Casas Bahia x Ponto Frio

2.459 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.459
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
44
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Casas Bahia x Ponto Frio

  1. 1. VAREJOFernanda de AlencarKalinde MachadoRodrigo Gonzalez
  2. 2. A HISTÓRIA
  3. 3. 1957 – Abertura da 1ª loja. 1946 - Fundação da Globex.1960 – Passou a chamar-se “Casas Bahia”. 1950 - 1º loja de varejo no Rio de Janeiro.1964 – Início da venda de eletrodomésticos. 1981 - Registro de companhia aberta.1970 – Aquisição da Intervest e lojas 1992 - Aquisição das Casas Buri.Piratininga. Cria mascote Bahianinho e o 1996 - Lançou site na internet. 1ª emissãoslogan “Dedicação Total a Você”. pública de ações.1978 – Aquisição da fábrica Bartira e Móveis 1997 - Comprou a rede varejista J. H. Santos.Bela Vista. 1999 - Adquiriu 22 lojas da rede Kit Eletro.1989 – Alcança 100 filiais. 2000 - Arrematou 81 pontos de venda em1996 – Centro de Distribuição é o maior da leilão da rede Disapel. Liderou o ranking dorede e da América Latina. setor em números de lojas. Inaugurou 1ª2000 – Contabiliza 300 lojas em 7 Estados. Megastore em São Paulo.2004 – Acordo com Bradesco, para financiar 2002 - Inaugurou 2 Centros de Distribuição ecartão de crédito da rede. logística.2008 – Programa de reciclagem e 2003 - Inaugurou 8 lojas em SP, cidades ondeconscientização ambiental. não atuava. Inaugurou Megastore no RJ.2009 – Lança sua loja virtual. Associação com 2007 - Novo formato de loja: Pontofrio Digital.o Grupo Pão de Açúcar. 2008 - Criou o PontoFrio.com Comércio2010 – Integração com Ponto Frio. Eletrônico S.A.
  4. 4. LOGOMARCA
  5. 5. EVOLUÇÃO DA LOGO“A forma é um dos componentes de marca mais negligenciado, mesmo queem muitos casos ela seja a clara expressão da marca.” – Martin Lindstrom
  6. 6. ANÁLISE DAS CORESO azul associa a idéia O vermelho simboliza o poder, é a cor que sede credibilidade e associa com a vitalidadeseriedade. e a ambição.As cores remetem à Contribui também para abandeira do estado confiança em sida Bahia. mesmo, a coragem e uma atitude otimista ante a vida. “A cor é essencial para o processo de construção da marca porque é o primeiro sinal visível da comunicação.” – Martin Lindstrom
  7. 7. A ORIGEM DO NOME O nome é uma O nome originou-se homenagem aos seus na tradução da primeiros marca estadunidense clientes, que eram Coldspot, uma extinta migrantes oriundos marca do de refrigeradores. . Nordeste, principalm ente da Bahia. “ ”“Nomes são fáceis de lembrar. Isso também possibilita que a empresa concentre suasenergias em outras características de comunicação.” – Martin Lindstrom
  8. 8. O MASCOTE Foi criado com o objetivo O pinguim teve origem de representar a na marca de integração do Brasil refrigeradores dentro das lojas da Coldspot, que muitas rede, o que explica a vezes era representada utilização de um chapéu por pinguins. de nordestino e bombachas gaúchas.“Ícones de sucesso ajudam as empresas a levar suas mensagens aterrenos novos e inexplorados.” – Martin Lindstrom
  9. 9. POSICIONAMENTO
  10. 10. Objetivo: Objetivo:• Realizar o sonho dos • Ser 1ªopção na cabeça do fregueses; consumidor;• Proporcionar a melhor • Oferecer sempre a melhor experiência de compra; experiência de compra; • Atendimento• Gestão focada na solidez especializado e muito do negócio e no respeito; próximo, desde a venda• Dedicação total aos até o pós-venda; nossos • Maior variedade e clientes, colaboradores, fo disponibilidade de rnecedores e parceiros; produtos; • Oferecer serviços.
  11. 11. COMUNICAÇÃO“Quanto mais forte for a personalidade da marca, mais focada estará no ser humano emenos no produto, e maior será a facilidade do consumidor para associarpalavras, frases e expressões à marca.” – Martin Lindstrom
  12. 12. Foco no público das classes A propaganda da empresaC, D e E. não conta com uma pessoaLinguagem simples e com específica fazendo sempreapelo para atrair esse os anúncios. Sãopúblico específico atrás da propagandas simples e quepossibilidade de exaltam o preço baixo.parcelamento em inúmeras E tem como foco o públicoparcelas de baixo valor. das classes A, B e C.
  13. 13. SLOGAN “Dedicação total à você” ANTIGO: “Tudo de melhor pelo melhor preço”Aplica-se aos dois lados da moeda:clientes e colaboradores. NOVO:Possui o Centro de Convivência, espaço “Viva a inovação”de relaxamento e convívio para oscolaboradores , com lanchonete, salão O novo slogan marca uma fase maisde cabeleireiro e livraria. voltada para a ideia de produtos deE o Edifício Chana Klein, com 3 mil tecnologia e melhor prestação demetros quadrados que reúne serviços serviços. O reposicionamento dade saúde, opções de lazer, cultura e marca tem como conceito abeleza. tecnologia aplicada ao cotidiano dos consumidores.
  14. 14. IMAGEM
  15. 15. E-COMMERCE
  16. 16. Entrou no e-commerce em: 2009 Entrou no e-commerce em: 1997Razão: Acredita no enriquecimento das Razão: Acompanhar o crescimento foraclasses mais baixas e o posterior das regiões onde a Companhia atuaaumento da classe média brasileira. fisicamente. Objetivo: Construir a melhor opção deObjetivo: Tem como alvos também as e-commerce do Brasil paratradicionais classes que consomem clientes, fornecedores e funcionários.produtos do Submarino, Americanas,Ponto Frio e ShopTime. *Cria site institucional em 1996, em 97 abre vendas online.*Pesquisas foram realizadas nas lojas *Em 2002 é eleito a Empresa de E-físicas em 2008 para entender as Commerce do Ano, pela AMI.expectativas e construir ferramentas. *Em 2008 cria o PontoFrio.com*Site conta com acompanhamento por Comércio Eletrônico S.A, uma empresaespecialistas em tempo real, que varejista online com gestão e operaçãoajudam a guiar a compra. independentes.
  17. 17. ATUAÇÃO NASREDES SOCIAIS
  18. 18. CURIOSIDADES
  19. 19. Uma das estratégias demarketing mais copiadas poroutras redes foi “criada” porSamuel Klein: colocar o caixanos fundos da loja, fazendo oconsumidor passar por todos osprodutos, estimulando achamada “compra na boca docaixa”. Há um estímulo aocliente para que ele consumamesmo quando está pagandoum carnê.
  20. 20. REFERÊNCIABIBLIOGRÁFICA
  21. 21.  LINDSTROM, Martin. Brandsense. New York, NY: Kogan Page Limited, 2005. http://midiadados.digitalpages.com.br/home.asp http://www.alexa.com/ http://www.pontofrio.com.br/ http://www.grupopaodeacucar.com.br/ http://institucional.casasbahia.com.br/ http://yrbrasil.com.br/ http://mundodasmarcas.blogspot.com.br

×