Karl marx – concepções na educação

19.921 visualizações

Publicada em

1 comentário
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
19.921
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
837
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
260
Comentários
1
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Karl marx – concepções na educação

  1. 1. Kamila Assink de Liz
  2. 2. Imagem de Karl Marx
  3. 3.  Karl Heinrich Marx (1818- 1883), foi filósofo eeconomista alemão Nasceu em 5 de maio de 1818 Seu pai, advogado, e sua mãe, descendiam dejudeus Ideólogo do comunismo científico e organizador domovimento proletário internacional. Nasceu em Treves na Alemanha Estudou Direito, mas dedicou-se à história e àfilosofia Elaborou a doutrina do socialismo
  4. 4.  A contribuição de Marx na educação deve serconsiderada em dois níveis:  De que a educação é parte, incluindo as relações de determinação e influência que ela recebe da estrutura econômica  E o específico das discussões de temas e problemas educacionais A educação do futuro é baseada no sistema fabril,associando-se a o trabalho produtivo com aescolaridade e a ginástica
  5. 5.  Defendia que a transformação social influenciava naeducação, e a educação no sistema social Não podem empregar crianças e adolescentes amenos que combine trabalho produtivo e educação A educação é dividida em três coisas:  Educação intelectual - conhecimento  Educação corporal - exercícios de ginástica e militares  Educação tecnológica – Todos os processos de produção, manipulação de instrumentos do ramo da indústria.
  6. 6.  Combater a alienação e a desumanização era, para Marx, afunção social da educação. Para isso seria necessário aprendercompetências que são indispensáveis para a compreensão domundo físico e social. O filósofo alertava para o risco de aescola ensinar conteúdos sujeitos a interpretações “de partidoou de classe”. Ele valorizava a gratuidade da educação, masnão o atrelamento a políticas de Estado – o que equivaleria asubordinar o ensino à religião. Marx via na instrução dasfábricas, criada pelo capitalismo, qualidades a ser aproveitadaspara um ensino transformador – principalmente o rigor comque encarava o aprendizado para o trabalho. O maisimportante, no entanto, seria ir contra a tendência“profissionalizante”, que levava as escolas industriais a ensinarapenas o estritamente necessário para o exercício dedeterminada função.Fonte: http://educarparacrescer.abril.com.br/aprendizagem/karl-marx-307009.shtml
  7. 7.  Karl Marx. Disponível em:<http://educarparacrescer.abril.com.br/aprendizagem/karl-marx-307009.shtml>. Acesso em: 25 set. 2012 GADOTTI, M.História das idéias pedagógicas. 5.ed.São Paulo: Ática,1997.

×