JCMA edição 16

1.168 visualizações

Publicada em

PRINCIPAIS NOTÍCIAS
- As últimas notícias sobre o túnel entre Santos e Guarujá
- Palácio das Artes de Praia Grande comemora 5 anos
- Praia Grande Games recebe mais de 15.000 visitantes
- Anderson Silva mostra suas técnicas em livro
- Atividade Física para reduzir o estresse
- Quando usar gelo ou compressa para aliviar dores
- Juntos os maiores nomes do design do entretenimento
- Nova geração do Golf - Novidades na linha Trailblazer

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.168
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
925
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

JCMA edição 16

  1. 1. www.jornalcma.blogspot.com.br - Ano II - Nº 16 - 1ª Quinzena de Outubro de 2013 - Distribuição gratuita Túnelentre SantoseGuarujá O Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto ao Meio Ambiente (EIA/Rima) para a construção do túnel submerso que ligará Santos ao Guarujá foi entregue no início de setembro pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, ao prefeito de Santos, Paulo AlexandreBarbosa,eàprefeitadoGuarujá,MariaAntonietadeBrito. Página3 GERAL O livro “A Livro mostra um arsenal de golpes e contra-golpes do campeão Anderson Silva. Página 5 eess BEM-ESTAR Praticar regularmente atividades físicas pode ajudar na redução do estresse. Página 6 GAMER A 3ª edição de The Union traz em outubro os maiores nomes em efeitos visuais e concept design da indústria de entretenimento mundial. Página 10 GOURMET Veja algumas receitas práticas de bolos que levam cremes e recheios com chocolate, doce de leite, banana e café. Página 2 DIVERSÃO “OTempo e oVento”é filme dirigido por Jayme Monjardim, livremente adaptado da obra de Rico Veríssimo, que traz grandes nomes no elenco, como Fernanda Montenegro, Paulo Goulart,Thiago Lacerda, Cleo Pires, Marjorie Estiano e José de Abreu, entre outros. Página 13 RIDERRIDER Sétima e nova geração do Golf GTISétima e nova geração do Golf GTI chega ao Brasil em outubro.chega ao Brasil em outubro. Página 11Página 11 VISUAL A coleção de verão 2013 da Hering Kids chega inspirada nas grandes navegações. Página 7 buição gratuita BEM-ESTAR VISUAVISUA AAA çã dA coleção de HHH K dddddHering Kids ddnas grandes áPP 7777Página 7
  2. 2. 2 1ª Quinzena de Outubro de 2013 31ª Quinzena de Outubro de 2013JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA GERAL Túnel submerso que ligará Santos ao Guarujá tem traçado definitivo N o dia 3 de setembro, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, entregou ao prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, e à prefeita do Guarujá, Maria Antonieta de Brito, o Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto ao Meio Ambiente (EIA/Rima) para a construção do túnel submerso que ligará Santos ao Guarujá, em cerimônia realizada no Palácio dos Bandeirantes. Segundo o governo de SãoPaulo,otúnel,projetado com uma tecnologia inédita no Brasil, permitirá o transporte entre as duas cidades, reduzirá o tempo de circulação de veículos, eliminará gargalos no trânsito e contribuirá para a diminuição do consumo de combustíveiseaemissãode gases poluentes. Atualmente, a ligação entre os municípios é feita pela Rodovia Cônego Do- menico Rangoni e pelas balsas das Travessias Litorâneas da Dersa. “Uma ligação de 43 quilômetros fica reduzida a um túnel e uma travessia em um minuto e 40 segundos. E n t ã o, é q u a l i d a d e de vida para a Região Metropolitana da Baixada”, explicou o governador Geraldo Alckmin. O túnel, que terá 762 metros de extensão, 950 metrosderampasecercade 4,5 km de obras viárias em superfícieeemviadutos,será composto de seis módulos de concreto pré-moldado, Traçado do túnel entre Santos e Guarujá que serão construídos em umadocasecalocalizadano Guarujá. Depois de finalizados, se- rão rebocados flutuando até olocalondeserãosubmersos. Após a imersão, cada elementoéencaixadoefixado aos anteriores, formando o túnel. O projeto é conduzido por um consórcio nacional que conta com a consultoria de uma empresa holandesa, responsável por projetos Como será construído similares em vários países, o que permitirá a transferência datecnologiaparaostécnicos brasileiros. O orçamento total do empreendimento é de R$ 2,4 bilhões, sendo R$ 962 milhões para as obras do túnel; R$ 506 milhões para as obras viárias em Santos; R$ 532 milhões no viário do Guarujá;R$362milhõespara desapropriaçõesereassenta- mentos; R$ 78 milhões para projetoseR$15milhõespara compensações ambientais. ADersa(Desenvolvimento Rodoviário S/A), que será responsável pelo gerenciamento da obra, depositou o EIA/Rima na Ce- tesb no dia 28 de agosto. A expectativa é de que a licença prévia seja emitida atémarçode2014,ealicença de instalação, em julho de 2014, o que permitirá o iní- cio imediato das obras, que tem 44 meses para entrega ao tráfego. Ainda em 2013, duas audiências públicas, uma em cada município, se- rão marcadas pelo Consema paradiscutirolicenciamento ambiental.Aprevisãodeiní- ciodasobraséjulhode2014. O túnel imerso que ligará o município de Santos ao do Guaru- já, no litoral paulista, usará tecnologia inédita no Brasil. A obraseráemconcretoarmado com profundidade mínima de 21 metros, 1.700 metros de extensão, com três faixas de rolagem por sentido, e com espaço exclusivo para pedestres e ciclistas. A passagem de veículos comportará automóveis, caminhões e até uma linha de VLT(veículolevesobretrilhos). O empreendimento, que será construído em 36 meses, está orçado em R$ 1,4 bilhão, incluindo projeto, licenciamento, obras, desapropriações e reas- sentamentos. O Governo do Estado negocia o financiamento da obra com o BID (Banco Interamerica- no de Desenvolvimento). O aval para a contratação de financiamento com a instituição foi dado pela As- sembleia Legislativa de São Paulo em dezembro de 2012. A decisão de implantar um túnel imerso, ligando Santos a Guarujá, foi tomada pelo Governo do Estado de São Paulo após a realização de um amplo estudo técnico da Dersa (DesenvolvimentoRodoviário S/A). Batizado de “Projeto Prestes Maia”, entre fevereiro e agosto de 2011, o estudo avaliou as características das demandas locais e regionais de tráfego, bem como alternativas construtivas para a transposição e suas respectivasrelaçõesdecustos. Fonte: Portal do Governo do Estado Fotos: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo Alckmin oficializa entrega de EIA/ Rima aos prefeitos Maria Antonieta de Brito (Guarujá) e Paulo Alexandre Barbosa (Santos) TrocandoTrocando IIdeiasdeias GOURMET Bolospara diversas ocasiões P or estarem sem- p r e p r e s e n t e s e m m o m e n t o s de alegrias, os bolos s e m p r e r e m e t e m a comemorações, visitas e confraternizações, além disso, são uma ótima opção para o chá da tarde ou para acompanhar um cremoso chocolate quente, principalmente nos dias mais friozinhos. Para esses dias, a culi- narista da Nita Alimentos, Edivânia Reis, selecionou algumas receitas práticas de bolos fofinhos que levam cremes e recheios com chocolate, doce de leite, banana e café. Veja algumas sugestões: BOLO DE CAFÉ Ingredientes – Massa: 4 colheres (sopa) de margarina sem sal 2 1/2 xícaras (chá) de açúcar 5 ovos 1/2 xícara (chá) de café solúvel 1/2 xícara (chá) de leite 1/2 xícara (chá) de chocolate em pó 1/2 xícara (chá) de Farinha de Trigo Nita 1 colher (sopa) de Fermento em Pó Nita 1 colher (sopa) de óleo Modo de Preparo: Bata a manteiga com o açúcar. Adicione os ovos, um a