Portfólio holocausto

376 visualizações

Publicada em

Síntese de percurso de elaboração do TCA elaborado pela prof. Karina de Figueiredo. A ser preenchido individualmente pelos alunos dos 9° anos.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
376
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Portfólio holocausto

  1. 1. EMEF PRESIDENTE NILO PEÇANHA DISCIPLINA: HISTÓRIA - PROF. KARINA DE FIGUEIREDO PORTFÓLIO HOLOCAUSTO (TCA – 2015) Nome: __________________________________ 9____
  2. 2. CRIE SUA PRÓPRIA CAPA!
  3. 3. MAPA CONCEITUAL HOLOCAUSTO
  4. 4. Significados de Holocausto Originalmente o Holocausto tinha um significado,.. Com o advento do nazismo mudou de significado… Llll
  5. 5. Origem do Movimento – o Antissemitismo. Procure o significado do conceito de Antissemitismo e escreva abaixo: _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ Mas no Nazismo, ele teve uma justificativa específica, que foi registrada por Hitler, em seu livro Mein Kampf. Leia o trecho abaixo: “ É, porém, um indício, não só de sua confiança crescente, como também da consciência de sua segurança, que uma parte se proclame, aberta e cinicamente, como raça judaica, ao mesmo tempo que a outra, sem a mínima sinceridade, disfarça-se em alemães, franceses ou ingleses. A maneira por que tratam os outros povos é- um sinal evidente de que vêem muito próxima a vitória. O judeuzinho de cabelos negros espreita, horas e horas, com um prazer satânico, a menina inocente que ele macula com o seu sangue, roubando-a ao seu povo. Não há meios que ele não empregue para estragar os fundamentos raciais do povo que ele se propõe vencer. Do mesmo modo que, segundo um plano traçado, vai corrompendo mulheres e mocinhas, também não recua diante do rompimento de barreiras impostas pelo sangue, empreendendo essa obra em grande escala, no país estranho. Foram e continuam a ser ainda judeus os que trouxeram os negros até o Reno, sempre com os mesmos intuitos secretos e fins evidentes, a saber: "bastardizar" à força a raça branca, por eles detestada, precipitá-la do alto da sua posição política e cultural e elevar-se ao ponto de dominá-la inteiramente. Decorre daí que um povo de raça pura, consciente de seu sangue, nunca poderá ser subjugado pelo judeu. Este só poderá ser dominador de bastardos. É assim que, sistematicamente, ele tenta fazer baixar o nível racial por um ininterrupto envenenamento dos indivíduos.” a. O conceito chave para entender esse pensamento, é o do povo de raça pura a que Hitler, se refere. Qual era este povo e quais suas vantagens? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ b. Em que consistia este movimento de bastardizar a raça branca? Explique. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ c. De que maneira estes argumentos foram usados para perseguir os judeus, ou seja, como os nazistas os usaram para persegui-los. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________
  6. 6. E HOJE... Xenofobia se converte em agressões contra imigrantes haitianos Desde julho, 13 trabalhadores do Haiti denunciaram espancamentos sofridos dentro de empresas em que trabalhavam, em Curitiba O tórax do haitiano Maurice*, de 26 anos, ainda dói quando faz movimentos bruscos. Há pouco mais de um mês, ele foi espancado até perder os sentidos, por dois colegas de trabalho. As agressões ocorreram dentro da cerealista da qual eram empregados. O rapaz foi surrado depois de pedir que parassem de lhe ofender por sua cor e condição de migrante. Além de, por mais de um mês, ter sido chamado diariamente de “escravo” e de “macaco”, aguentava colegas que lhe atiravam bananas, como forma de ofendê-lo. Mais do que os ferimentos físicos, é a dor do preconceito que incomoda o haitiano. “Eu falava pra eles: ‘Você é meu irmão. Sou humano igual a você, criado pelo mesmo Deus’. Mas me bateram, bateram e ninguém separou”, disse o migrante. “Eu não entendo porque isso, se sou gente como eles”, lamenta. (19/10/2014) http://www.gazetadopovo.com.br/vida-e-cidadania/xenofobia-se-converte-em-agressoes- contra-imigrantes-haitianos-ef4atki1925lz2d0e34rtiudq a. procure o que significa XENOFOBIA. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ b. Porque motivo o haitiano sofreu agressões em seu trabalho? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ c. Qual a fala do imigrante aos agressores? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ d. Você acredita que a esta fala poderia ser usada por um judeu na Alemanha nazista? Justifique. