Jcma 17 pagina

1.027 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.027
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
548
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jcma 17 pagina

  1. 1. BEM-ESTAR Incidência de doenças respiratórias cresce em até 40% na Primavera. n Página 6 Pá VISUAL Um body em estampa animal print é a novidade da lingerie da DelRio. Página 7 J é Cruz/ABr José C /AB www.jornalcma.blogspot.com.br - Ano II - Nº 17 - 2ª Quinzena de Outubro de 2013 - Distribuição gratuita A luta contra o câncer de mama tem atenção especial quanto à prevenção, di diagnóstico e tratamento durante este mês. É o Outubro Rosa, campanha de conscientização realizada por diversas entidades, dirigida à sociedade e às mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, o segundo mais recorrente no mundo. Página 3 Brasília - O Congresso Nacional ganhou iluminação rosa para lembrar a importância da prevenção do câncer de mama. Um dos alertas do Outubro Rosa, iniciativa que ocorre em diferentes cidades pelo mundo, é que o câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres Combate ao câncer de mama GERAL RIDER Santos Adventure – Sport, Fishing and Boat promete reunir em um só evento novidades em náutica, p , pesca e aventura. aventu Página Págin 5 DIVERSÃO Filme quer repetir o sucesso do primeiro longa lançado em 2010. Página 13 1ª Festicidade na Praia Grande terá mostra competitiva, espetáculos, fórum de debates, arte marginal, políticas culturais, meio ambiente e sustentabilidade, entre outras atrações. Página 5 A volta da Tracker ao Brasil é um dos destaques deste mês das montadoras, que lançaram muitas novidades para o mercado brasileiro de automóveis. Páginas 10 e 11
  2. 2. GOURMET 2ª Quinzena de Outubro de 2013 J JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA Previna-se contra o Câncer de Mama! Nita Alimentos adere à campanha “Saber ouvir” Outubro Rosa e apresenta receita especial para a data Jornal Costa da Mata Atlantica, é uma publicação da CPJ Editora Ltda - Rua Rafael Sampaio, 144 - Jardim Professor Morato - Francisco Morato - São Paulo E-mail: atendimento@cpjeditora.com.br Jornalcma.blogspot.com.br Publicação: Quinzenal Tiragem: 50.000 exemplares BOLO DE CANECA COM FRUTAS Ingredientes: 1 ovo pequeno 4 colheres (sopa) de suco de laranja ou maracujá 3 colheres (sopa) de óleo 4 colheres (sopa) rasas de açúcar Modo de Preparo: Coloque o ovo na caneca e bata bem com um gar fo. Acrescente o óleo, o suco, o açúcar e bata mais. Junte a farinha e o fermento e mexa delicadamente até encorpar. Leve por 3 minutos ao microondas na potência máxima. A caneca deve ter capacidade de 300 ml e a medida de colher é sempre rasa. Isabela G.C. Martins Patricia Barbara, tel. 13-3473-6969, nextel 13-7810-9841(Patinação Artistica), contato@patinacaoartistica.com. br, www.patinacaoartistica.com.br, Paulo Cavalheiro, Projeto “X” xadrez para todos (www.xadrezparatodos.com.br) Impressão: CPJ Editora Ltda O Jornal Costa da Mata Atlântica é distribuído no litoral (Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande, Santos e São Vicente) e em São Paulo, na Zona Leste (Vila Prudente, Vila Alpina, Mooca e Tatuapé) e Zona Sul (Ipiranga e Vila Mariana). Os textos assinados são de responsabilidade dos autores e não refletem necessariamente a opinião deste jornal. Fotos: Divulgações “Recicle as ideias, não jogue o jornal fora passe-o para frente” Começou a chover. Já sabia que choveria, senti o cheiro. Aquele cheirinho meio fresco, meio molhado, cheiro de mato. A chuva corria fina e insistente. Da janela eu assistia o show de raios, trovões e a água escorrendo, com toda sua leveza. Lembrei-me de você, alma querida, que se foi tão cedo. O frio vinha devagar e mais tarde, precisaria de mais um cobertor. Fiquei por lá, perto da janela. Era como se eu pudesse sentir sua presença ali comigo. Não consegui me desconcentrar. Não liguei a TV, não peguei um livro, deixei estar. Assisti aquela apresentação da natureza que não cessava. Em meu semblante, nada se A Catedral Metropolitana ganhou iluminação rosa para lembrar a importância da prevenção do câncer de mama 4 colheres (sopa) rasas de Farinha de Trigo Nita 1 colher (café) rasa de Fermento em Pó Nita ALMA QUERIDA Ana Lucia F.Oliveira- Formação em Licenciatura Plena em Letras - Pós- Graduação Lato Sensu em Psicopedagogia e Pós- Graduação Lato Sensu em Gestão Pública Contato email ana@editoraasamericas.com.br Diretor-Editor: Marco Antonio Faceto Oliveira tel 11- 98259-9403 Gerente de Marketing: Fabiano Pombo (fabiano@ editoraasamericas.com.br) Diretor Comercial: Marco Antonio Faceto Oliveira tel 11- 98259-9403 Jornalista Responsável: Vito Zanella Neto - MTB 16.125 Projeto gráfico e diagramação: Fernando Porfírio Administradora: Ana Lucia F. Oliveira Educadora e psicopedagoga: Gislaine Isabel Oliveira Contato Publicitário: Juka Oliveira - tel 13-9141-1281 Consultoria Jurídica: Dr. Rodrigo Faceto Oliveira Colaboradores: Carlito Cunha (Contos); Amauri Cozzolino (Cartunista); Priscila Oliveira Pombo (Marketing); Silvana M. Fontana (Consultora de Idiomas); Jurandir Algarves Fortes (Escritor); e balagens de seus produtos e é patrocinadora oficial do Calendário Neo Mama, lançado anualmente pelo Instituto. Além dessas ações, a culinarista da empresa Edivânia Reis desenvolveu uma receita de Bolo de Caneca com Frutas especialmente para a data. passava, porém em meu coração, algo apertava. Se você não achasse que era o dono da verdade, talvez ainda estivesse aqui, comigo. Peço a Deus, caso esse céu exista, que você esteja nele. Que eu possa ir me juntar a você. Não tente negar, inventar motivos, se desculpar. Mas, talvez esse mundo seja melhor que o mundo dos vivos. Alma querida, talvez em uma próxima vida possamos ficar juntos por longo tempo, não só um breve momento. Foram poucas as alegrias, poucas as risadas, não deu tempo de quase nada. Se ao menos, você pudesse voltar... talvez não. Talvez, seja melhor ficar por lá. D Valter Campanato/ABr D Moinho Paulista, sede da empresa localizada na zona portuária de Santos, no litoral paulista. Com essa ação, a Nita Alimentos reforça seu compromisso com causa e o apoio ao Instituto Neo Mama, uma organização sem fins lucrativos que oferece atendimento multidisciplinar gratuito para mais de 1.200 mulheres acometidas pela doença. A parceria com a entidade foi firmada em 2009 e hoje a Nita Alimentos, além de participar do Outubro Rosa, também doa produtos para a preparação de bolos e pães que são ser vidos durante os eventos beneficentes da entidade. A Nita possui ainda autorização para utilizar o Selo de Responsabilidade Social da Instituição nas em- 3 3 conscientização e combate ao câncer de mama Ideias urante o mês de outubro várias organizações mundiais, empresas e instituições aderem à campanha Outubro Rosa, que tem como objetivo alertar a população sobre a importância da prevenção e co m b a te a o c â n ce r de mama, ressaltando a necessidade de realização do autoexame para identificar o aparecimento da doença logo no início, aumentando suas chances de cura. Uma das ações realizadas nesse período é a iluminação de prédios e órgãos públicos com a cor rosa durante todo o mês para destacar a gravidade dessa causa. Pelo terceiro ano consecutivo, a Nita Alimentos adere a essa campanha com a iluminação dos silos do 2ª Quinzena de Outubro de 2013 Outubro Rosa: Trocando Qual é a sua maneira de ouvir o mundo? Essa discussão é extremamente pertinente para o tempo que vivemos; ou melhor, “sem tempo”, principalmente pelo tanto de atividades, estresse e problemas... Resolver tudo em poucas horas do dia... O que me chama a atenção nesse contexto