um, sempre batendo. Acrescente o café dissolvido no leite alternando com a farinha misturada com o chocolate e o fermento. Por último, adicione o óleo. Misture bem. Coloque em assadeira retangular untada com margarina e leve para assar em forno a 180ºC por cerca de 20 minutos. Ingredientes – Recheio: 300g de chocolate meio amargo 200 ml de creme de leite sem soro 20g de café solúvel 1 xícara (chá) de chantilly batido Modo de Preparo: Aqueça o creme de leite e dissolva o café. Adicione ao chocolate derretido e misture bem. Junte o chantilly. Mexa bem. Ingredientes – Calda: 2 xícaras (chá) de leite ½ xícara (chá) de leite condensado ½ xícara (chá) de creme de leite Fotos:MônicaAntunes/Divulgação Modo de Preparo: Misture bem todos os ingredientes e regue o bolo. Montagem: Corte o bolo duas vezes. Em um prato coloque uma camada de bolo, regue com parte da calda e distribua o recheio. Em seguida, coloque a outra camada de bolo, regue com o restante da calda e cubra com uma camada de recheio que deve ser a última. Leve para gelar por 2 horas. Corte do tamanho desejado e polvilhe cacau em pó. GOTA DE BANANA Ingredientes - Massa: 3 ovos 1/2 xícara (chá) de açúcar 2 xícaras (chá) de Farinha de Trigo Nita 1 xícara (chá) de leite 1 colher (sopa) de Fermento em Pó Nita Modo de Preparo: Bata as claras em neve, acrescentar as gemas uma a uma e adicione o açúcar e a farinha alternando com o leite. Por último, acrescente o fermento misturando levemente. Despeje em uma assadeira de 30 cm retangular untada com margarina. Leve ao forno 180°C por, em média, 30 minutos. Corte com cortador de gota ou, se preferir, monte um bolo grande. Ingredientes - Recheio: 4 bananas nanicas firmes 1 xícara (chá) de açúcar ¼ xícara (chá) de água 2 xícaras (chá) de chantilly batido Modo de Preparo: Derreta o açúcar no ponto de caramelo claro. Acrescente a água com cuidado. Deixe derreter novamente e coloque as bananas em rodelas. Deixe 2 minutos e vire as bananas. Reserve algumas para decoração e escorra o restante na peneira e deixe esfriar. DesafioDurante as manifestações populares que ocorreram em todo o país recentemente, observamos que milhares de cartazes pediam melhoria e reformas na Educação. É uma tarefa árdua falar sobre este tema, uma vez que, para se chegar ao cenário ideal, podemos considerar as cinco novas metas do governo, a serem alcançadas até 2022, ou seja, a longo prazo. São elas ¹: - 98% ou mais das crianças e jovens de 4 a 17 anos deverão estar matriculados e frequentando a escola; - 100% das crianças deverão apresentar as habilidades básicas de leitura e escrita até o final do 3º ano ou três anos corridos de Ensino Fundamental; - 70% ou mais dos alunos deverão ter aprendido o que é essencial para o seu ano escolar; - 95% ou mais dos jovens brasileiros de 16 anos deverão ter concluído o Ensino Fundamental e 90% ou mais dos jovens brasileiros de 19 anos deverão ter completado o Ensino Médio; - o investimento público em Educação Básica deverá ter atingido 5% ou mais do PIB brasileiro. É curioso observar que algumas dessas metas são tão básicas que deveriam fazer parte das expectativas já alcançadas na Educação ao longo da história de nosso país. De qualquer forma, como educadores temos um desafio maior,“melhorar a aprendizagem dos estudantes”. É difícil aceitar que um estudante termine o Ensino Médio sem aprender o essencial de seu ano escolar e sem a construção do conhecimento firmada na autonomia. Ao mesmo tempo temos um aspecto ainda mais assustador: o professor pode ensinar, o que não garante que o aluno aprenda. Mas este pode ser um assunto para outra pauta... Logo, como desafio, proponho que o professor oriente e instigue seus alunos, que desperte a criatividade e o senso crítico. Está em destaque a importância de se apostar em uma educação de formação ampla. Aí sim esses estudantes sairão às ruas e farão a hora acontecer, sem esperar até 2022. Cabe muito bem aqui a reflexão “pergunte a si mesmo se o que você está fazendo hoje te aproxima mais do que você quer ser amanhã”. ¹Fonte: www.todospelaeducacao.org.br/ institucional/as-5-metas/ Ana Lucia F.Oliveira - Formação em Licenciatura Plena em Letras - Pós- Graduação Lato Sensu em Psicopedagogia e Pós- Graduação Lato Sensu em Gestão Pública Jornal Costa da Mata Atlantica, é uma publicação da CPJ Editora Ltda - Rua Rafael Sampaio, 144 - Jardim Professor Morato - Francisco Morato - São Paulo E-mail: atendimento@cpjeditora.com.br Jornalcma.blogspot.com.br Publicação: Quinzenal Tiragem: 50.000 exemplares Diretor-Editor: Marco Antonio Faceto Oliveira - tel 11- 98259-9403 Gerente de Marketing: Juka Oliveira - tel 13-9141-1281 - 11- 98130-4931 - email: marketing@jmax.com.br Diretor Comercial: Fabiano Pombo (fabiano@ editoraasamericas.com.br) Jornalista Responsável: Vito Zanella Neto - MTB 16.125 Projeto gráfico e diagramação: Fernando Porfírio Administradora: Ana Lucia F. Oliveira Educadora e psicopedagoga: Gislaine Isabel Oliveira Contato Publicitário: Juka Oliveira - tel 13-9141-1281 Consultoria Jurídica: Dr. Rodrigo Faceto Oliveira Colaboradores: Carlito Cunha (Contos); Amauri Cozzolino (Cartunista); Priscila Oliveira Pombo (Marketing); Silvana M. Fontana (Consultora de Idiomas); Jurandir Algarves Fortes (Escritor); e Patricia Barbara, tel. 13-3473-6969, nextel 13-7810-9841- (Patinação Artistica), contato@patinacaoartistica.com. br, www.patinacaoartistica.com.br, Paulo Cavalheiro, Projeto “X” xadrez para todos (www.xadrezparatodos.com.br) Impressão: CPJ Editora Ltda O Jornal Costa da Mata Atlântica é distribuído no litoral (Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande, Santos e São Vicente) e em São Paulo, na Zona Leste (Vila Prudente, Vila Alpina, Mooca e Tatuapé) e Zona Sul (Ipiranga e Vila Mariana). Os textos assinados são de responsabilidade dos autores e não refletem necessariamente a opinião deste jornal. Fotos: Divulgações “Recicle as ideias, não jogue o jornal fora passe-o para frente” Fotos:os:MônicMntuaAntunes/Dines/Divulgaçvuãoã Modo d Misture os ingre regue o Montag Corte o b Em um p uma cam regue co e distribu Em segu outra cam Misture levemente a banana fria no chantilly. Ingredientes - Calda: 2 xícaras (chá) de leite ½ xícara (chá) de leite condensado ½ xícara (chá) de creme de leite Modo de Preparo: Misture bem todos os ingredientes e regue o bolo. Montagem: Corte o bolo duas vezes. Coloque no prato desejado uma camada de bolo, regue com parte da calda e coloque uma camada de recheio. Repita o procedimento e passe uma camada fina de chantilly por cima da ultima camada de bolo. Deixe gelar, de- senforme e decore com a banana em calda. CUPCAKE COM COBERTURA DE DOCE DE LEITE Ingredientes - Massa: 1 ½ xícara (chá) de açúcar 200g de manteiga amolecida 3 ovos 2 xícaras (chá) de Farinha de Trigo Nita 1 xícara (chá) de leite 10 gotas de essência de baunilha 1 colher (sobremesa) de Fermento em Pó Nita 1 colher (café) de bicarbonato de sódio Ingredientes – Cobertura: 350g de doce de leite Modo de Preparo: Na batedeira, em velocidade média, bata a manteiga com o açúcar até ficar cre- moso. Acrescente os ovos, um a um, sempre batendo. Acrescente a essência de baunilha, a farinha de trigo e o leite e bata até ficar bem homogênea. Por último misture o fermento e o bicarbonato. Coloque em forminhas de papel e leve para assar em forno médio por aproximadamente 30 minutos. Faça um furo central. Com um bico pitanga, preencha com doce de leite e continue fazendo a decoração.
