Tecido nervoso

829 visualizações

Publicada em

SITE: www.tioronni.com.br
E-MAIL: tio_ronni@hotmail.com

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
829
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tecido nervoso

  1. 1. Criado e Desenvolvido por: RONNIELLE CABRAL ROLIM Todos os direitos são reservados ©2013. www.tioronni.com.br
  2. 2. Sistema Nervoso O Sistema Nervoso se divide em duas parte: SNC (encéfalo e medula espinal) e SNP (nervos cranianos e nervos espinais). O sistema Nervoso Central é composto por: Cérebro: memória, consciência e linguagem. Cerebelo: equilíbrio e tensão muscular. Hipotálamo: temperatura, sede, apetite e emoções. Bulbo: controla os batimentos cardíacos, respiratórios, tosse e vômito.
  3. 3. Sistema Nervoso 1) Introdução O sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber e identificar as condições ambientais externas, bem como as condições reinantes dentro do próprio corpo e elaborar respostas que adaptem a essas condições. 2) Organização do sistema nervoso humano Sistema Nervoso Central (SNC) Encéfalo Cérebro Cerebelo Tronco Encefálico Mesencéfalo Ponte Bulbo Medula Sistema Nervoso Periférico (SNP) Nervos cranianos (12 pares) Nervos raquidianos (31 pares) Terminações nervosas
  4. 4. Sistema Nervoso (telodendros)
  5. 5. Sistema Nervoso Glia ou Gliócitos: envolvem, protegem e nutrem os neurônios. Função: sustentação, revestimento, isolamento e defesa. Astrócitos: ligam os neurônios aos vasos sanguíneos e a pia-máter. Oligodendrócitos: produz a bainha de mielina (isolante elétrico).
  6. 6. Sistema Nervoso BIPOLARES Apresenta um único axônio e um único dendrito. MULTIPOLARES Apresentam um único axônio e vários dendritos. PSEUDO-UNIPOLARES Apresentam um único axônio com uma só neurofibra.
  7. 7. Sistema Nervoso: impulso nervo
  8. 8. Sistema Nervoso: impulso nervo
  9. 9. Sistema Nervoso: Potencial de Ação POTENCIAL DE AÇÃO Com a excitação da células nervosa, por estímulos que atinjam o limiar de excitabilidade da célula (-70mV), um potencial de ação será disparado dentro de um princípio denominado de “tudo ou nada”. O potencial de ação se caracteriza por três etapas distintas: Despolarização, repolarização e hiperpolarização
  10. 10. Sistema Nervoso: Potencial de Ação ETAPA DE DESPOLARIZAÇÃO: é a etapa em que a membrana torna-se extremamente permeável aos íons Na+, ocorre portanto influxo de Na+ e consequente aumento de carga positiva no interior da célula. Nesta fase a célula parte de -70mV e atinge +30mV ETAPA DE REPOLARIZAÇÃO: é a etapa em que ocorre fechamento dos canais de Na+ e abertura dos canais de K+. Nesta fase a célula parte de +35mV e atinge -75 mV. POTENCIAL DE AÇÃO: com a excitação da células nervosa, por estímulos que atinjam o limiar de excitabilidade da célula (-70mV), um potencial de ação será disparado dentro de um princípio denominado de “tudo ou nada”. O potencial de ação se caracteriza por três etapas distintas: Polarização, Despolarização e Repolarização. INTENSIDADE DO ESTÍMULO: quanto maior for o estímulo, maior será a frequência dos Potencial de Ação. Não ocorre aumento de intensidade do potencial pois ele é sempre “tudo ou nada”.
  11. 11. Sistema Nervoso: impulso nervo INTENSIDADE DO ESTÍMULO  Quanto maior for o estímulo, maior será a frequência dos Potenciais de Ação. Não ocorre aumento de intensidade do potencial pois ele é sempre “tudo ou nada”.
  12. 12. Sistema Nervoso: sinapses Um impulso é transmitido de uma célula a outra através das sinapses (do grego synapsis, ação de juntar). A sinapse é uma região de contato muito próximo entre a extremidade do axônio de um neurônio e a superfície de outras células. Sentido: detritos  corpo celular  axônio  telodendros.
  13. 13. Sistema Nervoso: sinapses Um impulso é transmitido de uma célula a outra através das sinapses (do grego synapsis, ação de juntar). A sinapse é uma região de contato muito próximo entre a extremidade do axônio de um neurônio e a superfície de outras células. Sentido: detritos  corpo celular  axônio  telodendros.
  14. 14. Neurotransmissores 5) Tipos de Neurotransmissores: Dopamina: inibidora, sensação de satisfação e prazer; movimentos; cognição, memória, comportamento, pensamento abstrato e emoções. Serotonina: efeitos no humor, ansiedade e agressão (bem-estar); Acetilcolina: humor, sono, atividade sexual, apetite, coração, hormônios, temperatura, dor, movimentos e a cognição. Noradrenalina: excitação física e mental, bom humor, mediadora de batimentos cardíacos, pressão sanguínea. GABA (ácido gama-aminobutírico): ansiedade e convulsões.
  15. 15. Ato e Arco Reflexos Ato Reflexo: é uma resposta imediata e involuntária por ação de um estímulo, manifestam-se da mesma maneira em todos os indivíduos pertencentes à mesma espécie. Arco Reflexo: é o caminho percorrido pelos estímulos. Ex: Reflexo patelar. Nervo- receptor  medula  nervo-motor  músculo (contração / chute).

×