Revolução industrial

3.336 visualizações

Publicada em

O Slides que você está usando é para uso exclusivamente didático, sem intenção comercial e foi organizado para servir como referencial teórico sobre a REVOLUÇÃO INDUSTRIAL. Os slides foram elaborados por Juliar Luiz Manenti, Professor da rede pública estadual de ensino de Santa Catarina, graduado em História pela Unoesc Campus Joaçaba e Pós Graduando em História e Geografia Ambiental do Sul do Brasil.

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.336
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
354
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
134
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revolução industrial

  1. 1. Prof° Juliar Luiz Manenti
  2. 2. O Slides que você está usando é para uso exclusivamente didático, sem intenção comercial e foi organizado para servir como referencial teórico sobre a REVOLUÇÃO INDUSTRIAL. Os slides foram elaborados por Juliar Luiz Manenti, Professor da rede públicaestadual de ensino, graduado em História pela Unoesc Campus Joaçaba e Pós Graduando em História e Geografia Ambiental do Sul do Brasil.
  3. 3. O que foi“Processo de transformações econômicas e sociais, caracterizadas pela aceleração do processo produtivo e pela consolidação da produção capitalista. Tal processo liquidou com os resquícios da produção baseada em relações feudais e consolidou definitivamente o modo de produção capitalista.” Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  4. 4. EVOLUÇÃO HISTÓRICA:Artesanato:Manufatura:Maquinofatura: Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  5. 5. MANUFATURA ARTESANATO MAQUINOFATURATRABALHO FERRAMENTAS DIVISÃO DO FERRAMENTASINDIVIDUAL MANUAIS TRABALHO MECÂNICAS Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  6. 6. PIONEIRISMO INGLÊS: Acúmulo de capital; Revolução econômica; A produção na atingia a demanda mundial; Posição geográfica; Influência do Ato de Navegação Introdução de energia; Potencial de matéria prima; Êxodo rural; (mão-de-obra barata). Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  7. 7. PRIMEIRAS MÁQUINAS 1765: Máquina de fiar (James Hargreaves); 1769: Bastidor hidráulico (Richard); Samuel Kroptn juntou ambas e fez a máquina de fiar; Arkwrigth 1769 – Torcedura Cartwrigth 1784 – Tear mecânico James Watt e Thomas Newcomen – maquina a vapor Entre 1804 a 1823: locomotivas e barcos Telégrafo: Morse 1837 Telefone: Graham Bell 1875 Motor a explosão: Rudolf Diesel Motor a gasolina: Karl Benz Lâmpada elétrica: T. Edison Telegrafo sem fio: Marconi Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  8. 8. Primeira máquina térmica patenteada Em 1698, Thomas Savery (1650-1715) Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  9. 9. James Watt 1736- 1819 Denis Pepin , 69 anos antes já haviaAno de 1769 anunciado o princípio da máquina. Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  10. 10. Máquina a vapor Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  11. 11. Novas formas de produzir e se deslocar Foi a máquina a vapor que acelerou a revolução industrial ou a revolução industrial que acelerou a criação da máquina? Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  12. 12. FASES DA INDUSTRIALIZAÇÃO:1ª FASE:  1760/ 1850: Máquina a vapor:  Máquinas rudimentares;  Máquinas perigosas;  Jornadas de 16 a 18 horas diárias;  Não havia leis trabalhistas;  Mulheres e crianças recebiam menores salários. Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  13. 13. 2ª FASE: Século XIX: Eletricidade (petróleo)  Máquinas modernas;  Surgem os sindicatos e leis trabalhistas;  Expansão mundial; Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  14. 14. 3ª FASE: Pós Segunda Guerra Mundial:  Desenvolvimento da robótica e informática;  Surgem as multinacionais;  Desemprego a larga escala; Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  15. 15. REFLEXOS: POLÍTICOS:  Fortalecimento dos regimes totalitários;  Cargos públicos destinados a alta renda; SOCIAIS:  Mudança no conceito burguês;  Êxodo rural;  Manifestação de operários. ECONOMICOS:  Fortalecimento do regime capitalista;  Crises econômicas;  Novas colônias na Ásia e África;  Acumulação de capital;  Divisão internacional de trabalho. Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  16. 16. Impactos do Avanço Industrial: Pontos Positivos e Negativos Surgimento do proletariado; O crescimento do proletariado ocorreu em condições de vida precárias; Trabalho infantil; Trabalho Feminino; Altas jornadas de trabalho; Os salários eram extremamente baixos; A revolução nos transportes: surgimento da locomotiva a vapor; estradas de ferro se multiplicaram e desenvolvimento da navegação a vapor. Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  17. 17. MOVIMENTO OPERÁRIO Ludismo (1811 – 1818): movimento de trabalhadores que destruíam máquinas. Cartismo (1832 – 1848): movimento de trabalhadores que redigiam reivindicações trabalhistas ao parlamento britânico. Obteve alguns benefícios como a redução da jornada de trabalho para 10 horas e regulamentação do trabalho infantil e feminino. Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  18. 18. FORMAÇÃO DE GRANDES CONGLOMERADOS ECONÔMICOS: HOLDING TRUSTE CARTELEmpresas financeiras Empresas que absorvem Empresas de um que controlam seus concorrentes, mesmo ramo que secomplexos industriais controlando a associam para evitar a partir da posse de produção, preços e concorrência, suas ações. dominando o mercado. dividindo os mercados. A A A B ACORDO CONTROLE COMPRA ACIONÁRIO D C B C D B C D MONOPÓLIO Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  19. 19. UMA DAS TEORIAS QUE, DE MODO GERAL JUSTIFICAVA A SOCIEDADE CAPITALISTA Liberalismo Econômico Thomas Malthus:Adam Smith: David Ricardo: Ensaio sobre osA Riqueza das Princípios da Princípios da Nações Economia Política população Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  20. 20. Thomas Robert Malthus Ensaio sobre a população (1798):  “o poder da população é infinitamente maior que o da terra para produzir a subsistência do homem” Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  21. 21. LIBERALISMO:•Política: governo de caráterdemocrático, separação de poderes,liberdade e dignidade ao cidadão pormeio do Estado;•Economia: não intervenção estatal;iniciativa privada;•Religião: separação da Igreja e doEstado. Liberdade de culto; Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  22. 22. CORRENTES POLÍTICAS QUE CRITICAVAM A EXPLORAÇÃO DOS TRABALHADORES E AS INJUSTIÇAS SOCIAIS Socialismo Utópico Saint-Simon Owen Fourrier Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  23. 23. CAPITALISMO DITADURA DO PROLETARIADO COMUNISMO (SOCIALISMO) Propriedade Privada Propriedade Comunal Dissolução do Estado Exploração Estado: Coordenador Liberdade e Igualdade Concorrência Geral Cooperação e Amizade Egoísmo Democracia TRANSIÇÃO Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com
  24. 24. SOCIALISMO CIENTÍFICO: Karl Marx e Friedrich Engels1. Dialética: a natureza e a sociedade passam por processo permanente de transformação.2. Modo de Produção: toda sociedade possui uma base material representada pelas forças econômicas e pelas relações sociais de produção.3. Lutas de classe: em termos sociais “o motor da história”ANARQUISMO: Proudhon e Bakunin defende a ausência de governo, deautoridade.SOCIAL-CRISTÃO : criticava a exploração capitalista, mais não aceitava as idéiassocialistas. Documento elaborado pela Igreja Católica – Encíclica Rerun Novarun Juliar Luiz Manenti juliarhistoria@gmail.com

×