  3. 3. 4 1ª Quinzena de Outubro de 2013 51ª Quinzena de Outubro de 2013JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICAGERAL O pensamento matemático na vida cotidiana JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICAGGGGEERRRAAAALLLL C om objetivo de pro- mover conscien- tização ambiental e ampliar os conhecimentos da sociedade a respeito de espécies que habitam o bioma mais ameaçado do país, a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza lançou o jogo educativo“DescubraaMata Atlântica”, que procura aproximar os usuários da rede social Facebook do bioma, no qual vivem mais de 115 milhões de brasileiros, cerca de 60% da população nacional, de acordo com dados do Insti- tuto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O game está disponível na fan page da Fundação G r u p o B o t i c á r i o d e ProteçãoàNaturezaepode seracessadogratuitamente através do link: www.face- book.com/fundacaogru- poboticario, pelos mais Conhecer aConhecer a Mata AtlânticaMata Atlântica ficou mais fácilficou mais fácil e divertidoe divertido de 70 milhões de usuários do Facebook no Brasil – o dado é da consultoria de internet e estatísticas Social Bakers. Segundo a diretora executiva da Fundação Grupo Boticário, Malu Nunes, o grande número de perfis poten- cializa a divulgação do game na internet. “Isso permite que esses inter- nautas tenham acesso a conteúdos relacionados à conservação da natureza também na grande rede”, informa Malu Nunes. Acessívelaváriospúblicos, o jogo pode ser utilizado tanto por profissionais da área ambiental - que podem aprender ainda mais sobre espécies nativas da Mata Atlântica - quanto por jogadores com pouco ou nenhum contato com temas relacionados ao meio ambiente, em virtude da linguagemacessívelutilizada nas explicações. O game também pode ser utilizado como ferramenta de aprendizado, por educadores e pais. Além da promoção de conhecimento, uma das expectativas com relação ao game é que ele c o n t r i b u a c o m a sensibilização das pessoas para a causa d a conservação da natureza. “Conhecendo as espécies que habitam a Mata Atlântica e entendendo a i m p o r t â n c i a que elas têm para a biodiver- sidade, os jogadores po- dem ser estimulados a respeitarem, conservarem e valorizarem o meio ambiente”, explica a diretora. A missão no “Descubra a Mata Atlântica” é fotografar os animais e p l a n t a s , p o r meio de uma m i n i c â m e r a que o jogador opera, e depois preencher um álbum virtual. A tarefa não é difícil, mas é preciso ter a t e n ç ã o e ficar atento a algumas características dos animais. Como as espécies da fauna, por exemplo, emitem som, o jogador poderá ser guiado por esses ruídos para tentar encontrá-las e registrá-las em boa qualidade. A cada foto tirada, o jogador receberá de uma a três estrelas, de acordo com a qualidade da imagem capturada. Quando clicar na espécie encontrada, abrirá uma janela - no próprio game - com informações como nomes científico e popular, biologia, habitat, além de curiosidades desses animais e plantas. O jogo é composto por duas fases: uma que simula o dia, com espécies de hábitos diurnos, e outra noturna, com espécies visualizadas durante a noite. Porém, para acessar a segunda fase, o jogador deverá completar parte da missão da fase diurna. No total, são vinte espécies de fauna e quatro de flora, todas nativas da Mata Atlântica. O resultado do game pode ser compartilhado com os amigos do Facebook. Observando a natureza maneira de representar, f a l a r e / o u e s c r e v e r sobre quantidades e formas, bem como suas várias divisões (sendo as principais: álgebra, geometria, aritmética estatística e medidas). A M a t e m á t i c a r e p r e s e n t a , p a r a muitos estudiosos, a língua materna de uma sociedade que anseia por desenvolvimento. Na era da informação, infor- matização e consciência ecológica, surge uma nova geração; sociedade esta que exige liderança, inovação, autonomia e atitude diante de novos desafios. O mundo atual apre- senta uma diversidade de situações matemáticas nas quais o ser humano depara-se cotidianamen- te. Na rua há números imensos, assim como na imprensa escrita ou falada, apresentando a importância da ordem de grandeza (mil, bilhão, trilhão...); há também números negativos que traduzem temperatura e saldo bancário; as frações e números decimais se fazem presentes nas medidas, nas compras, no sistema monetário... Não ignorando o fator mais determinante que é o manuseio das novas tecnologias, as quais e x i g e m a p r i m o r a d o p r e p a r o e n q u a n t o pensamento lógico-ma- temático. Percebe -se, então, que mais que alfabetizar alunos, é necessário nu- meralizá-los no sentido mais amplo da vida cotidiana, possibilitan- do-os uma presença plena nas diferentes dimensões e atuações. Assim, a atividade comum de “resolver problemas” não é oferecer uma resposta ao enunciado / pergunta, mas a relação de um sujeito com o meio, movimentando fatores e observando regras de jogo capazes de fazê-lo caminhar além. Nesta virada de século, há uma forte perspectiva referente ao poder que os números exercem sobre os indivíduos, impondo verdades e decisões ma- temáticas, sem levantar possibilidade de questio- namentos. As manchetes de jornal se legitimam pelos números. As au- toridades se legitimam pelos números, na quase certeza de que o indivíduo comum não dimensiona o que está ouvindo, vendo ou lendo nesses números. Assim, o indivíduo recebe a informação e, na maioria das vezes, não é capaz de produzir um novo co- nhecimento. É como se a matemática estivesse fechada em si, sempre cor- reta e inquestionável; no entanto, é esse paradigma que as mídias querem reforçar. Seria interessante para o homem comum saber que existem muitas afirma- ções em matemática que ainda não são tidas como verdadeiras ou falsas, sem falar nos problemas formu- lados há anos, mas ainda insolúveis. Estes problemas abertos da matemática poderiam ser trazidos para a escola a fim de mostrá-la viva e em construção. É neste cenário que m u i t o s e s t u d i o s o s afirmam a urgência de se pensar sobre o ensino da matemática de forma diferente. Ao projetar um currículo que transforme os jovens de hoje em seres completos e criativos, é fundamental repensar a coerênciadasmetodologias adotadas em sala de aula. É, este assunto é tão a b r a n g e n t e q u a n t o o próprio raciocínio matemático... Gislaine I. Oliveira – professoraepsicopedagoga P a r e c e s i m p l e s conceituar a palavra “matemática”; no entanto, tal tarefa é bastante complexa uma vez que os dicionários d ã o d e f i n i ç õ e s bastante diversas. Uma possibilidade é consi- derá-la como a ciência que estuda quantidades e f o r m a s . P o d e - s e acrescentar que ela é uma linguagem, isto é, uma m f a so fo vá as g es r e Fotomontagem:FernandooPorfírio GERAL AndersonSilvamostrasuas técnicasdecombateemlivro C omumestiloetécnica invejáveis em que mistura muay tai, boxe e jiu jitsu, Anderson Silva é considerado hoje o lutador mais completo do MMA. Uma trajetória que se inicia ainda quando era garoto em Curitiba e sonhava em derrotar seus inimigos aprendendo os movimentos de seus su- per-heróis Bruce Lee e Ja- ckie Chan. Perseverante e disciplinado, enfrentou dificuldades financeiras