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ Na Europa há vários casos de xenófobos que agridem imigrantes e até colocam fogo em suas casas. A maioria dos países desenvolvidos teme que a chegada maciça de imigrantes possa provocar o surgimento de problemas sociais (desemprego, criminalidade, queda na qualidade de vida etc.), em razão disso, já existem até partidos xenófobos que lutam contra a entrada de imigrantes. Em suma, o xenofobismo aqui destacado tem como objetivo demonstrar o preconceito de origem, ou seja, pessoas de países ricos que possuem aversão a pessoas oriundas de países pobres ou em desenvolvimento. FREITAS, Eduardo De. "Xenofobia social "; Brasil Escola. Disponível em <http://www.brasilescola.com/geografia/xenofobia-social.htm>. Acesso em 27 de setembro de 2015. a. Depois de ler os dois textos, explique se a Xenofobia é uma exclusividade do Brasil. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ b. Explique o que texto define como preconceito de origem. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ c. Concluindo então, esta reflexão, hoje refugiados, mendigos, negros, índios, deficientes são vistos com preconceito ou tem as mesmas oportunidades que qualquer cidadão? Cite 1 exemplo. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________
  7. 7. CONCEITO DE RAÇA Desde o final da Segunda Guerra Mundial, depois do nazismo, começaram a ser promovidos estudos que discutiam a ideia de raça na biologia e nas ciências sociais. A inexistência das raças biológicas ganhou força com as recentes pesquisas genéticas. Os geneticistas descobriram que a constituição genética de todos os indivíduos é semelhante o suficiente para que a pequena porcentagem de genes que se distinguem (que inclui a aparência física, a cor da pele etc) não justifique a classificação da sociedade em raças. Essa pequena quantidade de genes diferentes está geralmente ligados à adaptação do indivíduo aos diferentes meio ambientes. Para ele, a noção de raças humanas "é tóxica": "Como uma casca de banana, o conceito de raça é vazio e perigoso. Vazio, porque sabemos que "raças humanas" não existem como entidades biológicas. Perigoso, porque o conceito de "raça" tem sido usado para justificar discriminação, exploração e atrocidades", diz. "Eu compreendo racismo como um fenômeno social e não um biológico. As raças não existem, mas a mentalidade relativa às raças foi reproduzida socialmente", concorda Gevanilda Santos, autora de Racismo no Brasil, entre outros livros sobre o tema. a. Segundo o texto, existem raças biológicas? Explique. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ b. Explique a frase: As raças não existem, mas a mentalidade relativa às raças foi reproduzida socialmente. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ c. Levando em conta as duas repostas anteriores, a que racismo existente no Brasil o trecho faz menção? Ele se assemelha ao que Hitler defende em seu livro Minha luta? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ d. Analise a charge e relacione com a tese do texto que “o conceito de “raça” tem sido usado para justificar a discriminação, exploração e atrocidades”. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________
  8. 8. AÇÕES ANTIJUDAICAS NA ALEMANHA Em Janeiro de 1933, cerca de 522 000 judeus viviam na Alemanha. No entanto, no seguimento da ascensão do Nazismo e das suas ideologias e políticas antissemitas, a comunidade judaica foi severamente perseguida. Mais de metade (cerca de 304 000) emigrou durante os primeiros seis anos do regime nazi. Em 1933, a perseguição aos judeus passou a fazer parte da política nazi, vários pogroms começaram a ocorrer. Em 1935 e 1936, o ritmo da perseguição aumentou ainda mais; no ano de 1936, os judeus ficaram proibidos de exercer qualquer tipo de profissão para, assim, prevenir qualquer influência ao nível educativo, político e na indústria. Na noite de 9 para 10 de Novembro de 1938, as SS realizaram uma operação contra os judeus que ficou conhecida como ""A Noite dos Cristais" (Kristallnacht). As montras das lojas e dos escritórios judeus foram destruídas e vandalizadas, e muitas sinagogas foram incendiadas. O crescente antissemitismo originou uma onda de emigração em massa dos judeus da Alemanha durante a década de 1930. Na véspera da Segunda Guerra Mundial, apenas residiam na Alemanha cerca de 214 000 judeus. Figura 1 Cemitério judaico queimado Fig 2 Sinagoga Queimada na Noite dos Cristais Pesquise como aconteceu a perseguição nazista aos judeus, incluindo a ocorrência de pogroms (o que eram, como eram) e as leis de Nuremberg feitas pelo governo nazista e a Noite dos Cristais. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________
