Moluscos

294 visualizações

Publicada em

Moluscos

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
294
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Moluscos

  1. 1. Criado e Desenvolvido por: Todos os direitos são reservados ©2015. www.tioronni.com
  2. 2. INTRODUÇÃO Características: - Corpo mole, viscoso e não segmentado, a maioria protegidos por uma concha calcária). - Habitat: a marinhos (maioria), dulcícolas e terrestres (locais úmidos) - Ambulantes (errantes) e sésseis (fixos). - Triblásticos, protostômios e celomados. - Ex: mariscos, ostras, caramujos, lesmas, polvos, lulas, náutilos...
  3. 3. CELOMADOS
  4. 4. Tegumento Manto ou pálio (dobra da epiderme que envolve a massa visceral e produz a concha) Concha calcária (proteção) Periostraco (periférico) Ostraco (intermediário) Camada nacarada (interno) Epitélio simples Cílios (locomoção) Gls. mucosas – muco (mantém a a umidade e facilita a locomoção)
  5. 5. Sistema Digestório Tipo completo Digestão extracelular Rádula (com dentículos quitinosos para raspagem de alimento) • Nos cefalópodes a rádula é modificada em um bico córneo (dilaceração das presas), e nos bivalves é ausente
  6. 6. Rádula
  7. 7. Sistema Respiratório Respiração cutânea, pulmonar (moluscos terrestres) e branquial (moluscos aquáticos) * Nos bivalves as brânquias também atuam na alimentação (retenção de partículas suspensas na água que posteriormente são direcionadas para a boca)
  8. 8. Sistema Circulatório Tipo aberto (lacunar) Coração dorsal Sangue com pigmento respiratório (hemocianina ou hemoglobina) OBS: Nos cefalópodes o sistema circulatório é fechado possibilitando maior taxa metabólica
  9. 9. Sistema Excretor Rins constituídos por metanefrídeos (órgão de Bojanus) - filtram o sangue e o líquido celomático Produto de excreção - amônia Sistema nervoso Tipo ganglionar (gânglios: cerebróide, pleurais, pedais, viscerais...)
  10. 10. Reprodução Monóicos e dióicos (maioria) Fecundação interna e externa Desenvolvimento direto e indireto (larva trocófora e larva véliger)
  11. 11. CLASSIFICAÇÃO Classe Gastrópoda Podem apresentar concha única ou concha ausente
  12. 12. CLASSIFICAÇÃO Classe Gastrópoda Organismo albino
  13. 13. Nudibrânquios (lesmas do mar)
  14. 14. Classe Pelecípoda ou Bivalvia - Apresentam concha dupla; - Cabeça ausente e sem rádula - Alguns podem ser fixos (sésseis); - Pé em forma de machado para cavar; - Algumas espécies de ostras formam pérolas (deposição de nácar sobre partículas estranhas que se depositam entre o manto e a concha).
  15. 15. Classe Cefalópoda - Grupo de invertebrados mais avançados; - Apresentam concha única externa (náutilos) ou interna (lulas), ou sem concha (polvos); - Sistema circulatório fechado; - Olhos com estrutura semelhante a dos vertebrados - Deslocamento por rastejamento e propulsão de jatos de água (pé modificado em sifão).
  16. 16. Classe Cefalópoda
  17. 17. Lulas gigantes (10 a 13 metros)
  18. 18. Classe Scaphopoda Apresenta concha única em forma de barco Dentalium sp.
  19. 19. Classe Anfineura (Poliplacófora) Exclusivamente marinhos Concha constituída por oito placas
  20. 20. Exercício 1 (MED. ABC) É encontrada apenas entre os moluscos, a estrutura: a) esqueleto calcáreo; b) tentáculos; c) sifão exalante; d) rádula; e) tubo digestório completo.
  21. 21. Exercício 2 (UNISA) A respiração dos moluscos é: a) exclusivamente branquial; b) cutânea, branquial e pulmonar; c) traqueal e pulmonar; d) apenas cutânea e branquial; e) apenas cutânea.
  22. 22. Exercício 3 (UFU-MG) A produção de pérolas requer a introdução artificial de pequenas partículas estranhas ao manto. Este circunda o corpo estranho e secreta camadas sucessivas de nácar sobre ele. Os animais são mantidos em cativeiro por muitos anos até que as pérolas sejam formadas. Os animais utilizados nesse processo pertencem, respectivamente, ao filo e à classe: a) Mollusca e Gastropoda; b) Arthropoda e Crustacea; c) Arthropoda e Insecta; d) Molusca e Cephalopoda; e) Molusca e Pelecypoda.