é que ouvimos o dia inteiro sobre corrupção, assassinatos, manifestações, agressão, doenças, dificuldades financeiras, desemprego, drogas, depressão dentre tantos outros; porém nos tornamos surdos, principalmente porque somos incapazes de entender uma realidade diferente da nossa e também pela incapacidade de resolver todos os problemas do mundo. E qual a melhor forma de se relacionar e de enxergar o outro? Saber ouvir!!! O ato de saber ouvir é um dos ingredientes mais importantes do sucesso, em todos os aspectos da vida, tanto pessoal quanto profissional, e com aprimoramento se é capaz de render muitos frutos e melhorar muitos os relacionamentos. Em meio a essa confusão, com tantas pessoas falando sobre os próprios problemas, pare um momento pra refletir sobre sua capacidade de ouvir. Você realmente ouve as pessoas quando o procuram? Você deixa que elas terminem seus pensamentos? Você às vezes conclui as frases de outras pessoas? Você é paciente e sensível? Ou fica nervoso? As pessoas que sabem ouvir são altamente respeitadas e procuradas, exatamente por serem agradáveis e de boa companhia. Talvez pelo simples fato de, ao ficarem perto delas, as pessoas sintam-se especiais, desenvolvendo sentimento de lealdade, reconhecimento e confiança. Audição torna-se, então, um dos nossos sentidos mais poderosos... Agora você entende que sua capacidade de ouvir poderia ser aprimorada, e que o simples fato de saber ouvir tornar-se-ia uma excelente técnica redutora de estresse. É no simples fato de “dar um tempo a si mesmo para ouvir o outro” que a mudança de comportamento passa a ser apreciada e admirada, tornando-o automaticamente mais calmo e tranquilo, você não vai e nem pode resolver o problema do outro e do mundo, mas com certeza se tornaria uma pessoa melhor ao perceber e descobrir que não está sozinha nos conflitos do dia a dia. Que tal... Quem está do seu lado? Ah, nada de torpedo! Quer um café? E aí? Qual a sua maneira de ouvir o mundo? GERAL J JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA Previna-se contra o Câncer de Mama! Brasil em 2008 urante por iniciativa t o d o da Federação o mês Brasileira de de outubro, a Instituições luta contra o Fi l a n t ró p i c a s câncer de made Apoio à ma tem atenção Saúde da Mama especial quanto (Femama) e à p re ve n ç ã o, Brasília - O Palácio do Planalto ganhou já conquistou diagnóstico e iluminação rosa para lembrar a importância da g r a n d e tratamento. É o prevenção do câncer de mama. Um dos alertas aderência da Outubro Rosa, do Outubro Rosa, iniciativa que ocorre em diferentes cidades pelo mundo, é que o câncer população. O campanha de conscientização de mama é o tipo mais comum entre as mulheres movimento é internacional. realizada por d i v e r s a s e n t i d a d e s recorrente no mundo, Em qualquer lugar do neste mês, dirigida à perdendo apenas para mundo, a iluminação sociedade e às mulheres o de pele. Somente rosa é compreendida sobre a impor tância em 2011, a doença fez como a união dos povos d a p re ve n ç ã o e d o 13.225 vítimas no Brasil. pela saúde feminina. O Iniciado na década de rosa simboliza alerta diagnóstico precoce 90, nos Estados Unidos, o às mulheres para que do câncer de mama, que é o segundo mais Outubro Rosa chegou ao façam o autoexame e, a O que é? O câncer de mama é uma doença que se caracteriza pela multiplicação anormal de células da mama, configurando-se então, em um tumor maligno. No entanto, é necessário destacar que nem todo tumor de mama é maligno, ou seja, nem todo o nódulo encontrado no seio é câncer. Todos os seres vivos, sejam plantas ou pessoas, são formados por células muito pequenas. As células saudáveis crescem, dão origem a novas células e morrem chegado o momento. As células de câncer não são normais nem seguem este processo.Elasnãomorremcomoasoutrascélulas.Continuam crescendo, formando novas células e se espalhando pelo corpo. No câncer de mama, estas células crescem de forma descontrolada e formam um caroço chamado tumor. Quando os médicos detectam o câncer de mama antes de formar um tumor grande ou se espalhar, eles podem tratá-lo mais facilmente. O câncer de mama, geralmente, atinge às mulheres, mas os homens também podem desenvolver câncer de mama. Câncer de mama avançado Segundo o sistema utilizado para definir as etapas do câncer de mama, desenvolvido pelo Comitê Conjunto Americano sobre o Câncer (AJCC) , o câncer de mama avançado (CMA) é um termo usado para incluir as duas fases mais sérias (das cinco existentes) : - Fase III, na qual o câncer se estendeu aos nódulos linfáticos ou outras partes na área da mama, mas não as outras partes do corpo. - Fase IV, o câncer metastático, no qual o câncer já tem se expandiu a outras partes do corpo como fígado, pulmões, ossos, cérebro e outros órgãos. Sem importar a área afetada, as lesões são tumores cancerosos e são tratados como tais. - As Fases 0, I e II são as etapas mais precoces da doença. O termo “câncer avançado” em geral, refere-se a um câncer metastático, o qual atingiu outras partes do corpo. Fonte: Femama partir dos 50 anos, a mamografia, diminuindo os riscos que aparecem nesta faixa etária. O seu nome remete à cor do laço que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e instituições públicas. Fernando Frazão/ABr 2
  3. 3. 4 2ª Quinzena de Outubro de 2013 GERAL J JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA Livro mostra a superação e um amor que venceu barreiras na luta contra o câncer M Inteligências... O s acontecimentos atuais nos acometem com tanta velocidade que poucas vezes nos d a m o s o p re s e n t e de refletir sobre algumas mudanças no comportamento humano, inclusive no nosso. É sabido que o ho mem contemporâneo demonstra, desde muito cedo, a capacidade para ex plorar diferentes linguagens, principalmente as tecnológicas; aliada à necessidade de enxergar o indivíduo na complexidade de suas competências. São raciocínios dedutivos, construção de cadeias de causa e efeito, vislumbramento de soluções para problemas, pensamento científico, lidar com números ou outros objetos matemáticos (envolvendo cálculos, transformações), entre outros. Muitos psicólogos insistem, atualmente, que as escolas devam trabalhar, pelo menos, cinco das sete competências atribuídas às múltiplas inteligências, englobando a lógico -matemática, a linguística, a musical, a corporal-cinestésica e a espacial; restariam fora de sua alçada as inteligências intrapessoal e interpessoal. Em um processo mais recente de revisão de sua teoria, Gardner acrescentou a “inteligência natural” à lista original, ou seja, a sensibilidade para compreender e o rg a n i z a r o s o b j e t o s, fenômenos e padrões da natureza. O mesmo não ocorreu com a chamada “inteligência existencial” ou “inteligência espiritual” (discussão pertinente à área da medicina moderna e metafísica). Alguns teóricos sustentam que as inteligências não são objetos que possam ser quantificados, e sim, potenciais que poderão ser ou não ativados, dependendo dos valores de uma cultura específica, das oportunidades disponíveis nessa cultura e das decisões pessoais tomadas por indivíduos e/ou suas famílias, seus professores e outros. O cenário da educacão atual é devastador quando sabemos que a escola privilegia no máximo dois componentes (a lógico-matemática e a linguística), embora com falhas em sua exploração. N o e n t a n to, o fo co agora é para uma nova inteligência, aquela capaz de tomar decisões a partir do conhecimento adquirido e compartilhado p o r d i ve r s a s p e s s o a s, aumentadas e transformadas por sistemas técnicos e externos ao organismo humano; ou seja, aos meios de comunicação e à