  9. 9. Essa política de perseguição objetivava um conceito em alemão chamado de Jüdenrein. Pesquise seu significado e sua relação com a política de perseguição nazista. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ Ainda usando texto anterior como base, preencha a tabela a seguir: Ano Número de judeus residentes na Alemanha 1933 1939 Antes da II Guerra Relacionando texto e tabela, NÃO podemos afirmar que: a. os judeus imigraram durante toda década de 1930 para fugir da perseguição nazista. b. a exclusão dos judeus do processo de igualdade civil foi uma consequência da política racista alemã. c. os judeus foram convidados a contribuir com o regime nazista alemão já que eram reconhecidos como uma intelectualidade importante no país. d. a Noite dos Cristais, destruiu e vandalizou propriedades, comércios e sinagogas judaicas. e. o número de judeus na Alemanha às vésperas da segunda guerra, era menos do que a metade do começo da década de 1930. O texto fala: “os judeus ficaram proibidos de exercer qualquer tipo de profissão para, assim, prevenir qualquer influência ao nível educativo, político e na indústria.”. Como poderia ser esta influência? E que tipo de trabalhos passou a ser exercido pelos judeus? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ O símbolo ao lado representa o símbolo da SS nazista. Pesquise o que foi a SS e seu papel no regime nazista. ________________________________________ ________________________________________ ________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________
  10. 10. OS GUETOS Como era a vida em um gueto? Revista Mundo Estranho por Roberto Navarro | Edição 46 O dia-a-dia era barra-pesada. Os bairros europeus onde os judeus foram forçados a morar durante a Segunda Guerra eram imundos, lotados e cheios de doenças. Os moradores sofriam com a fome e o frio - faltavam agasalhos e combustível para cozinhar ou aquecer a população. Os guetos ficaram tristemente famosos por conta dos nazistas, na década de 1940. Em 1939, logo depois da invasão da Polônia pelas tropas alemãs, o comando nazista determinou que todos os judeus nos territórios ocupados deveriam ser deportados para "áreas especiais" nas principais cidades dessas regiões. No total, os nazistas estabeleceram cerca de 400 guetos, a maioria nos países invadidos na Europa Oriental, como Polônia, União Soviética, Checoslováquia, Romênia e Hungria entre 1939 e 1945. "Durante este período, viveram em guetos ou outras formas de moradia confinada entre 3,5 milhões e 4,5 milhões de judeus, em sua maioria poloneses e soviéticos. Em alguns guetos, além de judeus, viviam também grupos de ciganos", afirma o historiador Peter Black, do Museu Memorial do Holocausto, nos Estados Unidos. Não existem números confiáveis, mas grande parte dos habitantes dos guetos durante a Segunda Guerra foi morta em campos de extermínio. Abaixo, algumas características básicas dos guetos... PIOR QUE PRISÃO A maioria dos guetos era cercada por muros vigiados por guardas para controlar o entra-e-sai. Na capital da Polônia, Varsóvia, onde ficava o maior de todos os guetos, os muros tinham 3 metros de altura e eram reforçados com arame farpado para confinar 450 mil pessoas numa área de 3 km2. O espaço que habitavam - que podia ser de apenas 2 m2 por pessoa - era banheiro, cozinha e quarto ao mesmo tempo. CULTURA CLANDESTINA Os nazistas proibiam o funcionamento de escolas dentro dos guetos, mas em muitos deles foram criadas salas de aula clandestinas, escondidas em sótãos ou porões. TRISTE ESTRELA Em 1939, os nazistas obrigaram os judeus do gueto de Varsóvia a usar em suas roupas um distintivo amarelo com a estrela de Davi, para se diferenciarem dos outros habitantes da cidade. Nos anos seguintes, esse sistema de discriminação foi implantado em quase todos os outros guetos RAÇÃO RACIONADA A fome e a desnutrição eram constantes: as rações autorizadas pelos nazistas forneciam menos de 10% da comida necessária para alimentar os habitantes. O cardápio era sofrível: batatas (quase sempre poucas e podres), uma tigela diária de sopa aguada e uma bisnaga de pão por semana a. o que eram os guetos? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ b. quem vivia nos guetos? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ c. como era a vida nestes locais? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ d. qual a função da criação destes guetos? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ e. hoje em dia você acha que ainda existem guetos? Dê exemplos. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________
