Danças tradicionalistas do sul

10.822 visualizações

Publicada em

Trabalho

0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.822
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
447
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
166
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Danças tradicionalistas do sul

  1. 1. TRABALHO DE ARTESLARISSA COSTA MELLO 3*SÉRIE I
  2. 2. As danças populares tradicionais desta região são marcadas pelas fortes influências espanholas, portuguesa e, posteriormente, pela cultura imigrante européia.As danças gaúchas são legítimas expressões da alma gauchesca. Em todas elas está presente o espírito de fidalguia e de respeito à mulher, que sempre caracterizou o espírito do campesino rio-grandense. Os sapateados são amoldados ao ritmo regional e as coreografias se espelham no romantismo espanhol.
  3. 3.  Pau-de-Fitas O pau-de-fitas foi trazido pelos alemães que aportaram no sul do Brasil. Um mastro de aproximadamente três metros é fincado no chão com diversas fitas coloridas atreladas a ele. Os dançarinos devem estar em número par e cada um segura uma fita para girar ao redor do mastro. No decorrer dos passos da dança, vão se formando desenhos com as tranças das fitas. A dança é acompanhada por músicas provenientes de instrumentos como o cavaquinho, pandeiro, acordeão e violão. Fandango Esse estilo de dança tem origem ibérica e foi trazida pelos portugueses para as regiões de litoral do Paraná. No Brasil, recebeu influências dos índios e o fandango também pode ser encontrado nos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e São Paulo. São utilizados instrumentos como violas, pandeiro e uma rabeca enquanto a letra é improvisada. Os dançarinos fazem uma roda e dançam com passos valsados e o ritmo é seguido com palmas e com as batidas dos pés.
  4. 4.  Chimarrita Dança típica de Portugal, foi trazida por eles para o Brasil durante o século XIX. Inicialmente, a dança era realizada com os casais juntos dançando algo parecido com as valsas. Depois, as duplas passaram a dançar em várias direções e mais separados. Em algumas partes, eles dançam juntos no passo bem conhecido que é o dois pra lá e dois pra cá. A partir de alguns movimentos, o homem, chamado de peão, e a mulher, que recebe o nome de prenda, podem flexionar levemente os joelhos durante os passos. Milonga Essa dança também é popular na Argentina e no Uruguai. No Rio Grande do Sul, ela recebe a companhia da viola e de outros instrumentos musicais. A milonga gaúcha lembra os passos do tango e é bem mais lenta e romântica. Ela pode ser dançada de três formas: havaneirada (seguindo os passos da vaneira), tangueada (dança no ritmo de marcha) e rio-grandense (dança com passos dois e um. Vaneirão/Vaneira/Vaneirinha É um ritmo bastante comum no estado e tem suas origens na cidade de Havana, em Cuba. Sua influência incidiu não só sobre o Rio Grande do Sul como também nos sambas do Rio de Janeiro. O nome da dança se altera conforme o ritmo, pois se ele for lento recebe o nome de Vaneirinha, rápido, Vaneirão e moderado, Vaneira. Os passos são realizados com dois pra lá e dois pra cá, sendo que são alternados com quatro movimentos de cada lado.
  5. 5. ChulaDança que é praticada só por homens e ela representa um desafio. Uma lança é colocada nochão e três homens em suas extremidades. Eles sapateiam de diversas formas e, após realizaruma sequência de passos, outro dançarino vai executar os movimentos e deve realizar de formamais difícil que o anterior. Tudo isso acontece sob a música de uma gaita gaúcha. O dançarinoque vence o desafio é aquele que realiza uma coreografia mais difícil que os companheiros,quando encosta na vara ou quando por algum motivo perde o ritmo.PezinhoO Pezinho tem origens portuguesas e conseguiu atrair adeptos no Rio Grande do Sul e emSanta Catarina. Além de dançar, os dançarinos devem cantar no ritmo da música queacompanha os passos. A coreografia se altera entre passos ritmados pelos pés e as duplas querodam em torno de si.Outras danças típicas do Rio Grande do Sul-Chote;-Bugio;-Mazurca;-Contrapasso;-Marcha;-Polca;-Chamamé;-Rancheira.
  6. 6.  Boi de Mamão Essa dança também é conhecida como bumba-meu-boi, boi-bumbá, boi-de-cara-preta, dentre outros. Em Santa Catarina, a dança apresentada durante a encenação é mais alegre e brincalhona do que as que são apresentadas nas regiões norte e nordeste. Dança do Vilão É uma das danças que faz parte do folclore de Santa Catarina. São diversos componentes, balizadores, batedores e músicos, ou seja, muito semelhante a que é dançada no estado de Goiás. Com os bastões, os integrantes realizam batidas e giram entre si. O movimento proporcionado pelo vai e vem dos bastões deixa a coreografia mais bonita. Balainha Também recebe o nome de Arcos Floridos ou Jardineira e os casais seguram um arco florido. É formada uma fila e as duplas vão passando os arcos por cima e por baixo dos demais casais. Depois, são executados outros passos com formação de grupos com quatro pares e eles fazem uma roda para cruzar seus arcos e formar as balainhas.
  7. 7.  São danças tradicionais gaúchas o Anu, o Balaio, a Cana Verde, o Caranguejo, o Chico Sapateado ou Cuiquinho, a Chimarrita, a Chimarrita Balão, o Chote Carreirinho, o Chote de Sete Voltas, o Chote de Duas Damas, o Chote de Quatro PassO, o Chote Inglês, a vaneira Marcada, o Maçanico, a Meia Canha (polca de relação), o Pau de Fitas, o Pezinho, o Queromana, a Rancheira de Carreirinha, o Rilo, a Roseira, o Sarrabalho, o Tatu, o Tatu de Volta no Meio e a Tirana do Lenço.
  8. 8. Tradição é a memória cultural de um povo.É um conjunto de idéias, usos, memórias,recordações e símbolos conservados pelos tempos, pelas gerações,transmitidos de pais para filhos.Inspirado neste legado mantido pela famíliae que conserva valores culturais e peculiares do povo gaúcho,o deputado Osmar Severo prestigia nossos hábitos e costumes no seu novo projeto de lei.Desta vez o patrimônio simbólico gaúcho que pretende ser preservadopelo parlamentar é o Conjunto de Danças Gaúchas.No Projeto de Lei que acabou de ser protocolado,as danças tradicionais gaúchas, suas respectivas músicas e letras,deverão ser reconhecidas como integrantes do patrimônio cultural doEstado.
  9. 9. ENART(ENCONTRO DEARTE E TRADIÇÃOGAÚCHA
  10. 10.  promover encontros para debater sobre os assuntos relacionados com a Tradição Gaúcha Catarinense. O compromisso com as Gerações, a História, o Folclore, o Artesanato, a Sociedade e o Futuro. E está acima dos interesses individuais, por isso a busca dos valores. Abrir espaço para o aparecimento de novos grupos e talentos, para fortalecer ainda mais o meio artístico catarinense. Estimular o intercâmbio cultural entre as entidades tradicionalistas de Santa Catarina, as quais asseguram a credibilidade e a vontade firme de atingir os objetivos do tradicionalismo. Premiar os talentos que melhor atenderem aos propósitos deste regulamento, dentro da mais pura liberdade e compromisso com a nossa sociedade.
  11. 11. CTGBARBICACHOCOLORADOEM ESMERALDANO ANO DE 2012.

×