internet. Trata-se da inteligência coletiva. Esta é a atual área de estudo do pesquisador e escritor francês Pierre Lév y, na Universidade de Ottawa, no Canadá. Empresas, imprensa e os novos relacionamentos sociais trabalham neste sentido, lançando ideias e resolvendo questões coletivamente; e as tecnologias atuais permitem isso. É a era da cooperação intelectual Em seus estudos Lévy afirma que estamos apenas no início de uma nova etapa da evolução cultural. E não há como negar que o cenário que se descortina é esse mesmo. Usar a internet e as tecnologias atuais, o “ciberespaço”, para a difusão e troca do conhecimento. O interessante? Cada um pode contribuir do seu c a n t o, n o s e u t e m p o, com sua ideia, com seu pensamento, com seu ponto de vista – com a disposição de receber e oferecer algo na construção de um mundo melhor. Gislaine Isabel de Oliveira Professora e psicopedagoga J JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA Previna-se contra o Câncer de Mama! ais do que gran des a migos ou co m pan hei ros, os cachorros têm um amor incondicional por seus donos. Um exemplo real e emocionante dessa relação de carinho é apresentado no livro Os cães nunca deixam de amar, da Universo dos Livros. A autora Teresa Rhyne narra como ela e seu cãozinho Seamus conseguiram vencer duas doenças devastadoras: Teresa tinha câncer de mama e o pequeno Seamus lutava contra um tumor maligno. Esta curiosa história teve início quando a vida da advogada Tereza Rhyne estava de “pernas para o ar”. Ela acabava de sair do segundo casamento fracassado e ainda precisava conviver com a perda de seus dois amados cachorrinhos da raça beagle. Depois deste momento conturbado, Te r e z a t e n t a v a s e reestruturar aos poucos. Já tinha conseguido namorado novo, casa nova, enfim, seguia outros caminhos. Mesmo assim, ela sentia um vazio grande dentro de si. Em um dia rotineiro no escritório, o telefone tocou com uma ligação inesperada. Era Destiny, sua amiga do Centro de Adoção de Animais Mary S. Roberts, que avisava sobre o resgate heroico de um pequeno beagle que ia ser sacrificado. Como ela sabia da recente perda da advogada, logo ofereceu o cãozinho para adoção. Tereza era apaixonada por esta raça, mas sabia que, apesar de ser fofo, o animalzinho era um pacote para sua antiga vida. Mesmo assim, Tereza foi conhecê -lo no Centro de Animais e, claro, não resistiu aos encantos do energizante cachorrinho. Não pensou duas vezes: decidiu adotá-lo. Logo o batizou de Seamus, homônimo ao seu primo irlandês. De alguma forma, ela sabia que aquele cachorro era diferente, ele tinha algo que o transformava em mais do que um simples animal doméstico. Parecia ser único em todos os sentidos. Seamus, apesar de dengoso e adorar ser mimado, era um cão vencedor no quesito bagunça e indisciplina. Ele tinha o dom de deixar o apartamento de Tereza de ponta-cabeça, sem precisar de ajuda de ninguém. Mesmo pequeno, Seamus sempre foi extremamente barulhento, latia até deixar os vizinhos de “cabelo em pé” e, às vezes, ele parecia ser um pouco ou completamente louco. No entanto, o beagle era ótimo amigo e companheiro com um coração enorme. Pouco tempo depois da adoção, Te r e z a p e r c e b e u algo de errado nele. Levado ao veterinário, descobriram que Se amus estava com u m t u m o r m a l i g n o, co m d i a gn ó s t i co d e um ano de vida. Esta notícia deixou a autora devastada, mas ela decidiu lutar e aprender tudo o que estava ao seu alcance sobre o melhor tratamento para o cão. Mas o destino ainda reservava outra cruel surpresa para a bem-sucedida advogada: ela seria diagnosticada com câncer na mama. Na luta pela sobrevivência, Tereza e Seamus batalharam com unhas e dentes contra duas doenças mortais, que podiam aniquilá-los sem piedade. Uma história real, que revela como cada um conseguiu enfrentar e vencer este desafio e que mostra como os cachorros roubam os corações de seus donos e, ainda, ensinam como viver e amar de modo despretensioso e honesto. Ficha Técnica Título: Os cães nunca deixam de amar Autor: Tereza Rhyne Editora: Universo dos Livros Número de Páginas: 312 Preço: R$34,90h Previna-se contra o Câncer de Mama! GERAL 2ª Quinzena de Outubro de 2013 5 Festival Nacional Cidade 4ª Etapa do do Teatro na Praia Grande Metropolitano de Futmesa D e 19 a 27 de outubro acontece na Cidade da Criança, em Praia Grande, o primeiro festival de teatro da cidade: o Festicidade – Festival Nacional Cidade do Teatro, que recebeu mais de 60 inscrições de espetáculos de todo o território nacional. Segundo os organizadores, foram selecionados para a mostra competitiva 17 espetáculos, de São Paulo, Londrina, Goiânia, Uberaba, São José do Rio Preto e cidades da baixada san- tista, como Santos, São Vicente e Mongaguá. Haverá também a mostra de convidados, com um espetáculo mexicano em co-produção com artistas brasileiros. Além da mostra competitiva, o 1º Festicidade- PG terá na programação mostra paralela de espetáculos, fórum de debates com temas sociais, como violência contra a mulher, ar te marginal, políticas culturais, combate às drogas, meio ambiente e sustentabilidade e política pública para a juventude, além de workshops e oficinas para crianças e adultos. Todas as atividades são gratuitas. O evento terá como patrono e homenageado o dramaturgo, ator, diretor, escritor e músico Mário Bortolotto, da Cia Cemitério dos Automóveis de São Paulo. Em sua homenagem, será realizado a exposição “Bortolotto em Cena” e um ciclo de leitura dramática de suas obras. O 1º Festicidade – P G é re a l i z a d o p e l a Associação Cultural Tribo dos Atuadores Teatro Genoma, em parceria com AACC - Associação Assistêncial da Cidade da Criança e Help - Centro de Desenvolvimento Humano da Baixada Santista. Mais informações, local e programação no blog h p://fes cidade.blogspot. com.br/ N o último dia 5 d e o u t u b ro, fo i realizado no Auto Shopping Praia Grande a 4ª Etapa do Metropolitano de Futmesa. A equipe da Praia Grande foi representada pelo Ocian Praia Clube, que apesar do seu primeiro ano na competição, surpreendeu conquistando o terceiro e quarto lugar. Segundo Marcio Sanches, da coordenação PG Futemsa, “devido a campanha durante o ano e os resultados da outra sede conseguimos nos classificarmos como o quar to colocado do estado na série C, estando habilitado em disputar as finais no próximo dia 23 /11, no próprio Clube Nacional, contra os Clubes Circulo Militar, Meninos e Cisplatina de grandes tradições no Santos Adventure 2013: náutica, pesca e aventura em um só evento PG-Social desenvolve ações destinadas às pessoas menos favorecidas O Instituto de Ação Social de Praia Grande (PG-Social) é uma organização não governamental sem fins lucrativos, sendo sua presidente Roberta Ozimo da Silva (2013/2017). Em atividade desde 2007, é formado por um grupo de voluntários, atuantes em diversas áreas do conhecimento e experiências multidisciplinares, que tem como missão contribuir para o progresso da sociedade praiagrandense, com a realização e desenvolvimento de programas sociais e ações destinadas a melhorar as condições de vida de pessoas ou grupos familiares menos favorecidos, por medidas sócio-educativas, de acesso a qualidade de vida e bem-estar, do esporte, e de integração social, cultural e laboral, visando sempre a promoção e valorização de cada indivíduo. Todas as ações promovidas estão integradas dentro do perímetro territorial do municio de Praia Grande, e são idealizadas dentro de um planejamento especifico para cada comunidade beneficiada, para que estes trabalhos sejam continuados e multiplicados. Em setembro de 2013, foi aprovado o Projeto “Nascente Esporte”, junto