Apresentação oficina 1 sensibilização

176 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
176
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação oficina 1 sensibilização

  1. 1. PROGRAMA REDE DE INOVAÇÃO EM GESTÃO DO TURISMO OFICINA: SENSIBILIZAÇÃO E MAPEAMENTO DAS COMPETÊNCIAS INDIVIDUAIS E ORGANIZACIONAIS FACILITADORES: Elisabeth Mattos Márcia Rangel Sérgio Fialho
  2. 2. PROGRAMAÇÃO 8:30 – Café da manhã de Boas Vindas e Credenciamento; 9:00 – Abertura: Secretaria de Turismo do Estado da Bahia Câmara Estadual de Secretários e Dirigentes Municipais de Turismo Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia 9:30 – Dinâmica de Integração; 10:00 – Apresentação dos conceitos e conteúdos do Diagnóstico de Competência; 12:00 – Intervalo – Brunch 13:30 – Apresentação do Ambiente Virtual de Aprendizagem AVA; 14:00 - Distribuição e orientação para o preenchimento do Diagnóstico Individual; 16:00 – Apresentação e orientação para preenchimento do Diagnóstico Organizacional; 17:00 – Agenda de atividades e demais esclarecimentos; 17:30 – Encerramento
  3. 3. OBJETIVO DA REDE DE INOVACÃO DO TURISMO A Rede de Inovação em Gestão do Turismo, visa tecer uma teia de conhecimentos, de pessoas e instituições relacionadas à gestão da política do turismo no estado da Bahia e no Brasil, para fazer face aos desafios atuais e perspectivas futuras para a economia e gestão do turismo local, regional e nacional
  4. 4. METODOLOGIA Metodologia e os conceitos relacionados com a 1ª Etapa do Programa: OFICINA - SENSIBILIZAÇÃO, COMPROMETIMENTO E PLANEJAMENTO DO CURSO DE CAPACITAÇÃO OBJETIVOS: Mobilizar, sensibilizar e alinhar os atores institucionais e participantes envolvidos; Promover nivelamento dos aspectos teórico-metodológicos que fundamentarão o programa; Comprometer os participantes com o desenvolvimento, do programa. OFICINA - METODOLOGIA DE MAPEAMENTO DE COMPETÊNCIAS PROFISSIONAL E ORGANIZACIONAL OBJETIVOS: Desenvolver metodologias específica para o diagnóstico das competências profissionais e organizacionais dos municípios, visando a adequação dos instrumentos de gestão.
  5. 5. O CONCEITO DE COMPETÊNCIAS O conceito de Gestão por Competências foi introduzido formalmente na Administração Pública Federal pela Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoal (PNDP), instituída pelo Decreto nº 5.707, de 23/02/2006. Decreto apresenta como objetivos da Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoas - PNDP a melhoria da qualidade, eficiência e eficácia dos serviços públicos prestados à sociedade. Para tanto, a adequação das competências individuais requeridas dos servidores devem estar alinhadas aos objetivos institucionais, através de ações de capacitação
  6. 6. O CONCEITO DE COMPETÊNCIAS
  7. 7. FASES DO DIAGNÓSTICO DE COMPETÊNCIAS O Diagnóstico de Competências está sendo desenvolvido em quatro fases: Na primeira fase do Programa foi realizada uma Pesquisa Documental no MTUR e na SETUR, como objetivo de identificar às estratégias organizacionais para os Municípios e a identificação das competências gerais e transversais; Na segunda fase, foi debatido em um “Grupo Focal” composto por Consultores da UFBA e Técnicos e especialistas em gestão do turismo indicados pela SETUR. A partir dos resultados obtidos no Grupo Focal, foram identificadas por ordem de importância as principais competências a serem desenvolvidas, ao longo do Curso; Na terceira fase, será desenvolvida as Oficinas de Sensibilização e Diagnóstico de Competências Individuais com o objetivo de identificar as lacunas de competências individuais para realizar a gestão do turismo. Ainda nesta fase os gestores serão convidados a responderem o Diagnostico Organizacional disponibilizado no Ambiente Virtual de Aprendizagem – AVA da Rede, com itens referentes ao contexto do Município. Esses itens estão distribuídos em 3 (três) grupos, Contexto e Recursos Gerais da Prefeitura, Infraestrutura Municipal para o Turismo e a Gestão para o Turismo. Na quarta fase, as Competências Individuais e Organizacionais, serão avaliadas, com o intuito de identificar aquelas de maior importância, e que precisam ser aprimoradas. A identificação de eventuais lacunas de competências guiará as ações de desenvolvimento do Programa de Qualificação dos Gestores da Rede de Inovação do Turismo.
  8. 8. O CONCEITO DE COMPETÊNCIAS
  9. 9. IDENTIFICAÇÃO DE EVENTUAIS LACUNAS DE COMPETÊNCIAS
  10. 10. AGENDA DO PROGRAMA
  11. 11. GESTORES DA REDE DO TURIMO Comissão Gestora da Rede de Inovação em Gestão do Turismo Coordenação Geral - Cássia Magalhães Comissão Gestora: - Gestão do Planejamento - Ússula Pinto - Gestão da Qualificação - Daniella Rebouças - Gestão de Organização e Métodos - Miriam Seixas - Gestão da Articulação e Descentralização - Taís Viana - Gestão em Tecnologia da Informação - Valbete Panta - Gestão em Comunicação - Andrea Lamego - Gestão Financeira - Alane Carvalho - Apoio - Mayara Garcia CONTATOS: Diretoria de Serviços Turísticos (DST) Superintendência de Serviços Turísticos (SUSET) Secretaria do Turismo da Bahia (SETUR) Fone: (71)3116-4146 E-mail: coordenacao.rededeinovacao@turismo.ba.gov.br
  12. 12. OBRIGADO! Márcia Rangel Mrangel.ufba@gmail.com “Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina” Cora Coralina (1983)

×