
  17. 17. José Aurélio - Emissor-receptor de ondaspoéticas (Capuchos, Espanha) 2004
  18. 18. Anish Kapoor - Cloud gate The Bean2004, Millennium Park, Chicago, Illinois
  19. 19. P. Charters d`Azevedo - Button CowSuzana Prudente - Táxi Vaca
  20. 20. Srur - no rio Tietê 2008As 20 garrafas de 11 metros decomprimento cada, espalhadas pelo RioTietê foram o ponto alto de um trabalho deconscientização ecológica de 3 milcrianças. Quando a obra foi desmontada, omaterial plástico foi reciclado e setransformou em mochilas ecológicasdistribuídas para estudantes da redepública.
  21. 21. Pablo Picasso -The Chicagos Picasso - 1967
  22. 22. Don Lawer e Meg White - Awaking Muse(2006, Prairie Center forArts, Schaumburg, Illinois, EUA)
  23. 23. Tony Tasset - The eye(Laumeier SculpturePark, 2007)
  24. 24. Harry Bertoia - Fonte sonora
  25. 25. Lâmina Larga em Torção no Espaço, AçoPintado, 1980, Rio de Janeiro
  26. 26. Helio Oiticica - Penetráveis
  27. 27. Realidade Alusivas -Antônio Lizárragacultura em aço 1988 - Parque doIbirapuera
  28. 28. Maurício Bentes - Memorial 18 do Forte
  29. 29. Land Art Land art é associado à arte pública. O espaço físico são como desertos, lagos, planícies e planaltos. Apresenta como campo onde os artistas realizam grandes arquiteturas ambientais. Apresenta duas tendências.
  30. 30.  Uma das tendências é mais delicada, o natural como lugar de experimentação, com grande liberdade de ação. Foi protagonizado pelo holandês Marinus Bozem e pelos ingleses Barry Flannagam e Richard Long, que realizaram trabalhos com folhas e pedras, colocados na paisagem onde pretendiam colocar em paralelo e diferentes formas naturais.
  31. 31.  A outra tendência, centrada nos Estados Unidos. É uma forma mais radical e espetacular. Uma das suas experiências mais conhecidas é a “Espiral”(Spiral Jetty), realizada por Robert Smithson em 1970, no Great SaltLake, construída com terra e pedra sobre a água, numa extensão superior a quatrocentos metros, posteriormente destruída pela água.
  32. 32. Michael Heizer -Rift
  33. 33. Christo - The Running Fence - 1976Christo - The Umbrella Project -1991
  34. 34. Michael Heizer - Double Negative - 1969- 70, Overton, Nevada, EUAChristo - Pont Neuf - 1986
  35. 35. Alice Aycock - Simple Network of Underground Wells andTunnels - 1975

×