para fazerdosonhoumarealidade. Desde a sua estreia em 1997 no torneio brasileiro Brazilian Freestyle e depois no MECA World Vale, Silva construiu um cartel de 31 vitórias em 35 lutas, sendo 17 por nocaute nos principais campeonatos do esporte, como o Shooto, Pride, Cage Rage até o topo de campeão dos médios do UFC, título que detém há seis anos. N o último dia 11 de setembro, o Complexo Cultural Palácio das Artes, em Praia Grande, completou cinco anos de atividades. Localizado na Avenida Presidente Costa e Silva, 1600, no Boqueirão, o PaláciodasArtescontacom seis mil metros quadrados. O andar térreo abriga o Salão de Eventos, com capacidade para 600 pessoas. O destaque na recepção é o lustre gigante, com 12 mil p e d r a s d e c r i s t a l e 120 lâmpadas em 3,20 metros de altura e 2,60 metros de largura. No andar superior, o Museu da Cidade abriga exposições todo o ano. O Foyer Graziela Diaz Sterque é passagem obrigatória para quem vai ao Teatro Serafim Gon- zalez, onde pode-se ter uma bela vista da Mata Atlântica e se encontra a exposição permanente de cerâmica marajoara. A Galeria Nilton Zanotti seguepadrõesexpositivos internacionais e abriga tanto exposições de grande destaque quanto de artistas da região. Sobre os cinco anos de Palácio das Artes, o secretário de Cultura e Turismo de Praia Grande, Carlos Ananias Lobão, explicou a importância do espaço para o cenário artístico e cultural da Cidade. “O complexo p r o p i c i a c o n d i ç õ e s para que os ar tistas locais possam divulgar seu trabalho, além de oferecer à população e turistas opções de eventos profissionais e grandes produções”. D e13a15desetembro aconteceua4ªedição do Praia Games que, segundodadosdaSecretaria deCulturaeTurismodePraia Grande, chegou ao fim com público de mais de 15 mil pessoas nos três dias da atração ocorrida no espaço de Eventos do Litoral Pla- za Shopping. No domingo, último dia do evento, foram conhecidos os vencedores de diversos campeonatos de jogos eletrônicos e de cosplay.OPraiaGamestrouxe também para a região a final do Campeonato Estadual de Futebol do PES 2013. Em 20 estações de competição e outras 25 de freeplay, os visitantes pude- ram se divertir e conhecer as novidades do mercado de games. Além dos brindes e troféus, os competidores do Estadual ganharam também prêmios de R$ 5 mil, para o primeiro lugar, R$ 2 mil para o segundo e R$ 1 mil para o terceiro colocado. No campeonato de Cos- play (prática de fantasiar-se de algum personagem real ou ficcional como animes, mangás, videogame ou ainda de grupos musicais), dezenas de competidores abusaram da criatividade n a co m p o s i ç ã o d o s personagens. A4ªediçãodoPraiaGames foiorganizadapelaSecretaria deCulturaeTurismodePraia Grande(Sectur),comoapoio do Litoral Plaza Shopping, Lojas Pernambucanas, Porto Seguros, Ri Happy, Galgo Uniformes, Gral Corretora de Seguros, Nosso Lar Construtora, Guiganet, Geração Games, Sony, Ya- mato, Konami e Federação Paulista de Futebol Virtual e Digital. Sua ginga de boxeador, socos e chutes precisos e devastadores, além de um domínio das imobilizações na luta de solo são resultados de muito treinamento e aprimoramento de técnicas. Umarsenaldegolpesecon- tra-golpesquesãorevelados nolivro“AbíbliadoMMA-As técnicasdomaiorlutadorda atualidade”. Escrito pelo lutador em parceria com Erich Krauss e Glen Cordoza, o livro, que já é sucesso nos Estados Unidos,chegaaoBrasilpela EditoraUniversodosLivros. Nele Anderson apresenta emdetalhesdemaisde150 técnicas impressionantes utilizadas em suas lutas, acompanhadas por 1.500 fotografias de vários ângulos de como de- senvolvê-las na pratica. “Ao longo deste livro, mostrarei combinações de golpes e contra-ata- ques que requerem uma Dividido em cinco partes (postura e trabalho com os pés, contra- movimentos, técnicas ofensivas, ataques e contra ataques), Ander- son Silva revela alguns segredos de como manter a postura correta e apurar o timing da distância para combinar melhor seus socos, chutes, joelhadas e cotoveladas em diferentes situações de uma luta. Alguns dos golpes apresentados no livro se tornaram bem famosos quando executados na prática surpreendendo críticos e especialistas do esporte e, é claro, os seus adversários dentro do octógono. É o caso da cotovelada reversa, golpe que Anderson Silva viu pela primeira vez no filme Ong Bak – Guerreiro Sagrado pelo herói de artes marciais Tony Jaa. Apesar da insistência de seus técnicos para não treinar o movimento, Silva insistiu em aprimorá-lo e o executou com maestria na luta do torneio Rage Cage contra o americano Tony Fryklund. Outro golpe rápido e devastador que colocou seu adversário para dormir foi desferido contra o canadense C a r l o s N e w t o n n o campeonato Pride. An- derson estava numa luta muito difícil, em desvantagem na maior par te do confronto, alvo das investidas do adversário, quando, surpreendentemente encaixou uma joelhada voadora seguida de uma sequência de socos. Ficha Técnica Livro: A bíblia do MMA - As técnicas do maior lutador da atualidade Autores: Anderson Silva, ErichKrausseGlenCordoza Editora:UniversodosLivros Nº de páginas: 358 Guia mostra vários golpes do lutador transição entre as posturas alta e baixa. Muitas dessas técnicas também exigem que você se mantenha em movimentoedesfiragolpes enquanto faz a transição entre as posturas”, afirma Silva na introdução. Palácio das Artes comemora cinco anos Praia Games recebe mais de 15 mil pessoas
  4. 4. 6 1ª Quinzena de Outubro de 2013 71ª Quinzena de Outubro de 2013JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICABEM-ESTAR P esquisas apontam que um a cada três brasileiros sofrem comoestresse.Diferentedo que a palavra nos remete, devido à popularização do conceito ao decorrer dos tempos, o estresse é uma condição fisiológica do organismo, e não somente a irritação ou cansaço. Quando registramos uma ameaça, imediatamente o sistema nervoso central é acionado, aumentando a liberação de cortisol e adrenalina no organismo, acelerando os batimentos cardíacos, aumentando a frequência respiratória, a pressão ar terial e contração muscular. Mesmo se tratando de uma condição necessária à sobrevivência, é preciso observar a cronicidade do estímulo estressante, pois ele pode gerar consequên- cias danosas ao organismo, acarretando sintomas que vão desde dores de cabeça, fadiga, distúrbio gastroin- testinal, prurido, insônia entre outras doenças como as cardiovasculares. Poratuaremdiretamente nos níveis hormonais, os exercícios físicos tornam- -se um eficiente hábito de combate ao estresse. De acordo com o Dr. Benjamin Apter, médico especialista em medicina esportiva, fisiologia do exercício e diretor da rede de academias B-Active, o exercício físico praticado de forma regular diminui a produção do cortisol e estimula a produção de en- dorfinas, ou seja, diminuios hormônios que acentuam a situação de estresse e aumentam a concentração de hormônios que trazem sensação de bem estar. Estes são os hormônios mais conhecidos, mas o mecanismo é mais complexo. E s t u d o s r e c e n t e s publicados pelo Colégio Americano de Medicina Esportiva, e outras revistas médicas especializadas relatam que os exercícios físicos que proporcionam gastomédiocalóricosemanal de 1800 a 2100 calorias con- tribuem efetivamente