  23. 23. Exercício 4 (Fuvest-SP) Todas as características abaixo pertencem ao Phylum Mollusca, exceto: a) Presença de brânquias; b) Presença de concha externa; c) Presença de rádula; d) Presença de manto; e) Ausência de celoma.
  24. 24. Exercício 5 Todas as alternativas abaixo se referem aos animais do filo Mollusca. Marque a alternativa que contém a informação errada sobre esses animais. a) Na maioria dos moluscos a respiração se faz através de brânquias chamadas ctenídeos. b) Na maioria dos moluscos a circulação é aberta, sendo que no polvo e na lula a circulação é fechada, e o sangue sempre circula no interior de vasos. c) A rádula nos moluscos tem a função de proteger o animal contra predadores. d) A estrutura responsável pela produção da concha dos moluscos é chamada de manto. e) Os animais pertencentes à classe Cephalopoda são exclusivamente marinhos.
  25. 25. Exercício 6 Assinale a alternativa em que está escrito o nome da classe e o nome de um animal que pertence a essa classe. a) Gastropoda – ostras e mexilhões. b) Cephalopoda – caramujos e lulas. c) Bivalve – polvos e náutilo. d) Gastrópodes – caramujos e chiton. e) Bivalve – mariscos e mexilhões.
  26. 26. Exercício 7 Dentre as alternativas abaixo, assinale a incorreta: a) A maioria dos moluscos apresenta respiração branquial, mas existem espécies com respiração pulmonar e outras ainda que respiram exclusivamente pela superfície do corpo, ou seja, respiração cutânea. b) Os moluscos têm reprodução sexuada, e em algumas espécies, como no caracol-de-jardim, ocorre desenvolvimento direto; em outras espécies, como nas ostras, o desenvolvimento é indireto, com duas fases larvais. c) A maioria dos gastrópodes é monoica. d) A concha da maioria dos moluscos é constituída principalmente por carbonato de cálcio, e possui três camadas. Essa concha é produzida por uma estrutura chamada de nácar. e) Os moluscos têm sistema digestório completo, formado por um tubo que começa na boca e termina no ânus.
  27. 27. Exercício 8 (Vunesp/2010) Considere as seguintes características de determinado animal: hermafroditismo, celomado, pulmão simples, um par de nefrídios, dois pares de tentáculos sensoriais, glândula secretora de muco e rádula. a) Determine o filo e classe pertence o animal que apresenta todas as características descritas. Cite um exemplo de animal pertencente a essa classe. b) Qualifique a função do muco secretado pela glândula e pela rádula nestes organismos. Reino: Animalia. Filo: Mollusca. Classe: Gastropoda. Exemplo: caramujo. Muco: diminuir o atrito com a superfície corporal. Rádula: A rádula é uma estrutura que se situa na base da boca dos moluscos (exceto no caso dos bivalves) com a qual estes raspam o seu alimento. É constituída por filas de pequenos dentes curvos quitinosos.
  28. 28. Exercício 9 O filo Mollusca surgiu no início da era Paleozóica, há cerca de 500 milhões de anos, sendo representado por milhares de espécies. Os mares antigos apresentavam grande biodiversidade, comprovada pelos milhares de fósseis encontrados em seus sedimentos. Sobre os moluscos, responda: a) Determine a função do mando para alguns moluscos. b) Explique como ocorre a formação da pérola. O manto é a estrutura responsável pela formação da concha. Ele também contribui na formação das pérolas. A formação de uma pérola, também denominada de margarita, ocorre em razão da penetração de substâncias, partículas (areia) ou microrganismos (vermes) entre a concha e o manto de algumas espécies de ostras. Em resposta ao corpo estranho, o manto secreta uma série de camadas de nácar ou madrepérola, substância composta por pectatos de carbonato de cálcio na forma de cristais de aragonita, desempenhando um mecanismo de defesa do organismo.
  29. 29. Exercício 10 O filo Mollusca é dividido em sete classes, sendo as classes Bivalvia, Gastropoda e Cephalopada as mais conhecidas. Marque a alternativa onde encontramos, respectivamente, o nome de um bivalve, um gastrópode e um cefalópode. a) Polvo, caramujo e ostra. b) Ostra, lula e caracol. c) Caramujo, caracol e polvo. d) Mexilhão, lesma e lula. e) Lulas, caracol e ostra.