  11. 11. A LISTA DE SCHINDLER ROTEIRO DE OBSERVAÇÃO DO FILME: 1. Como aparece no filme o comportamento antissemita dos alemães? Cite 3 exemplos. _______________________________________ _______________________________________ _______________________________________ _______________________________________ _______________________________________ _______________________________________ 2. Como foi a retirada dos judeus do gueto? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ 3. Porque o filme se chama a Lista de Schindler? O que era esta lista? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ 5. Como ele ajudou a salvar milhares de judeus? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ 6. Comente sobre o contraste entre o apoio que ele recebia dos nazistas e sua atitude e, salvar os judeus. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ 7. Descreva como era o campo de concentração de Auschwitz que aparece no filme. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ 8. Em que momentos do filme a questão do Holocausto se faz presente. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________
  12. 12. RELATO HISTÓRICO “Em 1944, a frente russa chegou mais perto da cidade. E disseram que seriamos levados para a Alemanha. E lá as condições iriam ser melhores. Fomos levados em agosto de 1944 num trem de gado e, ao invés da Alemanha, chegamos em Auschwitz. Nesse momento, fomos separados homens e mulheres, e minha mãe foi levada para a câmara de gás e queimada no crematório. Eu estava junto ao meu pai ainda, e o que eu vi na chegada, a pessoa pode viver mil anos e não vai ver. E não fiquei cego. As crianças eram arrancadas do colo das mães, espancadas por todos os lados. O tempo não contava. Podia ser uma hora, 48 horas, o tempo não contava. Um antigo prisioneiro dizia que tínhamos chegado no inferno. Meu pai falava muito bem alemão, e perguntava se estávamos em outro planeta. A resposta foi que ali só tinha uma saída: a chaminé. Era um grande crematório. Se queimavam pessoas 24 horas por dia.” Aleksander Henryk Laks, sobrevivente do Holocausto "No interior do vagão, ficavam tão apertados que talvez nem sentissem frio. E no verão sufocavam, porque fazia muito, muito calor. Então os prisioneiros tinham muita sede, tentavam sair. (...) E algumas vezes faziam de propósito, muito simplesmente saiam, sentavam-se no chão, e os guardas chegavam e lhes davam um tiro na cabeça. (...) Uma vez os judeus pediram água, um ucraniano que passava proibiu de dar água. Então a prisioneira que pedia água jogou-lhe na cabeça a panela que segurava, então o ucraniano recuou um pouco, dez metros talvez, e começou a atirar no vagão, a esmo. Então aqui ficou cheio de sangue e de miolos." Prisioneiro de Treblinka "O gás, quando começava a agir, propagava-se de baixo para cima. E no pavoroso combate que travava então pois era um combate — a luz era cortada nas câmaras de gás, ficava escuro, não se via nada, e os mais fortes queriam sempre subir mais alto. Sem dúvida sentiam que quanto mais subissem, menos o ar lhes faltava. (...) E ao mesmo tempo quase todos precipitavam-se para a porta. Era psicológico, a porta estava lá... E é por isso que as crianças e os mais fracos, os velhos, encontravam-se embaixo, e os mais fortes por cima. Nesse combate da morte, o pai já não sabia que seu filho estava lá, debaixo dele." Filip Müller, sobrevivente de Auschwitz. "Treblinka nessa época funcionava a plena força. Estávamos então começando a esvaziar o gueto de Varsóvia. Em dois dias, chegaram cerca de três trens (...) Chegaram a Treblinka cinco mil judeus, e entre eles havia três mil mortos (...) Eles haviam aberto as veias, ou estavam mortos, assim... Descarregamos semimortos e semiloucos. (...) Nós os amontoamos aqui, aqui e aqui. Era milhares de humanos empilhados uns sobre os outros. Empilhados como madeira. Mas também outros judeus, vivos, esperavam ali há dois dias, pois as pequenas câmaras de gás já não eram suficientes. Funcionavam dia e noite, naquele tempo.” Franz Suchomel, SS Unterscharführer 1. O que os 3 primeiros textos têm em comum? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ 2. O texto 1 e 2 faz menção ao meio de transporte que levava os judeus aos campos de concentração. Qual era este meio e como era a viagem? _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ 3. O trecho 3 e 4 faz menção a uma prática que correspondia a uma política oficial nazista. A qual prática se refere ______________________________________________ Qual o nome desta política? ___________________________________________ Em que período da guerra ela ocorreu? __________________________________ Onde ela acontecia? ________________________________________________ Qual seu objetivo? __________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________
  13. 13. O diário de Anne Frank – Tertúlia Literária Diário de Anne Frank', publicado originalmente em 1947, se tornou um dos relatos mais impressionantes das atrocidades e horrores cometidos contra os judeus durante a Segunda Guerra Mundial. A força da narrativa desta adolescente — que mesmo com sua pouca experiência de vida foi capaz de escrever um testemunho de humanidade e tolerância — a tornaria uma das figuras mais conhecidas do século XX. Agora, seis décadas após ter sido escrito, o diário é finalmente publicado na íntegra. A nova edição traz um caderno de fotos, além de vários trechos inéditos. O livro reconstrói os tensos anos em que a família Frank viveu em Frankfurt, em clima de total antissemitismo, a fuga da Alemanha e a vida no esconderijo, em Amsterdam. Com fotos e cartas inéditas obtidas junto a parentes e amigos, esta edição finalmente revela mais sobre a jovem Anne Frank, sobre sua família, o ambiente social em que ela cresceu, sua vida antes e depois da fuga e sobre seus últimos setes meses de vida — depois de ter sido traída, capturada pelos nazistas e enviada a um campo de concentração. Conhecido em todo o mundo através do teatro, adaptações para televisão e traduções, 'O Diário de Anne Frank', incrível documento humano, continua a chocar e a emocionar. Ele assinala passagens de uma vida insólita, problemas da transformação da menina em mulher, o despertar do amor, a fé inabalável na religião e, principalmente, revela a nobreza fora do comum de um espírito amadurecido no sofrimento. Descrição disponível em: http://www.saraiva.com.br/o-diario-de-anne-frank- edicao-definitiva-347296.html O diário foi lido nas aulas em parceria com a disciplina de português, Releia o trecho assinalado e registre que sensações ele te despertou e como você analisa a situação relatada. _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________ _____________________________________________________________
  14. 14. Linha do tempo do Holocausto Construa uma linha do tempo do Holocausto contendo seus principais fatos.
  15. 15. Caça Palavras Ache as palavras referentes ao Holocausto Nazista da década de 1940. W R U H F E R D I O N G T O L A D P O L O N I A Z T R I O N D C O D A F G U R H U Y I P A E A G D U T Y P I X E R T P Z J M R A M T U L A K T O I P I U A O Y N L S A N R U I M J S A R M H O L O C A U S T O U T U A F I T I A W E R T Y U D A S D O T R S O K J H T R E E A C E L L U A R O R R G U O N P H G M E M T T E E T A S P R O W A H R E R F S G U E T O E J I S R S N E C U I I T R E I Y T A V S G M S T O Z U L O N K Z O U T U A U A K S X U I L L Banco de palavras: POLONIA – ARIANA – NAZISTA – HOLOCAUSTO – HITLER – GUETO – TREM – AUSCHWITZ – POGROM – JUDENREIN – CÂMARA DE GÁS CRUZADINHA
  16. 16. Mapa Holocausto 1. Este mapa retrata qual região do mundo? ______________________________________ ______________________________________ ______________________________________ 2. Onde se localizavam os guetos? ______________________________________ ______________________________________ ______________________________________ 3. Em que território se localizavam os campos de concentração? E os de extermínio? ______________________________________ ______________________________________ ______________________________________ 4. Qual a diferença entre os campos de concentração e de extermínio? Considerando o que foram, a função, quem era aprisionado e tratamento aos prisioneiros. ______________________________________ ______________________________________ ______________________________________ ______________________________________ ______________________________________ ______________________________________ ______________________________________ ______________________________________ ______________________________________ ______________________________________ ______________________________________ ______________________________________ ______________________________________ ______________________________________ ______________________________________