para a redução da incidência de doenças crônicas e dimi- nuem significativamente as situações de ansiedade. “Com a sobrevida avan- çando cada vez mais e a necessidade das pessoas se manterem produtivas, o estresse já está presente na terceira idade. Tem o diagnóstico difícil por termos que afastar todas as outras causas possíveis dos sintomas, mas o sedentarismojáéumindício”, complementa Dr. Apter. Os exercícios físicos bem orientados para a condição física,clínicaeidadedecada um é a chave do sucesso para obter o gasto calórico adequado sem causar lesões desnecessárias. Atualmente o estresse não é categorizado como uma doença, a condição é vista como uma síndrome que pode afetar vários órgãos e sistemas, mas nem por isso devemos deixar de combatê-lo, pois a sua cronicidade pode levar a outros distúrbios mais graves afastando o indivíduo dos estudos, trabalho e da família. Prática regular de atividades físicas pode ajudar a reduzir estresse O s exercícios físicos estão entre as atividades mais recomendadas quando o assunto é o cuidado com a saúde. Entretanto, o que muitos atletas amadores desconhecem é que, em algunscasos,otreinamento sem a orientação de um especialista pode causar váriostiposdelesões.Ecom elas, é preciso saber como amenizar as dores e os danos musculares, ou seja, saber como agir durante os primeiros cuidados das regiões contundidas. Para o fisioterapeuta e professor da Faculdade Inspirar,deCuritiba(PR),Ál- varo Wolff, é necessário ter cautelanahora de praticar a t i v i d a d e s físicas, pois “No futebol, por exemplo, temos as tor- ções de joelho e tornozelo, que podem produzirdesde dor de pouca intensidade e inchaço local àslesõesmaisgraves,como a ruptura do ligamento cruzado anterior do joelho, quenecessitarádecirurgia”, exemplifica o professor. O fisioterapeuta afirma que, em casos de lesão durante atividades físicas, é importante a realização de uma avaliação e um diagnóstico fisioterapêuti- co; já nos traumas agudos com menor gravidade, o resfriamento da região, nas primeiras 72 horas, reduz a resposta inflamatória produzidapelalesãoapóso choque. “Agir rapidamente nessas situações ajuda a diminuir as possibilidades de inchaços e, conse- quentemente, dores. R e co m e n d a m o s u m método chamado REGE- CE para essas situações, que significa RE - repousar a parte lesionada; GE - colocar gelo; C – proporcionaruma leve compressão sobre a região; e E – elevá-la para facilitar a circulação”,orienta. De acordo com Wolff, na fase inicial do tratamento, que podeserrealizadoemcasa, o tempo de permanência da compressa de gelo varia de acordo com região le- sionada. “O resfriamento d a r e g i ã o c o n t u n - dida pode ser feito de 10 a 20 minutos a cada hora, porém, existem outros fatores, como o tamanho da articulação e o tecido adiposo presente, que podem aumentar ou diminuir esse tempo”, salienta. Segundo o especialista, o uso de compressa quente deve ocorrer em situações consideradas crônicas, onde há a formação de edemas após as lesões. “Aquecer as regiões lesionadas é uma opção válida para diminuir hematomas gerados pelos traumas, além de melhorar a circulação do sangue nessas regiões”, afirma. Quando usar gelo ou compressa quente para diminuir dores VISUAL A coleção de verão 2013 d a H e r i n g Kids chega i n s p i r a d a nas grandes navegações, apresentando um universo de piratas divertidos como forma lúdica de trazer para as peças a tendência navy. Navios, âncoras, folhagens, animais e florais tropicais, além das tradicionais listras bicolores aparecem em cores vibrantes para ener- gizar a estação. Na cartela de cores, para as meninas, o amarelo aparece com bastante força, misturado a tons de roxo, rosa, verde e azuis. Para os meninos, tons clássicos de verde e azuis são trabalhados com amarelos, vermelhos e laranjas. Em peças leves, coloridas, descoladas e casuais a marca elege como suas apostas o cham- bre estampado em poá, as lavagens diferenciadas - que trazem um efeito used ao jeans, além da cromia, que continua em alta, agora com imagens mais realistas. As camisas, vestidos e shorts completam o look e deixam o verão mais leve. Chambré+poá - O Poá ganha nova cara estampado sobre o chambré, que tem a aparência de jeans e o conforto dos tecidos mais leves. Sua família vem com força: batas, vestidos e jaquetas deixam o visual com um toque vintage e serão hit para meninas e bebês. 9 772176 735000 37 ISSN 2176-7351 9 772176 742008 4 3 ISSN 2176-7424 9 772176 739008 24 ISSN 2176-7394 9 772176 734003 3 6 ISSN 2176-7343 9 772176 742008 42 ISSN 2176-7424 9 772176 739008 25 ISSN 2176-7394 Lavagens divertidas - A aposta para os bottons são as lavagens arrojadas. O efeito used invade o armário da criançada, agregando maior valor a shorts e calças femininas e masculinas. Cromia - Na estação mais quente do ano, a Hering Kids explora este efeito com imagens P ara os fãs da nova tempo- r a d a d e Malhação, a S p e c i a l l i t à , numa parceria de durará um ano com a Globo Marcas, apresenta a nova coleção de esmaltes Malhação. Para quem nãoabremãodediversão com criatividade e ousadia, os novos tons surgem em um frasco duplo. Cada embala- gem traz duas cores que podem ser utilizadas em conjunto ou separadas, oferecendocombinações diferenciadas. A primeira opção é sempre um esmalte cre- moso, já a segunda, é um flocado exclusivo. É soltar a imaginação e fazer suas misturas para cur tir a vida, seja na balada, lazer, escola, encontro com o namorado, enfim, viver a vida de maneira única. São oito opções de esmalte para todos os estilos em uma explosão de cores. Os tons variam desde os delicados adocicados como rosa e amarelo, até os mais marcantes como vermelho e roxo. de flores, paisagem e animais, com maior diversidade de cores. Camisas para todos os gostos - Essa peça- -chave para a criançada chega em tecidos mais leves e cores alegres, tornando-se perfeitas para o verão. A He- ring Kids tem opções para eles e para elas. Mania de vestido - Lindos, versáteis e práticos, os vestidos chegam com tudo na nova coleção. Shorts - Lisos, estampados, listrados ou em jeans, esse ícone dos dias mais quentes permite inúmeras combinações e vai bem para todas as idades. Esmaltes Malhação 2013 aas,s,s, oo ece com , misturado , rosa, verdee ss mmene inosos,, dde veerdrde balalhahadod s , aranjas. eves, cocolaladas e ca uas m- o enciaddas um efeito além da divertida e muita cor para o Verão 2013
  5. 5. 8 1ª Quinzena de Outubro de 2013 91ª Quinzena de Outubro de 2013JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA  Alto Padrão;  Terraços Gourmet;  Vagas privativas;  Piscina coberta e aquecida;  Sauna;  Sala de Ginástica;  Salão de Jogos;  Brinquedoteca;  Duas torres: Contatos:(13)3474-4447ou Cel.(13)7850-7956-ID44*19960C/Claudio claudio@coralon.com.brsite:www.coralon.com.br Av. Rio Branco, nº 380 - Canto do Forte - Praia Grande – SP "OCoralonquevocêesperava,jáesperaporvocê!!!" Av. Mal. Hermes, nº 389 Canto do Forte - Praia Grande – SP Final 2 85 m² de área útil Vaga Privativa p/ 2 carros Final 1 88 m² de área útil Vaga Privativa p/ 2 carros Final 4 75 m² de área útil Vaga Privativa p/ 2 carros Final 3 68 m² de área útil Vaga Privativa p/1 carro
