 Marla Christina Thiago Tello Rafael Beze Rafael Ferrete José Victor
   Nas baladas ,nos bares,em festas sempre estamos    perto de uma bebida que faz ficar mais alegre e    corajoso:o álcoo...
   Torna mais fácil a sua integração no grupo;   Reduz a tensão, ansiedade;   Alivia o stress,a baixa auto-estima;
   Ajuda a esquecer preocupações,sentimentos    depressivos e problemas relacionados a escola;   Aumenta a sua atração s...
   Conjunto de problemas causados pelo consumo excessivo e    prolongado do   Termo de origem árabe e “latra” vem do gre...
   Dependência;   Abstinência;   Abuso(uso excessivo, porém não continuado);   Intoxicação por álcool (embriaguez);
 Síndromes    amnésica,demência,alucinatória,delirante,de humor;   Distúrbios de ansiedade, sexuais, do sono e    distúr...
   Há três critérios importantes que o definem:   Desejo intenso   Tolerância Abstinência:- agitação;- confusão mental...
   Aumento do tempo para conseguir, consumir ou    recuperar-se dos efeitos da substância;   Desejo de reduzir ou contro...
   Ambiente familiar com violência doméstica e um    meio estressante;   Influencia familiar;   Existência de propagand...
O uso frequente de álcool provoca:   Queda no desempenho escolar.   Prejuízos na memória.   Dificuldades de aprendizado...
 Gastrite, quando ocorre no estômago; Hepatite alcoólica, no fígado; Pancreatite, no pâncreas; Neurite, nos nervos. P...
   Alerta: sabe-se que os    efeitos do álcool são    mais prejudiciais em    mulheres,nas quais é    necessário uma meno...
 Prevalência de 48,3% entre jovens de 12 a 17  anos. A prevalência de dependência de álcool foi  5,2%. A maior prevalên...
   Causado pela intoxicação devido ao excesso    de álcool no organismo;   O paciente já é levado para uma UTI.   Prime...
  Temos :A)Tratamento específicoB)Tratamento com medicaçao O primeiro é usado para pacientes alcoólatras que já   desenv...
O ÁLCOOL TRAZ CONSEQÜÊNCIAS SEVERAS: FAZ PASSAR POR VEXAMES ( PERDA DE CONTROLE)   COLOCA O ADOLESCENTE EM SITUAÇÕES COM...
   PERMITE AO ADOLESCENTE,ADQUIRIR TENDÊNCIA A    VIOLÊNCIA(SER MAIS AGRESSIVO)   CAUSA DEPENDÊNCIA QUÍMICA ( ATRAVÉS DO...
 Não forcem os vossos amigos/ colegas a beber! Não utilizem como desculpa o álcool para terem  “maus comportamentos”. N...
   Site http://drauziovarella.com.br/dependencia-    quimica/alcoolismo-na-adolescencia/ Site  http://drauziovarella.com...
Palestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismo
Palestra sobre o alcoolismo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Palestra sobre o alcoolismo

27.710 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
14 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
27.710
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
22
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
884
Comentários
1
Gostaram
14
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Palestra sobre o alcoolismo

