Iluminação Natural
Domus Prismáticos
Iluminação natural convencional
 Porcentagem de área de telhado com domus ou telha
translúcida;
 Maior passagem de calor...
 Utilizado nos USA e Europa há 20 anos;
 Presente no Brasil há 7 anos;
 Conceito do cálculo luminotécnico para
a ilumin...
Domus Prismático
 Utilização de material de longa
durabilidade - acrílico 100% puro;
 Garantia: 10 anos;
 23.000 prisma...
 As placas prismáticas de
acrílico filtram a passagem
dos raios UV e IV;
 Proporcionam uma
iluminação uniforme e
agradáv...
Walmart– Campo Grande - MS
Mausa – Piracicaba - SP
Mausa – Piracicaba - SP
Sistema de Lentes Acrílicas Duplas
 Lente prismática superior cristal;
 Colchão de ar, isolante térmico;
 Lente prismática inferior leitosa;
 10 anos de ...
Ultravioleta Infravermelho
Lente Simples 0 – 6,3% 7,5%
Lente Dupla 0 – 1,7% 1,8%
Lente Tripla 0 – 0,5% 0,5%
Fonte: UNICAMP
Lentes termoformadas
Maior redução de raios infravermelhos e ultra
violetas;
Índice de reprodução de cores (IRC) de 100%;
Baixo peso próprio...
 Ambiente com as luzes totalmente apagadas
Honda – Sumaré - SP
CD Nívea – Itatiba - SP
CD Bauducco – Guarulhos - SP
Super Faé – Vitória - ES
Walmart– Campo Grande - MS
Super do Povo – Fortaleza - CE
Embaré – Lagoa da Prata - MG
Senai – Igrejinha - RS
Gerdau – Pindamonhangaba -SP
Frangolândia – Fortaleza - CE
Letande – Valinhos - SP
Atack – Manaus - AM
Sistema para áreas com forro
Inovação ao iluminar áreas com forro
Supermercados
Escritórios
Residências
Captação
Condução
Difusão
Sistema para áreas com forro
Dutos refletores
Captação da luz
Condução da luz
Mazak – Indaiatuba - SP
Difusão da luz
Wanderbox – Fortaleza - CE
Johnson & Johnson – São José dos Campos - SP
São Vicente – Americana – SP
Infanger – Vinhedo - SP
Projeto luminotécnico
personalizado
Requisitos para cálculo
 Parâmetros da construção;
 Atividade desenvolvida na área a ser iluminada;
 Cidade onde se loc...
Norma ABNT
Norma ABNT
Localização geográfica
Informações decorrentes do cálculo
 Quantidade de equipamentos necessários;
 Luminosidade média no ano;
 Luminosidade m...
Média mensal mínima:
400 lux
Média anual:
500 lux
Média mensal máxima:
590 lux
10 equipamentos de 1,22m X 2,44m
Escoamento das águas de chuva
Estudo comparativo de uma
mesma edificação para duas
regiões com diferentes níveis
de iluminância externa
 Área : 5.000m²
 Pé Direito: 9,60m
 Iluminância Planejada: 750lux
 Edificação 1 – São Paulo / SP
 Edificação 2 – Caru...
102 equipamentos
de 1,22m X 2,44m
São Paulo – SP
Caruaru - PE
79 equipamentos
de 1,22m X 2,44m
(redução de 22%)
Aplicação em diversos
tipos de telhados
Telhado metálico
Telhado com facefelt
Telhado em arco
Telhas de concreto
Telhas Roll -on
Telhado zipado
Estrutura auxiliar de sustentação
Sustentabilidade
Luz artificial apagada praticamente o dia todo;
Ilumina mesmo em dias nublados;
Real economia de energ...
Fábrica - Rua Lauro Muller, 860 – Prédio 05 – Porto Alegre - RS
Tel.: + 55 51 3362.1680 – Comercial: contato@comfortlux.ec...
Iluminação natural por domus prismático   2014
Iluminação natural por domus prismático   2014
Iluminação natural por domus prismático   2014
Iluminação natural por domus prismático   2014
Iluminação natural por domus prismático   2014
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Iluminação natural por domus prismático 2014

1.395 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.395
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Iluminação natural por domus prismático 2014