  17. 17. OS CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO & CAMPOS DE EXTERMÍNIO Figura 3:Entrada do Capo de Concentração de Auschwitz http://mundoestranho.abril.com.br/materia/como-era-um-campo-de-exterminio Arquitetura da destruição TERMINAL DA MORTE Os passageiros chegavam em vagões de carga superlotados, sem água, nem comida e em condições precárias de higiene - um balde em cada vagão servia de latrina MORTOS-VIVOS Depois de desembarcar, os prisioneiros tinham seus bens confiscados e eram examinados por médicos. Os mais fortes iam para a área de trabalhadores escravos. Mas entre 70% e 75% dos recém-chegados eram mandados direto para a morte nas câmaras de gás. CASA DO DESESPERO A maioria dos prisioneiros de Auschwitz ficava em um dos 300 prédios de "moradia" do complexo. Infestados de ratos e vermes, esses ambientes abafados e sem água corrente abrigavam até mil presos cada um, que dormiam de lado para caber em camas coletivas de madeira para dez pessoas DE VOLTA AO PÓ Depois da asfixia, os corpos dos mortos seguiam para a cremação em fornalhas. A fumaça da queima deixava o complexo com um cheiro de carne queimada, enquanto as cinzas eram pulverizadas ou usadas em plantações. Estima-se que 4 700 pessoas podiam ser cremadas por dia em Auschwitz GÁS FATAL A morte acontecia em 4 câmaras de gás subterrâneas - as vítimas eram mandadas prá lá com a desculpa de que iam tomar um banho de desinfecção. De chuveiros falsos no teto saía o gás venenoso zyklon B, usado como inseticida. A asfixia durava de 3 a 20 minutos e podia matar até 2 mil pessoas por câmara DÁ CÁ O TEU Numa área junto ao campo principal de Auschwitz ficava um depósito onde se armazenavam os bens confiscados dos prisioneiros - sapatos, roupas, jóias, dinheiro, óculos ou qualquer objeto de valor. A maioria dessas coisas era mandada para os nazistas na Alemanha JÁ PRO PAREDÃO Nos barracões conhecidos como "quarteirão da morte" ficavam detidas as pessoas que perturbassem a ordem em Auschwitz. Lá dentro, os prisioneiros eram torturados e submetidos a julgamentos sumários. Depois, eram fuzilados no muro de execução, uma parede perto dos barracões VELÓRIO ROUBADO Quando todas as vítimas estavam mortas, alguns dos próprios prisioneiros entravam na câmara usando roupas especiais para retirar os mortos. Em seguida, usavam-se maçaricos para derreter o ouro das obturações de dentes dos mortos, produzindo de 5 a 10 quilos do metal por dia Procure o significado da frase de entrada no campo de concentração e escreva porque será que esta frase foi escolhida para entrada do complexo. ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ Em que consistia este confisco de bens dos prisioneiros dos campos? Qual o objetivo? ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ Faça uma visita virtual ao museu de Auschwitz: http://auschwitz.org/en/
  18. 18. Enumere e descreva as imagens abaixo e associe-as com as informações que você leu da descrição dos campos de concetração. lllll llllllll ____________________________________________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________________________________________________________________ lllllllllll
  19. 19. SOLUÇÃO FINAL Pesquise o que foi a Política Nazista de Solução de Final. Construa um texto explicando como acontecia, principais fatos, seu objetivo e qual a consequência dele. ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________
  20. 20. Os números do Holocausto Número de vítimas em Auschwitz-Birkenau [1] entre 1940-1945. Tabela. Grupos de vítimas -- Judeus Poloneses Sinti e Roma Prisioneiros de guerra soviéticos Outros Total Deportados, passaram -- pela plataforma/rampa, sem identificação, foram gaseados 865.000 10.000 2.000 3.000 Sem informação 900.000 Prisioneiros registrados que morreram -- no campo 100.000 65.000 19.000 12.000 15.000 200.000 Total 965.000 75.000 21.000 15.000 15.000 1.100.000 Assinale a alternativa INCORRETA sobre a tabela: a. o número de judeus mortos sem identificação é maior do que o número de judeus registrados que entraram no campo de concentração. b. o maior número de prisioneiros registrados são poloneses. c. prisioneiros