  30. 30. Exercício 11 Os cefalópodes possuem diferentes artimanhas para fugir dos predadores. Dentre elas, podemos citar a mudança de cor, que faz com que esses animais, rapidamente, consigam camuflar-se no ambiente marinho. A célula epidérmica que permite a mudança de cor é o: a) melanócito. b) cromatóforo. c) plastídios. d) coanócitos. e) trocófora.
  31. 31. Exercício 12 (Vunesp) O mexilhão-dourado, Limnoperna fortunei, é uma espécie exótica originária da Ásia, que chegou ao Brasil junto com a água de lastro de navios. Trata-se de um molusco do mesmo grupo das ostras, que se alimenta de partículas em suspensão filtradas da água e que vem causando impactos na comunidade de bentos. Considerando o texto, analise as três afirmações seguintes. I. Uma comunidade de bentos refere-se a um conjunto de espécies que se movimentam ativa ou passivamente em um ambiente aquático. II. O mexilhão apresenta rádula, que é uma estrutura dotada de pequenos dentes de quitina, para sua alimentação. III. Esta espécie é um molusco que apresenta uma concha formada por duas valvas. Com relação às afirmações, estão corretas: a) I, apenas. b) II, apenas. c) III, apenas. d) I e II, apenas. e) II e III, apenas.
  32. 32. Exercício 13 (UNB) Os moluscos bivalvos (ostras e mexilhões) são organismos economicamente importantes como fonte de alimento para o homem, por possuir alto valor nutritivo. Eles conseguem filtrar grandes volumes de água em poucas horas, daí serem comumente chamados "organismos filtradores", mas, em consequência, podem acumular, no seu trato digestivo, altas concentrações de microrganismos e compostos químicos tóxicos, eventualmente presentes na água onde vivem, assim pondo em risco a saúde pública e exercendo grande impacto social e econômico nas áreas de sua criação. Assinale a afirmação correta: a) Os moluscos não possuem sistema digestivo. b) Os moluscos não possuem sistema nervoso ganglionar. c) Os mexilhões possuem concha com apenas uma valva. d) Nos mexilhões, as brânquias têm função respiratória e importante papel na nutrição. e) Os moluscos são sempre hermafroditas.
  33. 33. Exercício 14 (UFLAVRAS) Citar três características exclusivas dos moluscos. Moluscos são invertebrados que possuem manto, rádula (exceto bivalves) e pé musculoso ou tentáculos para a locomoção.
  34. 34. Exercício 15 (Unicamp-SP) Explique, de maneira comparativa, duas características que permitem considerar moluscos como animais mais complexos que celenterados. Os moluscos são animais triblásticos, têm tubo digestivo completo, possuem sistema circulatório e excretor (nefrídeos); os cnidários são diblásticos, têm sistema digestivo incompleto, não possuem sistemas circulatório e excretor.
  35. 35. Exercício 16 (Vunesp) Considere as seguintes características de determinado animal: hermafroditismo, celomado, pulmão simples, um par de nefrídios, dois pares de tentáculos sensoriais, glândula secretora de muco e rádula. a) A que filo e classe pertence o animal que apresenta todas as características descritas? Cite um exemplo de animal pertencente a essa classe. b) Qual é a função do muco secretado pela glândula? Cite uma classe, do mesmo filo, em que essa glândula não existe. O animal pertence ao filo Mollusca e a classe gastrópoda. Poderiam ser citados como exemplos: caramujos, lesmas, caracóis e escargôs. O muco diminui o atrito, quando o animal se desloca sobre um substrato. Essa glândula não ocorre em bivalves (ostras e mexilhões) e cefalópodes (polvo e lula).