  1. 1. Iluminação Natural Domus Prismáticos
  2. 2. Iluminação natural convencional  Porcentagem de área de telhado com domus ou telha translúcida;  Maior passagem de calor e de raios ultra-violeta;  Foco concentrado de luz;  Envelhecimento rápido do material;  Perda de luminosidade em menor espaço de tempo;  Menor período diário de luzes apagadas.
  3. 3.  Utilizado nos USA e Europa há 20 anos;  Presente no Brasil há 7 anos;  Conceito do cálculo luminotécnico para a iluminação natural;  Maior comprometimento com a sustentabilidade. Domus Prismático
  4. 4. Domus Prismático  Utilização de material de longa durabilidade - acrílico 100% puro;  Garantia: 10 anos;  23.000 prismas por m²;  Luz uniforme em todo ambiente;  Cálculo luminotécnico específico para cada empreendimento.
  5. 5.  As placas prismáticas de acrílico filtram a passagem dos raios UV e IV;  Proporcionam uma iluminação uniforme e agradável, sem a concentração de calor.
  6. 6. Walmart– Campo Grande - MS
  7. 7. Mausa – Piracicaba - SP
  8. 8. Mausa – Piracicaba - SP
  9. 9. Sistema de Lentes Acrílicas Duplas
  10. 10.  Lente prismática superior cristal;  Colchão de ar, isolante térmico;  Lente prismática inferior leitosa;  10 anos de garantia contra ressecamento e amarelamento; Lente Acrílica Dupla
  11. 11. Ultravioleta Infravermelho Lente Simples 0 – 6,3% 7,5% Lente Dupla 0 – 1,7% 1,8% Lente Tripla 0 – 0,5% 0,5% Fonte: UNICAMP
  12. 12. Lentes termoformadas
  13. 13. Maior redução de raios infravermelhos e ultra violetas; Índice de reprodução de cores (IRC) de 100%; Baixo peso próprio, dispensando reforços estruturais.
  14. 14.  Ambiente com as luzes totalmente apagadas
  15. 15. Honda – Sumaré - SP
  16. 16. CD Nívea – Itatiba - SP
  17. 17. CD Bauducco – Guarulhos - SP
  18. 18. Super Faé – Vitória - ES
  19. 19. Walmart– Campo Grande - MS
  20. 20. Super do Povo – Fortaleza - CE
  21. 21. Embaré – Lagoa da Prata - MG
  22. 22. Senai – Igrejinha - RS
  23. 23. Gerdau – Pindamonhangaba -SP
  24. 24. Frangolândia – Fortaleza - CE
  25. 25. Letande – Valinhos - SP
  26. 26. Atack – Manaus - AM
  27. 27. Sistema para áreas com forro Inovação ao iluminar áreas com forro Supermercados Escritórios Residências
  28. 28. Captação Condução Difusão Sistema para áreas com forro
  29. 29. Dutos refletores
  30. 30. Captação da luz
  31. 31. Condução da luz Mazak – Indaiatuba - SP
  32. 32. Difusão da luz Wanderbox – Fortaleza - CE
  33. 33. Johnson & Johnson – São José dos Campos - SP
  34. 34. São Vicente – Americana – SP
  35. 35. Infanger – Vinhedo - SP
  36. 36. Projeto luminotécnico personalizado
  37. 37. Requisitos para cálculo  Parâmetros da construção;  Atividade desenvolvida na área a ser iluminada;  Cidade onde se localiza a edificação;  Iluminância planejada.
  38. 38. Norma ABNT
  39. 39. Norma ABNT
  40. 40. Localização geográfica
  41. 41. Informações decorrentes do cálculo  Quantidade de equipamentos necessários;  Luminosidade média no ano;  Luminosidade média no mês mais desfavorável;  Luminosidade média no mês mais favorável.
  42. 42. Média mensal mínima: 400 lux Média anual: 500 lux Média mensal máxima: 590 lux 10 equipamentos de 1,22m X 2,44m
  43. 43. Escoamento das águas de chuva
  44. 44. Estudo comparativo de uma mesma edificação para duas regiões com diferentes níveis de iluminância externa
  45. 45.  Área : 5.000m²  Pé Direito: 9,60m  Iluminância Planejada: 750lux  Edificação 1 – São Paulo / SP  Edificação 2 – Caruaru / PE Parâmetros do estudo
  46. 46. 102 equipamentos de 1,22m X 2,44m São Paulo – SP
  47. 47. Caruaru - PE 79 equipamentos de 1,22m X 2,44m (redução de 22%)
  48. 48. Aplicação em diversos tipos de telhados
  49. 49. Telhado metálico
  50. 50. Telhado com facefelt
  51. 51. Telhado em arco
  52. 52. Telhas de concreto
  53. 53. Telhas Roll -on
  54. 54. Telhado zipado
  55. 55. Estrutura auxiliar de sustentação
  56. 56. Sustentabilidade Luz artificial apagada praticamente o dia todo; Ilumina mesmo em dias nublados; Real economia de energia; Aumento do período de durabilidade de lâmpadas e reatores, devido à menor utilização diária.
  57. 57. Fábrica - Rua Lauro Muller, 860 – Prédio 05 – Porto Alegre - RS Tel.: + 55 51 3362.1680 – Comercial: contato@comfortlux.eco.br

×