  1. 1.  Marla Christina Thiago Tello Rafael Beze Rafael Ferrete José Victor
  2. 2.  Nas baladas ,nos bares,em festas sempre estamos perto de uma bebida que faz ficar mais alegre e corajoso:o álcool. Curtimos,beijamos e bebemos muito,mas quando se chega a embriagar (“chapar”) é aí que surgem os problemas. Após toda a euforia,nosso organismo tenta eliminá-lo ,causando dores intensas de cabeça,cansaço,perda de memória temporária,tremores ,podendo até entrar em pânico. Por fim a dependência de várias doses para satisfazer que consome( alcoolismo) é, portanto, um conjunto de diagnósticos.
  3. 3.  Torna mais fácil a sua integração no grupo; Reduz a tensão, ansiedade; Alivia o stress,a baixa auto-estima;
  4. 4.  Ajuda a esquecer preocupações,sentimentos depressivos e problemas relacionados a escola; Aumenta a sua atração sexual ; Deixa o individuo mais confiante .
  5. 5.  Conjunto de problemas causados pelo consumo excessivo e prolongado do Termo de origem árabe e “latra” vem do grego. A raiz grega “latria” significa “adoração. Assim sendo, alcoólatra é “quem adora álcool” . Início:vício de ingestão excessiva e regular de bebidas alcoólicas;
  6. 6.  Dependência; Abstinência; Abuso(uso excessivo, porém não continuado); Intoxicação por álcool (embriaguez);
  7. 7.  Síndromes amnésica,demência,alucinatória,delirante,de humor; Distúrbios de ansiedade, sexuais, do sono e distúrbios inespecíficos; E um delirium tremens,em geral, fatal.
  8. 8.  Há três critérios importantes que o definem: Desejo intenso Tolerância Abstinência:- agitação;- confusão mental;- tremores;- suor frio; Cuidado: O indivíduo pode passar também a ingerir bebidas alcoólicas para aliviar os próprios sintomas de abstinência.
  9. 9.  Aumento do tempo para conseguir, consumir ou recuperar-se dos efeitos da substância; Desejo de reduzir ou controlar o consumo do álcool com repetidos insucessos. Persistência no consumo de álcool Conseqüências severas:---lesões hepáticas, humor deprimido ou perturbação das funções cognitivas (memória e juízo).
  10. 10.  Ambiente familiar com violência doméstica e um meio estressante; Influencia familiar; Existência de propagandas chamativas,com apelo sexual feminino e slogans chamativos; Exemplos:Se é boa ,é Brahma!..,Skol,a cerveja que desce redondo, Antártica,a boa!; Ser uma maneira de inserir-se no mundo adulto, representando uma prova de maturidade;
  11. 11. O uso frequente de álcool provoca: Queda no desempenho escolar. Prejuízos na memória. Dificuldades de aprendizado. Problemas no desenvolvimento emocional do jovem.
  12. 12.  Gastrite, quando ocorre no estômago; Hepatite alcoólica, no fígado; Pancreatite, no pâncreas; Neurite, nos nervos. Pancreatites agudas e crônicas Câncer –aumenta em 10x a suscetibilidade a qualquer forma de câncer.
  13. 13.  Alerta: sabe-se que os efeitos do álcool são mais prejudiciais em mulheres,nas quais é necessário uma menor dose de álcool para provocar lesão.
  14. 14.  Prevalência de 48,3% entre jovens de 12 a 17 anos. A prevalência de dependência de álcool foi 5,2%. A maior prevalência de uso na vida de álcool ocorreu região Sul (54,5%). A maior prevalência de dependência de álcool ocorreu nas regiões Norte e Nordeste (9,2 e 9,3%, respectivamente).
  15. 15.  Causado pela intoxicação devido ao excesso de álcool no organismo; O paciente já é levado para uma UTI. Primeiramente passa por estágios :• 1°-estado de sonolência;• 2°-período em que não reage a nenhum estímulo;• 3°-completamente desacordado ou inconsciente.
  16. 16.  Temos :A)Tratamento específicoB)Tratamento com medicaçao O primeiro é usado para pacientes alcoólatras que já desenvolveram algum transtorno de abstinência . Ex: Freqüentar grupos de auto-ajuda(Alcóolicos anônimos) ou sessões de terapia cognitiva comportamental em psicólogos; No caso do segundo utiliza-se as seguintes medicaçoes: Naltrexona;Acamprosato;Dissulfiram(no caso do paciente nao conseguir parar de beber.)
  17. 17. O ÁLCOOL TRAZ CONSEQÜÊNCIAS SEVERAS: FAZ PASSAR POR VEXAMES ( PERDA DE CONTROLE) COLOCA O ADOLESCENTE EM SITUAÇÕES COM RISCO DE VIDA(DIMINUI OS REFLEXOS MOTORES),QUANDO EXPOSTOS EM RODOVIAS OU RUAS ,PODENDO CAUSAR ACIDENTES COM VEÍCULOS.
  18. 18.  PERMITE AO ADOLESCENTE,ADQUIRIR TENDÊNCIA A VIOLÊNCIA(SER MAIS AGRESSIVO) CAUSA DEPENDÊNCIA QUÍMICA ( ATRAVÉS DO USO CONSTANTE E ABUSIVO DE ALCOOL),QUE PODE RESULTAR EM UMA SÍNDROME DE ABSTINÊNCIA ; PREJUDICA A MEMÓRIA (EFEITO NEUROTOXICO DO ALCOOL) POR DESTRUIR NEURONIOS,E PODE RESULTAR EM DEFICIT DE APRENDIZAGEM E DE ATENÇAO,DIFICULDADE DE CONTROLAR IMPULSOS;
  19. 19.  Não forcem os vossos amigos/ colegas a beber! Não utilizem como desculpa o álcool para terem “maus comportamentos”. Não tratem ansiedades e depressões com álcool, só agrava. O álcool não faz de vocês pessoas diferentes ou melhores, habitualmente é ao contrario. Se tem dúvidas perguntem a pessoas que tenham assistido a estados vossos de embriaguez. Se sentirem que estão a ter dificuldades para parar de beber, consultem ajuda profissional.
  20. 20.  Site http://drauziovarella.com.br/dependencia- quimica/alcoolismo-na-adolescencia/ Site http://drauziovarella.com.br/dependencia- quimica/tratamento-do-alcoolismo/ http://psiadolescentes.com/alcool/ Artigo “O consumo de alcool pelos menores”. Psicosite http://psicosite.com.br/tra/drg/alcoolismo. htm

×