  6. 6. 10 1ª Quinzena de Outubro de 2013 111ª Quinzena de Outubro de 2013JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA RIDER A Chevrolet apresenta a linha 2014 da pica- pe S10 e do utilitário esportivo Trailblazer, com nova motorização turbo- diesel, nova transmissão manual de seis marchas e novos itens de conforto, comodidade e segurança, além de três novas cores. A segunda geração do motor 2.8 Turbodiesel recebeu importantesmelhoriastécnicas, quepossibilitaramumexpressivo ganho de desempenho. Com isso, o torque agora é de 51,0 kgfm a 2.000 rpm e a potência é de 200 cv a 3.600 rpm. Para tirar mais proveito desse novo motor, a Chevrolet desenvolveu uma nova transmissão manual de seis velocidades e recalibrou a transmissão automática de seis velocidades, que equipa tanto S10 quanto o Trailblazer. A linha 2014 da S10 e da Trail- blazer também ganhou sistema multimídia MyLink. Além disso, a S10 e o Trailblazer ganharam importantes itens que visam Novidades na linha 2014 da S10 e TrailblazerNovidades na linha 2014 da S10 e Trailblazer facilitar a vida com condutor e dos demais passageiros. A versão LTZ da S10 recebeu como itens de série o sensor de estacionamento traseiro e console do teto com porta- -óculos. Já a versão LTZ Tur- bodiesel automática ganhou o controle de velocidade em declive e o assistente de partida em aclive. Já o Trailblazer passa a oferecer também airbags laterais (totalizando seis, já que já oferecia os frontais e os de cortina), a câmera de ré e o sensor de estacionamento conectados ao MyLink, caixa organizadora e cobertura articulada no porta-malas para facilitar ainda mais a arrumação dabagagemquandoomotorista estiver utilizando o modelo com apenas cinco assentos, ao invés dos sete que ele oferece. Para completar a linha 2014, quetêmgarantiade3anossem limite de quilometragem, tem três novas cores: vinza Evenstar, verdeDeepwoodGreeneaprata Switchblade, todas metálicas. M a i s e s p a ç o , novos sistemas de segurança, equipamentos inéditos, novo sistema de direção eletromecânica e um novo sistema infotainment de última geração com Blue- tooth e telas sensíveis ao toque(touchscreen)desérie em todos os modelos. Essas são as principais novidades do novo Golf, produzido na fábrica da Volkswagen em Wolfsburg, na Alemanha, que chega ao Brasil na versãoHighline,comcâmbio manual de seis marchas ou automática DSG de 7 veloci- Nova geração do Golf RIDER dadescomfunçãoTiptronic. O modelo é equipado de sériecomsistemaStart-Stop, alerta de perda de pressão dos pneus e com modo de recuperação da energia na frenagem. Há outras novas tecnologias, como direção progressiva (novo Golf GTI), seleção do perfil de direção comquatrofunções(Normal, Eco, Esporte e Individual), freio de estacionamento eletrônicocomfunção“Auto A sétima e nova geração do GTI chega ao Brasil no fim de outubro, com novo motor de 220 cv. Segundo a Volkswagen, o modelo esportivo acelera até 100 km/h em 6,5 segundos e tem velocidade máxima de 244 km/h. A transmissão é automática DSG de 6 velocidades com função Tiptronic. O novo Golf GTI se distingue dos outros carros da série por vários itens adicionais e pelo clássico emblema GTI. No exterior, eles incluem pinças de freios exclusivas na cor vermelha, lanternas traseiras escurecidascomiluminaçãoemLEDedesignespecial, assimcomoponteirasdeescapamento,ladoesquerdo e direito, com Design GTI. Também de série no Golf GTI,sãoasnovasrodasdeligaleveAro17”-“Brooklyn” com pneus 225/45 R17. A sétima geração do ícone esportivo é o primeiro GolfGTIlançadocomdestaquestecnológicosdesérie como direção eletromecânica progressiva, Detector de Fadiga, freios com sistema “Multicollision Brake” (multicolisão) e a versão mais avançada do bloqueio eletrônico do diferencial“EDS e XDS”. Versão GTI chega no fim de outubro Hold”, novo sistema de ar- -condicionado digital de duas zonas “Climatronic”, e uma nova geração do sistema infotainment, com rádio CD Player, Bluetoo- th, tela sensível ao toque (touchscreen) e sistema de navegação com estilos completamente novos. Com 4.255 mm de comprimento, o novo Golf é 56 mm mais longo que seu antecessor. A distância entre os eixos também foi aumentadaem59mm,para 2.630mm.Simultaneamente, a carroceria foi rebaixada e estácom1.468mmdealtura. P elo terceiro ano consecutivo, a Saga - School of Art, Game & Anima- tion (www.saga.art. br) e a Gnomon Scho- ol of Visual Effects ( w w w. g n o m o n s - chool.com) trazem para São Paulo os m a i s i n f l u e n t e s e c o n s a g r a d o s ar tistas da cena contemporânea de efeitos visuais e con- cept design para cinema e games. Durante os dias 19 e 20 de outubro, no WTC, acontece o The Union –Third Edition, evento que traz de volta Neil Huxley, Neville Page e Scott Spencer, e conta com as participações inéditas de Cecil Kim, Alex Nice, Ian Joyner e Brandon Young. A programação é co m p o s t a p o r palestraseworkshops Juntos os maiores nomes em concept design da indústria de entretenimento A partir de 22 de novembro deste ano, o Xbox One es- tará disponível em todos os 13 mercados da etapa inicial de lançamento: Alemanha, Austrália, Áustria, Brasil, Canadá, Espanha, Estados Unidos, França, Irlanda, Itália, México, Nova Zelândia e Reino Unido. O produto também será lançado em outros mercados em 2014. De acordo com a M icrosof t, a equipe de desenvolvimento aumentou a CPU de 1,6 GHz para 1,75 GHz, o que significaaproximadamente 10% de aumento do desempenho da CPU. “Isso está acima dos 6% de aumento que anunciamos previamente para a GPU. E significa que o Xbox One terá muito mais poder para os desenvolvedores fazerem seus jogos e entretenimento realmente b r i l h a r. A e m p r e s a trabalha para trazer cada vez mais valor ao Xbox One à medida se prepara inéditos, concebidos com exclusividade para o The Union – Third Edition. Na ocasião, estudantes e profissionais das indústrias de cinema, games, publicidade, animação,VFX,design Serviço The Union –Terceira Edição Quando: 19 e 20 de outubro de 2013 Onde:WTC São Paulo. Quanto: ingressos a partir de R$420,00 (inteira / um dia). Preços especiais para pacote de dois dias, para estudantes e para alunos da Saga. Como pagar: Os ingressos podem ser adquiridos nas unidades da Saga ou no site www.theunion.com.br, onde também podem ser conhecidos os preços de todos os ingressos. para o lançamento e traz novidades como as 40 melhorias adicionais do controledoXboxOne,avan- ços para ajudar o usuário a encontrar o oponente perfeito e fazer mais em nossa comunidade on-line, além do poder da nuvem”, explica Yusuf Mehdi, vice- -presidente de Marketing, Estratégia e Negócio, Xbox. Em relação aos jogos, Yusuf Mehdi informa que, além dos blockbusters exclusivos, como Halo, Dead Rising 3, Ryse: Son of Rome e Forza Motors- port 5, o Xbox One terá novos conteúdos digitais de títulos, como o futuro Call of Duty: Ghosts e o Battlefield 4, “que chega primeiro ao Xbox One; e a experiência FIFA 14 Ultima- te Team”, completa. Xbox One chega em novembro econceptartpoderão ficar frente a frente com alguns dos mais significativos artistas digitais do mundo, aprender com suas e x p e r i ê n c i a s e técnicas e ampliar s e u n e t wo r k n o Brasil e no mercado internacional. As palestras do The Union terão tradução simultânea. Para mais informações e compra de ingressos, visite o site www. theunion.com.br.
