Ambientes virtuais de aprendizagem

17.290 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
3 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
17.290
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
448
Comentários
3
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ambientes virtuais de aprendizagem

  1. 1. Ambientes virtuais de aprendizagem:<br />Ultrapassando barreiras na educação<br />
  2. 2. Universidade Candido MendesLicenciatura em Pedagogia<br />Trabalho apresentado à professora Monica Magalhães como um dos requisitos para a conclusão da disciplina Tecnologia, Educação e Cultura.<br />Componentes do grupo: <br /> Juliana Rodrigues<br /> Elizabeth El’ Osta<br />Rio de Janeiro<br /> Junho/2011<br />
  3. 3. Pequeno histórico:<br />Com o advento e a popularização da Educação à Distância (EdA) realizada por intermédio das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs), se fez necessário a implantação de um ambiente propício a este novo modelo de educação.<br />Surgem então os Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA) que vieram para validar e otimizar o meio educacional no ciberespaço.<br />
  4. 4. Definição:<br />Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA) são softwares que auxiliam na montagem de cursos acessíveis pela Internet. Elaborado para ajudar os professores no gerenciamento de conteúdos para seus alunos e na administração do curso, permite acompanhar constantemente o progresso dos estudantes. <br />Em outras palavras: “É um espaço fecundo de significação onde seres humanos e objetos técnicos interagem potencializando assim, a construção de conhecimentos, logo a aprendizagem.”(SANTOS,2003: s.p)<br />
  5. 5. Alguns benefícios dos ava na ead<br />Superação do tempo-espaço: encurta barreiras, atingindo vários lugares e várias pessoas ao mesmo tempo.<br />Reforça o trabalho pedagógico do professor: planejar todos os passos de uma aula torna-se mais do que indispensável.<br />Colaboração e cooperação no processo ensino-aprendizagem: permite a participação ativa dos alunos e professores durante o processo de ensino-aprendizagem, além de incentivar a responsabilidade destes para com o ensino-aprendizado.<br />Potencialização à interatividade:disponibiliza ferramentas de comunicação (chats, hiperlinks, conferências, newsgroups, websites, entre outros) que propiciam autonomia e construção coletiva do conhecimento. <br />
  6. 6. Exemplos de ambientes virtuais de aprendizagem<br /> Existem inúmeros AVA pelo ciberespaço tais como: Moodle, eProInfo, TelEduc, Amadeus, SOLAR, AulaNet, A4, WebCT, LearnLoop, Gestum, AdaptWeb, iTutor, TIDIA-Ae, etc... até o Second Life se configura como um. Aqui, nos focaremos em apresentar dois que servem à EaD: <br />Moodle eeProInfo<br />
  7. 7. MOODLE<br />
  8. 8. MOODLE<br />Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment (MOODLE), é um sistema de administração de atividades educacionais destinado à criação de comunidades on-line, em ambientes virtuais voltados para a aprendizagem colaborativa. Permite, de maneira simplificada, a um estudante ou a um professor integrar-se, estudando ou lecionando, num curso on-line à sua escolha.<br />O conceito foi criado em 2001 pelo educador e cientista computacional Martin Dougiamas<br />
  9. 9. MOODLE<br />Este ambiente virtual de apoio à aprendizagem possui código aberto, livre e gratuito.<br />Está disponível em 75 línguas diferentes e conta com 25.000 websites registados, em 175 países.<br />O Moodle mantêm-se emdesenvolvimentoporumacomunidadequeabrangeprofessores, pesquisadores, administradores de sistema, designers instrucionais, programadores, e usuários de todo o mundo.  Evolui constantemente adequando-se às necessidades dos seus utilizadores.<br />
  10. 10. MOODLE<br />Os recursos disponíveis para o desenvolvimento das atividades são:<br />Materiais estáticos (ex.: páginas de texto, páginas de texto Web, apontadores para ficheiros ou páginas Web, conteúdos de pastas)<br />Materiais dinâmicos (atividades):<br />