  36. 36. Exercício 17 (UNICAMP) Os navios são considerados introdutores potenciais de espécies exóticas através da água de lastro (utilizada nos tanques para dar aos navios estabilidade quando vazios). Essa água pode conter organismos de diversos grupos taxonômicos. Com certa frequência leem-se informações relacionadas a essas introduções: I. O mexilhão dourado (Limnoperna fortunei), um bivalve de água doce originário do sul da Ásia, chegou ao Brasil em 1998 e já infestou rios, lagos e reservatórios da Região Sul e do Pantanal. Além de causar problemas ecológicos, esse invasor ameaça o setor elétrico brasileiro, a agricultura irrigada, a pesca e o abastecimento de água devido à sua capacidade de se incrustar em qualquer superfície submersa. (Adaptado de Evanildo da Silveira, "Molusco chinês ameaça ambiente e produção no Brasil". http://www.estadao.com.br/ciência/notícias/2 04/mar/18/75.htm) II. As autoridades sanitárias acreditam que o vibrião colérico, originário da Indonésia, chegou ao Peru através de navios e de lá se espalhou pela América Latina. (Adaptado de Ilídia A.G.M.Juras, "Problemas causados pela água de lastro". Consultoria Legislativa da Câmara dos Deputados, 2003.) a) Além de problemas como os citados acima, a introdução de espécies oferece risco de extinção de espécies nativas. Explique por quê. b) Indique uma característica que diferencie os moluscos bivalves das demais classes de moluscos. Indique uma outra característica que permita incluir os bivalves no filo Mollusca. c) Nas áreas de risco de contaminação por vibrião colérico, as autoridades sanitárias recomendam não ingerir mexilhões e ostras crus. Essa recomendação baseia-se no modo como esses moluscos obtêm alimento. Explique.
  37. 37. Exercício 17 a) Além de problemas como os citados acima, a introdução de espécies oferece risco de extinção de espécies nativas. Explique por quê. b) Indique uma característica que diferencie os moluscos bivalves das demais classes de moluscos. Indique uma outra característica que permita incluir os bivalves no filo Mollusca. c) Nas áreas de risco de contaminação por vibrião colérico, as autoridades sanitárias recomendam não ingerir mexilhões e ostras crus. Essa recomendação baseia-se no modo como esses moluscos obtêm alimento. Explique. Se as espécies exóticas usarem o mesmo alimento, ou seja, ocuparem o mesmo nicho ecológico das nativas, através da competição, a espécie nativa pode ser extinta. Presença de concha com duas valvas e ausência de rádula. Os moluscos bivalves têm corpo mole e manto, estruturas que caracterizam os moluscos. Mexilhões e ostras são filtradores, portanto, podem acumular grande quantidade de substâncias tóxicas e inclusive microorganismos patogênicos (a batéria causadora do Cólera).
  38. 38. Exercício 18 (UFES) A classe Gastropoda conquistou uma ampla variedade de "habitats", o que certamente tornou esse grupo o mais bem sucedido entre os moluscos. O referido grupo sofreu a mais extensa irradiação adaptativa dentro desse filo. Considerando as modificações que sofreram algumas espécies de gastrópodos, na transição do ambiente aquático para o terrestre, especifique as alterações que se deram no que se refere a: - concha; - desenvolvimento reprodutivo; - local de troca gasosa. Gastrópodes aquáticos apresentam conchas mais calcificadas o que lhes conferem maior proteção contra o ataque de predadores. Os que não as possuem são, geralmente, venenosos. No ambiente aquático respiram através de brânquias. Muitos são monóicos, outros dióicos. A fecundação é externa ou interna, com desenvolvimento indireto (larvas). Os gastrópodes terrestres apresentam conchas menos calcificadas (caracóis) ou ausente (lesmas). Tal fato permite a estes animais de corpo mole, maior capacidade locomotora e de dispersão pelo ambiente. São organismos monóicos, o que significa maior probabilidade de cruzamento em qualquer encontro de adultos aptos à reprodução. O desenvolvimento é direto, ou seja, sem fase larvária. astrópodes terrestres realizam trocas gasosas através da superfície interna da cavidade paleal. Esta estrutura funciona, efetivamente, como um pulmão modificado.
  39. 39. Exercício 19 (PUC-MG) Uma estrutura comum no tubo digestivo de várias classes de moluscos é a rádula, que funciona como uma língua raspadora e trituradora de alimentos. Porém, nos bivalves, a rádula está ausente. Por quê? Porque são animais que se alimentam de pequenos organismos (plancton), filtrando a água pelas brânquias.
  40. 40. Exercício 20 (Unicamp-SP) Explique, de maneira comparativa, duas características que permitem considerar moluscos como animais mais complexos que celenterados. Os moluscos são animais triblásticos, têm tubo digestivo completo, possuem sistema circulatório e excretor (nefrídeos); os cnidários são diblásticos, têm sistema digestivo incompleto, não possuem sistemas circulatório e excretor.

×