  7. 7. 12 1ª Quinzena de Outubro de 2013 131ª Quinzena de Outubro de 2013JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA DIVERSÃO Fotos:Divulgação O dia estava lindo e o mar apresentava uma boa ondulação para surfar. Pessoas caminhavam na praia e alguns surfistas com suas pranchas, remavam de um lado para outro, esperando a onda ideal. Foi quando um deles, sentindo que aquela era boa, remou com mais força e de pé iniciou suas manobras. De repente, ao seu lado, surgiu aqueles dois vultos escuros, que foram ganhando forma e ele então sentiu a presença de dois golfinhos dividindo a mesma onda. Cada manobra quefazia,elesprocuravamimitar. Era uma coisa linda de se ver, surfista e golfinhos deslizando com elegância na mesma onda. Quando a onda estava perdendo força, os dois resolveram dar um salto espetacular juntos, ficando com seus corpos totalmente foradaágua. Atéaspessoasque caminhavam na praia, pararam para apreciar, encantadas com aquela cena maravilhosa. Eles são os golfinhos que vivem em Laguna /Sta. Catarina e são conhecidos como “botos”. Atualmentemuitossurfistas,fre- quentam a praia do Mar Grosso e está se tornando comum essa participação deles. É muito lindo, esse contato dos botos com os humanos. O impressionante é perceber a satisfação que eles têm de estar ali agrupados, no meio dos surfistas. Já são alegres por natureza e não exibem nenhuma atitude hostil,comodefesadeterritório, nada disso. Eles vivem entre a PraiadoMarGrossoeocanalque fica entre os molhes e a Barra. Como o Mar Grosso é praia de oceano aberto, tem boas ondas para a prática do surfe. Então, assim como adolescentes de bem com a vida, se divertem percorrendoondasedandoseus saltos espetaculares. Acredita-se que isso além de diversão, é também uma formadetreinamento.Algumas pessoasaproveitamessaslindas manobras para tirar fotos e colocar em redes sociais, como essa cedida gentilmente pela Ana Barzan. Mas, eles não vivem apenas para se divertir. São exímios pescadores e apresentam um comportamento que não se vê em lugar nenhum do planeta. Laguna tem os molhes, que é um canal e antigamente era porto. Esse canal tem aproximadamente uns 300 metros de largura. Ali eles criam seus filhos, transmitem a eles os ensinamentos para sua sobrevivência e também mostram suas habilidades e a grande generosidade que deveria servir de exemplo a espécie humana. A bondade e dedicação deles com os pescadoresemdividirocardume de peixes é uma coisa tão surpreendente,queatéchamou a atenção da BBC de Londres. Uma equipe de repórteres e pesquisadores estiveram por mais de vinte dias fazendo um documentário e estudando o comportamento dos golfinhos de Laguna. Puderamperceberquealém dedóceis,sãomuitointeligentes e tem suas estratégias de pesca. Vão até a entrada do canal da barra, buscar o cardume em mar aberto. Fazem o cerco, obrigando a entrar no canal. Depois, do mesmo jeito que o cavaleiro leva a boiada, vão conduzindoocardumeatéonde seencontramospescadores,na parte mais rasa do canal, que ficam esperando por eles. Quandopercebemqueestão próximo, fazem uma manobra obrigando o peixe a ir para o lugar mais raso onde estão os pescadores. Depois, riscam a águacomsuasbarbatanas,queé osinalparaquejoguesuastarra- fas. É como se dissesse. –Pronto, eles estão ai, pode pegar. Os peixes que trouxeram, serve para alimenta-los e aos seus familiares. Mas, o que impressionaéessasolidariedade. Poderiamdepoisdealimentados ir embora e pronto, mas não. Dividem o que não precisam com os pescadores. A cidade ganha muitos dividendos com a presença dos golfinhos. Eles são atração para os turistas. Mas, esses animais estão correndo sérios riscos de extinção. Um dos motivos são osmetaispesadosdasindústrias quesãotrazidospelorioTubarão. E o outro, é a prática indiscriminada do uso de Jet Ski e barcos rápidos no canal onde eles vivem. Se nada for feito para preserva-los, talvez em poucos anos essas cenas tão lindas torne-se apenas uma lembrança da existência desses fantásticos animais marinhos. Jurandir A. Fortes – Escritor - jalfortes@yahoo.com.br E le tinha muito orgulho de sua participação da Segunda Grande Guerra. Alistara-se no Exército Italiano e combatera até 1943 na Albâ- nia, vindo, depois, para ajudar os aliados alemães contra a investida brasileira à Monte Castelo. No armistício a 8 de setembro de 1943, entrou em colapso junto com o regime fascista. Foi feito prisioneiro pela Força Expedicionária Brasileira, em Monte Castelo, maslibertadologoemseguida graças a uma defesa muito bem elaborada por sua irmã Emma junto a um coronel da FEB. Essa defesa dera-lhe quatro sobrinhos brasileiros pós-guerra. Mas Vitto Buona- rotti tinha orgulho da farda e daépocaemquedefendera,ou tentara defender a sua pátria. Viera para o Brasil no mesmo navioqueEmmatrazendotudo o que lembrava sua passagem heróica pelo Regimento Gra- natieri di Sardegna. Afinal de contas tinha sido criado pelo nadamais,nadamenosDuque Carlo Emanuele II de Sabóia, em 1659 e ele tinha sido uma extensão daquilo! O que pôde trazer:umcartuchodeflagrado duranteumcombate,asdivisas que usou na manga de sua f a r d a , u m botom com a granada, símbolo do Regimento, m u i t o parecida com o usado pela A r t i l h a r i a brasileira, um talabarte, a fivela do cinto e uma foto do seu grupo. Tudo muito bem protegido de traças, por quase umquilodenaftalina,guardado comtodocarinho.Diziasempre: - Marietta, quando eu me for desta para melhor, quero ser cremado e que minhas cinzas sejamespalhadasemReggiodi Calábria. É meu último desejo. - Sempre me vem com essas conversa... Pára de falar dessas coisasVitto–diziaelaaborrecida com aquele assunto – Noi vai viver muitos ani ainda, belo. -Ma,numtodizenoqueéprado- mani, mia cara. Pretendo tomá muito vinho ainda. Fica calma! - Va via, você com suas idéia... Mas a vida corre, esteja você tomando vinho ou não e, um dia, Vitto Buonarotti bateu com as dez. Chorou-se à italiana, velaram o corpo entre l á g r i m a s , v i n h o e conversas muito ges- ticuladas. O cunhado providenciou tudo para que fosse cremado, esperou- -se o tempo determinado para a retirada da urna com suas cinzaseaícomeçouamaratona. Elas, suas cinzas, teriam que atravessar o Atlântico até Re- ggio di Calábria para serem espalhadasnaregião,segundo o último desejo do cremado. - Vamos despachar ele por avião. Não é barato, mas dá-se um jeito – disse um cunhado. Mas quando declarou o conteúdodopacote,aempresa aérea recusou. Problemas com legislação, coisas e tal e não... Não poderia ser. Lá vão eles com a urna para Santos, procurar uma empresa de navegação marítima pra fazer o despacho. O que tem, o que não tem, mas o que é isso, precisamos de alguns documentos autorizando... Fuça