  11. 11. MOODLE<br />Avaliação do Curso<br />Chat<br />Diálogo<br />Diário<br />Fórum<br />Glossário - utilizado para descrever termos e respectivas definições, ligados à disciplina.<br />Lição<br />Pesquisa de Opinião (referendo)<br />Questionário - com questões de diversos tipos (escolha múltipla, verdadeiro ou falso, resposta curta, comparação) pode ser respondido on-line pelos alunos, permitindo-lhes ver qual a sua classificação.<br />SCORM<br />Tarefa - atividade proposta pelo professor/formador aos alunos<br />Trabalho com Revisão - o professor/formador tem acesso a trabalhos enviados pelos alunos, pode avaliá-los e comentá-los.<br />Wiki<br />Livro - permite disponibilizar um livro eletrônico criado pelo professor, e que pode ser constituído por vários capítulos, dispostos em dois níveis diferentes.<br />
  12. 12. eProinfo<br />
  13. 13. eProInfo<br />O e-ProInfo é um Ambiente Colaborativo de Aprendizagem a Distância, baseado em tecnologia web. Foi desenvolvido pela Secretaria de Educação a Distância do Ministério da Educação em parceria com renomadas instituições de ensino.<br />Tem como objetivo principal possibilitar aos diversos perfis de usuários (aluno, professor, colaborador, visitante, etc) acesso aos cursos presentes no ambiente, pertinentes a cada Entidade, garantindo um acesso prático, rápido e seguro de acordo com as prioridades de acesso de cada perfil.<br />
  14. 14. eProInfo<br />Permite a administração e desenvolvimento de diversos tipos de ações, como cursos a distância, complemento a cursos presenciais, projetos de pesquisa, projetos colaborativos e diversas outras formas de apoio a distância e ao processo ensino-aprendizagem. <br />O e-ProInfo é composto por dois Web Sites: o site do Participante e o site do Administrador.<br />
  15. 15. eProInfo <br />O site do Participante permite que pessoas interessadas se inscrevam e participem dos cursos e diversas outras ações oferecidas por várias Entidades conveniadas. <br />É através dele que os participantes têm acesso a conteúdos, informações e atividades organizadas por módulos e temas, além de poderem interagir com coordenadores, instrutores, orientadores, professores, monitores e com outros colegas participantes.<br />
  16. 16. eProInfo <br />O site do Administrador permite que pessoas credenciadas pelas Entidades conveniadas desenvolvam, ofereçam, administrem e ministrem cursos à distância e diversas outras ações de apoio à distância ao processo ensino-aprendizagem, configurando e utilizando todos os recursos e ferramentas disponíveis no ambiente. <br />Cada Entidade pode estruturar diversos Cursos ou outras ações compostas por Módulos, e estes por Atividades. Os participantes se inscrevem em Cursos e, sendo aceitos pelo Administrador, podem se vincular a Turmas, através das quais cursam seus respectivos Módulos.<br />
  17. 17. eProInfo<br />Permite planejar, administrar e executar ações de aprendizagem, como:<br />  Cursos a distância;<br />  Complementos a distância para cursos presenciais;<br />  Projetos colaborativos;<br />  Reuniões de trabalho.<br />
  18. 18. eProInfo<br />O ambiente é composto por ferramentas síncronas e assíncronas como:<br />  Fórum;<br />  Videoconferência;<br />  Bate-papo;<br />  E-mail;<br />  Quadro de Avisos;<br />  Notícias;<br />  Biblioteca.<br />
  19. 19. eProInfo<br />Ferramenta Síncrona : é aquela que permite a comunicação em tempo real.<br />Ferramenta Assíncrona : é aquela que não permite comunicação em tempo real, isto é, existe um tempo entre mandar e receber a resposta.<br />
  20. 20. eProInfo<br />
  21. 21. Recapitulando e Concluindo<br /> Os Ambientes Virtuais de Aprendizagem são, portanto:<br />“sistemas computacionais disponíveis na internet, destinados ao suporte de atividades mediadas pelas tecnologias de informação e comunicação. Permitem integrar múltiplas mídias, linguagens e recursos, apresentar informações de maneira organizada, desenvolver interações entre pessoas e objetos de conhecimento, elaborar e socializar produções tendo em vista atingir determinados objetivos.” (ALMEIDA, 2003: s.p)<br />
  22. 22. Referências<br />SANTOS. Edméa Oliveira. Ambientes virtuais de aprendizagem: por autorias livres, plurais e gratuitas. In: Revista FAEBA, v.12, no. 18.20031. Disponível em: http://www.comunidadesvirtuais.pro.br/hipertexto/home/ava.pdf<br />Almeida, Maria Elizabeth Bianconcini de. Educação a distância na internet: abordagens e contribuições dos ambientes digitais de aprendizagem. In: Educ. Pesqui. vol.29 no.2 São Paulo July/Dec. 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1517-97022003000200010&script=sci_arttext<br />
  23. 23. http://pt.wikipedia.org/wiki/Ambiente_virtual_de_aprendizagem<br />http://pt.wikipedia.org/wiki/Moodle<br />http://eproinfo.mec.gov.br/<br />

×