ao Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de Praia Grande, para realização do mesmo. Assim, este projeto visa os ciclos Nascer, Crescer, Reproduzir e Vencer, objetivando que tais indivíduos possam ter uma nova etapa em suas vidas e serem cidadãos dignos. O PG Social tem como meta reequilibrar a relação da criança e do adolescente e a família, que está fragilizada. “Crianças e Adolescente que sofrem com dependência química possuem muita desvinculação com a escola, assim, seu projeto de vida fica prejudicado. Pretendemos retomar isso, para fazer um projeto de vida melhor. As vezes reinseri-los em casa quando há rompimento do laço familiar”, explica Roberta Ozimo. Segundo ela, os prejuízos que temos na infância e adolescência são acentuados por causa disso, pois é uma fase em que estamos desenvolvendo e galgando coisas para o nosso projeto futuro. Então quando crianças e adolescentes perdem na infância, seu projeto futuro fica prejudicado. “Uma grande preocupação dos pais, é a falta de ocupação para seus filhos no horário inverso as aulas escolares, fazendo com que fiquem ociosos e sem perspectivas, ficando expostos a ações desordeiras. Assim o projeto ocorrerá no horário contrário a aula, proporcionando ocupação a criança e adolescente, bem como tranquilidade aos pais”, informa. cenários do esporte. Por isso, contamos com o apoio e torcida de todos e, caso alguém queira nos ajudar financeiramente, pode ligar para (13) 98803-5188”. D e 12 a 15 de d e z e m b r o acontece em Santos, no Mendes Convention Center, a Santos Adventure – Sport, Fishing and Boat, evento dedicado ao lazer e que vai trazer para o público as novidades e tendências dos esportes náuticos, pesca e turismo de aventura. Durante o evento, organizado pela AGS3, haverá exposição de lanchas de passeio, de pesca, Jet Sky, equipamentos para náutica e aventura, e muito mais. Também serão realizados seminários com palestras sobre a indústria náutica, pesca esportiva, meio ambiente, responsabilidade sócio ambiental e sustentabilidade. Tudo isso em uma área de mais de 10 mil metros quadrados. Mais informações pelos telefones (11) 2641-0511 ou (13) 3327-0190.
  4. 4. 6 BEM-ESTAR 2ª Quinzena de Outubro de 2013 J JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA Incidência de doenças respiratórias cresce em até 40% na Primavera C onsiderada por muitos como a estação mais bonita do ano devido a sua diversidade de cores e flores, a primavera traz consigo consequências consideradas maléficas para a saúde. A baixa umidade do ar, o pólen das flores misturado no ar, além da comum inversão térmica, responsável pelo acúmulo maior de poluentes na atmosfera, são componentes comuns dessa época do ano – e podem prejudicar a saúde de muitas pessoas. Segundo o Dr. Alexandre Cercal, otorrinolaringologista de Curitiba, capital do Paraná, no período de seca acontece um crescimento em casos de espirros, tosse, asma, rinite, resfriados e gripes que chega a 40%. E, quando esse período conta com a chegada da primavera, o número de pessoas atingidas por esses males pode até aumentar, devido ao pólen das flores disperso no ar. A alergia é uma reação de hipersensibilidade do organismo que acontece quando pessoas que são sensíveis a determinadas situações entram em contato com agentes desencadeantes chamados alérgenos, que provocam uma crise de doença alérgica. Cerca de 20% da p o p u l a ç ã o s o f re c o m alguma forma de alergia, sendo as mais comuns delas a asma, a rinite alérgica e as alergias cutâneas. “Dentre os alérgenos mais conhecidos destacam-se a poeira domiciliar, ácaros, epitélios de animais, baratas, fungos, pólens, além de agentes irritantes como fumo e poluentes”, acrescenta o especialista. Cercal comenta que crianças que possuem pais alérgicos têm uma maior probabilidade de serem alérgicas. Por outro lado, a alergia pode se desenvolver em qualquer fase da vida e, até mesmo, em pessoas sem histórico familiar. “Basta, para isso, que a exposição desse indivíduo a determinado alérgeno ultrapasse o seu limiar de tolerância”, revela. Para evitar as crises alérgicas, o especialista comenta que é importante fazer sempre uma higiene geral, beber bastante água e umidificar sempre o nariz com soro fisiológico. “Outras atitudes que devem ser to m a d a s n o d i a - a - d i a para evitar ou amenizar as alergias são: forrar o colchão e travesseiro com capa impermeável, retirar tapetes e carpetes da casa, limpar a mobília da casa com pano úmido mais de uma vez por semana, substituir as cortinas por persianas, manter sempre a casa arejada, evitar estofados recobertos com tecido, utilizar aspiradores de pó que possuam filtro HEPA, não fumar dentro de casa, substituir cobertores por edredons que possam ser lavados quinzenalmente, evitar objetos que acumulem poeira no quarto do paciente, como livros, revistas, brinquedos de pelúcia, caixas e quadros, evitar cheiros fortes no domicílio como de tintas, solventes, inseticidas, produtos de limpeza”, alerta Cercal. Dor no quadril pode estar relacionada com problema na coluna, artrite ou bursite A dor no quadril diz respeito a qualquer dor nas articulações do quadril ou ao seu redor. Em adultos o problema atinge, em sua maioria, pessoas ativas, que praticam esportes e atividades físicas com idade geralmente entre 40 e 50 anos, e idosos não-ativos. “Muitas vezes a dor no quadril não é sentida diretamente nele. Ela pode refletir no meio da coxa ou na virilha e até indicar problemas mais complexos, como inflamação nas articulações (artrite) ou na bolsa cheia de líquido que se localiza entre um tendão e a pele ou um tendão e o osso (bursite)”, alerta o Dr. Henrique Cabrita, Médico do Esporte e Ortopedista Especialista em Quadril do Delboni Auriemo Medicina Diagnóstica. O médico acrescenta que dores lombares e problemas abdominais, como tumores intra-abdominais, cistites, varicocele e endometriose também são doenças que podem causar dor na região. Nos praticantes de atividade física, as causas das dores costumam ser extra-articulares e podem ser ocasionadas por lesões musculares ou lesões da sínfise púbica (pubialgias). “Outras possíveis causas incluem: infecção, osteonecrose do quadril, tensão ou torsão e tendinites de esforços repetitivos ou extenuantes. Em casos mais graves, a dor pode sinalizar metástases de câncer, pois o primeiro diagnóstico pode ocorrer por fraturas na região”, explica o especialista. Para garantir o diagnóstico correto, o ideal é contar com o apoio dos exames de imagem como ultrassom e ressonância magnética, além da realização de um exame físico. O público feminino é mais atingido pelas dores no quadril quando comparado aos homens. “As mulheres possuem, em geral, uma bacia mais larga e musculatura mais fraca para sustentá-la. Mas as dores sentidas, em sua maioria, são na parte de fora do quadril, ou seja, de origem muscular”, explica o médico. Também entre as mulheres há populações diferentes que podem ser afetadas: as mulheres entre 30 e 40 anos, praticantes de atividade física, e na pós-menopausa (50, 60 anos), período em que ocorrem mudanças do tipo de força física, elasticidade dos tecidos e a perda de cálcio. Outra questão é o envelhecimento da população e a grande prática de exercício. “Os problemas de quadril são mais comuns com o avanço da idade e por movimentos repetitivos de qualquer parte do corpo. epetitivos Mas se for tratado corretamente, com o diagnóstico certo desde o início, pode-se prevenir a evolução para quadros mais graves”, diz o Dr. Cabrita. Uma dica para a prevenção é evitar, sempre que possível, atividades que incluam movimentos repetitivos de qualquer ncluam parte do corpo. VISUAL ISU UAL J JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA COST TA Previna-se contra o Câncer de Mama! P Previna-se contra o Câncer de Mama! a Top animal print A DelRio, referência em referê ncia lingerie, apresenta um apresenta body em esta estampa ampa animal print - a sofisticada stic cada pele de phyton . O body vem com bojo o estruturado e com aros de sustentação, que levantam os seios tornando-os mais sedutores. sedutores. Além disso as alças são são removíveis permitindo que permitind do seja usado como tomara-quetom mara-que-caia. Uma abertura estratégica entre es stratégica as pernas confere maior comodidade. maior A estampa oferece ain a possibilidade ainda nda dele ser usado co como top numa omo produção mais descontraída e sexy descontraída ou então ser entrevist sob a roupa, entrevisto to displicentemente, c compondo o look fashion. Na cor bege dourado, b pode ser encontrado n melhores nas lojas de underwear e nos grandes magazines. Ponto de Vista Por Osmar Rosan Filho A tendência que não deve ser seguida T endência é um termo que deve ser usado somente para moda. Simples, você comprou uma blusa amarela no verão passado e agora a cor é verde, então para se atualizar a pessoa adquire uma blusa na cor atual. Para interior isso não funciona bem assim. Os custos se compararmos moda e decoração são muito diferentes. Se você tem um sofá branco que custe, por exemplo dez mil reais. O “está se usando” sofre alternação e você vai jogar fora esse sofá porque o branco ficou desatualizado? Não é mesma coisa. Quando a moda te determina a troca do guarda roupa que o cliente não gastaria dois mil reais. Outro exemplo é o papel de parede. Este sofreu com as tendências que foram se alternando através dos tempos, muito se falava em espelhos também. Mas ao longo de três a quatro décadas estes acessórios foram do auge ao esquecimento. Entretanto atualmente é comum recebermos pedidos de decoração com espelhos e papel de parede. Para atualizar devemos sim usar a tecnologia para acompanhar as evoluções de luzes, sons e aparelhos que são criados para auxiliar e modernizar a nossa vida. Todo trabalho de um designer de interiores é deixar o ambiente do cliente com a personalidade dele. Usando o auxílio profissional. Independente da tendência vigente. Usando tecnologias atuais para traduzir o desejo do comprador naquele determinado espaço. É muito gratificante ver a reação de uma pessoa ao entregar o projeto, e isso só pode ser alcançado quando o profissional escuta tudo que lhe é conferido. Então, se aplicarmos o conceito de tendência que a moda impõe, a primeira opção sempre será barrar uma idéia do comprador e isso não é valido. Vai muito do gosto do cliente. Isso não é passível de discussão, o gosto e a personalidade devem ser levados em consideração para criar e terminar um projeto satisfatório. Agradecendo o convite deste jornal em parceria com a empresa WFE Móveis Planejados, tenho a satisfação de compartilhar com todos os leitores que é um grande desafio em conquistar todos vocês a cada edição desta coluna, falando sobre tendências neste vasto mundo que é a decoração. Nestas últimas quatro décadas, conquistei a confiança e respeito de cada cliente, que hoje já perdi a conta de quantos são. Por consequência, tornei-me um profissional respeitado e procurado. Eu sou Omar Rosan Filho, formado em design de interiores hà 40 anos, com trabalhos executados por todo o nosso país e alguns no exterior 2ª Quinz Quinzena de Outubro de 2013 zena 7
  5. 5. 8 2ª Quinzena de Outubro de 2013 J JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA Previna-se contra o Câncer de Mama! Previna-se contra o Câncer de Mama! Previna-se contra o Câncer de Mama! 2ª Quinzena de Outubro de 2013 "O Coralon que você esperava, já espera por você!!!" Alto Padrão;  Terraços Gourmet;  Vagas privativas;  Piscina coberta e aquecida;  Sauna;  Sala de Ginástica;  Salão de Jogos;  Brinquedoteca;  Duas torres:  Av. Rio Branco, nº 380 Canto do Forte - Praia Grande – SP Final 2 85 m² de área útil Vaga Privativa p/ 2 carros Final 1 88 m² de área útil Vaga Privativa p/ 2 carros Av. Mal. Hermes, nº 389 Canto do Forte - Praia Grande – SP Final 4 75 m² de área útil Vaga Privativa p/ 2 carros Final 3 68 m² de área útil Vaga Privativa p/1 carro Contatos: (13) 3474-4447 ou Cel. (13) 7850-7956 - ID 44*19960 C/ Claudio claudio@coralon.com.br site: www.coralon.com.br 9
  6. 6. 10 RIDER 2ª Quinzena de Outubro de 2013 J JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA Novo Focus 2014 parte de R$ 60.990,00 C om objetivo de crescer no mercado de carros médios do Brasil, a Ford iniciou a venda da nova linha Focus 2014, que chega com preço a partir de R$ 60.990,00. Disponíveis nas versões hatch e sedã, os veículos são totalmente novos e serão comercializados com a opção dos motores 2.0 Flex com injeção direta (de até 178 cv) ou 1.6 Flex (até 135 cv) com duplo comando de válvulas variável. Ambos dispensam o tradicional “tanquinho” na partida a frio. Além dos avançados motores, o novo Focus conta com transmissão sequencial PowerShift de seis velocidades e dupla embreagem (de série no 2.0 e opcional no 1.6), suspensão traseira independente Multilink, piloto automático e limitador de velocidade eletrônico. Seu design arrojado projeta espor tividade, atitude e movimento, incluindo rodas de liga leve de 16 ou 17 polegadas, com exclusivo design esportivo e na cor preta adiamantada na versão topo. Em termos de segurança oferece seis airbags – frontais, laterais e de cortina –, sistema AdvanceTrac com controle eletrônico de tração e estabilidade para mais aderência e auxílio em frenagens, assistente de partida em rampas e aviso de pressão baixa dos pneus. Entre os opcionais, oferece chave com sensores de presença para acesso inteligente e partida sem chave Ford Power, bancos com ajuste elétrico em seis posições, sistema de estacionamento automático, câmera de ré, sensores dianteiro e traseiro de estacionamento, faróis de Xenon com lavador, iluminação auxiliar em curvas, luzes diurnas de LED e teto solar. Versões - O modelo hatch oferece duas opções de motores: 2.0 com transmissão sequencial PowerShift nas versões SE e Titanium; e Sigma 1.6 Flex nas versões S e SE, com transmissão manual de cinco velocidades ou PowerShift (opcional). O sedã vem exclusivamente para poucos V o Range Rover Evoque em uma série exclusiva e limitada a apenas 20 unidades: a série Sicilian Yellow Limited Edition, que conta com uma série de características únicas que lhe dão um aspecto bastante diferenciado às versões comuns do modelo. Montada com base no Range Rover Evoque Dynamic Teck, topo de linha da gama, a série Sicilian Yellow Limited Edition traz carroceria na cor preto Santorini com teto e espelhos que por R$ 3.000,00 traz: seis airbags, chave com sensor de presença para acesso inteligente e partida sem chave Ford Power, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, espelho escapamentos em preto Santorini. Por dentro, o couro preto que reveste os bancos em formato concha, o painel, o volante e as portas trazem costura contrastante no mesmo amarelo Sicilian, que também está presente no acabamento em aço escovado presente no painel. O modelo é equipado com motor Turbo Si4 de 2.0 litros e 240 cv de potência, a transmissão é Aisin AW F21 de seis velocidades com opções para trocas sequenciais. A Renault lançou o Sandero Tech Run, série limitada para o modelo mais vendido da marca francesa no Brasil. Com preço de R$ 37.400,00, o modelo apresenta detalhes estéticos diferenciados, mais itens de conforto e segurança, além do sistema de navegação Media NAV integrado ao painel. Baseado na versão Expression com