Internos:
José Victor Rabelo Rodrigues
Murillo Macêdo Pinto
Roberto Miller Pires Figueredo
9º período Medicina Unievangéli...
 Exantema: erupção cutânea generalizada aguda de curta
duração,sendo:
 A-Rubeoliforme/Morbiliforme;
 B-Escarlatiniform...

“Erupção eritêmato-papulosa difusa, iniciada no cotovelo,
região inguinal e superfície interna das coxas”
Resulta de Inf...
 Relaciona-se com diversas síndromes infecciosas que
acometem trato respiratório;
Ex:Faringite;Piodermites; Impetigo; Er...

 Transmissão:
o Contato pessoa/pessoa:gotículas do infectado
o Adesão do Streptococcus às células epiteliais
respiratór...
Anamnese:
Início Súbito:
 Febre, vômitos, cefaléia, dor abdominal
 Faringite estreptoccócica
 Odinofagia
 Recusa Ali...

Exame físico:
 Orofaringe:
-Edema e hiperemia com exsudato, evoluindo até úvula e
pilar amigdaliano; petéquias em palat...
Língua em FramboesaLíngua Saburrosa
Após 1 a 2 dias

Pele Áspera (lixa)
Exantema
Maculo-papular eritematoso
Inicia no tronco e se dissemina para MMSS e MMII;

Sinal de Filatov: Palidez Perioral

Sinal da Pastia
Linhas pigmentadas em:
-SUPERFÍCIE FLEXORAS
o Braços
o Raízes de Coxas

Descamação Lamelar
1. Clínico:
2. Exames subsidiários
 Laboratório:
-Leucocitose c/ desvio à esquerda;
 Detecção rápida do antígeno estrep...
 Antibioticoterapia
 1ª escolha :Penicilina G benzatina (dose única)
<25kg e >25kg
̶ Alternativo: Amoxicilina 50 mg/kg/...
 Se alérgico a penicilina:
 Eritromicina (40mg/kg/dia), 10 dias;
 Claritromicina (15 mg/kg/dia), 10 dias;
 Azitromici...

OBRIGADO!
“Nem sempre terás o que desejas, mas enquanto estiveres
ajudando aos outros encontrarás os recursos de que pre...

1. Clínica Médica FMUSP,Vol7,cap.3 Estafilococcias
p.472,ed.Manole,2013;
2. Nelson, Tratado de Pediatria, 18ªed,2008;
Re...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Escarlatina aula

558 visualizações

Publicada em

Apresentação em Power Point sobre doença exantemática pediátrica,escarlatina.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
558
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Fonte: misodor.com
  • LEMBRETE: DIZER QUE APENAS UMA DOSE JÁ MANTEM o nó
  • Escarlatina aula

    1. 1. Internos: José Victor Rabelo Rodrigues Murillo Macêdo Pinto Roberto Miller Pires Figueredo 9º período Medicina Unievangélica
    2. 2.  Exantema: erupção cutânea generalizada aguda de curta duração,sendo:  A-Rubeoliforme/Morbiliforme;  B-Escarlatiniforme:  Particularidades: -eritema difuso puntiforme; uniforme; -desaparece sob digitopressão; Introdução
    3. 3.  “Erupção eritêmato-papulosa difusa, iniciada no cotovelo, região inguinal e superfície interna das coxas” Resulta de Infecção bacteriana:  Streptococcus pyogenes (estreptococo beta-hemolítico do grupo A – SGA)  Produção de exotoxina eritrogênica (A, B ou C) Conceito
    4. 4.  Relaciona-se com diversas síndromes infecciosas que acometem trato respiratório; Ex:Faringite;Piodermites; Impetigo; Erisipela; Celulite; Fasceiite Necrotisante.  Mais comum em pré-escolar e escolares (3 aos 15 anos);  Raro em lactentes ( ação dos anticorpos circulantes); Epidemiologia
    5. 5.   Transmissão: o Contato pessoa/pessoa:gotículas do infectado o Adesão do Streptococcus às células epiteliais respiratórias o Propagação da infecção (enzimas digestivas extracelulares) o Formação exsudato com processo inflamatório local Etiopatogênese
    6. 6. Anamnese: Início Súbito:  Febre, vômitos, cefaléia, dor abdominal  Faringite estreptoccócica  Odinofagia  Recusa Alimentar Exantema: após 12 a 24h Quadro Clínico
    7. 7.  Exame físico:  Orofaringe: -Edema e hiperemia com exsudato, evoluindo até úvula e pilar amigdaliano; petéquias em palato;  Linfonodos: -Adenomegalia cervical e submandibular;  Eritema difuso da face, com palidez perioral (Sinal de Filatov);  Linhas transversais de hiperemia que não empalidecem à compressão, nas pregas articulares (Sinal de Pastia)
    8. 8. Língua em FramboesaLíngua Saburrosa Após 1 a 2 dias
    9. 9.  Pele Áspera (lixa)
    10. 10. Exantema Maculo-papular eritematoso Inicia no tronco e se dissemina para MMSS e MMII;
    11. 11.  Sinal de Filatov: Palidez Perioral
    12. 12.  Sinal da Pastia Linhas pigmentadas em: -SUPERFÍCIE FLEXORAS o Braços o Raízes de Coxas
    13. 13.  Descamação Lamelar
    14. 14. 1. Clínico: 2. Exames subsidiários  Laboratório: -Leucocitose c/ desvio à esquerda;  Detecção rápida do antígeno estreptocócico ASO- detecção infecção faríngea Anti-Dnase B – mais específico faringe e pele;  Cultura: Swab de orofaringe em meio-ágar Sensível= 90~95% Diagnóstico
    15. 15.  Antibioticoterapia  1ª escolha :Penicilina G benzatina (dose única) <25kg e >25kg ̶ Alternativo: Amoxicilina 50 mg/kg/dia ,12/12 hs por 10 dias  Sintomáticos:  antitérmicos; analgésicos(paracetamol)  antieméticos(metoclopramida; bromoprida) Tratamento 1.200.000 UI600.000 UI
    16. 16.  Se alérgico a penicilina:  Eritromicina (40mg/kg/dia), 10 dias;  Claritromicina (15 mg/kg/dia), 10 dias;  Azitromicina (10 mg/kg/dia), 15 dias;
    17. 17.  OBRIGADO! “Nem sempre terás o que desejas, mas enquanto estiveres ajudando aos outros encontrarás os recursos de que precisas” Chico Xavier
    18. 18.  1. Clínica Médica FMUSP,Vol7,cap.3 Estafilococcias p.472,ed.Manole,2013; 2. Nelson, Tratado de Pediatria, 18ªed,2008; Referências Bibliográficas

    ×