de guerra não estiveram presos nos campos de concentração d. o total de vítimas dos campos ultrapassa 1 milhão de pessoas. e. o número de mortos registrados no campo é menor do que os sem identificação. Números de vítimas do Holocausto por país em relação aos números da populaçao de 1937 Tabela n° 4: Porcentagem de vítimas por país (proporção da população judaica massacrada em relação ao total da população judaica dentro das fronteiras de 1937) Europa oriental Polônia ------------------------90 % Países bálticos --------------90 % Romênia ----------------------50 % URSS Bielorrússia ------cerca de 65 % Ucrânia -----------cerca de 60 % Rússia -------------------------11% Europa central e Balcãs Alemanha ---------------36 %[1] 90 %[2] Áustria -------------------27 %[3] 83 %[4] Tchecoslováquia Boêmia e Morávia ----67 %[5] 88 %[6] Eslováquia --------------83 % Hungria ------------------50 % Iugoslávia ---------------60 % Grécia --------------------75 % Europa ocidental França -------------------25 % Bélgica ------------------60 % Holanda -----------------75 % Noruega -----------------50 % Itália ----------------------20% [1] em comparação à população judaica da Alemanha em 1933 (cerca de 300.000 judeus alemães emigraram entre 1933 e 1939 de um total de 500.000). [2] em comparação à população judaica que permaneceu na Alemanha depois de 1939 [3] em comparação à população judaica austríaca em 1937 (cerca de 125.000 judeus emigraram da Áustria entre 1938-1939 de um total de 185.000). [4] em comparação à população judaica austríaca que permaneceu no território do Reich após 1939. [5] em comparação à população judaica em 1937 (de cerca de 120.000 judeus da Boêmia e Morávia, 28.000 emigraram entre 1938-1939). [6] em comparação à população judaica que permaneceu no Protetorado da Boêmia e Morávia após 1939. http://holocausto-doc.blogspot.com.br/2013/04/numeros-de-vitimas-do- holocausto-por-pais-em-relacao-aos-numeros-da-populacao-em-1937.html Sobre as informações da tabela acima é INCORRETO afirmar: a. os países da Europa oriental tiveram a maior parte da população judaica assassinada pelo III Reich. b. os países citados na tabela em sua maior parte estavam dominados pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. c. Um grande número de judeus emigrou dos países que moravam um pouco antes da guerra. d. os 3 menores percentuais de mortos, pertencem à Rússia, França e Itália. e. O maior índice de vidas salvas foi na Polônia.
  21. 21. INTOLERÂNCIA E HOLOCAUSTO O Holocausto “O Holocausto mostra-nos o que acontece quando a vida humana não é tratada como um valor e quando as pessoas são degradadas por outras ao serviço da intolerância fanática. Se a humanidade quiser sobreviver, teremos de aprender a reconhecer os outros, bem como a considerar a diferença e a diversidade como uma experiência positiva e enriquecedora. Precisamos de estar vigilantes na defesa dos direitos fundamentais. Devemos compreender que o mal deve ser contestados nos seus primeiros estágios de desenvolvimento e que numa sociedade verdadeiramente tolerante e civilizada não pode haver espaço para o racismo e para a intolerância.” Robert Szuchta e Poitr Trojanski https://olharaintolerancia.wordpress.com/2015/09/24/o-holocausto-citacao-de-robert-szuchta-e-poitr- trojanski/ Todos os governos democráticos atuais são fundados sobre os valores da tolerância e respeito à diversidade. O tema do TCA, o Holocausto, teve como justificativa exatamente este combate à intolerância que vemos hoje ainda no mundo. Os exercícios a seguir discutirão estes temas, relacionando-os ao Holocausto. Procure no dicionário o significado das palavras Tolerância e Intolerância. ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ Como a diferença e a diversidade podem ser experiências positivas na vivência do dia a dia? ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ Quais seriam os direitos fundamentais a que o home tem direito? ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ Que vigilância é esta que o autor cita, ou seja, como ela deve ser feita por nós? ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ O que seria a sociedade verdadeiramente tolerante e civilizada que o autor cita? Explique o entende por isso com suas palavras e analise o mundo de hoje e se estes valores estão presentes. Dê exemplos. ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ ____________________________________________________________

×