motor 1.0 16V Hi-Flex – 77 cv (etanol) e 76 cv (gasolina) de potência máxima – o Sandero Tech Run tem visual jovial e moderno,reforçado pelas rodas de alumínio aro 15’’ e retrovisores e puxadores de porta na cor cinza inox. A ponteira de escapamento cromada dá um toque de esportividade ao veículo, assim como o adesivo preto 11 O brasileiro com motor 2.0 Duratec Direct Flex e transmissão sequencial PowerShift de seis velocidades, nos catálogos S, SE e Titanium. Tanto o sedã como o gatch contam com o pacote SE Plus, 2ª Quinzena de Outubro de 2013 Chevrolet Tracker circulou no Brasil, mais ou menos entre 2001 e 2009, onde fez muito sucesso. Ele parou de ser comercializado por que o modelo estava um pouco defasado em relação aos concorrentes. Agora, a Chevrolet lança no mercado brasileiro o novo SUV Tracker, totalmente reformulado, que chega ao Brasil somente na versão top de linha, a LTZ, equipada com tudo do bom e do melhor, com motor 1.8L Ecotec e o eficiente câmbio automático GF6 de segunda retrovisor eletrocrômico, retrovisores com rebatimento elétrico e ar-condicionado automático e digital com controle individual de temperatura para motorista e passageiro. geração, ao preço de R$ 71.990,00 – com airbags laterais e teto solar elétrico, o valor sobe para R$ 74.490,00. Com o Tracker, a Chevrolet pretende atender a demanda de um mercado significativo de utilitários espor tivos compactos, C na coluna “B”. Traz também a identificação “Tech Run” na parte superior das portas dianteiras, logo abaixo dos retrovisores. Internamente, também há novidades. O azul está presente nas laterais dos bancos e nos cintos de segurança. Já o volante apresenta detalhe cromado em um dos três raios e também uma placa em um dos raios com a serigrafia do nome da série limitada. Disponível em quatro diferentes cores, o Sandero Tech Run sai de fábrica com ar-condicionado, direção hidráulica com ajuste de altura, vidros elétricos que tem crescido de forma consistente nesses últimos anos. Assim, seus principais concorrentes são o Ecosport da Ford e a Duster da Renault. O modelo segue o visual com o DNA global da Chevrolet, com linhas que Fit ganha nova versão de entrada com duas opções de câmbio Sandero ganha série limitada Tech Run retrovisores em contraste na cor amarelo Sicilian. O apelo esportivo desta série é destacado pelo Black Design Pack, pacote trazido pela primeira vez no mercado brasileiro nesta série exclusiva S i c i l i a n Ye l l o w . Ele inclui spoiler traseiro esportivo, faróis dianteiros e faróis de neblina escurecidos, luzes traseiras claras, rodas de 20 polegadas em preto brilhante, além de acabamento da grade dianteira e dos Previna-se contra o Câncer de Mama! Tracker volta ao mercado Range Rover Evoque Sicilian Yellow: inte consumidores que pagarem R$ 266.000,00 terão o privilégio de dirigir uma Range Rover Evoque Sicilian Yellow no Brasil. A Land Rover trouxe ao País RIDER J JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA Previna-se contra o Câncer de Mama! dianteiros, além de freios com sistema ABS e airbags para motorista e passageiro, entre outros itens. Completam a lista de conveniência travas elétricas nas quatro portas com sistema de travamento automático, computador de bordo, faróis de neblina, quatro alto-falantes e comando satélite na coluna de direção, que permite ao motorista controlar o sistema de som sem tirar as mãos do volante. om objetivo de oferecer um veículo com bom custo-benefício e itens exclusivos, a Honda lançou o Fit CX, opção mais acessível de um dos monovolumes mais vendidos do segmento no Brasil. Entre os principais diferenciais d a n o v a ve r s ã o C X estão os faróis com máscara negra, lanternas traseiras translúcidas escurecidas, rodas de aço, calota e grade frontal na cor preta, que asseguram um visual mais jovem e esportivo. Um dos grandes atrativos do Fit CX é a disponibilidade de transmissão manual e automática – ambas de cinco velocidades. O sensor de estacionamento é outro destaque. O Fit CX conta com propulsor de 1.4l com tecnologia i-VTEC Flex, de 101 cv potência a 6.000 rpm (etanol) ou 100 c v a 6.000 rpm (gasolina). Seus preços são de R$ 49.900,00 (câmbio manual) e R$ 53.900,00 (câmbio automático). transmitem robustez, fluidez, movimento e estabilidade visual. As caixas de rodas são bastante pronunciadas, reforçando o visual robusto. Na dianteira, a grade dupla identifica o novo Tracker como um autêntico integrante da família Chevro- let, com a gravata da marca no centro, esculpida na barra transversal que separa o parachoque e com as suas grelhas superior e inferior. Outros destaques são a superfície do capô do motor com o seu vinco central sutil, bem como os faróis de halogênio de dupla parábola cuidadosamente executados e luzes de neblina menores na dianteira. As rodas de aro 18”complementam o design esportivo do SUV. O interior foi elaborado com linhas fluidas, modernas e espaço interno bastante definido, possibilitando um interior bem organizado com até oito configurações de assentos. O veículo oferece também grande disponibilidade de portas-objetos, além de um porta-malas de até 735L com os bancos rebatidos. Co m 4 . 2 4 8 m m d e comprimento, 1.776 mm de largura e 1.647mm de altura, o Tracker apresenta b o m e s p a ç o i n t e r n o. Utilizando o rack de teto é possível expandir o volume a ser transportado com suporte de até 75kg. Em relação ao motor, o Ecotec 1.8L rende 144 c v quando abastecido com etanol e 140 cv com gasolina, ambas a 6.300 rpm. A transmissão automática de seis velocidades tem a opção de mudanças no modo manual sequencial oferecendo uma opção de esportividade. J6 ganha visual renovado D epois de dois anos, a JAC mudou o visual de sua minivan J6, que chega na versão 2014 com mudanças na dianteira, incluindo faróis, pára-choque e grade redesenhados, lanternas bipartidas horizontais, e novo pára-choque na traseira, além do painel de instrumentos e das laterais de portas totalmente reestilizados. O novo J6 mantém as versões com 5 e 7 lugares, este último chamado de Diamond, uma invenção brasileira - a fileira extra de bancos não está disponível na China, ela foi desenvolvida pela equipe de engenheiros da JAC Motors do nosso país. Em relação à segurança, o novo J6 oferece o sistema ISOFIX na versão de 5 lugares, que é um padrão internacional de pontos de fixação de assentos de segurança infantil. A lista de equipamentos de série é grande. Tanto a versão de 5 lugares quanto a Diamond vêm de série com ar-condicionado, freios ABS com EBD, airbag duplo, pneus 205/55 aro 16”, faróis de neblina dianteiros e traseiros e sensor de estacionamento (traseiro). O motor é o 2.0 16V com duplo comando de válvula do cabeçote, de 136 cv de potência a 5.500 rpm e a torque máximo de 19,1 kgfm) a 4.000 rpm. smart nightstyle: edição limtada exclusiva para o Brasil C om objetivo de oferecer produtos ainda mais atrativos aos compradores, a smart lançou uma novidade exclusiva para o mercado brasileiro: o smart nightstyle edition, uma edição limitada dos modelos turbo coupé e cabrio com diferenciais de design. A edição nightst yle traz espor tividade e requinte ainda maiores para as carrocerias coupé e cabrio do smart. As rodas de liga leve de 15” de 6 raios têm pintura em grafite fosco. Os bancos são em couro de alta qualidade e possuem costura destacada, geralmente combinando com a cor ex terna d o v e í c u l o. O smart nightstyle edition tem os seguintes preços públicos sugeridos: smart fortwo turbo coupé nightstyle edition por R$ 68.900,00; smar t for t wo turbo cabrio nightstyle edition, R$ 72.900,00; e smart fortwo turbo cabrio tritop nightstyle edition por R$ 73.200,00.