pra cá, fuça pra lá e... Não! Não foi possível despachar por uma empresa marítima. E subiram a serra de volta pra casacomoVittodentrodaurna. - De que outra forma a gente pode mandar essa urna pra Itália, mamma mia? - E eu sei? Pra mim só existe duas formas: avião e navio. - Bendita burocracia! Mas,não,Enzo,deottoannique brincavaaumcantodeuaidéia. Ma che ragazzo intelligente! No balcão dos Correios o funcionário perguntou o que havianacaixa.Ocunhado,que sabia alguma coisa em latim, pego de surpresa, declarou: - Interulus. Ofuncionário,nãoquerendo assinar atestado de burrice, fez que entendeu o que aquilo queria dizer e Vitto Buonarotti, do Regimento Granatieri di Sardegna, sem burocracia, foi enviadocomoroupaíntimapara ReggiodiCalábria...deSedex. INTERULUSCarlito Cunha A partir de estudos é possível apresentar o xadrez como ferramenta psicopedagógica e suas diversas intervenções benéficas. Mesmo com o passardosséculoseodesenvolvimentodahumanidade, o xadrez continua presente na sociedade, sempre com seu aspecto dinâmico e também relacionado com a importância deste jogo na formação da criança e do cidadão, onde é possível trabalhar aspectos essenciais para seu desenvolvimento. É importante destacar que os participantes, logo no início do aprendizado, percebem que no jogo não há o fator sorte e que o desenvolvimento da partida depende tão somente dos conhecimentos dos jogadores envolvidos. Assim, as capacidades de memória, estratégia, combinação, tomada de decisões e bom senso tornam-se elementos primordiais ao bom jogador de xadrez.   Com base em séria proposta de intervenção psicopeda- gógica,épossível,atravésdoxadrez,desenvolverhabilidades cognitivas no indivíduo que refletirão positivamente em sua atuação no mundo, como: memória, concentração, atenção, habilidade motora, antecipação, visão ampla / do todo, linguagem,interpretação,raciocíniológicoerápido,estratégia, análise, adequação dentre outros (dependendo da proposta de trabalho do orientador da prática). É importante também destacar o aspecto moral e ético trabalhado na prática do xadrez, pois as regras são claras e impõem, por si só, tomada de atitudes e conseqüências. É intrínsecoorespeitomáximoàsregras,assimcomoaoparceiro de jogo e sua inteligência. A empatia também é primordial, poiséfundamentalqueojogadorcoloque-senasituaçãodo outroeantecipeseuraciocínio,numjogoabertosemtrapaças. Osbenefíciosdapráticadoxadreztambémsãoconfirmados naáreadasaúde,ondemédicosepsicólogosindicamojogoa pacientesquetêmcomprometimentofísicoe/ouneurológico. Neste sentido, a psicopedagogia vem ao encontro das perspectivas de desenvolvimento cognitivo, possibilitando que este trabalho alcance o indivíduo em suas múltiplas inteligências; resgatando aspectos emocionais, referenciais e valores de vida de modo particular. Diferente de outras modalidades esportivas, o xadrez estimula a competição saudável, mesmo quando o próprio jogadoréseumaiorinimigo.Logo,asituaçãodedesafioinstiga oindivíduoanãosernecessariamenteomelhor,masemESTAR melhor em cada jogada. Embora a prática do xadrez, atualmente, aconteça para diferentes fins, é no contexto escolar que o leque de possibilidades aumenta, conquistando professores, coordenadores e alunos e desenvolvendo reconhecidos projetos interdisciplinares. Seus resultados são imediatos no processo de aprendizagem das variadas disciplinas; aumentando, inclusive, a autoconfiança e o autoconceito dos alunos. Assim, o xadrez apresenta-se atualmente como rica ferramenta psicopedagógica, de aplicação em diferentes segmentos; porém de amplo alcance humano. Cabe, assim, a cada profissional orientador da prática explorar o jogo e, conseqüentemente, o jogador; buscando dentro de suas capacidades (em potencial) revelarem o que há de melhor em cada um. Ana Lucia F.Oliveira- Formação em Licenciatura Plena em Letras - Pós- Graduação Lato Sensu em Psicopedagogia e Pós- GraduaçãoLatoSensuemGestãoPública Contatoemailana@editoraasamericas.com.br O XADREZ COMO FERRAMENTA PSICOPEDAGOGICA OS GOLFINHOS DE LAGUNA E lenco de grandes nomes, um diretor competente e um enredo baseado na obra de um grande escritor. Tudo isso está em “O Tempo e o Vento”, filme livremente adaptado da obra de Erico Veríssimo, com direção de Jayme Monjardim. O longa conta a história de duas famílias opostas, a Terra Cambará e a Amaral, que viveram em confronto durante 150 anos. Diante desse combate, o filme acompanha a formação do Rio Grande do Sul, a povoação do território brasileiro e a demarcação de suas fronteiras. A produção é de Rita Buzzar. “O Tempo e o Vento” traz no elenco nomes como Fernanda Montenegro, Paulo Goulart, Thiago Lacerda, Cleo Pires, Marjorie Estiano, José de Abreu, entre outros. Na adaptação cinematográfica, o olhar de BibianaTerra Cambará, vivida por Fernanda Montenegro, é o fio condutor da narrativa. Em meio ao cerco do casarão de sua família pelos Amarais, ela se vale de sua memória para lembrar e contar sua história e as de seus antepassados. A Nexus Cinema e Vídeo, dirigida por Rita Buzzar, é a empresa produtora do filme. Globo Filmes, Panda Filmes, Cereja S.A., RioFilme, Cabanha São Rafael assinam a coprodução. Os produtores associados são Gocil, CiaRio, G8 e James Lynch. A distribuição é da Downtown Filmes e da Paris Filmes, com codistribui- ção da RioFilme. “O Tempo e o Vento”:adaptação livre da obra de Erico Veríssimo DIVERSÃO A história Em meio ao cerco do casarão de sua família pelos Amarais, a já centenária Bibia- na Terra Cambará, relembra150anos de história. Desde a trajetória de sua avó Ana Terra, até o final do século X I X . B i b i a n a narra sua paixão porCapitãoRodri- go, um romance que atravessa o tempo e prova que o amor é capaz de resistir às guerras. Elenco principal Fernanda Montenegro (Bibiana) Paulo Goulart (Ricardo Amaral Neto) Thiago Lacerda (Capitão Rodrigo) Cleo Pires (Ana Terra) Marjorie Estiano (Bibiana jovem) Participações especiais Martín Rodriguez (Pedro Missioneiro) César Troncoso (Padre Alonso) José De Abreu (Ricardo Amaral) Leonardo Medeiros (Bento Amaral) Cyria Coentro (Henriqueta) Zé Adão Barbosa (Padre Lara) Suzana Pires (Ana Terra) Vanessa Lóes (Valéria) Cacá Amaral (Pedro Terra) Janaina Kremer (Bibiana) Cris Pereira (Juvenal) Marat Descartes (Licurgo) José Henrique Ligabue (Antonio) Leonardo Machado (Marciano Bezerra) Luis Paulo Vasconcelos (Cura) Danny Gris (Florêncio) Giselle Alves (Maruca)
  8. 8. 14 1ª Quinzena de Outubro de 2013 151ª Quinzena de Outubro de 2013JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICANEGÓCIOS & OPORTUNIDADES NEGÓCIOS & OPORTUNIDADES
  9. 9. 16 1ª Quinzena de Outubro de 2013 JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA

×