  7. 7. 12 RELAX 2ª Quinzena de Outubro de 2013 J JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA DIVERSÃO IVER J JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA Previna-se contra o Câncer de Mama! P Previna-se contra o Câncer de Mama! FEROMÔNIOS* Carlito Cunha E stavam só os dois n a re t a g u a rd a . O regimento tinha ido ao cruzamento da Raposo Tavares com a Transbrasiliana, estrada que vai de Marabá, no Pará, até Aceguá no Rio Grande do Sul e que passa entre Salto Grande e Ourinhos, porque disseram que ali havia um rancho onde estavam acoitados os bandidos, segundo um telefonema anônimo. Mãe de Deus; eram quatro facínoras famosos no Brasil e adjacências. Além de assaltantes e assassinos, tinham fama de sequestrar e estuprar até crianças de colo. Os jornais e televisões do mundo todo falavam dessa quadrilha e de sua pe riculosidade e maldade ex trema de gente que não tem um mínimo de escrúpulo e sentimento. Vinham do Paraguai após praticarem um assalto em Mariscal Estigarribia, uma merdinha de cidade e, por isso mesmo, ótima pra lavagem de dinheiro. Uma empresa fantasma estava abarrotada de grana e os bandidos fizeram a limpa. Desprezaram os guaranis e os euros. Encheram as sacolas de dólares e se mandaram para o Brasil, passando ilesos por Presidente Epitácio. A guarnição tinha ido pra lá, para o tal rancho, pra constatar a veracidade do telefonema anônimo. Foi armada até os dentes: duas pistolas .45, uma pistola-metralhadora MP5 de 9mm, sucata da S.W.A.T., aforante sabres, canivetes e cassetetes, que os policiais sabiam manejar com habilidade. Bem mais tarde iriam descobrir que o telefonema tinha sido dado por uma pessoa que estava completamente por fora do assunto. Estavam só os dois na retaguarda, cuidando do posto policial. Aí a coisa desandou como quando você toma uma dose exagerada de laxante e o maldito começa a fazer efeito exatamente quando não há toalete, banheiro, privada ou nem mesmo um penico à mão. Na verdade a quadrilha, composta de quatro marginais parrudos, bombados, como diziam, tatuados até o lado interno das nari-nas, tinham escolhido a cidade para a en tre ga da “encomenda” e entraram direto sem chegar àquele cruzamento onde, supostamente, estava o tal rancho. A primeira coisa que fizeram foi tomar de assalto, logo de uma vez, delegacia e cadeia, pra que ficassem tranquilos com relação ao trabalho. Como é sabido, estavam só os dois, Madureira e Salviano, na incumbência de dar apoio e tranquilidade à cidade. Madureira estava sentado no gabinete do delegado e Salviano havia saído para ver alguma coisa nos fundos. Quando os bandidos entraram Madureira levantou-se, mas levou logo um catiripapo e apagou, sendo algemado aos pés da mesa que era parafusada no chão. Era a quarta. As três anteriores haviam sido roubadas. Além do BMW turbinado, blindado, vidros escuros, da quadrilha, outro carro e s t r a n h o a p a re ce u n a cidade. Era um Civic preto com chapa preta e letras douradas. Na rua principal, defronte à lanchonete do filho do Donga, onde comeram lambari frito e tomaram cerveja, fizeram a entrega da sacola endolarada e o Civic pegou a R a p o s o Ta v a r e s e m direção à Transbrasiliana, onde tomaria à esquerda o rumo de G o i á s. A p ó s p a g a re m o s lambaris e cervejas, com uma caixinha polpuda, os homens tomaram o BMW e foram embora, tranquilos. Quando Madureira acordou tudo já havia passado, mas nada do Salviano. Sentado no chão, de modo incômodo, com os pulsos doendo, machucados pelas alge mas ele olhava para todos os lados. - Onde está esse filho da puta do Salviano? Quando o contingente chegou frustrado, de volta, foi esse o quadro que encontrou. Os colegas soltaram o Madureira, perguntando onde estava o Salviano. - E eu sei? Das duas uma: fugiu de medo ou mataram o cara e jogaram o corpo no rio. Começaram a vasculhar procurando o pobre do Salviano. Nada aqui, nada ali... - Que fedor é esse? – perguntou o delegado, vocês usaram o banheiro sem dar a descarga? - Não, senhor. Ninguém usou o banheiro. - Então que cheiro de merda é esse? E foram seguindo o cheiro até entrar no quartinho onde guardavam o material de limpeza. E, surpresa: Lá estava o Salviano! - Prenderam você aqui? – perguntaram depois de algum tempo e algumas considerações. - Não, foi uma estratégia – respondeu o Salviano. Escondi-me para planejar um ataque. - Mas você está fedendo, Salviano. Que merda é essa? Cagou-se? - Vocês não entendem nada mesmo. Como foi q u e m e e n co n t r a r a m ? Hein, hein? Essa é a estratégia. Nunca ouviram falar em feromônio? – e saiu para trocar de calças. *Designação genérica de substâncias segregadas por animais, especialmente insetos, que servem de meio de comunicação entre indivíduos da mesma espécie ou são atraentes sexuais. Caro leitor , Seja bem-vindo a esse espaço de leitura que chamaremos de “Quarto de Leitura”! Nossa intenção é publicar aqui textos de autores da literatura brasileira: contos, crônicas, poemas, histórias da tradição popular. Mas que seja sempre uma leitura agradável, leve, por vezes, divertida. Que seja, enfim, um momento de descontração e prazer. Fique hoje na companhia de Vinícius de Moraes. Menino de ilha À s vezes, no calor mais forte, eu pulava de noite a janela com pés de gato e ia deitar-me junto ao mar. Acomodava-me na areia como numa cama fofa e abria as pernas aos alísios e ao luar; e em breve as frescas mãos da maré cheia vinham coçar meus pés com seus dedos de água. Era indizivelmente bom. Com um simples olhar podia vigiar a casa, cuja janela deixava apenas encostada; mas por mero escrúpulo. Ninguém nos viria nunca fazer mal. Éramos gente querida na ilha*, e a afeição daquela comunidade pobre manifestava-se constantemente em peixe fresco, cestas de caju, sacos de manga-espada. E em breve perdia-me naquela doce confusão de ruídos... o sussurro da maré montante, uma folha seca de amendoeira arrastada pelo vento, o gorgulho de um peixe saltando, a clarineta de meu amigo Augusto, tuberculoso e insone, solando valsas ofegantes na distância. A aragem entrava-me pelos calções, inflava-me a camisa sobre o peito, fazia-me festas nas axilas, eu deixava a areia correr de entre meus dedos sem saber ainda que aquilo era uma forma de contar o tempo. Mas o tempo ainda não existia para mim; ou só existia nisso que era sempre vivo, nunca morto ou inútil. Quando não havia luar era mais lindo e misterioso ainda. Porque, com a continuidade da mirada, o céu noturno ia desvendando pouco a pouco todas as suas estrelas, até as mais recônditas, e a negra abóbada acabava por formigar de luzes, como se todos os pirilampos do mundo estivessem luzindo na mais alta esfera. Depois acontecia que o céu se aproximava e eu chegava a distinguir o contorno das galáxias, e estrelas cadentes precipitavam-se como loucas em direção a mim com as cabeleiras soltas e acabavam por se apagar no enorme silêncio do Infinito. E era uma tal multidão de astros a tremeluzir que, juro, às vezes tinha a impressão de ouvir o burburinho infantil de suas vozes. E logo voltava o mar com o seu marulhar ilhéu, e um peixe pulava perto, e um cão latia, e uma folha seca de amendoeira era arrastada pelo vento, e se ouvia a tosse de Augusto longe, longe. Eu olhava a casa, não havia ninguém, meus pais dormiam, minhas irmãs dormiam, meu irmão pequeno dormia mais que todos. Era indizivelmente bom. Havia ocasiões em que adormecia sem dormir, numa semiconsciência dos carinhos do vento e da água no meu rosto e nos meus pés. É que vinha-me do Infinito uma tão grande paz e um tal sentimento de poesia que eu me entregava não a um sono, que não há sono diante do Infinito, mas a um lacrimoso abandono que acabava por raptar-me de mim mesmo. E eu ia, coisa volátil, ao sabor dos ventos que me levavam para aquele mar de estrelas, sem forma e sem peso, mesmo sentindo-me moldar à areia macia com o meu corpo e ouvindo o breve cochicho das ondas que vinham desaguar nas minhas pernas. Mas - como dizê-lo? - era sempre nesses momentos de perigosa inércia, de mística entrega, que a aurora vinha em meu auxílio. Pois a verdade é que, de súbito, eu sentia a sua mão fria pousar sobre minha testa e despertava do meu êxtase. Abria os olhos e lá estava ela sobre o mar pacificado, com seus grandes olhos brancos, suas asas sem ruído e seus seios cor-de-rosa, a mirar-me com um sorriso pálido que ia pouco a pouco desmanchando a noite em cinzas. E eu me levantava, sacudia a areia do meu corpo, dava um beijo de bom-dia na face que ela me entregava, pulava a janela de volta, atravessava a casa com pés de gato e ia dormir direito em minha cama, com um gosto de frio em minha boca. (* Vinícius de Moraes morou, quando menino, na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro) Sugestões para a coluna “Quarto de Leitura”, envie pelo e-mail: paulo@jobeditora.com.br ou magalyromao@uol.com.br quer repetir o sucesso do primeiro D epois do sucesso (merecido) de Kick-Ass – Q u e b r a n d o Tu d o , d e 2010, era de se esperar que haveria uma sequência. Assim, Kick-Ass, Hit Girl e Red Mist estão de volta nas telonas. Depois da bravura insana de Kick-Ass (Aaron Taylor-Johnson) ter inspirado uma nova onda de vingadores mascarados independentes, liderados pelo durão Coronel Stars and Stripes ( Jim Carrey), o herói decide unir-se a eles na patrulha. Mas, quando estes super-heróis amadores são perseguidos por Red Mist (Christopher Mintz-Plasse), somente Hit Girl (Chloë Grace Moretz) pode evitar sua aniquilação. Laudêmio, um resquício do império O laudêmio é cobrado quando da transferência dos direitos de ocupação ou foro de imóvel localizado nos chamados terrenos de marinha. Não é imposto nem tributo, é uma taxa que varia de 2,5 a 5% do valor do terreno sempre que ele passar por uma operação onerosa, no caso de compra e venda. O órgão responsável pela demarcação das áreas sobre as quais incide a cobrança do laudêmio é a Secretaria de Patrimônio da União (SPU), órgão vinculado ao Ministério do Planejamento. Essa cobrança surgiu no período colonial e foi instituída pelo rei D. João VI. Nessa época o Brasil pertencia à coroa Portuguesa que para incrementar a ocupação, distribuía porções do território a quem se dispusesse a cultiva-lo. Em troca, cobrava uma taxa (semelhante a um pedágio) por esses quinhões que passaram a ser classificados como terras aforadas e que em casos de comercialização teria que ser pago o laudêmio, que sobrevive até hoje. Segundo dados recentes, os proprietários de 40 mil imóveis em Santos, recolhem todos os anos o laudêmio, taxa de foro e ocupação. São casas e edifícios localizados em terrenos de marinha. Os beneficiários dessa taxa são, a União, a igreja católica e os herdeiros da monarquia que ocupam o palácio oficial em Petrópolis no estado do Rio de Janeiro. São considerados terrenos de marinha os localizados na orla, desde que estejam a menos de 33 metros da maré alta, em relação à preamar, isto é, do ponto médio anual das marés. Essa taxa penaliza também os proprietários de imóveis localizados próximos a rios e pântanos que ergueram suas casas em áreas doadas pelo rei, para consolidar a colonização. Mas, existem alguns casos controversos, como na zona Noroeste, uma das regiões mais carentes de Santos. Muitos possuem a posse de casas erguidas em área de foreiros, mas não são donos das propriedades. Apesar de muitas ações políticas, sem êxito, para extinguir essa cobrança. Segundo alguns dados, a União cobra 542 mil imóveis, a maioria no litoral do sudeste e sul, o que representa 30% dessas propriedades. Dos valores arrecadados, a igreja católica fica com 55,9% de todos os imóveis erguidos em terreno de marinha, 9% vai para os herdeiros da coroa e o restante para a União. Muitas ações e questionamentos têm sido feitos na justiça tentando acabar com essa cobrança que não é caracterizada como imposto. Os proprietários alegam que não tem cabimento em uma República e muito menos em um governo democrático, pagar por uma taxa criada na época do Império. Além disso, a cobrança de foro (taxa anualizada correspondente a 0,6% do valor do imóvel) e da taxa de ocupação (que é cobrada do proprietário que ainda não firmou um contrato de aforamento com a União). Outro questionamento é o fato de a SPU entender que benfeitorias feitas no terreno cru são alvo de cobrança de laudêmio; em contraponto, os proprietários das benfeitorias afirmam que as melhorias (área construída) não devem ser consideradas no cálculo do laudêmio. Mas, engana-se quem pensa que a União está disposta a abrir mão e extinguir o laudêmio. Ela arrecada anualmente em torno de 8,6 bilhões de reais só com essa taxa. Como o Brasil tem mais de oito mil quilômetros de costa, fora rios e lagoas, é obvio que todos acabam arcando com o ônus de aumentar as reservas financeiras do Vaticano e dar uma vida de conforto aos remanescentes da família imperial. 2ª Quinzena de Outubro de 2013 13
  8. 8. 14 2ª Quinzena de Outubro de 2013 NEGÓCIOS & OPORTUNIDADES J JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA Previna-se contra o Câncer de Mama! J JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICAEGÓCIOS N Previna-se contra o Câncer de Mama! & OPORTUNIDADES 2ª Quinzena de Outubro de 2013 JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA ABRAÇA A CAMPANHA OUTUBRO ROSA Tel 11- 98259-9403 E-mail: atendimento@cpjeditora.com.br Jornalcma.blogspot.com.br 15
  9. 9. 16 2ª Quinzena de Outubro de 2013 J JORNAL COSTA DA MATA ATLÂNTICA Previna-se contra o Câncer de Mama!

×